20 de setembro de 2018 - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

20 de setembro de 2018

LITURGIA DIÁRIA > 2018 > SETEMBRO

5ª-feira da 24ª Semana do Tempo Comum
20 de Setembro de 2018
Ss. André Kim Taegón, Presb., Paulo Chong Hasang e Comps., Mts., memória.
Cor: Vermelho



1ª Leitura - 1Cor 15,1-11

É isso, em resumo, o que eu e eles temos pregado
e é isso o que crestes.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 15,1-11

1 Irmãos, quero lembrar-vos o evangelho que vos preguei e que recebestes, e no qual estais firmes.
2 Por ele sois salvos, se o estais guardando tal qual ele vos foi pregado por mim. De outro modo, teríeis abraçado a fé em vão.
3 Com efeito, transmití-vos, em primeiro lugar, aquilo que eu mesmo tinha recebido, a saber: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras;
4 que foi sepultado; que, ao terceiro dia, ressuscitou, segundo as Escrituras;
5 e que apareceu a Cefas e, depois, aos Doze.
6 Mais tarde, apareceu a mais de quinhentos irmãos, de uma vez. Destes, a maioria ainda vive e alguns já morreram.
7 Depois, apareceu a Tiago e, depois, apareceu aos apóstolos todos juntos.
8 Por último, apareceu também a mim, como a um abortivo.
9 Na verdade, eu sou o menor dos apóstolos, nem mereço o nome de apóstolo, porque persegui a Igreja de Deus.
10 É pela graça de Deus que eu sou o que sou. Sua graça para comigo não foi estéril: a prova é que tenho trabalhado mais do que os outros apóstolos - não propriamente eu, mas a graça de Deus comigo.
11 É isso, em resumo, o que eu e eles temos pregado e é isso o que crestes.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 117 (118),1-2. 16ab-17. 28 (R. 1)

R. Dai graças ao Senhor, porque ele é bom!

Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia

1Dai graças ao Senhor, porque ele é bom!*
'Eterna é a sua misericórdia!'
2A casa de Israel agora o diga:*
'Eterna é a sua misericórdia!'R.

16aA mão direita do Senhor fez maravilhas,
16ba mão direita do Senhor me levantou,*
a mão direita do Senhor fez maravilhas!'
17Não morrerei, mas ao contrário, viverei*
para cantar as grandes obras do Senhor!R.

28Vós sois meu Deus, eu vos bendigo e agradeço! *
Vós sois meu Deus, eu vos exalto com louvores!R.


Evangelho - Lc 7,36-50

Os muitos pecados que ela cometeu estão perdoados
porque ela mostrou muito amor.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 7,36-50

Naquele tempo:
36 Um fariseu convidou Jesus para uma refeição em sua casa. Jesus entrou na casa do fariseu e pôs-se à mesa.
37 Certa mulher, conhecida na cidade como pecadora, soube que Jesus estava à mesa, na casa do fariseu. Ela trouxe um frasco de alabastro com perfume,
38 e, ficando por detrás, chorava aos pés de Jesus; com as lágrimas começou a banhar-lhe os pés, enxugava-os com os cabelos, cobria-os de beijos e os ungia com o perfume.
39 Vendo isso, o fariseu que o havia convidado ficou pensando: 'Se este homem fosse um profeta, saberia que tipo de mulher está tocando nele, pois é uma pecadora.'
40 Jesus disse então ao fariseu: 'Simão, tenho uma coisa para te dizer.' Simão respondeu: 'Fala, mestre!'
41 'Certo credor tinha dois devedores; um lhe devia quinhentas moedas de prata, o outro cinqüenta.
42 Como não tivessem com que pagar, o homem perdoou os dois. Qual deles o amará mais?'
43 Simão respondeu: 'Acho que é aquele ao qual perdoou mais.' Jesus lhe disse: 'Tu julgaste corretamente.'
44 Então Jesus virou-se para a mulher e disse a Simão: 'Estás vendo esta mulher? Quando entrei em tua casa, tu não me ofereceste água para lavar os pés; ela, porém, banhou meus pés com lágrimas e enxugou-os com os cabelos.
45 Tu não me deste o beijo de saudação; ela, porém, desde que entrei, não parou de beijar meus pés.
46 Tu não derramaste óleo na minha cabeça; ela, porém, ungiu meus pés com perfume.
47 Por esta razão, eu te declaro: os muitos pecados que ela cometeu estão perdoados porque ela mostrou muito amor. Aquele a quem se perdoa pouco mostra pouco amor.'
48 E Jesus disse à mulher: 'Teus pecados estão perdoados.'
49 Então, os convidados começaram a pensar: 'Quem é este que até perdoa pecados?'
50 Mas Jesus disse à mulher: 'Tua fé te salvou. Vai em paz!'
Palavra da Salvação.



REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO


EM BREVE A REFLEXÃO DE

Padre João Luiz Fávero
Paróquia Nossa Senhora das Dores
Cambuí - Campinas - SP

REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


EM BREVE A REFLEXÃO DE

Frei Rinaldo, osm


SOBRE A DATA COMEMORATIVA




André Kim Taegon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Presbítero, Mártir e Apóstolo da Coreia
Nascimento 1821 em Coreia
Morte 1846 em Seul, Coreia
Beatificação 1925
Canonização 6 de Maio de 1984 por Papa João Paulo II
Festa litúrgica 20 de setembro
Padroeiro clero coreano

André Kim Taegon (Taegon, 21 de agosto de 1821 — Seul, 16 de setembro de 1846) foi um sacerdote católico coreano, declarado santo pela Igreja Católica.

Nascido numa família nobre coreana, aos quinze anos converteu-se, com seus pais, ao Catolicismo e foi enviado pelos fiéis coreanos para Macau, que era na altura uma colónia portuguesa na China e um centro asiático de partida e formação de missionários e padres. Durante os seus estudos de teologia em Macau, frequentou como fiel a Igreja de Santo António.

Ele era o primeiro sacerdote de etnia coreana e dedicou a sua vida inteira para cristianizar a sua Pátria. Foi decapitado em 1846, aos 25 anos de idade, tornando-se assim no primeiro mártir coreano. A Diocese de Macau o venera na igreja que ele sempre frequentou, a Igreja de Santo António. Todos os anos, um número considerável de turistas coreanos católicos visitam esta igreja para venerar este santo que tanto trabalhou para evangelizar a Coreia.

Ele e mais 102 companheiros católicos, que foram igualmente martirizados na Coreia, foram canonizados por João Paulo II, durante a sua visita à Coreia, no dia 6 de Maio de 1984[
PUBLICIDADE
Voltar para o conteúdo