02 de outubro de 2018 - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

02 de outubro de 2018

LITURGIA DIÁRIA > 2018 > OUTUBRO

Santos Anjos da Guarda . Memória
2 de Outubro de 2018

Cor: Branco


1ª Leitura - Ex 23,20-23

Vou enviar um anjo que vá à tua frente.
Leitura do Livro do Êxodo 23,20-23

Assim diz o Senhor:
20 Vou enviar um anjo que vá à tua frente, que te guarde pelo caminho e te conduza ao lugar que te preparei.
21 Respeita-o e ouve a sua voz. Não lhe sejas rebelde, porque não suportará as vossas transgressões,e nele está o meu nome.
22 Se ouvires a sua voz e fizeres tudo o que eu disser, serei inimigo dos teus inimigos, e adversário dos teus adversários.
23 O meu anjo irá à tua frente e te conduzirá à terra dos amorreus, dos hititas, dos fereseus, dos cananeus, dos heveus e dos jebuseus, e eu os exterminarei.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 90(91),1-2.3-4.5-6.10-11 (R. 11)

R. O Senhor deu uma ordem aos seus anjos,
para em todos os caminhos te guardarem.

1Quem habita ao abrigo do Altíssimo *
e vive à sombra do Senhor onipotente,
2diz ao Senhor: "Sois meu refúgio e proteção, *
sois o meu Deus, no qual confio inteiramente".R.

3Do caçador e do seu laço ele te livra. *
Ele te salva da palavra que destrói.
4Com suas asas haverá de proteger-te, *
com seu escudo e suas armas, defender-te.R.

5Não temerás terror algum durante a noite, *
nem a flecha disparada em pleno dia;
6nem a peste que caminha pelo escuro, *
nem a desgraça que devasta ao meio-dia.R.

10Nenhum mal há de chegar perto de ti, *
nem a desgraça baterá à tua porta;
11pois o Senhor deu uma ordem a seus anjos *
para em todos os caminhos te guardarem.R.

Evangelho - Mt 18,1-5.10

Os seus anjos nos céus vêem sem cessar
a face do meu Pai que está nos céus.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 18,1-5.10

Naquela hora,
1 Os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram: "Quem é o maior no Reino dos Céus?"
2 Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles
3 e disse: "Em verdade vos digo, se não vos converterdes, e não vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos Céus.
4 Quem se faz pequeno como esta criança, esse é o maior no Reino dos Céus.
5 E quem recebe em meu nome uma criança como esta, é a mim que recebe.
10 Não desprezeis nenhum desses pequeninos, pois eu vos digo que os seus anjos nos céus vêem sem cessar a face do meu Pai que está nos céus.
Palavra da Salvação.



REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO


“O Senhor ordenou aos seus anjos para te guardarem!”

Mt 18, 1-5.10

Quem não gostaria de ter alguém de inteira confiança ao seu lado, pronto para atende-lo a qualquer hora do dia ou da noite, seja em que situação estiver?

Quem não desejaria ter a todos instante junto de si alguém capaz de defendê-lo dos perigos e, ao mesmo tempo, disposto a animá-lo, fortalece-lo e estimulá-lo nas horas de provação?

Pois bem, em sua infinita bondade e misericórdia para com o gênero humano, Deus destinou para cada pessoa um Anjo da Guarda, que constantemente olha e cuida de nós.

O Catecismo da Igreja Católica lembra: “Desde o início até a morte, a vida humana é cercada por sua proteção e intercessão. Cada fiel é aldeado por um anjo como protetor e pastor para conduzi-lo a vida”. Um grande pregador lembra: “Sejam felizes por ter amigos tão prestativos, intercessores tão fieis, interpretes tão caridosos”.

Invoquemos a todo momento o cuidado e a intercessão dos Anjos da Guarda, dizendo esta conhecida oração: “Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, já que a ti me confiou a piedade divina, sempre me rege, guarda, governa e ilumina. Amém!

Vamos aprender com os Anjos da Guarda a cuidar melhor da vida de alguém.

Deus abençoe você e sua família.

Padre João Luiz Fávero
Paróquia Nossa Senhora das Dores
Cambuí - Campinas - SP

REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe você nesta motivadora manhã de Terça-feira. Que este segundo dia do Mês possa trazer todas as bençãos e graças para a sua vida. Hoje é o dia dos Santos Anjos da Guarda...que nossos anjinhos cuidem e zelem por cada um de nós.


Salmo 53

Quem me protege e me ampara é meu Deus; *
é o Senhor quem sustenta minha vida!

quero louvar, ó Senhor, vosso nome, *
quero cantar vosso nome que é bom!
Pois me livrastes de toda a angústia, *
e humilhados vi meus inimigos!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Com carinho e bençãos

Frei Rinaldo, osm

PUBLICIDADE
App Liturgia Católica
Voltar para o conteúdo