11 DE SETEMBRO - QUARTA-FEIRA - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

- SOMENTE EVANGELHO, SEM POLÍTICA -
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
QUARESMA DE SAO MIGUEL
Pesquisa rápida
Liturgia Diária


23ª SEMANA - TEMPO COMUM
COR LITÚRGICA: VERDE





1a Leitura - Cl 3,1-11

Morrestes com Cristo; mortificai também vossos membros.

Leitura da Carta de São Paulo aos Colossenses 3, 1-11
Irmãos:
1 Se ressuscitastes com Cristo, esforçai-vos por alcançar as coisas do alto, onde está Cristo, sentado à direita de Deus;
2 aspirai às coisas celestes e não às coisas terrestres.
3 Pois vós morrestes, e a vossa vida está escondida, com Cristo, em Deus.
4 Quando Cristo, vossa vida, aparecer em seu triunfo, então vós aparecereis também com ele, revestidos de glória.
5 Portanto, fazei morrer o que em vós pertence à terra: imoralidade, impureza, paixão, maus desejos e a cobiça, que é idolatria.
6 Tais coisas provocam a ira de Deus contra os que lhe resistem.
7 Antigamente vós estáveis enredados por estas coisas e vos deixastes dominar por elas.
8 Agora, porém, abandonai tudo isso: ira, irritação, maldade, blasfêmia, palavras indecentes, que saem dos vossos lábios.
9 Não mintais uns aos outros. Já vos despojastes do homem velho e da sua maneira de agir
10 e vos revestistes do homem novo, que se renova segundo a imagem do seu Criador, em ordem ao conhecimento.
11 Ai não se faz distinção entre grego e judeu, circunciso e incircunciso, inculto, selvagem, escravo e livre, mas Cristo é tudo em todos.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 144 (145),2-3. 10-11. 12-13ab (R. 9a)
 
R. O Senhor é muito bom para com todos.

2 Todos os dias haverei de bendizer-vos, / hei de louvar o vosso nome para sempre. 3 Grande é o Senhor e muito digno de louvores, / e ninguém pode medir sua grandeza.
R.
 
10 Que vossas obras, ó Senhor, vos glorifiquem, / e os vossos santos com louvores vos bendigam! 11 Narrem a glória e o esplendor do vosso reino / e saibam proclamar vosso poder!
R.
 
12 Para espalhar vossos prodígios entre os homens / e o fulgor de vosso reino esplendoroso. 13a O vosso reino é um reino para sempre, 13bvosso poder, de geração em geração.
R.


Evangelho - Lc 6,20-26
 
Bem-aventurados vós, os pobres. Mas, ai de vós, ricos.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 6, 20-26
Naquele tempo:
20 Jesus levantando os olhos para os seus discípulos, disse: 'Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o Reino de Deus!
21 Bem-aventurados, vós que agora tendes fome, porque sereis saciados! Bem-aventurados vós, que agora chorais, porque havereis de rir!
22 Bem-aventurados, sereis quando os homens vos odiarem, vos expulsarem, vos insultarem e amaldiçoarem o vosso nome, por causa do Filho do Homem!
23 Alegrai-vos, nesse dia, e exultai pois será grande a vossa recompensa no céu; porque era assim que os antepassados deles tratavam os profetas.
24 Mas, ai de vós, ricos, porque já tendes vossa consolação!
25 Ai de vós, que agora tendes fartura, porque passareis fome! Ai de vós, que agora rides, porque tereis luto e lágrimas!
26 Ai de vós quando todos vos elogiam! Era assim que os antepassados deles tratavam os falsos profetas.
Palavra da Salvação.




Fonte: Youtube RS21
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“O Senhor é muito bom para com todos.”
Lc 6, 20-26

Jesus oferece aos discípulos um panorama sobre o Reino de Deus que ele está implantando. O Reino é um divisor de aguas. De um lado encontram-se os que aceitam Jesus e sua prática do amor. Do outro, os que rejeitam Jesus e sua proposta de vida e liberdade para todos. Cada um arca com as consequências de própria escolha.

Os pobres são pessoas que sofrem privações graves. No setor econômico: os que tem fome. No plano afetivo: os que choram. No plano social: os que são odiados e rejeitados pela sociedade injusta que recusa o projeto de Jesus.

Constatamos uma inversão de valores: a felicidade prometida e desejada pelo mundo e a realização do Reino. Jesus proclama: felizes os pobres, não a pobreza; felizes os perseguidos e não a perseguição; felizes os que choram, não as lágrimas... as bem-aventuranças não são convites a passividade, mas a luta, a superação.

As “bem-aventuranças” e as “mal-aventuranças” são realidades que vão se verificar ao longo desta vida. A felicidade dos pobres, para além do fator social, não vem da posse de riquezas, tem a ver com a absoluta confiança em Deus. São livres da ambição. Os ricos se bastam a si mesmo, não tem a preocupação de partilhar e não existe espaço para Deus em seu coração a ponto se excluírem da salvação.

Rezemos: Senhor, ensina-me o caminho da felicidade que vem do coração desapegado dos bens deste mundo, livre de ambição. Quero ter confiança absoluta em Deus.

Deus abençoe você e sua família.
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe você nessa nova jornada de quarta-feira que está começando. Que a Luz do Espírito Santo de Deus ilumine cada um dos seus passos no dia de hoje.
Que todas as suas atividades seja assistidas e abençoadas por Deus.
Convido você a rezar comigo esta oração:

O que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.
1 João 5:4

Com carinho e bênçãos
Frei Rinaldo, osm
ORAÇÃO
Oração

Deus eterno e todo-poderoso, que destes a São João Gabriel Perboyre a graça de lutar pela justiça até a morte, concedei-nos, por sua intercessão, suportar por vosso amor as adversidades, e correr ao encontro de vós que sois a nossa vida. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
SANTO DO DIA







FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo