18 de setembro de 2018 - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

18 de setembro de 2018

LITURGIA DIÁRIA > 2018 > SETEMBRO

3ª-feira da 24ª Semana do Tempo Comum
18 de Setembro de 2018
Cor: Verde


1ª Leitura - 1Cor 12,12-14.27-31a

Vós, todos juntos, sois o corpo de Cristo;
e, individualmente, sois membros desse corpo.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 12,12-14.27-31a

Irmãos:
12 Como o corpo é um, embora tenha muitos membros, e como todos os membros do corpo, embora sejam muitos, formam um só corpo, assim também acontece com Cristo.
13 De fato, todos nós, judeus ou gregos, escravos ou livres, fomos batizados num único Espírito, para formarmos um único corpo, e todos nós bebemos de um único Espírito.
14 Com efeito, o corpo não é feito de um membro apenas, mas de muitos membros.
27 Vós, todos juntos, sois o corpo de Cristo e, individualmente, sois membros desse corpo.
28 E, na Igreja, Deus colocou, em primeiro lugar, os apóstolos; em segundo lugar, os profetas; em terceiro lugar, os que têm o dom e a missão de ensinar; depois, outras pessoas com dons diversos, a saber: dom de milagres, dom de curas, dom para obras de misericórdia, dom de governo e direção, dom de línguas.
29 Acaso todos são apóstolos? Todos são profetas? Todos ensinam? Todos realizam milagres?
30 Todos têm o dom das curas? Todos falam em línguas? Todos as interpretam?
31 Aspirai aos dons mais elevados.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 99 (100),2. 3. 4. 5 (R. 3c)

R. Nós somos o seu povo e seu rebanho.

2Aclamai o Senhor, ó terra inteira, +
servi ao Senhor com alegria, *
ide a ele cantando jubilosos!R.

3Sabei que o Senhor, só ele, é Deus, +
Ele mesmo nos fez, e somos seus, *
nós somos seu povo e seu rebanho.R.

4Entrai por suas portas dando graças, +
e em seus átrios com hinos de louvor; *
dai-lhe graças, seu nome bendizei!R.

5Sim, é bom o Senhor e nosso Deus, +
sua bondade perdura para sempre, *
seu amor é fiel eternamente!R.


Evangelho - Lc 7,11-17

Jovem, eu te ordeno, levanta-te!

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 7,11-17

Naquele tempo:
11 Jesus dirigiu-se a uma cidade chamada Naim. Com ele iam seus discípulos e uma grande multidão.
12 Quando chegou à porta da cidade, eis que levavam um defunto, filho único; e sua mãe era viúva. Grande multidão da cidade a acompanhava.
13 Ao vê-la, o Senhor sentiu compaixão para com ela e lhe disse: 'Não chores!'
14 Aproximou-se, tocou o caixão, e os que o carregavam pararam. Então, Jesus disse: 'Jovem, eu te ordeno, levanta-te!'
15 O que estava morto sentou-se e começou a falar. E Jesus o entregou à sua mãe.
16 Todos ficaram com muito medo e glorificavam a Deus, dizendo: 'Um grande profeta apareceu entre nós e Deus veio visitar o seu povo.'
17 E a notícia do fato espalhou-se pela Judéia inteira, e por toda a redondeza.
Palavra da Salvação.



REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO


“Nós somos o seu povo e seu rebanho.”

Lc 7, 11-17

Os habitantes de Nain interpretaram, corretamente, o gesto de bondade de Jesus em relação à viúva que perdeu seu único filho. “Deus veio visitar o seu povo”, foi a exclamação do povo diante do acontecido.
A visita divina acontece na ação compassiva e misericordiosa de Jesus em relação aquela mulher que, além de perder o marido, agora perde o filho, também.
Na sociedade da época, o vínculo social se dava pelo viés masculino. Perder o marido e o filho significava ser deixada a própria sorte, abandonada, dependente da caridade das pessoas, com o risco de sofrer maus tratos e humilhações.
A viúva afogada pelos soluços e lagrimas, nada pede a Jesus. É Ele quem toma a iniciativa e, para a diminuir a sua dor, diz: “Não chore”; e ao morto: “Jovem, eu te ordeno, levante-se”. A palavra de Jesus restitui a vida do jovem e a palavra: “Começou a falar”.
Jesus recupera a esperança e o sentido de viver. Aponta para um futuro de segurança, sem os riscos que o desamparo ocasiona. Garante a dignidade a viúva e a vida ao filho.
Na ação compassiva e misericordiosa de Jesus se concretiza a visita de Deus ao seu povo. Esta ação continua na ação dos discípulos de Jesus, os discípulos do Reino, ao longo de todos os tempos. Eles continuam interrompendo a procissão da morte (enterro) e transformando em procissão da vida no seguimento de Jesus, devolvendo a alegria e a vida para todos.

Rezemos: Senhor, que os meus gestos de compaixão e misericórdia em favor dos irmãos que sofrem, sejam a concretização do amor divino em favor da humanidade.

Deus abençoe você e sua família.

Padre João Luiz Fávero
Paróquia Nossa Senhora das Dores
Cambuí - Campinas - SP

REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe seu novo dia que já está começando trazendo do céu as mais lindas mensagens de amor e gratidão pela vida que se inicia. Que seu dia seja muito, muito especial.
Vamos agradecer?

Senhor Deus,
Vós me concedeis um novo dia.
Agradeço-vos poder levantar-me com saúde.
Agradeço-vos pelo dom da vida.
Fazei que eu seja um rasto de amor,
um rasto que dê coragem também às pessoas ao meu redor
para levar avante sua própria vida.

Agradeço-vos as pessoas
com as quais deverei encontrar-me hoje.
Fazei com que as trate bem.
Dai-me a palavra certa
para o momento certo.
Dai-me o olhar
que estimula e anima,
que alegra e conforta.

Senhor, penso nesta manhã
em todas as pessoas doentes
que não conseguem levantar-se da cama,
ou só o conseguem com muito esforço.
Abençoai-as para que seu dia seja bom,
para que sintam em sua doença
Vosso amor revitalizante,
para que não experimentem a solidão
em sua doença,
mas que vivam em vossa companhia.

Senhor, penso nas pessoas
que não vêem sentido em suas vidas,
que simplesmente vivem por viver.
Abri seus olhos
para que acordem para a realidade
e vos reconheçam
com o verdadeiro motivo da criação,
para que possam enxergar que sois tudo em todos e sintam-se motivadas
e animadas para fazerem a diferença no dia de hoje!

Penso nas pessoas
que sofrem de depressão.
Tudo para elas parece escuro e difícil,
todo passo custa esforço.
Acompanhai também essas pessoas
e iluminai sua escuridão,
para que seu dia venha a ser suportável.
Estendei sobre elas vossa mão protetora,
para que saibam que estão no aconchego
de vossa presença amorosa.

Penso e rezo por todas aquelas pessoas
que estão desempregadas.
Que hoje as portas das oportunidades se abram
e que elas possam receber um SIM que faça brilhar os seus
rostos de alegria e esperança.

Abençoa, também, todos os empresários, donos de comércio, repartições comerciais,
estabelecimentos, lojistas, diretores, professores...
que todos eles possam frutificar ainda mais os seus trabalhos e atividades.

Abençoa, Senhor, o nosso país inteiro.
O chão em que nascemos e é nosso!
Para isso, abençoa nossos governantes e líderes.
Que eles pensem no povo brasileiro
na saúde, educação, nas oportunidades e na paz!
Que seu nome seja glorificado hoje e sempre.
Amém.

Pai Nosso, que estais no céu (continue).
Amém!

Frei Rinaldo, osm

PUBLICIDADE
Voltar para o conteúdo