11 de setembro de 2018 - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

11 de setembro de 2018

LITURGIA DIÁRIA > 2018 > SETEMBRO

3ª-feira da 23ª Semana do Tempo Comum
11 de Setembro de 2018
Cor: Verde


1ª Leitura - 1Cor 6,1-11

Irmão contra irmão vai a juízo,
e isso perante infiéis!

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 6,1-11

Irmãos:
1 Quando um de vós tem uma questão com um outro, como se atreve a entrar na justiça perante os injustos, em vez de recorrer aos santos?
2 Será que ignorais que os santos julgarão o mundo? Ora, se o mundo está sujeito ao vosso julgamento, seríeis acaso indignos de deliberar e julgar sobre questões tão insignificantes?
3 Ignorais que julgaremos os anjos? Quanto mais, coisas desta vida!
4 No entanto, se tendes dessas questões a resolver, recorreis a juízes que a igreja não pode recomendar.
5 Digo isso, para confusão vossa! Será, então, que aí entre vós não se encontra ninguém sensato e prudente que possa ser juiz entre irmãos?
6 Ao invés disso, irmão contra irmão vai a juízo, e isso perante infiéis!
7 Aliás, já é uma grande falta haver processos entre vós. Por que não suportais, antes, a injustiça? Por que não tolerais, antes, ser prejudicado? Pelo contrário, vós é que cometeis injustiças e fraudes, e isso contra irmãos!
9 Porventura ignorais que pessoas injustas não terão parte no reino de Deus? Não vos iludais: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem pederastas,
10 nem ladrões, nem avarentos, nem beberrões, nem insolentes, nem salteadores terão parte no reino de Deus.
11 E vós, isto é, alguns de vós, éreis isso! Mas fostes lavados, fostes santificados, fostes justificados pelo nome do Senhor Jesus Cristo e pelo Espírito de nosso Deus.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 149, 1-2. 3-4. 5-6a.9b (R.4a)

R. O Senhor ama seu povo de verdade.

Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia

1Cantai ao Senhor Deus um canto novo, *
e o seu louvor na assembléia dos fiéis!
2Alegre-se Israel em Quem o fez, *
e Sião se rejubile no seu Rei!R.

3Com danças glorifiquem o seu nome, *
toquem harpa e tambor em sua honra!
4Porque, de fato, o Senhor ama seu povo *
e coroa com vitória os seus humildes.R.

5Exultem os fiéis por sua glória, *
e cantando se levantem de seus leitos,
6acom louvores do Senhor em sua boca *
9bEis a glória para todos os seus santos.R.



Evangelho - Lc 6,12-19

Passou a noite toda em oração.
Escolheu doze dentre os discípulos,
aos quais deu o nome de apóstolos.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 6,12-19

12 Naqueles dias, Jesus foi à montanha para rezar. E passou a noite toda em oração a Deus.
13 Ao amanhecer, chamou seus discípulos e escolheu doze dentre eles, aos quais deu o nome de apóstolos:
14 Simão, a quem impôs o nome de Pedro, e seu irmão André; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu;
15 Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado Zelota;
16 Judas, filho de Tiago, e Judas Iscariotes, aquele que se tornou traidor.
17 Jesus desceu da montanha com eles e parou num lugar plano. Ali estavam muitos dos seus discípulos e grande multidão de gente de toda a Judéia e de Jerusalém, do litoral de Tiro e Sidônia.
18 Vieram para ouvir Jesus e serem curados de suas doenças. E aqueles que estavam atormentados por espíritos maus também foram curados.
19 A multidão toda procurava tocar em Jesus, porque uma força saía dele, e curava a todos.
Palavra da Salvação.



REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO


“O Senhor ama seu povo de verdade. Aleluia!”

Lc 6, 12-19

A escolha dos doze apóstolos aconteceu num processo de oração e discernimento. Foi um ato importante no contexto da missão de Jesus, e Ele não podia ser movido por critérios que não fossem aqueles inspirados através de uma noite de oração.

Escolheu não quem lhe era simpático, rico, nobre ou quem pudesse oferecer ajuda financeira. Só a obediência ao Pai depois de uma noite passada em oração, em vigília, explica por que Jesus não escolheu os mais preparados, mas escolheu os mais disponíveis.

Um grupo de pessoas tão diversificado e com pouca qualificação e até gente que iria trair, abandonar ou renegar. Entretanto foi assim que se manifestou a sabedoria divina. Eles se tornaram instrumentos de Deus na sua obra.

Com esse grupo nada homogêneo é que Jesus implantará as bases do Reino de Deus. Vai prepará-los para darem continuidade a esta missão. É a missão libertadora dos Apóstolos; continuar o projeto de Jesus. É a missão de todo cristão.

É a nossa missão...

Rezemos: Eis me aqui Senhor, para fazer a tua vontade! Envia-me!

Deus abençoe você e sua família.

Padre João Luiz Fávero
Paróquia Nossa Senhora das Dores
Cambuí - Campinas - SP

REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe você nesta motivadora manhã de Terça-feira. Mais um dia de grandes oportunidades e, acima de tudo, fazermos o bem. Isso mesmo! Um dia de lançarmos a boa semente na terra e espalhar o amor, a harmonia, a paz, o bem....
O Salmo que vamos rezar hoje vai nos dizer que  "Quem me protege e me ampara é meu Deus;  é o Senhor quem sustenta minha vida!". É bom começarmos o dia e ouvir isso, não é mesmo? Uma ótima terça para você, sua família, seus amigos, seu trabalho...Vamos rezar?


Salmo 53

Por vosso nome, salvai-me, Senhor; *
e dai-me a vossa justiça!
Ó meu Deus, atendei minha prece *
e escutai as palavras que eu digo!

Pois contra mim orgulhosos se insurgem, †
e violentos perseguem-me a vida: *
não há lugar para Deus aos seus olhos.
Quem me protege e me ampara é meu Deus; *
é o Senhor quem sustenta minha vida!

Quero ofertar-vos o meu sacrifício *
de coração e com muita alegria;
quero louvar, ó Senhor, vosso nome, *
quero cantar vosso nome que é bom!
Pois me livrastes de toda a angústia, *
e humilhados vi meus inimigos!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Com carinho e bençãos

Frei Rinaldo, osm

PUBLICIDADE
App Liturgia Católica
Voltar para o conteúdo