12 DE SETEMBRO - QUINTA-FEIRA - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

- SOMENTE EVANGELHO, SEM POLÍTICA -
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Pesquisa rápida
QUARESMA DE SAO MIGUEL
Liturgia Diária


23ª SEMANA DO TEMPO COMUM
COR LITÚRGICA: VERDE





1a Leitura - Cl 3,12-17

Amai-vos uns aos outros, pois o amor é o vínculo da perfeição.

Leitura da Carta de São Paulo aos Colossenses 3, 12-17
Irmãos:
12 Vós sois amados por Deus, sois os seus santos eleitos. Por isso, revesti-vos de sincera misericórdia, bondade, humildade, mansidão e paciência,
13 suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos mutuamente, se um tiver queixa contra o outro. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoai vós também.
14 Mas, sobretudo, amai-vos uns aos outros, pois o amor é o vínculo da perfeição.
15 Que a paz de Cristo reine em vossos corações, à qual fostes chamados como membros de um só corpo. E sede agradecidos.
16 Que a palavra de Cristo, com toda a sua riqueza, habite em vós. Ensinai e admoestai-vos uns aos outros com toda a sabedoria. Do fundo dos vossos corações, cantai a Deus salmos, hinos e cânticos espirituais, em ação de graças.
17 Tudo o que fizerdes, em palavras ou obras, seja feito em nome do Senhor Jesus Cristo. Por meio dele dai graças a Deus, o Pai.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 150,1-2. 3-4. 5-6 (R. 6)
 
R. Louve o Senhor tudo o que vive e que respira.
R. Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.


1 Louvai o Senhor Deus no santuário, / louvai-o no alto céu de seu poder! 2 Louvai-o por seus feitos grandiosos, / louvai-o em sua grandeza majestosa!
R.
 
3 Louvai-o com o toque da trombeta, / louvai-o com a harpa e com a cítara! 4 Louvai-o com a dança e o tambor, / louvai-o com as cordas e as flautas!
R.
 
5 Louvai-o com os címbalos sonoros, / louvai-o com os címbalos de júbilo! 6 Louve a Deus tudo o que vive e que respira, / tudo cante os louvores do Senhor!
R.


Evangelho - Lc 6,27-38
 
Sede misericordiosos, como tambémo vosso Pai é misericordioso.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 6, 27-38
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
27 A vós que me escutais, eu digo: Amai os vossos inimigos e fazei o bem aos que vos odeiam,
28 bendizei os que vos amaldiçoam, e rezai por aqueles que vos caluniam.
29 Se alguém te der uma bofetada numa face, oferece também a outra. Se alguém te tomar o manto, deixa-o levar também a túnica.
30 Dá a quem te pedir e, se alguém tirar o que é teu, não peças que o devolva.
31 O que vós desejais que os outros vos façam, fazei-o também vós a eles.
32 Se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Até os pecadores amam aqueles que os amam.
33 E se fazeis o bem somente aos que vos fazem o bem, que recompensa tereis? Até os pecadores fazem assim.
34 E se emprestais somente àqueles de quem esperais receber, que recompensa tereis? Até os pecadores emprestam aos pecadores, para receber de volta a mesma quantia.
35 Ao contrário, amai os vossos inimigos, fazei o bem e emprestai sem esperar coisa alguma em troca. Então, a vossa recompensa será grande, e sereis filhos do Altíssimo, porque Deus é bondoso também para com os ingratos e os maus.
36 Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso.
37 Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados.
38 Dai e vos será dado. Uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante será colocada no vosso colo; porque com a mesma medida com que medirdes os outros, vós também sereis medidos. '
Palavra da Salvação.



Fonte: Youtube RS21
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“Louve o Senhor tudo o que vive e que respira.”
Lc 6, 27-38

O ensinamento de Jesus é exigente e revolucionário. Nós aprendemos a ver os nossos inimigos como inimigos também de Deus. Os ouvintes se espantam com a palavra de Jesus; perdoar é difícil, mas não é suficiente.

É preciso ir além: amar os inimigos e deixar de lado o senso comum de justiça, onde não vigora mais a ética da reciprocidade ou da troca de favores. Começa a vigorar a lei da gratuidade.

Os discípulos são ensinados a realizar gestos de grandeza, em situações de egoísmo e de violência. O objetivo é desarticular o esquema do mal, que contamina as relações interpessoais em que o semelhante é oprimido pela perversidade do semelhante.

O Reino supõe relações equilibradas de respeito e de bondade, próprias de quem se dispõe a fazer a vontade de Deus. Retribuir o mal com o mal e a violência com a violência é a maneira de perpetuar uma mentalidade contrária ao querer do Pai.

A misericórdia do Pai serve de referência para a ação do discípulo. Ser misericordioso a exemplo do Pai é gesto mais elevado de humanidade que se pode esperar. Seremos recompensados se nossas escolhas forem semelhantes as exigências do Reino.

Rezemos: Senhor, num mundo cheio de maldades, capacita-me para realizar gestos de bondade, inspirados na misericórdia infinita do Pai.

Deus abençoe você e sua família.
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua vida nesta nova jornada de quinta-feira que está começando.  Sinta a presença de Deus agindo na sua vida e convidando você para irradiar esse amor por todos os lugares que o seu dia chamar. Ande sempre nos caminhos do Senhor, do amor, da paz, da alegria, da serenidade...da verdade, da justiça...faça sempre o bem, não importa a quem. Não mude o que é sua essência: ser bom!!! Deus abençoe seu dia na paz e no amor. Atitude para hoje: postura de vencedor!!

Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração.
Romanos 12:12

Com carinho e bençãos

Frei Rinaldo, osm







FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo