DEZEMBRO DE 2017 - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

Menu principal:

DEZEMBRO DE 2017

LITURGIA DIÁRIA > 2017 - DEZEMBRO
PUBLICIDADE

01/12/2017

6ª-feira da 34ª Semana do Tempo Comum

1 de Dezembro de 2017

Cor: Verde

1ª Leitura - Dn 7,2-14

Eis que, entre as nuvens do céu,
vinha um como filho de homem.
Leitura da Profecia de Daniel 7,2-14 Eu, Daniel,
2 'Tive uma visão durante a noite;
eis que os quatro ventos do céu
revolviam o vasto mar,
3 e quatro grandes animais,
diferentes uns dos outros,
emergiam do mar.
4 O primeiro era semelhante a um leão,
e tinha asas de águia;
ainda estava olhando,
quando lhe foram arrancadas as asas;
ele foi erguido da terra e posto de pé como um homem,
e foi-lhe dado um coração de homem.
5 Eis que surgiu outro animal, o segundo,
semelhante a um urso,
que estava erguido pela metade
e tinha três costelas nas fauces entre os dentes;
ouvia-se dizer: 'Vamos, come mais carne.`
6 Continuei a olhar,
e eis que assomou outro animal,
semelhante a um leopardo;
tinha no dorso quatro asas de ave,
e havia no animal quatro cabeças.
E foi-lhe dado poder.
7 Depois, eu insistia em minha visão noturna,
e eis que apareceu o quarto animal,
terrível, estranho e extremamente forte;
com suas dentuças de ferro, tudo devorava e triturava,
calcando aos pés o que sobrava;
era bem diferente dos outros animais que eu vi antes,
e tinha dez chifres.
8 Eu observava estes chifres,
e eis que apontou entre eles outro chifre pequeno,
e, em compensação,
foram arrancados três dos primeiros chifres;
e eis que neste chifre pequeno
havia uns olhos como olhos de homem
e uma boca que fazia ouvir uma fala muito forte.
9 Eu continuava olhando
até que foram colocados uns tronos,
e um Ancião de muitos dias aí tomou lugar.
Sua veste era branca como neve
e os cabelos da cabeça, como ló pura;
seu trono eram chamas de fogo,
e as rodas do trono, como fogo em brasa.
10 Derramava-se aí um rio de fogo
que nascia diante dele;
serviam-no milhares de milhares,
e milhões de milhões assistiam-no ao trono;
foi instalado o tribunal
e os livros foram abertos.
11 Eu estava olhando para o lado das palavras fortes
que o mencionado chifre fazia ouvir,
quando percebi que o animal tinha sido morto,
e vi que seu corpo fora feito em pedaços
e tinha sido entregue ao fogo para queimar;
12 percebi também que aos restantes animais
foi-lhes tirado o poder,
sendo-lhes prolongada a vida por certo tempo.
13 Continuei insistindo na visão noturna,
e eis que, entre as nuvens do céu,
vinha um como filho de homem,
aproximando-se do Ancião de muitos dias,
e foi conduzido à sua presença.
14 Foram-lhe dados poder, glória e realeza,
e todos os povos, nações e línguas o serviam:
seu poder é um poder eterno
que não lhe será tirado,
e seu reino, um reino que não se dissolverá.
Palavra do Senhor.
Salmo - Dn 3,75. 76. 77. 78. 79. 80. 81 (R. 59b)

R. Louvai-o e exaltai-o, pelos séculos sem fim!
75 Montes e colinas, bendizei o Senhor! R.

76 Plantas da terra, bendizei o Senhor! R.

77 Mares e rios, bendizei o Senhor! R.

78 Fontes e nascentes, bendizei o Senhor! R.

79 Baleias e peixes, bendizei o Senhor! R.

80 Pássaros do céu, bendizei o Senhor! R.

81 Feras e rebanhos, bendizei o Senhor! R.

Evangelho - Lc 21,29-33

Quando virdes acontecer essas coisas,
ficai sabendo que o Reino de Deus está perto. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 21,29-33 Naquele tempo:
29 Jesus contou-lhes uma parábola:
'Olhai a figueira e todas as árvores.
30 Quando vedes que elas estão dando brotos,
logo sabeis que o verão está perto.
31 Vós também, quando virdes acontecer essas coisas,
ficai sabendo que o Reino de Deus está perto.
32 Em verdade, eu vos digo:
tudo isso vai acontecer antes que passe esta geração.
33 O céu e a terra passarão,
mas as minhas palavras não hão de passar.
Palavra da Salvação.
Reflexão - Lc 21, 29-33

Devemos ser capazes de reconhecer os sinais dos tempos para que possamos perceber os apelos do Reino de Deus na nossa vida, assim como sermos capazes de descobrir a presença de Jesus na história das pessoas. Somente quando somos capazes de analisar os acontecimentos a partir da ótica da fé é que somos capazes de interpretar os fatos como sendo sinal dos tempos e ação da graça divina no nosso dia a dia. Para que isso seja possível, a Palavra de Jesus deve ser o critério fundamental para a interpretação dos acontecimentos.


Fonte: CNBB

02/12/2017

Sábado da 34ª Semana do Tempo Comum

2 de Dezembro de 2017

Cor: Verde

1ª Leitura - Dn 7,15-27

Seja dado o reino e o poder ao povo dos santos do Altíssimo
Leitura da Profecia de Daniel 7,15-27 15 Fiquei chocado em meu íntimo:
eu, Daniel, fiquei aterrorizado com estas coisas,
e as visões da imaginação me deixaram perturbado.
16 Aproximei-me de um dos presentes
e pedi-lhe que me desse explicações
sobre o significado de tudo aquilo.
Respondeu-me,
fazendo-me conhecer a interpretação das coisas:
17 Estes quatro possantes animais são quatro reinos
que surgirão na terra;
18 mas os que receberão o reino,
são os santos do Altíssimo;
eles ficarão de posse do reino
por todos os séculos, eternamente.`
19 Depois, quis ser mais bem informado
a respeito do quarto animal,
que era bastante diferente dos outros
e o mais terrível de todos,
com seus dentes de ferro e garras de bronze,
sempre devorando e triturando,
e calcando aos pés o que restava;
20 e ainda a respeito dos dez chifres
que tinha na cabeça,
e sobre o outro que nascera
e fizera cair outros três,
sobre o chifre que tinha olhos e boca,
e que fazia ouvir uma fala forte,
e era maior que os outros.
21 Eu continuava a olhar,
e eis que este chifre combatia contra os santo e vencia,
22 até que veio o Ancião de muitos dias
e fez justiça aos santos do Altíssimo,
e chegou o tempo
para os santos entrarem na posse do reino.
23 Respondeu-me assim:
'O quarto animal
é um quarto reino que surgirá na terra,
e que será maior do que todos os outros reinos;
há de devorar a terra inteira,
espezinhá-la e esmagá-la.
24 Quanto aos dez chifres do reino,
serão dez reis;
um outro surgirá depois deles,
e este será mais poderoso do que seus antecessores,
e abaterá os três reis,
25 e articulará insolências contra o Altíssimo
e perseguirá seus santos
e se julgará em condições de mudar os tempos e a lei;
os santos serão entregues ao seu arbítrio por um tempo,
por tempos e por um meio-tempo;
26 o tribunal se estabelecerá,
e ao chifre será tirado o poder,
até ser destruído e desaparecer para sempre;
27 e então, que seja dado o reino,
o poder e a grandeza dos reinos
que existem sob o céu
ao povo dos santos do Altíssimo,
cujo reino é um reino eterno,
e a quem todos os reis servirão
e prestarão obediência.'
Palavra do Senhor.
Salmo - Dn 3,82. 83. 84. 85. 86. 87 (R. 59b)

R. Louvai-o e exaltai-o, pelos séculos sem fim!
82 Filhos dos homens, bendizei o Senhor! R.

83 Filhos de Israel, bendizei o Senhor! R.

84 Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor! R.

85 Servos do Senhor, bendizei o Senhor! R.

86a lmas dos justos, bendizei o Senhor! R.

87 Santos e humildes, bendizei o Senhor! R.

Evangelho - Lc 21,34-36

Ficai atentos a fim de terdes força
para escapar de tudo o que deve acontecer + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 21,34-36 Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
34 Tomai cuidado para que vossos corações
não fiquem insensíveis por causa da gula,
da embriaguez e das preocupações da vida,
e esse dia não caia de repente sobre vós;
35 pois esse dia cairá como uma armadilha
sobre todos os habitantes de toda a terra.
36 Portanto, ficai atentos e orai a todo momento,
a fim de terdes força
para escapar de tudo o que deve acontecer
e para ficardes em pé diante do Filho do Homem.'
Palavra da Salvação.
Reflexão - Lc 21, 34-36

A nossa vida é marcada por preocupações constantes que são exigências da agitada vida moderna. Essas preocupações muitas vezes acabam por fazer de si mesmas o centro da nossa vida. Na verdade, a gente deixa de viver a vida que a gente quer para viver a vida que é exigida de nós. Assim, não temos tempo para a oração, para a contemplação, para o encontro com Deus e o estabelecimento de comunhão com ele. O resultado de tudo isso é que deixamos de viver na sua presença e nos fechamos num mundo que cada vez mais nos escraviza e nos impede de viver a verdadeira vida, a vida dos filhos e filhas de Deus em perfeita comunhão e relação com o Pai.


Fonte: CNBB02/12/2017

Sábado da 34ª Semana do Tempo Comum

2 de Dezembro de 2017

Cor: Verde

1ª Leitura - Dn 7,15-27

Seja dado o reino e o poder ao povo dos santos do Altíssimo
Leitura da Profecia de Daniel 7,15-27 15 Fiquei chocado em meu íntimo:
eu, Daniel, fiquei aterrorizado com estas coisas,
e as visões da imaginação me deixaram perturbado.
16 Aproximei-me de um dos presentes
e pedi-lhe que me desse explicações
sobre o significado de tudo aquilo.
Respondeu-me,
fazendo-me conhecer a interpretação das coisas:
17 Estes quatro possantes animais são quatro reinos
que surgirão na terra;
18 mas os que receberão o reino,
são os santos do Altíssimo;
eles ficarão de posse do reino
por todos os séculos, eternamente.`
19 Depois, quis ser mais bem informado
a respeito do quarto animal,
que era bastante diferente dos outros
e o mais terrível de todos,
com seus dentes de ferro e garras de bronze,
sempre devorando e triturando,
e calcando aos pés o que restava;
20 e ainda a respeito dos dez chifres
que tinha na cabeça,
e sobre o outro que nascera
e fizera cair outros três,
sobre o chifre que tinha olhos e boca,
e que fazia ouvir uma fala forte,
e era maior que os outros.
21 Eu continuava a olhar,
e eis que este chifre combatia contra os santo e vencia,
22 até que veio o Ancião de muitos dias
e fez justiça aos santos do Altíssimo,
e chegou o tempo
para os santos entrarem na posse do reino.
23 Respondeu-me assim:
'O quarto animal
é um quarto reino que surgirá na terra,
e que será maior do que todos os outros reinos;
há de devorar a terra inteira,
espezinhá-la e esmagá-la.
24 Quanto aos dez chifres do reino,
serão dez reis;
um outro surgirá depois deles,
e este será mais poderoso do que seus antecessores,
e abaterá os três reis,
25 e articulará insolências contra o Altíssimo
e perseguirá seus santos
e se julgará em condições de mudar os tempos e a lei;
os santos serão entregues ao seu arbítrio por um tempo,
por tempos e por um meio-tempo;
26 o tribunal se estabelecerá,
e ao chifre será tirado o poder,
até ser destruído e desaparecer para sempre;
27 e então, que seja dado o reino,
o poder e a grandeza dos reinos
que existem sob o céu
ao povo dos santos do Altíssimo,
cujo reino é um reino eterno,
e a quem todos os reis servirão
e prestarão obediência.'
Palavra do Senhor.
Salmo - Dn 3,82. 83. 84. 85. 86. 87 (R. 59b)

R. Louvai-o e exaltai-o, pelos séculos sem fim!
82 Filhos dos homens, bendizei o Senhor! R.

83 Filhos de Israel, bendizei o Senhor! R.

84 Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor! R.

85 Servos do Senhor, bendizei o Senhor! R.

86a lmas dos justos, bendizei o Senhor! R.

87 Santos e humildes, bendizei o Senhor! R.

Evangelho - Lc 21,34-36

Ficai atentos a fim de terdes força
para escapar de tudo o que deve acontecer + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 21,34-36 Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
34 Tomai cuidado para que vossos corações
não fiquem insensíveis por causa da gula,
da embriaguez e das preocupações da vida,
e esse dia não caia de repente sobre vós;
35 pois esse dia cairá como uma armadilha
sobre todos os habitantes de toda a terra.
36 Portanto, ficai atentos e orai a todo momento,
a fim de terdes força
para escapar de tudo o que deve acontecer
e para ficardes em pé diante do Filho do Homem.'
Palavra da Salvação.
Reflexão - Lc 21, 34-36

A nossa vida é marcada por preocupações constantes que são exigências da agitada vida moderna. Essas preocupações muitas vezes acabam por fazer de si mesmas o centro da nossa vida. Na verdade, a gente deixa de viver a vida que a gente quer para viver a vida que é exigida de nós. Assim, não temos tempo para a oração, para a contemplação, para o encontro com Deus e o estabelecimento de comunhão com ele. O resultado de tudo isso é que deixamos de viver na sua presença e nos fechamos num mundo que cada vez mais nos escraviza e nos impede de viver a verdadeira vida, a vida dos filhos e filhas de Deus em perfeita comunhão e relação com o Pai.


Fonte: CNBB

03/12/2017

1º Domingo do Advento

3 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Is 63,16b-17.19b;64,2b-7

Ah! se rompesses os céus e descesses!
Leitura do Livro do Profeta Isaías 63,16b-17.19b;64,2b-7 16b Senhor, tu és nosso Pai, nosso redentor;
eterno é o teu nome.
17 Como nos deixaste andar longe de teus caminhos
e endureceste nossos coraçðes
para não termos o teu temor?
Por amor de teus servos,
das tribos de tua herança, volta atrás.
19b Ah! se rompesses os céus e descesses!
As montanhas se desmanchariam diante de ti.
64,2b Desceste, pois, e as montanhas se derreteram
diante de ti.
3 Nunca se ouviu dizer nem chegou aos ouvidos de ninguém,
jamais olhos viram que um Deus, exceto tu,
tenha feito tanto pelos que nele esperam.
4 Vens ao encontro de quem pratica a justiça com alegria,
de quem se lembra de ti em teus caminhos.
Tu te irritaste, porque nós pecamos;
é nos caminhos de outrora que seremos salvos.
5 Todos nós nos tornamos imundície,
e todas as nossas boas obras são como um pano sujo;
murchamos todos como folhas,
e nossas maldades empurram-nos como o vento.
6 Não há quem invoque teu nome,
quem se levante para encontrar-se contigo,
escondeste de nós tua face
e nos entregaste à mercê da nossa maldade.
7 Assim mesmo, Senhor, tu és nosso pai,
nós somos barro; tu, nosso oleiro,
e nós todos, obra de tuas mãos.
Palavra do Senhor.
Salmo - Is 79 2ac.3b.15-16.18-19(R.4)

R.Iluminai a vossa face sobre nós,
convertei-nos, para que sejamos salvos!

2a Ao Pastor de Israel, prestai ouvidos.
2c Vós que sobre os querubins vos assentais,*
aparecei cheio de glória e esplendor!
3b Despertai vosso poder, ó nosso Deus*
e vinde logo nos trazer a salvação! R.

15 Voltai-vos para nós, Deus do universo!
Olhai dos altos céus e observai.*
Visitai a vossa vinha e protegei-a!
16 Foi a vossa mão direita que a plantou;*
protegei-a, e ao rebento que firmastes! R.

18 Pousai a mão por sobre o vosso Protegido,*
o filho do homem que escolhestes para vós!
19 E nunca mais vos deixaremos, Senhor Deus!*
Dai-nos vida, e louvaremos vosso nome! R.

2ª Leitura - ICor 1,3-9

Esperamos a revelação de
Nosso Senhor Jesus Cristo.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 1,3-9
Irmãos:
3 Para vós, graça e paz,
da parte de Deus, nosso Pai,
e do Senhor Jesus Cristo.
4 Dou graças a Deus sempre a vosso respeito,
por causa da graça que Deus vos concedeu
em Cristo Jesus:
5 Nele fostes enriquecidos em tudo,
em toda palavra e em todo conhecimento,
6 à medida que o testemunho sobre Cristo
se confirmou entre vós.
7 Assim, não tendes falta de nenhum dom, vós que
aguardais a revelação do Senhor nosso, Jesus Cristo.
8 É ele também que vos dará perseverança
em vosso procedimento irrepreensível,
até ao fim, até ao dia de nosso Senhor, Jesus Cristo.
9 Deus é fiel; por ele fostes chamados à comunhão
com seu Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso.
Palavra do Senhor.

Evangelho - Mc 13,33-37

Vigiai: não sabeis quando o dono da casa vem. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 13,33-37 Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
33 Cuidado! Ficai atentos,
porque não sabeis quando chegará o momento.
34 É como um homem que, ao partir para o estrangeiro,
deixou sua casa sob a responsabilidade de seus
empregados, distribuindo a cada um sua tarefa.
E mandou o porteiro ficar vigiando.
35 Vigiai, portanto, porque não sabeis
quando o dono da casa vem:
à tarde, à meia-noite, de madrugada ou ao amanhecer.
36 Para que não suceda que, vindo de repente,
ele vos encontre dormindo.
37 O que vos digo, digo a todos: Vigiai!'
Palavra da Salvação.



Fonte: CNBB

04/12/2017

2ª feira da 1ª Semana do Advento

4 de Dezembro de 2017

S. João Damasceno PresbDr, MFac.

Cor: Roxo

1ª Leitura - Is 4,2-6

Haverá grande alegria para os sobreviventes de Israel.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 4,2-6
2 Naquele dia, o povo do Senhor terá esplendor e glória,
e o fruto da terra será de grande alegria
para os sobreviventes de Israel.
3 Então, os que forem deixados em Sião,
os sobreviventes de Jerusalém, serão chamados santos,
a saber, todos os destinados à vida em Jerusalém.
4 Quando o Senhor tiver lavado as imundícies das filhas de Sião,
e limpado as manchas de sangue dentro de Jerusalém,
com espírito de justiça e de purificação,
5 ele criará em todo lugar do monte Sião
e em suas assembléias
uma nuvem durante o dia,
e fumaça e clarão de chamas durante a noite:
e será proteção para toda a sua glória,
6 uma tenda para dar sombra contra o calor do dia,
abrigo e refúgio contra a ventania e a chuva.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 121 (122), 1-2. 3-4a. (4b-5. 6-7) 8-9 (R. 1)

R. Que alegria, quando me disseram: 'Vamos à casa Senhor!

1 Que alegria, quando ouvi que me disseram:*
'Vamos à casa do Senhor!'
2 E agora nossos pés já se detêm,*
Jerusalém, em tuas portas. R.

3 Jerusalém,cidade bem edificada *
num conjunto harmonioso;
4a para lá sobem as tribos de Israel,*
as tribos do Senhor. R.

4b Para louvar, segundo a lei de Israel,*
o nome do Senhor.
5 A sede da justiça lá está *
e o trono de Davi. R.

6 Rogai que viva em paz Jerusalém,*
e em segurança os que te amam!
7 Que a paz habite dentro de teus muros,*
tranqüilidade em teus palácios! R.

8 Por amor a meus irmãos e meus amigos,*
peço: 'A paz esteja em ti!'
9 Pelo amor que tenho à casa do Senhor,*
eu te desejo todo bem! R.
Evangelho - Mt 8,5-11

Muitos virão do Oriente e do Ocidente para o Reino do Céu. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 8,5-11 Naquele tempo:
5 Quando Jesus entrou em Cafarnaum,
um oficial romano aproximou-se dele, suplicando:
6 'Senhor, o meu empregado está de cama, lá em casa,
sofrendo terrivelmente com uma paralisia.'
7 Jesus respondeu: 'Vou curá-lo.'
8 O oficial disse: 'Senhor,
eu não sou digno de que entres em minha casa.
Dize uma só palavra e o meu empregado ficará curado.
9 Pois eu também sou subordinado
e tenho soldados debaixo de minhas ordens.
E digo a um : 'Vai!', e ele vai;
e a outro: 'Vem!', e ele vem;
e digo ao meu escravo: 'Faze isto!', e ele faz.'
10 Quando ouviu isso, Jesus ficou admirado,
e disse aos que o seguiam:
'Em verdade, vos digo:
nunca encontrei em Israel alguém que tivesse tanta fé.
11 Eu vos digo:
muitos virão do Oriente e do Ocidente,
e se sentarão à mesa no Reino dos Céus,
junto com Abraão, Isaac e Jacó.
Palavra da Salvação
Reflexão - Mt 8, 5-11

A presença de Jesus no meio dos homens significa a chegada dos tempos messiânicos e o pleno cumprimento de todas as profecias do Antigo Testamento. Os sinais que Jesus realiza atestam este fato. Mas para que as pessoas participem do Reino de Deus de modo a usufruir dos dons que lhes são oferecidos nestes tempos messiânicos, faz-se necessária a aceitação plena de Jesus e de sua palavra, assim como a adesão à causa do Reino de Deus. Não basta ser católico para participar das coisas do alto, é necessário assumir a fé e ter uma vida coerente com ela.


Fonte: CNBB

05/12/2017

3ª feira da 1ª Semana do Advento

5 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Is 11,1-10

Julgará os humildes com justiça.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 11,1-10 Naqueles dias:
1 Nascerá uma haste do tronco de Jessé
e, a partir da raiz, surgirá o rebento de uma flor;
2 sobre ele repousará o espírito do Senhor:
espírito de sabedoria e discernimento,
espírito de conselho e fortaleza,
espírito de ciência e temor de Deus;
3 no temor do Senhor encontra ele seu prazer.
Ele não julgará pelas aparências que vê
nem decidirá somente por ouvir dizer;
4 mas trará justiça para os humildes
e uma ordem justa para os homens pacíficos;
fustigará a terra com a força da sua palavra
e destruirá o mau com o sopro dos lábios.
5 Cingirá a cintura com a correia da justiça
e as costas com a faixa da fidelidade.
6 O lobo e o cordeiro viverão juntos
e o leopardo deitar-se-á ao lado do cabrito;
o bezerro e o leão comerão juntos
e até mesmo uma criança poderá tangê-los.
7 A vaca e o urso pastarão lado a lado,
enquanto suas crias descansam juntas;
o leão comerá palha como o boi;
8 a criança de peito vai brincar
em cima do buraco da cobra venenosa;
e o menino desmamado
não temerá pôr a mão na toca da serpente.
9 Não haverá danos nem mortes
por todo o meu santo monte:
a terra estará tão repleta do saber do Senhor
quanto as águas que cobrem o mar.
10 Naquele dia, a raiz de Jessé
se erguerá como um sinal entre os povos;
hão de buscá-la as nações, e gloriosa será a sua morada.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 71 (72), 1-2. 7-8. 12-13. 17 (R.cf 7)

R. Nos seus dias a justiça florirá
e paz em abundância, para sempre.

1 Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus,*
vossa justiça ao descendente da realeza!
2 Com justiça ele governe o vosso povo,*
com eqüidade ele julgue os vossos pobres. R.

7 Nos seus dias a justiça florirá*
e grande paz, até que a lua perca o brilho!
8 De mar a mar estenderá o seu domínio,*
e desde o rio até os confins de toda a terra! R.

12 Libertará o indigente que suplica,*
e o pobre ao qual ninguém quer ajudar.
13 Terá pena do indigente e do infeliz,*
e a vida dos humildes salvará. R.


17 Seja bendito o seu nome para sempre!*
E que dure como o sol sua memória!
Todos os povos serão nele abençoados,*
todas as gentes cantarão o seu louvor! R.


Evangelho - Lc 10,21-24

Jesus exulta no Espírito Santo. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 10,21-24
21 Naquele momento, Jesus exultou no Espírito Santo e disse:
'Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra,
porque escondeste essas coisas aos sábios e inteligentes,
e as revelaste aos pequeninos.
Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado.
22 Tudo me foi entregue pelo meu Pai.
Ninguém conhece quem é o Filho, a não ser o Pai;
e ninguém conhece quem é o Pai, a não ser o Filho
e aquele a quem o Filho o quiser revelar.'
23 Jesus voltou-se para os discípulos
e disse-lhes em particular:
'Felizes os olhos que vêem o que vós vedes!
24 Pois eu vos digo que muitos profetas e reis quiseram ver
o que estais vendo, e não puderam ver;
quiseram ouvir o que estais ouvindo,
e não puderam ouvir.'
Palavra da Salvação.
Reflexão - Lc 10, 21-24

Felizes somos todos nós que nos abrimos à ação da graça divina e reconhecemos a presença de Jesus em nossas vidas. Felizes somos todos nós que aceitamos de bom coração esta presença e acolhemos Jesus. Felizes somos todos nós que nos abrimos à ação do Espírito Santo de modo que, conduzidos por ele, renunciamos à sabedoria do mundo como um fim em si e aceitamos o mistério que nos abre para as realidades eternas e imutáveis. Felizes somos todos nós que somos amados por Deus que, a partir da revelação que nos vem por Jesus, nos permite viver conscientemente aqui na terra as realidades do céu.


Fonte: CNBB

06/12/2017

4ª feira da 1ª Semana do Advento

6 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Is 25,6-10a

O Senhor convida para o seu banquete
e enxugará as lágrimas de todas as faces.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 25,6-10a
Naquele dia:
6 O Senhor dos exércitos dará
neste monte, para todos os povos,
um banquete de ricas iguarias,
regado com vinho puro,
servido de pratos deliciosos
e dos mais finos vinhos.
7 Ele removerá, neste monte,
a ponta da cadeia que ligava todos os povos,
a teia em que tinha envolvido todas as nações.
8 O Senhor Deus
eliminará para sempre a morte
e enxugará as lágrimas de todas as faces
e acabará com a desonra do seu povo em toda a terra,
o Senhor o disse.
9 Naquele dia, se dirá: 'Este é o nosso Deus,
esperamos nele, até que nos salvou;
este é o Senhor, nele temos confiado:
vamos alegrar-nos e exultar por nos ter salvo'.
10a E a mão do Senhor repousará sobre este monte.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 22 (23), 1-3a. 3b-4. 5. 6 (R. 6cd)

R. Na casa do Senhor habitarei pelos tempos infinitos.

1 O Senhor é o pastor que me conduz;*
não me falta coisa alguma.
2 Pelos prados e campinas verdejantes*
ele me leva a descansar.
Para as águas repousantes me encaminha,*
3a e restaura as minhas forças. R.
3b Ele me guia no caminho mais seguro,*
pela honra do seu nome.
4 Mesmo que eu passe pelo vale tenebroso,*
nenhum mal eu temerei.
Estais comigo com bastão e com cajado,*
eles me dão a segurança! R.
5 Preparais à minha frente uma mesa,*
bem à vista do inimigo;
com óleo vós ungis minha cabeça,*
e o meu cálice transborda. R.
6 Felicidade e todo bem hão de seguir-me,*
por toda a minha vida;
e, na casa do Senhor, habitarei*
pelos tempos infinitos. R.
Evangelho - Mt 15,29-37

Jesus cura muitos e multiplica os pães. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 15,29-37 Naquele tempo:
29 Jesus foi para as margens do mar da Galiléia,
subiu a montanha, e sentou-se.
30 Numerosas multidões aproximaram-se dele,
levando consigo coxos, aleijados, cegos, mudos,
e muitos outros doentes.
Então os colocaram aos pés de Jesus. E ele os curou.
31 O povo ficou admirado, quando viu os mudos falando,
os aleijados sendo curados,
os coxos andando e os cegos enxergando.
E glorificaram o Deus de Israel.
32 Jesus chamou seus discípulos e disse:
'Tenho compaixão da multidão,
porque já faz três dias que está comigo,
e nada tem para comer.
Não quero mandá-los embora com fome,
para que não desmaiem pelo caminho.'
33 Os discípulos disseram:
'Onde vamos buscar, neste deserto,
tantos pães para saciar tão grande multidão?'
34 Jesus perguntou: 'Quantos pães tendes?'
Eles responderam: 'Sete, e alguns peixinhos'.
35 E Jesus mandou que a multidão se sentasse pelo chão.
36 Depois pegou os sete pães e os peixes,
deu graças, partiu-os, e os dava aos discípulos,
e os discípulos, às multidões.
37 Todos comeram, e ficaram satisfeitos.
e encheram sete cestos com os pedaços que sobraram.
Palavra da Salvação.
Reflexão - Mt 15, 29-37

Todas as promessas que foram feitas no Antigo Testamento a respeito de Jesus começam a ser realizadas. Jesus cura todas as deficiências, de modo que as pessoas, além de não serem mais escravas do mal que possuíam, também podem ser novamente inseridas na vida social, deixando de ser excluídas e dependentes do auxílio dos demais. Jesus também multiplica os pães mostrando que Deus quer a saciedade de todos e que não quer entre os homens a fome e a miséria, pois o Reino de Deus é o reino da abundância de bens e de dons.


Fonte: CNBB

07/12/2017

5ª feira da 1ª Semana do Advento

7 de Dezembro de 2017

Sto. Ambrósio BDr, memória

Cor: Branco

1ª Leitura - Is 26,1-6

Que entre um povo justo, cumpridor da palavra.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 26,1-6
1 Naquele dia, cantarão este canto em Judá:
'Uma cidade fortificada é a nossa segurança;
o Senhor cercou-a de muros e antemuro.
2 Abri as suas portas, para que entre um povo justo,
cumpridor da palavra,
3 firme em seu propósito;
e tu lhe conservarás a paz,
porque confia em ti.
4 Esperai no Senhor por todos os tempos,
o Senhor é a rocha eterna.
5 Ele derrubou os que habitam no alto,
há de humilhar a cidade orgulhosa,
deitando-a por terra,
até fazê-la beijar o chão.
6 Hão de pisá-la os pés, os pés dos pobres,
as passadas dos humildes.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 117 (118) 1.8-9. 19-21. 25-27a (R. 26a)

R. Bendito é aquele que vem vindo em nome do Senhor!
Ou:Aleluia, Aleluia, Aleluia

1 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! *
'Eterna é a sua misericórdia!'
8 É melhor buscar refúgio no Senhor, *
do que pôr no ser humano a esperança;
9 é melhor buscar refúgio no Senhor, *
do que contar com os poderosos deste mundo!' R.
19 Abri-me vós, abri-me as portas da justiça; *
quero entrar para dar graças ao Senhor!
20 'Sim, esta é a porta do Senhor, *
por ela só os justos entrarão!'
21 Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes *
e vos tornastes para mim o Salvador! R.
25 Ó Senhor, dai-nos a vossa salvação, *
ó Senhor, dai-nos também prosperidade!'
26 Bendito seja, em nome do Senhor, *
aquele que em seus átrios vai entrando!
Desta casa do Senhor vos bendizemos. *
27a Que o Senhor e nosso Deus nos ilumine! R
Evangelho - Mt 7,21.24-27

Aquele que faz a vontade de meu Pai
entrará no reino dos céus. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 7,21.24-27
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
2l Nem todo aquele que me diz: 'Senhor, Senhor',
entrará no Reino dos Céus, mas o que põe em prática
a vontade de meu Pai que está nos céus.
24 Portanto, quem ouve estas minhas palavras
e as põe em prática,
é como um homem prudente,
que construiu sua casa sobre a rocha.
25 Caiu a chuva, vieram as enchentes,
os ventos deram contra a casa,
mas a casa não caiu,
porque estava construída sobre a rocha.
26 Por outro lado,
quem ouve estas minhas palavras e não as põe em prática,
é como um homem sem juízo,
que construiu sua casa sobre a areia.
27 Caiu a chuva, vieram as enchentes,
os ventos sopraram e deram contra a casa,
e a casa caiu, e sua ruína foi completa!'
Palavra da Salvação.
Reflexão - Mt 7, 21.24-27

Somente quem faz a vontade do Pai que está nos céus irá participar plenamente do seu Reino. Jesus veio até nós para nos revelar quem é o Pai, assim como a sua vontade, para que, a partir do seu conhecimento, pudéssemos praticá-la e participar conscientemente do Reino. Por isso, todos os que desejam a vida eterna devem fundamentar a sua existência na palavra de Jesus e procurar viver segundo os valores que ele pregou no Evangelho, colocando em prática a vontade do Pai, que Jesus, ao se fazer homem e vir ao mundo, revelou para todos nós.


Fonte: CNBB

08/12/2017

Imaculada Conceição de Nossa Senhora . Solenidade

8 de Dezembro de 2017

Cor: Branco

1ª Leitura - Gn 3,9-15.20

Porei inimizade entre ti e a mulher,
entre a tua descendência e a dela.
Leitura do Livro do Gênesis 3,9-15.20
Depois que Adão comeu do fruto da árvore,
9 o Senhor Deus o chamou, dizendo:
"Onde estás?"
10 E ele respondeu:
"Ouvi tua voz no jardim,
e fiquei com medo porque estava nu;
e me escondi".
11 Disse-lhe o Senhor Deus:
"E quem te disse que estavas nu?
Então comeste da árvore,
de cujo fruto te proibi comer?"
12 Adão disse:
"A mulher que tu me deste por companheira,
foi ela que me deu do fruto da árvore, e eu comi".
13 Disse o Senhor Deus à mulher:
"Por que fizeste isso?"
E a mulher respondeu:
"A serpente enganou-me e eu comi".
14 Então o Senhor Deus disse à serpente:
"Porque fizeste isso, serás maldita
entre todos os animais domésticos
e todos os animais selvagens!
Rastejarás sobre o ventre
e comerás pó todos os dias da tua vida!
15 Porei inimizade entre ti e a mulher,
entre a tua descendência e a dela.
Esta te ferirá a cabeça
e tu lhe ferirás o calcanhar".
20 E Adão chamou à sua mulher "Eva",
porque ela é a mãe de todos os viventes.
Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 97(98),1.2-3ab.3cd-4 (R. 1a)

R. Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
porque ele fez prodígios![x]
1 Cantai ao Senhor Deus um canto novo, *
porque ele fez prodígios!
Sua mão e o seu braço forte e santo *
alcançaram-lhe a vitória. R.

2 O Senhor fez conhecer a salvação, *
e às nações, sua justiça;
3a recordou o seu amor sempre fiel *
3b pela casa de Israel. R.

3c Os confins do universo contemplaram *
3d a salvação do nosso Deus.
4 Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, *
alegrai-vos e exultai! R.

2ª Leitura - Ef 1,3-6.11-12

Em Cristo, ele nos escolheu,
antes da fundação do mundo.
Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios 1,3-6.11-12
3 Bendito seja Deus,
Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.
Ele nos abençoou com toda a bênção do seu Espírito
em virtude de nossa união com Cristo, no céu.
4 Em Cristo, ele nos escolheu,
antes da fundação do mundo,
para que sejamos santos e irrepreensíveis
sob o seu olhar, no amor.
5 Ele nos predestinou para sermos seus filhos adotivos
por intermédio de Jesus Cristo,
conforme a decisão da sua vontade,
6 para o louvor da sua glória
e da graça com que ele nos cumulou no seu Bem-amado.
11 Nele também nós recebemos a nossa parte.
Segundo o projeto daquele
que conduz tudo conforme a decisão de sua vontade,
nós fomos predestinados
12 a sermos, para o louvor de sua glória,
os que de antemão colocaram a sua esperança em Cristo.
Palavra do Senhor.

Evangelho - Lc 1,26-38

Eis que conceberás e darás à luz um filho. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1,26-38 Naquele tempo:
26 O anjo Gabriel foi enviado por Deus
a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
27 a uma virgem, prometida em casamento
a um homem chamado José.
Ele era descendente de Davi
e o nome da virgem era Maria
28 O anjo entrou onde ela estava e disse:
'Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!'
29 Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a
pensar qual seria o significado da saudação.
30 O anjo, então, disse-lhe:
'Não tenhas medo, Maria,
porque encontraste graça diante de Deus.
31 Eis que conceberás e darás à luz um filho,
a quem porás o nome de Jesus.
32 Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo,
e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi.
33 Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó,
e o seu reino não terá fim'.
34 Maria perguntou ao anjo:
'Como acontecerá isso,
se eu não conheço homem algum?'
35 O anjo respondeu:
'O Espírito virá sobre ti,
e o poder do Altissimo te cobrirá com sua sombra.
Por isso, o menino que vai nascer
será chamado Santo, Filho de Deus.
36 Também Isabel, tua parenta,
concebeu um filho na velhice.
Este já é o sexto mês
daquela que era considerada estéril,
37 porque para Deus nada é impossível'.
38 Maria, então, disse:
'Eis aqui a serva do Senhor;
faça-se em mim segundo a tua palavra!'
E o anjo retirou-se.
Palavra da Salvação.
Reflexão - Lc 1, 26 - 38

Jesus se insere na história da humanidade e, ao fazê-lo, também passa a ter uma história. Ele é verdadeiramente homem e assume em tudo a condição humana, menos o pecado Ao comemorarmos a Imaculada Conceição da Virgem Maria, estamos comemorando um fato da história do próprio Cristo, pois a Imaculada Conceição de Maria está condicionada ao nascimento de Cristo, uma vez que Deus estava preparando o ventre digno de receber seu próprio Filho. Com isso, podemos perceber a ação do Deus que é Senhor da história e que, agindo na própria história da humanidade, conta com a colaboração de todos para a realização do seu plano.




Fonte: CNBB

09/12/2017

Sábado da 1ª Semana do Advento

9 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Is 30,19-21.23-26

O Senhor se comoverá à voz do teu clamor.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 30,19-21.23-26 Assim fala o Senhor, o Santo de Israel:
19 Povo de Sião, que habitas em Jerusalém,
não terás motivo algum para chorar:
ele se comoverá à voz do teu clamor;
logo que te ouvir, ele atenderá.
20 O Senhor de certo dará a todos
o pão da angústia e a água da aflição,
não se apartará mais de ti o teu mestre;
teus olhos poderão vê-lo
21 e teus ouvidos poderão ouvir a palavra de aviso atrás de ti:
'O caminho é este para todos, segui por ele',
sem desviar-vos à direita ou à esquerda.
23 Ele te dará chuva para a semente
que tiveres semeado na terra,
e o fruto da terra será abundante e rico;
nesse dia, o teu rebanho pastará em vastas pastagens,
24 teus bois e os animais que lavram a terra
comerão forragem salgada,
limpa com pá e peneira.
25 Haverá em toda montanha alta
e em toda colina elevada
arroios de água corrente,
num dia em que muitos serão mortos
com o desabamento de seus torreões.
26 A lua brilhará como a luz do sol
e o sol brilhará sete vezes mais,
como a luz de sete dias,
no dia em que o Senhor curar a ferida de seu povo
e fizer sarar a lesão de sua chaga.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 146 (147) 1-2. 3-4. 5-6 (R. Is 30,18)

R. Felizes são aqueles, que esperam no Senhor!

1 Louvai o Senhor Deus, porque ele é bom,+
cantai ao nosso Deus, porque é suave:*
ele é digno de louvor, ele o merece!
2 O Senhor reconstruiu Jerusalém,*
e os dispersos de Israel juntou de novo. R.

3 ele conforta os corações despedaçados,*
ele enfaixa suas feridas e as cura;
4 fixa o número de todas as estrelas*
e chama a cada uma por seu nome. R.

5 É grande e onipotente o nosso Deus,*
seu saber não tem medida nem limites.
6 O Senhor Deus é o amparo dos humildes,*
mas dobra até o chão os que são ímpios. R.

Evangelho - Mt 9,35 - 10,1.6-8

Vendo Jesus as multidões, compadeceu-se delas. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 9,35 - 10,1.6-8 Naquele tempo:
35 Jesus percorria todas as cidades e povoados,
ensinando em suas sinagogas,
pregando o Evangelho do Reino,
e curando todo tipo de doença e enfermidade.
36 Vendo Jesus as multidões, compadeceu-se delas,
porque estavam cansadas e abatidas,
como ovelhas que não têm pastor.
Então disse a seus discípulos:
37 'A Messe é grande, mas os trabalhadores são poucos.
38 Pedi pois ao dono da messe
que envie trabalhadores para a sua colheita!'
10,1 E, chamando os seus doze discípulos
deu-lhes poder para expulsarem os espíritos maus
e para curarem todo tipo de doença e enfermidade.
Enviou-os com as seguintes recomendações:
6 Ide, antes, às ovelhas perdidas da casa de Israel!
7 Em vosso caminho, anunciai:
'O Reino dos Céus está próximo'.
8 Curai os doentes, ressuscitai os mortos,
purificai os leprosos, expulsai os demônios.
De graça recebestes, de graça deveis dar!
Palavra da Salvação.
Reflexão - Mt 9, 35-38 - 10, 1.6-8

Jesus é o bom pastor que vem ao encontro das ovelhas perdidas da casa de Israel, cumprindo assim as promessas feitas por Deus no Antigo Testamento. De fato, Deus disse pela boca do profeta Jeremias que daria ao seu povo pastores segundo o seu próprio coração e Jesus é o pastor segundo o coração de Deus. Ele disse também pela boca do profeta Ezequiel que ele mesmo apascentaria o seu rebanho, procurando a perdida, indo ao encontro da desgarrada, alimentando a faminta, curando a doente, procurando a perdida e estabelecendo o direito entre elas, e Jesus é o bom pastor, o próprio Deus que se encarna e vem ao encontro do seu rebanho para ser o seu pastor e enviar outros, os pastores da Nova Aliança, para que não haja mais ovelhas sem pastor.


Fonte: CNBB

10/12/2017

2º Domingo do Advento

10 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Is 40,1-5.9-11

Preparai o caminho do Senhor.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 40,1-5.9-11 1 Consolai o meu povo, consolai-o!
- diz o vosso Deus -.
2 Falai ao coração de Jerusalém
e dizei em alta voz que sua servidão acabou
e a expiação de suas culpas foi cumprida;
ela recebeu das mãos do Senhor
o dobro por todos os seus pecados.
3 Grita uma voz:
'Preparai no deserto o caminho do Senhor,
aplainai na solidão a estrada de nosso Deus.
4 Nivelem-se todos os vales,
rebaixem-se todos os montes e colinas;
endireite-se o que é torto
e alisem-se as asperezas:
5 a glória do Senhor então se manifestará,
e todos os homens verão juntamente
o que a boca do Senhor falou'.
9 Sobe a um alto monte,
tu, que trazes a boa nova a Sião;
levanta com força a tua voz,
tu, que trazes a boa nova a Jerusalém,
ergue a voz, não temas;
dize às cidades de Judá: 'Eis o vosso Deus,
10 eis que o Senhor Deus vem com poder,
seu braço tudo domina: eis, com ele, sua conquista,
eis à sua frente a vitória.
11 Como um pastor, ele apascenta o rebanho,
reúne, com a força dos braços, os cordeiros
e carrega-os ao colo;
ele mesmo tange as ovelhas-mães'.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 84,9ab-10.11-12.13-14 (R.8)

R. Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade, e a vossa salvação nos concedei!

9a Quero ouvir o que o Senhor irá falar:*
é a paz que ele vai anunciar;
9b a paz para o seu povo e seus amigos,*
para os que voltam ao Senhor seu coração.
10 Está perto a salvação dos que o temem,*
e a glória habitará em nossa terra. R.

11 A verdade e o amor se encontrarão,*
a justiça e a paz se abraçarão;
12 da terra brotará a fidelidade,*
e a justiça olhará dos altos céus. R.

13 O Senhor nos dará tudo o que é bom,*
e a nossa terra nos dará suas colheitas;
14 a justiça andará na sua frente*
e a salvação há de seguir os passos seus. R.
2ª Leitura - 2Pd 3,8-14

O que nós esperamos são novos céus e uma nova terra.
Leitura da Segunda Carta de São Pedro 3,8-14 8 Uma coisa vós não podeis desconhecer, caríssimos:
para o Senhor, um dia é como mil anos
e mil anos como um dia.
9 O Senhor não tarda a cumprir sua promessa,
como pensam alguns, achando que demora.
Ele está usando de paciência para convosco.
Pois não deseja que alguém se perca.
ao contrário, quer que todos venham a converter-se.
10 O dia do Senhor chegará como um ladrão,
e então os céus acabarão com barulho espantoso;
os elementos, devorados pelas chamas, se dissolverão,
e a terra será consumida com tudo o que nela se fez.
11 Se deste modo tudo se vai desintegrar,
qual não deve ser o vosso empenho
numa vida santa e piedosa,
12 enquanto esperais com anseio a vinda do Dia de Deus,
quando os céus em chama se vão derreter,
e os elementos, consumidos pelo fogo, se fundirão?
13 O que nós esperamos, de acordo com a sua promessa,
são novos céus e uma nova terra,
onde habitará a justiça.
14 Caríssimos, vivendo nesta esperança,
esforçai-vos para que ele vos encontre
numa vida pura e sem mancha e em paz.
Palavra do Senhor.
Evangelho - Mc 1,1-8

Endireitai as estradas do Senhor. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 1,1-8 1 Início do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus.
2 Está escrito no livro do profeta Isaías:
'Eis que envio meu mensageiro à tua frente,
para preparar o teu caminho.
3 Esta é a voz daquele que grita no deserto:
'Preparai o caminho do Senhor,
endireitai suas estradas!''
4 Foi assim que João Batista apareceu no deserto,
pregando um batismo de conversão
para o perdão dos pecados.
5 Toda a região da Judéia e todos os moradores de
Jerusalém iam ao seu encontro.
Confessavam os seus pecados
e João os batizava no rio Jordão.
6 João se vestia com uma pele de camelo
e comia gafanhotos e mel do campo.
7 E pregava, dizendo:
'Depois de mim virá alguém mais forte do que eu.
Eu nem sou digno de me abaixar
para desamarrar suas sandálias.
8 Eu vos batizei com água,
mas ele vos batizará com o Espírito Santo.'
Palavra da Salvação.



Fonte: CNBB

11/12/2017

2ª feira da 2ª Semana do Advento

11 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Is 35,1-10

É Deus mesmo que vem para vos salvar.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 35,1-10
1 Alegre-se a terra que era deserta e intransitável,
exulte a solidão e floresça como um lírio.
2 Germine e exulte
de alegria e louvores.
Foi-lhe dada a glória do Líbano,
o esplendor do Carmelo e de Saron;
seus habitantes verão a glória do Senhor,
a majestade do nosso Deus.
3 Fortalecei as mãos enfraquecidas
e firmai os joelhos debilitados.
4 Dizei às pessoas deprimidas:
'Criai ânimo, não tenhais medo!
Vede, é vosso Deus,
é a vingança que vem, é a recompensa de Deus;
é ele que vem para vos salvar'.
5 Então se abrirão os olhos dos cegos
e se descerrarão os ouvidos dos surdos.
6 O coxo saltará como um cervo
e se desatará a língua dos mudos,
assim como brotarão águas no deserto
e jorrarão torrentes no ermo.
7 A terra árida se transformará em lago,
e a região sedenta, em fontes d'água;
nas cavernas onde viviam dragões
crescerá o caniço e o junco.
8 Ali haverá uma vereda e um caminho;
o caminho se chamará estrada santa:
por ela não passará o impuro;
mas será uma estrada reta
em que até os débeis não se perderão.
9 Ali não existem leões,
não andam por ela animais de predadores,
nem mesmo aparecem lá;
os que forem libertados, poderão percorrê-la,
10 os que o Senhor salvou, voltarão para casa.
Eles virão a Sião cantando louvores,
com infinita alegria brilhando em seus rostos:
cheios de gozo e contentamento,
não mais conhecerão a dor e o pranto.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 84 (85),9ab-10. 11-12. 13-14 (R. Is 35,4d)

R. Eis que vem o nosso Deus! Ele vem para salvar.

9a Quero ouvir o que o Senhor irá falar:*
é a paz que ele vai anunciar;
9b a paz para o seu povo e seus amigos,*
para os que voltam ao Senhor seu coração.
10 Está perto a salvação dos que o temem,*
e a glória habitará em nossa terra. R.

11 A verdade e o amor se encontrarão,*
a justiça e a paz se abraçarão;
12 da terra brotará a fidelidade,*
e a justiça olhará dos altos céus. R.

13 O Senhor nos dará tudo o que é bom,*
e a nossa terra nos dará suas colheitas;
14 a justiça andará na sua frente*
e a salvação há de seguir os passos seus. R.
Evangelho - Lc 5,17-26

Hoje vimos coisas maravilhosas! + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 5,17-26 17 Um dia Jesus estava ensinando.
É sua volta estavam sentados fariseus e doutores da Lei,
vindos de todas as aldeias
da Galiléia, da Judéia e de Jerusalém.
E a virtude do Senhor o levava a curar.
18 Uns homens traziam um paralítico num leito
e procuravam fazê-lo entrar para apresentá-lo.
19 Mas, nóo achando por onde introduzi-lo,
devido à multidão, subiram ao telhado
e por entre as telhas o desceram com o leito
no meio da assembléia diante de Jesus.
20 Vendo-lhes a fé, ele disse:
Homem, teus pecados estão perdoados.
21 Os escribas e fariseus começaram a murmurar, dizendo:
Quem é este que assim blasfema?
Quem pode perdoar os pecados senão Deus?
22 Conhecendo-lhes os pensamentos, Jesus respondeu, dizendo:
'Por que murmurais em vossos corações?
23 O que é mais fácil dizer:
'teus pecados estão perdoados',
ou dizer: 'levanta-te e anda'?
24 Pois, para que saibais que o Filho do homem
tem na terra poder de perdoar os pecados
- disse ao paralítico - eu te digo:
levanta-te, pega o leito e vai para casa'.
25 Imediatamente, diante deles, ele se levantou,
tomou o leito e foi para casa, louvando a Deus.
26 Todos ficaram fora de si, glorificavam a Deus
e cheios de temor diziam:
'Hoje vimos coisas maravilhosas!'
Palavra da Salvação.
Reflexão - Lc 5, 17-26

Nós temos muitas dificuldades para vermos os verdadeiros valores que devem marcar a existência humana e, por isso, não damos importância a eles e até mesmo fechamos o nosso coração à ação divina, dificultando a sua realização. É o caso do Evangelho de hoje, no qual a importância maior é dada para a cura do corpo, sem levar em consideração a cura espiritual e o julgamento de que esta é impossível. Os tempos messiânicos são a expressão da verdadeira hierarquia de valores, na qual os perenes estão acima dos temporais.


Fonte: CNBB

12/12/2017

Nossa Senhora de Guadalupe . Festa

12 de Dezembro de 2017

Cor: Branco

1ª Leitura - Gl 4,4-7

Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher.

Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas 4,4-7
Irmãos:
4 Quando se completou o tempo previsto,
Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher,
nascido sujeito à Lei,
5 a fim de resgatar os que eram sujeitos à Lei
e para que todos recebêssemos a filiação adotiva.
6 E porque sois filhos,
Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu
Filho, que clama: Abá - ó Pai!
7 Assim já não és mais escravo, mas filho;
e se és filho, és também herdeiro:
tudo isso, por graça de Deus.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 95(96),1-2a.2b-3.10 (R. 3a)

R. Manifestai a sua glória entre as nações.
1 Cantai ao Senhor Deus um canto novo, +
cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! *
2a Cantai e bendizei seu santo nome! R.

2b Dia após dia anunciai sua salvação, +
3 manifestai a sua glória entre as nações, *
e entre os povos do universo seus prodígios! R.

10 Publicai entre as nações: "Reina o Senhor! +
Ele firmou o universo inabalável, *
e os povos ele julga com justiça. R.

Evangelho - Lc 1,39-47

"Bendita és tu entre as mulheres
e bendito é o fruto do teu ventre!"
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1,39-47
39 Naqueles dias,
Maria partiu para a região montanhosa,
dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judéia.
40 Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel.
41 Quando Isabel ouviu a saudação de Maria,
a criança pulou no seu ventre
e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.
42 Com um grande grito, exclamOu:
"Bendita és tu entre as mulheres
e bendito é o fruto do teu ventre!"
43 Como posso merecer
que a mãe do meu Senhor me venha visitar?
44 Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos,
a criança pulou de alegria no meu ventre.
45 Bem-aventurada aquela que acreditou,
porque será cumprido, o que o Senhor lhe prometeu".
46 Então Maria disse:
"A minha alma engrandece o Senhor,
47 e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador".
Palavra da Salvação.



Fonte: CNBB

13/12/2017

4ª feira da 2ª Semana do Advento

13 de Dezembro de 2017

Sta. Luzia* VgMt, memória

Cor: Vermelho

1ª Leitura - Is 40,25-31

O Senhor todo-poderoso dá coragem ao desvalido.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 40,25-31
25 'Com quem haveis de me comparar,
e a quem seria eu igual?'
- fala o Santo.
26 Levantai os olhos para o alto
e vede: Quem criou tudo isto?
- Aquele que expressa em números
o exército das estrelas
e a cada uma chama pelo nome:
tal é a grandeza e força e poder de Deus
que nenhuma delas falta à chamada.
27 Então, por que dizes, Jacó,
e por que falas, Israel:
'Minha vida ocultou-se da vista do Senhor
e meu julgamento escapa ao do meu Deus?'
28 Acaso ignoras, ou não ouviste?
O Senhor é o Deus eterno
que criou os confins da terra;
ele não falha nem se cansa,
insondável é sua sabedoria;
29 ele dá coragem ao desvalido
e aumenta o vigor do mais fraco.
30 Cansam-se as crianças e param,
os jovens tropeçam e caem,
31 mas os que esperam no Senhor
renovam suas forças,
criam asas como as águias,
correm sem se cansar,
caminham sem parar.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 102 (103), 1-2. 3-4. 8. 10 (R. 1a)

R. Bendize, ó minha alma ao Senhor.

1 Bendize, ó minha alma, ao Senhor, *
e todo o meu ser, seu santo nome!
2 Bendize, ó minha alma, ao Senhor, *
nóo te esqueças de nenhum de seus favores! R.

3 Pois ele te perdoa toda culpa, *
e cura toda a tua enfermidade;
4 da sepultura ele salva a tua vida *
e te cerca de carinho e compaixão; R.

8 O Senhor é indulgente, é favorável, *
é paciente, é bondoso e compassivo.
10 Não nos trata como exigem nossas faltas, *
nem nos pune em proporção às nossas culpas. R.
Evangelho - Mt 11,28-30

Vinde a mim todos vós que estais cansados. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 11,28-30 Naquele tempo, tomou Jesus a palavra e disse:
28 Vinde a mim todos vós que estais cansados
e fatigados sob o peso dos vossos fardos,
e eu vos darei descanso.
29 Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim,
porque sou manso e humilde de coração,
e vós encontrareis descanso.
30 Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.
Palavra da Salvação.
Reflexão - Mt 11, 28-30

Existem pessoas que acreditam que a verdade da religião encontra-se num rigorismo muito grande, principalmente no que diz respeito às exigências morais e rituais. Com isso, a religião acaba por ser um instrumento de opressão. Jesus nos mostra que não deve ser assim. Ele veio ao mundo para trazer a libertação do jugo do pecado e da morte e que a verdadeira religião é aquela que liberta as pessoas de todos os pesos que as oprimem na sua existência. O verdadeiro cristianismo é aquele que não está fundamentado na autoridade e na rigidez, mas na humildade e mansidão de coração, por que o seu fundador, Jesus Cristo, manso e humilde de coração, é o Mestre de todo o nosso agir.


Fonte: CNBB

14/12/2017

5ª feira da 2ª Semana do Advento

14 de Dezembro de 2017

S. João da Cruz PresbDr, memória

Cor: Branco

1ª Leitura - Is 41,13-20

Eu sou o teu Salvador, o Santo de Israel.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 41,13-20 13 Eu sou o Senhor, teu Deus,
que te tomo pela mão
e te digo: 'Não temas;
eu te ajudarei.
14 Não tenhas medo, Jacó, pobre verme,
não temais, homens de Israel.
Eu vos ajudarei', diz o Senhor
e Salvador, o Santo de Israel.
15 Eis que te transformei num carro novo de triturar,
guarnecido de dentes de serra.
Hás de triturar e despedaçar os montes,
e reduzirás as colinas a poeira.
16 Ao expô-los ao vento, o vento os levará
e o temporal os dispersará;
exultarás no Senhor
e te alegrarás no Santo de Israel.
17 Pobres e necessitados procuram água, mas não há,
estão com a língua seca de sede.
Eu, o Senhor, os atenderei,
eu, Deus de Israel, não os abandonarei.
18 Farei nascer rios nas colinas escalvadas
e fontes no meio dos vales;
transformarei o deserto em lagos
e a terra seca em nascentes d'água.
19 Plantarei no deserto o cedro,
a acácia e a murta e a oliveira;
crescerão no ermo o pinheiro,
o olmo e o cipreste juntamente,
20 para que os homens vejam e saibam,
considerem e compreendam
que a mão do Senhor fez essas coisas
e o Santo de Israel tudo criou.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 144 (145), 1.9. 10-11. 12-13ab (R. 8)

R. Misericórdia e piedade é o Senhor!
Ele é amor, é paciência, é compaixão.

1 Ó meu Deus, quero exaltar-os, ó meu Rei,*
e bendizer o vosso nome pelos séculos.
9 O Senhor é muito bom para com todos,*
sua ternura abraça toda criatura. R.

10 Que vossas obras, ó Senhor, vos glorifiquem,*
e os vossos santos com louvores vos bendigam!
11 Narrem a glória e o esplendor do vosso reino*
e saibam proclamar vosso poder! R.

12 Para espalhar vossos prodígios entre os homens*
e o fulgor de vosso reino esplendoroso.
13a O vosso reino é um reino para sempre,*
13b vosso poder, de geração em geração. R.
Evangelho - Mt 11,11-15

Não surgiu nenhum maior do que João Batista. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 11,11-15 Naquele tempo, disse Jesus à multidão:
11 Em verdade eu vos digo,
de todos os homens que já nasceram,
nenhum é maior do que João Batista.
No entanto, o menor no Reino dos Céus é maior do que ele.
12 Desde os dias de João Batista até agora,
o Reino dos Céus sofre violência,
e são os violentos que o conquistam.
13 Com efeito, todos os profetas e a Lei
profetizaram até João.
14 E se quereis aceitar, ele é o Elias que há de vir.
15 Quem tem ouvidos, ouça.
Palavra da Salvação.
Reflexão - Mt 11, 11-15

Um dos personagens mais importantes para a nossa reflexão durante este tempo do Advento é João Batista, o maior dentre os nascidos de mulher. João é o último profeta do Antigo Testamento, o mensageiro que é enviado por Deus para ser o precursor do Messias, aquele que tem como missão preparar os seus caminhos. Mas quem é do Reino dos céus é maior do que ele, todos aqueles que vivem segundo a nova aliança é maior que João, porque a nova aliança é a aliança perfeita, enquanto a antiga aliança é imperfeita.


Fonte: CNBB

15/12/2017

6ª feira da 2ª Semana do Advento

15 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Is 48,17-19

Ah! se tivesses observado os meus mandamentos!
Leitura do Livro do Profeta Isaías 48,17-19 17 Isto diz o Senhor,
o teu libertador, o Santo de Israel:
Eu, o Senhor teu Deus, te ensino coisas úteis,
te conduzo pelo caminho em que andas.
18 Ah, se tivesses observado os meus mandamentos!
Tua paz teria sido como um rio
e tua justiça como as ondas do mar;
19 tua descendência seria como a areia do mar
e os filhos do teu ventre como os grãos de areia;
este nome não teria desaparecido
nem teria sido cancelado de minha presença.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 1, 1-2. 3. 4.6 (R. CF.Jo 8,12)

R. Senhor, quem vos seguir, terá a luz da vida.
1 Feliz é todo aquele que não anda*
conforme os conselhos dos perversos;
que não entra no caminho dos malvados,*
nem junto aos zombadores vai sentar-se;
2 mas encontra seu prazer na lei de Deus*
a medita, dia e noite, sem cessar. R.

3 Eis que ele é semelhante a uma árvore,*
que à beira da torrente está plantada;
ela sempre dá seus frutos a seu tempo,
e jamais as suas folhas vão murchar.*
Eis que tudo o que ele faz vai prosperar. R.

4 Mas bem outra é a sorte dos perversos.
Ao contrário, são iguais à palha seca*
espalhada e dispersada pelo vento.
6 Pois Deus vigia o caminho dos eleitos,*
mas a estrada dos malvados leva à morte. R.
Evangelho - Mt 11,16-19

Não ouvem nem a João nem ao Filho do Homem. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 11,16-19 Naquele tempo, disse Jesus às multidões:
l6 Com quem vou comparar esta geração?
São como crianças sentadas nas praças,
que gritam para os colegas, dizendo:
17 'Tocamos flauta e vós não dançastes.
Entoamos lamentações e vós não batestes no peito!'
18 Veio João, que não come nem bebe,
e dizem: 'Ele está com um demônio'.
19 Veio o Filho do Homem, que come e bebe,
e dizem: 'É um comilão e beberrão,
amigo de cobradores de impostos e de pecadores'.
Mas a sabedoria foi reconhecida com base em suas obras.'
Palavra da Salvação.
Reflexão - Mt 11, 16-19

Muitas pessoas ouvem as mensagens do Evangelho, mas não se sensibilizam com elas, não correspondem a elas, de modo que elas não provocam eco em suas vidas. O conhecimento da Palavra de Deus é muito importante, mas não é tão importante como a comunhão de idéias e valores que deve haver entre os homens e Deus. O conhecimento nos ajuda a realizar esta comunhão de modo que ele é um meio necessário para que possamos atingir o fim, mas o conhecimento não é a finalidade em si. Se ficamos apenas no conhecimento, não dançamos com as flautas nem batemos no peito com o canto fúnebre, não comungamos as idéias de Jesus.


Fonte: CNBB

16/12/2017

Sábado da 2ª Semana do Advento

16 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Eclo 48,1-4.9-11

Elias virá.
Leitura do Livro do Eclesiástico 48,1-4.9-11 Naqueles dias:
1 O profeta Elias surgiu como um fogo,
e sua palavra queimava como uma tocha.
2 Fez vir a fome sobre eles
e, no seu zelo, reduziu-os a pouca gente.
3 Pela palavra do Senhor fechou o céu
e de lá fez cair fogo por três vezes.
4 Ó Elias, como te tornaste glorioso por teus prodígios!
Quem poderia gloriar-se de ser semelhante a ti?
9 Tu foste arrebatado num turbilhão de fogo,
num carro de cavalos também de fogo,
10 tu, nas ameaças para os tempos futuros,
foste designado para acalmar a ira do Senhor antes do furor,
para reconduzir o coração do pai ao filho,
e restabelecer as tribos de Jacó.
11 Felizes os que te viram,
e os que adormeceram na tua amizade!
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 79 (80), 2ac.3b. 15-16. 18-19 (R.4)

R. Convertei-nos, ó Senhor,
resplandecei a vossa face e nós seremos salvos!
2a Ó Pastor de Israel, prestai ouvidos.*
2c Vós que sobre os querubins vos assentais.
3b Despertai vosso poder, ó nosso Deus*
e vinde logo nos trazer a salvação! R.

15 Voltai-vos para nós, Deus do universo!+
Olhai dos altos céus e observai.*
Visitai a vossa vinha e protegei-a!
16 Foi a vossa mão direita que a plantou;*
protegei-a, e ao rebento que firmastes! R.

18 Pousai a mão por sobre o vosso Protegido,*
o filho do homem que escolhestes para vós!
19 E nunca mais vos deixaremos, Senhor Deus!*
Dai-nos vida, e louvaremos vosso nome! R.
Evangelho - Mt 17,10-13

Elias já veio, mas não o reconheceram. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 17,10-13 Ao descerem do monte,
10 os discípulos perguntaram a Jesus:
'Por que os mestres da Lei dizem
que Elias deve vir primeiro?'
11 Jesus respondeu:
'Elias vem e colocará tudo em ordem.
12 Ora, eu vos digo: Elias já veio,
mas eles não o reconheceram.
Ao contrário, fizeram com ele tudo o que quiseram.
Assim também o Filho do Homem será maltratado por eles.'
13 Então os discípulos compreenderam
que Jesus lhes falava de João Batista.
Palavra da Salvação.
Reflexão - Mt 17, 10-13

O Profeta Elias foi aquele que, na sua época, lutou contra os profetas de Baal na tentativa de restabelecer o culto a Javé e reconduzir os corações do povo para Deus. Assim também era a função de João Batista, que deveria pregar a conversão para preparar um povo disposto para a vinda de Jesus. Neste sentido, João Batista realiza a promessa da volta de Elias, que não foi a sua ressurreição ou reencarnação ou ainda a carruagem de fogo o trouxe de volta do alto, mas o profetismo segundo o espírito de Elias se fez presente em João Batista.


Fonte: CNBB

17/12/2017

3º Domingo do Advento

17 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Is 61,1-2a.10-11

Exulto de alegria no Senhor.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 61,1-2a.10-11 1 O Espírito do Senhor Deus está sobre mim,
porque o Senhor me ungiu;
enviou-me para dar a boa-nova aos humildes,
curar as feridas da alma,
pregar a redenção para os cativos
e a liberdade para os que estão presos;
2a para proclamar o tempo da graça do Senhor.
10 Exulto de alegria no Senhor
e minh'alma regozija-se em meu Deus;
ele me vestiu com as vestes da salvação,
envolveu-me com o manto da justiça
e adornou-me como um noivo com sua coroa,
ou uma noiva com suas jóias.
11 Assim como a terra faz brotar a planta
e o jardim faz germinar a semente,
assim o Senhor Deus fará germinar a justiça
e a sua glória diante de todas as nações.
Palavra do Senhor.
Salmo - Lc 1,46-48.49-50.53-54 (R. Is 61,10b)

R. A minh'alma se alegra no meu Deus.
46 'A minha alma engrandece o Senhor,*
47 e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador,
48 porque olhou para a humildade de sua serva.*
Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada. R.

49 porque o Todo-poderoso fez grandes coisas
em meu favor.* O seu nome é santo,
50 e sua misericórdia se estende, de geração em geração,*
a todos os que o respeitam. R.

53 Encheu de bens os famintos,*
e despediu os ricos de mãos vazias.
54 Socorreu Israel, seu servo,*
lembrando-se de sua misericórdia. R.
2ª Leitura - 1Ts 5,16-24

Vosso espírito, vossa alma e vosso corpo sejam conservados para a vinda do Senhor.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses 5,16-24 Irmãos:
16 Estai sempre alegres!
17 Rezai sem cessar.
18 Dai graças em todas as circunstâncias,
porque esta é a vosso respeito
a vontade de Deus em Jesus Cristo.
19 Não apagueis o espírito!
20 Não desprezeis as profecias,
21 mas examinai tudo e guardai o que for bom.
22 Afastai-vos de toda espécie de maldade!
23 Que o próprio Deus da paz vos santifique totalmente,
e que tudo aquilo que sois
- espírito, alma, corpo -
seja conservado sem mancha alguma
para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo!
24 Aquele que vos chamou é fiel;
ele mesmo realizará isso.
Palavra do Senhor.
Evangelho - Jo 1,6-8.19-28

No meio de vós está aquele que vós não conheceis. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 1,6-8.19-28 6 Surgiu um homem enviado por Deus;
Seu nome era João.
7 Ele veio como testemunha,
para dar testemunho da luz,
para que todos chegassem à fé por meio dele.
8 Ele não era a luz,
mas veio para dar testemunho da luz:
19 Este foi o testemunho de João,
quando os judeus enviaram de Jerusalém
sacerdotes e levitas para perguntar:
'Quem és tu?'
20 João confessou e não negou.
Confessou: 'Eu não sou o Messias'.
21 Eles perguntaram: 'Quem és, então?
És tu Elias?'
João respondeu: 'Não sou'.
Eles perguntaram: 'És o Profeta?'
Ele respondeu: 'Não'.
22 Perguntaram então: 'Quem és, afinal?
Temos que levar uma resposta para aqueles que nos enviaram.
O que dizes de ti mesmo?'
23 João declarou:
'Eu sou a voz que grita no deserto:
'Aplainai o caminho do Senhor`'
- conforme disse o profeta Isaías.
24 Ora, os que tinham sido enviados
pertenciam aos fariseus
25 e perguntaram: 'Por que então andas batizando,
se não és o Messias, nem Elias, nem o Profeta?'
26 João respondeu: 'Eu batizo com água;
mas no meio de vós está aquele
que vós não conheceis,
27 e que vem depois de mim.
Eu não mereço desamarrar a correia de suas sandálias.'
28 Isso aconteceu em Betânia além do Jordão,
onde João estava batizando.
Palavra da Salvação.



Fonte: CNBB

18/12/2017

Últimos dias antes do Natal - 18 de dezembro do Advento

18 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Jr 23,5-8

Suscitarei a Davi um rebento justo.
Leitura do Livro do Profeta Jeremias 23,5-8 5 Eis que virão dias,
diz o Senhor,
em que farei nascer um descendente de Davi;
reinará como rei e será sábio,
fará valer a justiça e a retidão na terra.
6 Naqueles dias, Judá será salvo
e Israel viverá tranqüilo;
este é o nome com que o chamarão:
'Senhor, nossa Justiça.'
7 Eis que virão dias, diz o Senhor,
em que já não se usará jurar 'Pela vida do Senhor
que tirou os filhos de Israel do Egito'
8 - mas sim: 'Pela vida do Senhor
que tirou e reconduziu os descendentes da casa de Israel
desde o país do norte e todos os outros países`,
para onde os expulsará;
eles então irão habitar em sua terra'.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 71, 1-2. 12-13. 18-19 (R. Cf. 7)

R. Nos seus dias a justiça florirá
e paz em abundância, para sempre.
1 Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus, *
vossa justiça ao descendente da realeza!
2 Com justiça ele governe o vosso povo, *
com eqüidade ele julgue os vossos pobres. R.

12 Libertará o indigente que suplica, *
e o pobre ao qual ninguém quer ajudar.
13 Terá pena do indigente e do infeliz, *
e a vida dos humildes salvará. R.

18 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, *
porque só ele realiza maravilhas!
19 Bendito seja o seu nome glorioso! *
Bendito seja eternamente! Amém, amém! R.

Evangelho - Mt 1,18-24

Jesus nascerá de Maria, prometida
em casamento a José, filho de Davi.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 1,18-24

18 A origem de Jesus Cristo foi assim:
Maria, sua mãe, estava prometida em casamento
a José, e, antes de viverem juntos,
ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo.
19 José, seu marido, era justo
e, não querendo denunciá-la,
resolveu abandonar Maria, em segredo.
20 Enquanto José pensava nisso,
eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho,
e lhe disse: 'José, Filho de Davi,
não tenhas medo de receber Maria como tua esposa,
porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo.
21 Ela dará à luz um filho,
e tu lhe darás o nome de Jesus,
pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados'.
22 Tudo isso aconteceu para se cumprir
o que o Senhor havia dito pelo profeta:
23 'Eis que a virgem conceberá
e dará à luz um filho.
Ele será chamado pelo nome de Emanuel,
que significa: Deus está conosco.'
24 Quando acordou,
José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado,
e aceitou sua esposa.
Palavra da Salvação.
Reflexão - Mt 1, 18-24

Os profetas anunciaram que o Messias seria da descendência do rei Davi, e esta descendência vem por meio de José. As Sagradas Escrituras não narram se Maria era descendente de Davi. José não teve nenhuma participação no Mistério da Encarnação, mas mesmo assim, cooperou com a realização das profecias ao reconhecer Jesus como seu filho e, ao dar-lhe o seu nome, lhe transmite todos os direitos da descendência davídica. Com isso, o Evangelho de hoje nos mostra que, embora a salvação seja obra de Deus, a colaboração humana é necessária para a sua realização e somente pode ser considerado verdadeiramente santo aquele que procura participar da obra salvífica da humanidade como colaborador do próprio Deus.


Fonte: CNBB

19/12/2017

Últimos dias antes do Natal - 19 de dezembro do Advento

19 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Jz 13,2-7.24-25a

O nascimento de Sansão é anunciado por um anjo.
Leitura do Livro dos Juízes 13,2-7.24-25a Naqueles dias:
2 Havia um homem de Saraá,
da tribo de Dã, chamado Manué,
cuja mulher era estéril.
3 O anjo do Senhor apareceu à mulher e disse-lhe:
'Tu és estéril e não tiveste filhos,
mas conceberás e darás à luz um filho.
4 Toma cuidado de não beberes vinho nem licor,
de não comeres coisa alguma impura,
5 pois conceberás e darás à luz um filho.
Sua cabeça não será tocada por navalha,
porque ele será consagrado ao Senhor desde o ventre materno,
e começará a libertar Israel das mãos dos filisteus'.
6 A mulher foi dizer ao seu marido:
'Veio visitar-me um homem de Deus,
cujo aspecto era terrível como o de um anjo do Senhor.
Não lhe perguntei de onde vinha
nem ele me revelou o seu nome.
7 Ele disse-me: 'Conceberás e darás à luz um filho.
De hoje em diante, toma cuidado
para não beberes vinho nem licor,
e não comeres nada de impuro,
pois o menino será consagrado a Deus,
desde o ventre materno até ao dia da sua morte`'.
24 Ela deu à luz um filho e deu-lhe o nome de Sansão.
O menino cresceu e o Senhor o abençoou.
25a O espírito do Senhor começou a agir nele
no Campo de Dã.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 70 (71), 3-4a. 5-6ab. 16-17 (R. Cf. 8a)

R. Minha boca se encha de louvor,
para que eu cante vossa glória.
3 Sede uma rocha protetora para mim, *
um abrigo bem seguro que me salve!
Porque sois a minha força e meu amparo,+
o meu refúgio, proteção e segurança!*
4a Libertai-me, ó meu Deus, das mãos do ímpio. R.

5 Porque sois, ó Senhor Deus, minha esperança, *
em vós confio desde a minha juventude!
6a Sois meu apoio desde antes que eu nascesse, +
6b desde o seio maternal, o meu amparo. R.

16 Cantarei vossos portentos, ó Senhor, *
lembrarei vossa justiça sem igual!
17 Vós me ensinastes desde a minha juventude, *
e até hoje canto as vossas maravilhas. R.

Evangelho - Lc1,5-25

O nascimento de João Batista é anunciado pelo anjo Gabriel. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 1,5-25 5 Nos dias de Herodes, rei da Judéia,
vivia um sacerdote chamado Zacarias,
do grupo de Abia.
Sua esposa era descendente de Aarão e chamava-se Isabel.
6 Ambos era justos diante de Deus
e obedeciam fielmente
a todos os mandamentos e ordens do Senhor.
7 Nóo tinham filhos, porque Isabel era estéril,
e os dois já eram de idade avançada.
8 Em certa ocasião, Zacarias estava exercendo
as funções sacerdotais no Templo,
pois era a vez do seu grupo.
9 Conforme o costume dos sacerdotes,
ele foi sorteado para entrar no Santuário,
e fazer a oferta do incenso.
10 Toda a assembléia do povo
estava do lado de fora rezando,
enquanto o incenso estava sendo oferecido.
11 Então apareceu-lhe o anjo do Senhor,
de pé, à direita do altar do incenso.
12 Ao vê-lo, Zacarias ficou perturbado
e o temor apoderou-se dele.
13 Mas o anjo disse:
'Não tenhas medo, Zacarias, porque Deus ouviu tua súplica.
Tua esposa, Isabel, vai ter um filho,
e tu lhe darás o nome de João.
14 Tu ficarás alegre e feliz,
e muita gente se alegrará com o nascimento do menino,
15 porque ele vai ser grande diante do Senhor.
Não beberá vinho nem bebida fermentada
e, desde o ventre materno,
ficará repleto do Espírito Santo.
16 Ele reconduzirá muitos do povo de Israel
ao Senhor seu Deus.
17 E há de caminhar à frente deles,
com o espírito e o poder de Elias,
a fim de converter os corações dos pais aos filhos,
e os rebeldes à sabedoria dos justos,
preparando para o Senhor um povo bem disposto.'
18 Então Zacarias perguntou ao anjo:
'Como terei certeza disto?
Sou velho e minha mulher é de idade avançada.'
19 O anjo respondeu-lhe:
'Eu sou Gabriel. Estou sempre na presença de Deus,
e fui enviado para dar-te esta boa notícia.
20 Eis que ficarás mudo e não poderás falar,
até ao dia em que essas coisas acontecerem,
porque tu não acreditaste nas minhas palavras,
que hão de se cumprir no tempo certo.'
21 O povo estava esperando Zacarias,
e admirava-se com a sua demora no Santuário.
22 Quando saiu, não podia falar-lhes.
E compreenderam que ele tinha tido uma visão no Santuário.
Zacarias falava com sinais e continuava mudo.
23 Depois que terminou seus dias de serviço no Santuário,
Zacarias voltou para casa.
24 Algum tempo depois, sua esposa Isabel ficou grávida,
e escondeu-se durante cinco meses.
25 Ela dizia: 'Eis o que o Senhor fez por mim,
nos dias em que ele se dignou
tirar-me da humilhação pública!'
Palavra da Salvação.
Reflexão - Lc 1, 5-25

A Bíblia nos apresenta alguns casos em que mulheres que não poderiam ter filhos ficaram grávidas. Podemos citar alguns exemplos: Sara, esposa de Abraão e mãe de Isaac; a esposa de Manué, que era estéril e deu à luz Sansão; Ana , esposa de Elcana, que era estéril e deu à luz Samuel; e Isabel, esposa de Zacarias, que deu à luz João Batista. Cada vez que uma mulher estéril fica grávida, alguma coisa importante vai acontecer. Com Isaac, a formação do povo de Israel, com Sansão, a derrota dos filisteus, que permitiu a permanência do povo de Israel na Terra Prometida, com Samuel, a formação do Reino de Israel e com João Batista, a chegada da plenitude dos tempos.


Fonte: CNBB

20/12/2017

Últimos dias antes do Natal - 20 de dezembro do Advento

20 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Is 7,10-14

Eis que uma virgem conceberá.

Leitura do Livro do Profeta Isaías7,10-14
Naqueles dias:
10 O Senhor falou com Acaz, dizendo:
11 'Pede ao Senhor teu Deus que te faça ver um sinal,
quer provenha da profundeza da terra,
quer venha das alturas do céu'.
12 Mas Acaz respondeu:
'Não pedirei nem tentarei o Senhor'.
13 Disse o profeta:
'Ouvi então, vós, casa de Davi;
será que achais pouco incomodar os homens
e passais a incomodar até o meu Deus?
14 Pois bem, o próprio Senhor vos dará um sinal.
Eis que uma virgem conceberá e dará à luz um filho,
e lhe porá o nome de Emanuel.
Palavra do Senhor
Salmo - Sl 23 (24), 1-2. 3-4ab. 5-6 (R. 7c.10b)

R. O Senhor vai entrar, é o Rei glorioso!
1 Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra,*
o mundo inteiro com os seres que o povoam;
2 porque ele a tornou firme sobre os mares,*
e sobre as águas a mantém inabalável. R.

3 'Quem subirá até o monte do Senhor,*
quem ficará em sua santa habitação?'
4a 'Quem tem mãos puras e inocente coração,*
4b quem não dirige sua mente para o crime. R.

5 sobre este desce a bênção do Senhor*
e a recompensa de seu Deus e Salvador'.
6 'É assim a geração dos que o procuram,*
e do Deus de Israel buscam a face'. R.

Evangelho - Lc 1,26-38

Eis que conceberás e darás à luz um filho. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1,26-38 Naquele tempo:
26 O anjo Gabriel foi enviado por Deus
a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
27 a uma virgem, prometida em casamento
a um homem chamado José.
Ele era descendente de Davi
e o nome da virgem era Maria
28 O anjo entrou onde ela estava e disse:
'Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!'
29 Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a
pensar qual seria o significado da saudação.
30 O anjo, então, disse-lhe:
'Não tenhas medo, Maria,
porque encontraste graça diante de Deus.
31 Eis que conceberás e darás à luz um filho,
a quem porás o nome de Jesus.
32 Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo,
e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi.
33 Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó,
e o seu reino não terá fim'.
34 Maria perguntou ao anjo:
'Como acontecerá isso,
se eu não conheço homem algum?'
35 O anjo respondeu:
'O Espírito virá sobre ti,
e o poder do Altissimo te cobrirá com sua sombra.
Por isso, o menino que vai nascer
será chamado Santo, Filho de Deus.
36 Também Isabel, tua parenta,
concebeu um filho na velhice.
Este já é o sexto mês
daquela que era considerada estéril,
37 porque para Deus nada é impossível'.
38 Maria, então, disse:
'Eis aqui a serva do Senhor;
faça-se em mim segundo a tua palavra!'
E o anjo retirou-se.
Palavra da Salvação.
Reflexão - Lc 1, 26-38

Maria recebe do anjo a noticia de que seria a mãe do Messias. Como poderia acontecer isso se ela não conhece homem? Fazendo uma relação com o Evangelho de ontem, percebemos que mulheres estéreis geraram filhos por obra divina, e filhos que atuaram decisivamente na história da salvação. Maria não podia ter filhos, mas isso era fruto de sua vontade, de sua consagração virginal. E nesta "esterilidade", Deus age. E sem a atuação de um homem, mas do próprio Espírito Santo, Maria gera no seu ventre virginal aquele que é o Senhor da história e que vai mudar radicalmente a vida das pessoas.




Fonte: CNBB

21/12/2017

Últimos dias antes do Natal - 21 de dezembro do Advento

21 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Ct 2,8-14

Eis o meu amado que vem saltando pelos montes.
Leitura do Cântico dos Cânticos 2,8-14 8 É a voz do meu amado!
Eis que ele vem
saltando pelos montes,
pulando sobre as colinas.
9 O meu amado parece uma gazela,
ou um cervo ainda novo.
Eis que ele está de pé atrás de nossa parede,
espiando pelas janelas,
observando através das grades.
10 O meu amado me fala dizendo:
'Levanta-te, minha amada,
minha rola, formosa minha, e vem!
11 O inverno já passou,
as chuvas pararam e já se foram.
12 No campo aparecem as flores,
chegou o tempo das canções,
a rola já faz ouvir
seu canto em nossa terra.
13 Da figueira brotam os primeiros frutos,
soltam perfume as vinhas em flor.
Levanta-te, minha amada,
formosa minha, e vem!
14 Minha rola, que moras nas fendas da rocha,
no esconderijo escarpado,
mostra-me teu rosto,
deixa-me ouvir tua voz!
Pois a tua voz é tão doce,
e gracioso o teu semblante'.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 32 (33), 2-3. 11-12. 20-21 (R. 1a.3a)

R. Ó justos, alegrai-vos no Senhor!
Cantai para o Senhor um canto novo!
2 Dai graças ao Senhor ao som da harpa, *
na lira de dez cordas celebrai-o!
3 Cantai para o Senhor um canto novo, *
com arte sustentai a louvação! R.

11 Mas os desígnios do Senhor são para sempre, +
e os pensamentos que ele traz no coração, *
de geração em geração, vão perdurar.
12 Feliz o povo cujo Deus é o Senhor, *
e a nação que escolheu por sua herança! R.

20 No Senhor nós esperamos confiantes, *
porque ele é nosso auxílio e proteção!
21 Por isso o nosso coração se alegra nele, *
seu santo nome é nossa única esperança. R.

Evangelho - Lc 1,39-45

Como posso merecer que a mãe do
meu Senhor me venha visitar?
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1,39-45
39 Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa,
dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judéia.
40 Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel.
41 Quando Isabel ouviu a saudação de Maria,
a criança pulou no seu ventre
e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.
42 Com um grande grito, exclamou:
'Bendita és tu entre as mulheres
e bendito é o fruto do teu ventre!'
43 Como posso merecer
que a mãe do meu Senhor me venha visitar?
44 Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos,
a criança pulou de alegria no meu ventre.
45 Bem-aventurada aquela que acreditou,
porque será cumprido, o que o Senhor lhe prometeu.'
Palavra da Salvação.

Leituras Facultativas


1ª Leitura - Sf 3,14-18a

O rei de Israel, o Senhor, está no meio de ti.
Leitura da Profecia de Sofonias 3,14-18a 14 Canta de alegria, cidade de Sião;
rejubila, povo de Israel!
Alegra-te e exulta de todo o coração,
cidade de Jerusalém!
15 O Senhor revogou a sentença contra ti,
afastou teus inimigos;
o rei de Israel é o Senhor, ele está no meio de ti,
nunca mais temerás o mal.
16 Naquele dia, se dirá a Jerusalém:
'Não temas, Sião,
não te deixes levar pelo desânimo!
17 O Senhor, teu Deus, está no meio de ti,
o valente guerreiro que te salva;
ele exultará de alegria por ti,
movido por amor;
exultará por ti, entre louvores
18a como nos dias de festa'.
Reflexão - Lc 1, 39-45

Vemos no evangelho de hoje o encontro de duas mulheres que estão grávidas sem que isso fosse possível. De um lado, Isabel, idosa e estéril, e de outro Maria, virgem. A idosa representando o Antigo Testamento, pois será a mãe do último profeta da Antiga Aliança. A virgem representando o Novo Testamento, pois será a mãe daquele que no seu sangue selará a Nova e Eterna Aliança entre Deus e os homens. Vemos a complementariedade entre as duas Alianças e vemos também em Maria a essência da missão evangelizadora: levar Jesus a todas as pessoas para que possam reconhecê-lo e acolhê-lo.


Fonte: CNBB

22/12/2017

Últimos dias antes do Natal - 22 de dezembro do Advento

22 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - 1Sm 1,24-28

Ana dá graças pelo nascimento de Samuel.
Leitura do Primeiro Livro de Samuel 1,24-28 Naqueles dias:
24 Ana, logo que o desmamou,
levou consigo Samuel à casa do Senhor em Silo,
e mais um novilho de três anos,
três arrobas de farinha
e um odre de vinho.
O menino, porém, era ainda uma criança.
25 Depois de sacrificarem o novilho,
apresentaram o menino a Eli.
26 E Ana disse-lhe:
'Ouve, meu senhor, por tua vida,
eu sou a mulher que esteve aqui
orando ao Senhor, na tua presença.
27 Eis o menino por quem eu pedi,
e o Senhor ouviu a minha súplica.
28 Portanto, eu também o ofereço ao Senhor,
a fim de que só a ele sirva
em todos os dias da sua vida'.
E adoraram o Senhor.
Palavra do Senhor.
Salmo - 1Sm 2, 1. 4-5. 6-7. 8abcd (R. 1a)

1 'Meu coração exulta de júbilo no Senhor,*
e minha fronte se eleva por meu Deus.
Minha boca desafia meus adversários,*
porque me alegro na vossa salvação. R.

4 O arco dos fortes quebrou-se,*
enquanto os fracos são revigorados.
5 Os saciados empregam-se pelo pão,*
enquanto aos famintos não falta alimento.
A mulher estéril dá à luz sete vezes*
enquanto a mãe fecunda fenece. R.

6 O Senhor é quem dá a morte e a vida,*
faz descer à morada dos mortos e de lá voltar.
7 É o Senhor que torna pobre ou rico,*
é ele que humilha e exalta. R.

8a Levanta do pó o necessitado*
8b e do lixo ergue o indigente,
8c e o faz assentar entre os príncipes,*
8d destinando-lhe um trono de glória. R.
Evangelho - Lc 1,46-56

O Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 1,46-56 Naquele tempo:
46 Maria disse:
'A minha alma engrandece o Senhor,
47 e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador,
48 porque olhou para a humildade de sua serva.
Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada,
49 porque o Todo-poderoso
fez grandes coisas em meu favor.
O seu nome é santo,
50 e sua misericórdia se estende, de geração em geração,
a todos os que o temem.
51 Ele mostrou a força de seu braço:
dispersou os soberbos de coração.
52 Derrubou do trono os poderosos
e elevou os humildes.
53 Encheu de bens os famintos,
e despediu os ricos de mãos vazias.
54 Socorreu Israel, seu servo,
lembrando-se de sua misericórdia,
55 conforme prometera aos nossos pais,
em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre.'
56 Maria ficou três meses com Isabel;
depois voltou para casa.
Palavra da Salvação.
Reflexão - Lc 1, 46-56

Maria reconhece, no canto do magnificat, que Deus realizou maravilhas em sua vida, mas que esta realização não foi somente para ela e que não é um fato isolado na história do povo de Deus, de modo que as maravilhas que Deus realiza nela são, na verdade, para todo o povo de Deus, uma vez que pelo seu Filho virá a salvação para todos os povos. Sendo assim, devemos compreender que quando Deus realiza maravilhas nas nossas vidas, essas maravilhas não são apenas para nós, mas a todas as pessoas a partir de nós, e quando Deus realiza maravilhas nas vidas das outras pessoas, também somos beneficiados por ele.


Fonte: CNBB

23/12/2017

Últimos dias antes do Natal - 23 de dezembro do Advento

23 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - Ml 3,1-4.23-24

Eu vos enviarei o profeta Elias,
antes que venha o dia do Senhor.
Leitura da Profecia de Malaquias 3,1-4.23-24 Assim fala o Senhor Deus:
1 Eis que envio meu anjo,
e ele há de preparar o caminho para mim;
logo chegará ao seu templo o Dominador,
que tentais encontrar,
e o anjo da aliança, que desejais.
Ei-lo que vem, diz o Senhor dos exércitos;
2 e quem poderá fazer-lhe frente,
no dia de sua chegada?
E quem poderá resistir-lhe, quando ele aparecer?
Ele é como o fogo da forja
e como a barrela dos lavadeiros;
3 e estará a postos,
como para fazer derreter e purificar a prata:
assim ele purificará os filhos de Levi
e os refinará como ouro e como prata,
e eles poderão assim
fazer oferendas justas ao Senhor.
4 Será então aceitável ao Senhor
a oblação de Judá e de Jerusalém,
como nos primeiros tempos e nos anos antigos.
23 Eis que eu vos enviarei
o profeta Elias,
antes que venha o dia do Senhor,
dia grande e terrível;
24 o coração dos pais há de voltar-se para os filhos,
e o coração dos filhos para seus pais,
para que eu não intervenha,
ferindo de maldição a vossa terra.'
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 24 (25), 4-5ab. 8-9. 10.14 (R. Lc 21,28)

R. Levantai vossa cabeça e olhai,
pois, a vossa redenção se aproxima!
4 Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos,*
e fazei-me conhecer a vossa estrada!
5a Vossa verdade me oriente e me conduza,
5b porque sois o Deus da minha salvação! R.

8 O Senhor é piedade e retidão,*
e reconduz ao bom caminho os pecadores.
9 Ele dirige os humildes na justiça,*
e aos pobres ele ensina o seu caminho. R.

10 Verdade e amor são os caminhos do Senhor*
para quem guarda sua Aliança e seus preceitos.
14 O Senhor se torna íntimo aos que o temem
e lhes dá a conhecer sua Aliança. R.

Evangelho - Lc 1,57-66

Nascimento de João Batista. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 1,57-66 57 Completou-se o tempo da gravidez de Isabel,
e ela deu à luz um filho.
58 Os vizinhos e parentes ouviram dizer
como o Senhor tinha sido misericordioso
para com Isabel, e alegraram-se com ela.
59 No oitavo dia, foram circuncidar o menino,
e queriam dar-lhe o nome de seu pai, Zacarias.
60 A mãe porém disse:
'Não! Ele vai chamar-se João.'
61 Os outros disseram:
'Não existe nenhum parente teu com esse nome!'
62 Então fizeram sinais ao pai,
perguntando como ele queria que o menino se chamasse.
63 Zacarias pediu uma tabuinha, e escreveu:
'João é o seu nome.'
64 No mesmo instante, a boca de Zacarias se abriu,
sua língua se soltou, e ele começou a louvar a Deus.
65 Todos os vizinhos ficaram com medo,
e a notícia espalhou-se
por toda a região montanhosa da Judéia.
66 E todos os que ouviam a notícia, ficavam pensando:
'O que virá a ser este menino?'
De fato, a mão do Senhor estava com ele.
Palavra da Salvação.
Reflexão - Lc 1, 57-66

O nascimento de João Batista nos mostra a atuação de Deus na história e que nem sempre entendemos esta atuação ou os nossos projetos são os mesmos dele. Quando existe discordância entre a vontade de Deus e a nossa vontade, nós nos tornamos limitados e incapazes de viver plenamente na graça divina e de comunicar esta graça aos nossos irmãos e irmãs, mas quando a nossa vida é conforme a vontade de Deus, a graça divina atua em nós, a mão do Senhor está conosco e a nossa boca se abre para anunciar suas maravilhas e proclamar os seus louvores.


Fonte: CNBB

24/12/2017

4º Domingo do Advento

24 de Dezembro de 2017

Cor: Roxo

1ª Leitura - 2Sm 7,1-5.8b-12.14a.16

O teu reino será estável para sempre diante de mim, diz o Senhor.
Leitura do Segundo Livro de Samuel 7,1-5.8b-12.14a.16
1 Tendo-se o rei Davi instalado já em sua casa
e tendo-lhe o Senhor dado a paz,
livrando-o de todos os seus inimigos,
2 ele disse ao profeta Natã:
'Vê: eu resido num palácio de cedro,
e a arca de Deus está alojada numa tenda!'
3 Natã respondeu ao rei:
'Vai e faze tudo o que diz o teu coração,
pois o Senhor está contigo'.
4 Mas, naquela mesma noite,
a palavra do Senhor foi dirigida a Natã nestes termos:
5 'Vai dizer ao meu servo Davi:
'Assim fala o Senhor:
Porventura és tu que me construirás uma casa
para eu habitar?
8b Fui eu que te tirei do pastoreio, do meio das
ovelhas, para que fosses o chefe do meu povo, Israel.
9 Estive contigo em toda a parte por onde andaste,
e exterminei diante de ti todos os teus inimigos,
fazendo o teu nome tão célebre
como o dos homens mais famosos da terra.
10 Vou preparar um lugar para o meu povo, Israel:
eu o implantarei, de modo que possa morar lá
sem jamais ser inquietado.
Os homens violentos não tornarão a oprimi-lo
como outrora,
11 no tempo em que eu estabelecia juízes
sobre o meu povo, Israel.
Concedo-te uma vida tranqüila,
livrando-te de todos os teus inimigos.
E o Senhor te anuncia que te fará uma casa.
12 Quando chegar o fim dos teus dias
e repousares com teus pais,
então, suscitarei, depois de ti, um filho teu,
e confirmarei a sua realeza.
14a Eu serei para ele um pai
e ele será para mim um filho.
16 Tua casa e teu reino
serão estáveis para sempre diante de mim,
e teu trono será firme para sempre'.
Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 88,2-3.4-5.27.29 (R.2a)

R. Ao Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor!
2 Ao Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor,*
de geração em geração eu cantarei vossa verdade!
3 Porque dissestes: 'O amor é garantido para sempre!'*
E a vossa lealdade é tão firme como os céus. R.

'Eu firmei uma Aliança com meu servo, meu eleito,*
e eu fiz um juramento a Davi, meu servido R.
5 Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem,*
de geração em geração garantirei o teu reinado!' R.

27 Ele, então, me invocará: 'Ó Senhor,vós sois meu Pai, sois
meu Deus,* sois meu Rochedo onde encontro a salvação!`
29 Guardarei eternamente para ele a minha graça*
e com ele firmarei minha Aliança indissolúvel. R.
2ª Leitura - Rm 16,25-27

O mistério mantido em sigilo desde sempre agora foi manifestado.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 16,25-27 Irmãos:
25 Glória seja dada
àquele que tem o poder de vos confirmar
na fidelidade ao meu evangelho
e à pregação de Jesus Cristo,
de acordo com a revelação do mistério
mantido em sigilo desde sempre.
26 Agora este mistério foi manifestado
e, mediante as Escrituras proféticas,
conforme determinação do Deus eterno,
foi levado ao conhecimento de todas as nações,
para trazê-las à obediência da fé.
27 A ele, o único Deus, o sábio,
por meio de Jesus Cristo,
a glória, pelos séculos dos séculos. Amém!
Palavra do Senhor
Evangelho - Lc 1,26-38

Eis que conceberás e darás à luz um filho. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1,26-38 Naquele tempo:
26 O anjo Gabriel foi enviado por Deus
a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
27 a uma virgem, prometida em casamento
a um homem chamado José.
Ele era descendente de Davi
e o nome da virgem era Maria
28 O anjo entrou onde ela estava e disse:
'Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!'
29 Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a
pensar qual seria o significado da saudação.
30 O anjo, então, disse-lhe:
'Não tenhas medo, Maria,
porque encontraste graça diante de Deus.
31 Eis que conceberás e darás à luz um filho,
a quem porás o nome de Jesus.
32 Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo,
e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi.
33 Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó,
e o seu reino não terá fim'.
34 Maria perguntou ao anjo:
'Como acontecerá isso,
se eu não conheço homem algum?'
35 O anjo respondeu:
'O Espírito virá sobre ti,
e o poder do Altissimo te cobrirá com sua sombra.
Por isso, o menino que vai nascer
será chamado Santo, Filho de Deus.
36 Também Isabel, tua parenta,
concebeu um filho na velhice.
Este já é o sexto mês
daquela que era considerada estéril,
37 porque para Deus nada é impossível'.
38 Maria, então, disse:
'Eis aqui a serva do Senhor;
faça-se em mim segundo a tua palavra!'
E o anjo retirou-se.
Palavra da Salvação.



Fonte: CNBB

25/12/2017

Solenidade do Natal - Missa do dia do Natal

25 de Dezembro de 2017

Cor: Branco

1ª Leitura - Is 52,7-10

Todos os confins da terra hão de ver
a salvação que vem do nosso Deus.

Leitura do Livro do Profeta Isaías 52,7-10
7 Como são belos, andando sobre os montes,
os pés de quem anuncia e prega a paz,
de quem anuncia o bem e prega a salvação,
e diz a Sião: 'Reina teu Deus!'
8 Ouve-se a voz de teus vigias, eles levantam a voz,
estão exultantes de alegria,
sabem que verão com os próprios olhos
o Senhor voltar a Sião.
9 Alegrai-vos e exultai ao mesmo tempo,
ó ruínas de Jerusalém,
o Senhor consolou seu povo
e resgatou Jerusalém.
10 O Senhor desnudou seu santo braço
aos olhos de todas as nações;
todos os confins da terra hão de ver
a salvação que vem do nosso Deus.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 97,1.2-3ab.3cd-4.5-6 (R.3cd)

R. Os confins do universo contemplaram
a salvação do nosso Deus.

1 Cantai ao Senhor Deus um canto novo,*
porque ele fez prodígios!
Sua mão e o seu braço forte e santo*
alcançaram-lhe a vitória. R.

2 O Senhor fez conhecer a salvação,*
e às nações, sua justiça;
3 Recordou o seu amor sempre fiel*
3b pela casa de Israel. R.

3c Os confins do universo contemplaram*
3d a salvação do nosso Deus.
4 Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira,*
alegrai-vos e exultai! R.

5 Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa*
e da cítara suave!
6 Aclamai, com os clarins e as trombetas,*
ao Senhor, o nosso Rei! R.
2ª Leitura - Hb 1, 1-6

Deus falou-nos por meio de seu Filho.

Leitura da Carta aos Hebreus 1, 1-6
1 Muitas vezes e de muitos modos
falou Deus outrora aos nossos pais, pelos profetas;
2 nestes dias, que são os últimos,
ele nos falou por meio do Filho,
a quem ele constituiu herdeiro de todas as coisas
e pelo qual também ele criou o universo.
3 Este é o esplendor da glória do Pai,
a expressão do seu ser.
Ele sustenta o universo com o poder de sua palavra.
Tendo feito a purificação dos pecados,
ele sentou-se à direita da majestade divina,
nas alturas.
4 Ele foi colocado tanto acima dos anjos
quanto o nome que ele herdou supera o nome deles.
5 De fato, a qual dos anjos Deus disse alguma vez:
'Tu és o meu Filho, eu hoje te gerei'?
Ou ainda: 'Eu serei para ele um Pai
e ele será para mim um filho'?
6 Mas, quando faz entrar o Primogênito no mundo,
Deus diz: 'Todos os anjos devem adorá-lo!'
Palavra do Senhor.
Evangelho - Jo 1, 1-18

A Palavra se fez carne e habitou entre nós.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 1, 1-18

1 No princípio era a Palavra,
e a Palavra estava com Deus;
e a Palavra era Deus.
2 No princípio estava ela com Deus.
3 Tudo foi feito por ela e sem ela nada se fez
de tudo que foi feito.
4 Nela estava a vida, e a vida era a luz dos homens.
5 E a luz brilha nas trevas,
e as trevas não conseguiram dominá-la.
6 Surgiu um homem enviado por Deus;
Seu nome era João.
7 Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz,
para que todos chegassem à fé por meio dele.
8 Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz:
9 daquele que era a luz de verdade,
que, vindo ao mundo,
ilumina todo ser humano.
10 A Palavra estava no mundo
- e o mundo foi feito por meio dela -
mas o mundo não quis conhecê-la.
11 Veio para o que era seu,
e os seus não a acolheram.
12 Mas, a todos que a receberam,
deu-lhes capacidade de se tornarem filhos de Deus
isto é, aos que acreditam em seu nome,
13 pois estes não nasceram do sangue
nem da vontade da carne
nem da vontade do varão,
mas de Deus mesmo.
14 E a Palavra se fez carne e habitou entre nós.
E nós contemplamos a sua glória,
glória que recebe do Pai como filho unigênito,
cheio de graça e de verdade.
15 Dele, João dá testemunho, clamando:
'Este é aquele de quem eu disse:
O que vem depois de mim
passou à minha frente,
porque ele existia antes de mim'.
16 De sua plenitude todos nós recebemos graça por graça.
17 Pois por meio de Moisés foi dada a Lei, mas a graça e a
verdade nos chegaram através de Jesus Cristo.
18 A Deus, ninguém jamais viu.
Mas o Unigênito de Deus, que está
na intimidade do Pai, ele no-lo deu a conhecer.
Palavra da Salvação.

Leituras Facultativas


Evangelho - Jo 1,1-5.8b.9-14

A Palavra se fez carne e habitou entre nós.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 1,1-5.8b.9-14
1 No princípio era a Palavra,
e a Palavra estava com Deus;
e a Palavra era Deus.
2 No princípio estava ela com Deus.
3 Tudo foi feito por ela e sem ela nada se fez
de tudo que foi feito.
4 Nela estava a vida, e a vida era a luz dos homens.
5 E a luz brilha nas trevas,
e as trevas não conseguiram dominá-la.
8b Veio para dar testemunho
9 daquele que era a luz de verdade,
que, vindo ao mundo, ilumina todo ser humano.
10 A Palavra estava no mundo
- e o mundo foi feito por meio dela -
mas o mundo não quis conhecê-la.
11 Veio para o que era seu, e os seus não a acolheram.
12 Mas, a todos que a receberam,
deu-lhes capacidade de se tornarem filhos de Deus
isto é, aos que acreditam em seu nome,
13 pois estes não nasceram do sangue
nem da vontade da carne
nem da vontade do varão,
mas de Deus mesmo.
14 E a Palavra se fez carne e habitou entre nós.
E nós contemplamos a sua glória,
glória que recebe do Pai como filho unigênito,
cheio de graça e de verdade.
Palavra da Salvação.



Fonte: CNBB

26/12/2017

Santo Estevão, o primeiro mártir . Festa

26 de Dezembro de 2017

Cor: Vermelho

1ª Leitura - At 6,8-10; 7,54-59

Estou vendo o céu aberto.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 6,8-10; 7,54-59
Naqueles dias,
8 Estêvão, cheio de graça e poder,
fazia prodígios e grandes sinais entre o povo.
9 Mas alguns membros da chamada Sinagoga dos Libertos,
junto com cirenenses e alexandrinos,
e alguns da Cilícia e da Âsia,
começaram a discutir com Estêvão.
10 Porém, não conseguiam
resistir à sabedoria
e ao Espírito com que ele falava.
7,54 Ao ouvir essas palavras, eles ficaram enfurecidos
e rangeram os dentes contra Estêvão.
55 Estêvão, cheio do Espírito Santo,
olhou para o céu e viu a glória de Deus
e Jesus, de pé, à direita de Deus.
56 E disse: "Estou vendo o céu aberto,
e o Filho do Homem, de pé, à direita de Deus".
57 Mas eles, dando grandes gritos
e, tapando os ouvidos,
avançaram todos juntos contra Estêvão;
58 arrastaram-no para fora da cidade
e começaram a apedrejá-lo.
As testemunhas deixaram suas vestes
aos pés de um jovem, chamado Saulo.
59 Enquanto o apedrejavam, Estêvão clamou dizendo:
"Senhor Jesus, acolhe o meu espírito".
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 30(31),3cd-4.6 e 8ab.16bc e 17 (R. 6a)

R. Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito.
3c Sede uma rocha protetora para mim, *
3dum abrigo bem seguro que me salve!
4 Sim, sois vós a minha rocha e fortaleza; *
por vossa honra orientai-me e conduzi-me! R.

6 Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito, *
porque vós me salvareis, ó Deus fiel!
8a Vosso amor me faz saltar de alegria, *
8b pois olhastes para as minhas aflições. R.

16b Eu entrego em vossas mãos o meu destino; *
16clibertai-me do inimigo e do opressor!
17 Mostrai serena a vossa face ao vosso servo, *
e salvai-me pela vossa compaixão! R.

Evangelho - Mt 10,17-22

Não sereis vós que havereis de falar,
mas sim o Espírito do vosso Pai.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 10,17-22
Naquele tempo, disse Jesus aos seus apóstolos:
17 "Cuidado com os homens,
porque eles vos entregarão aos tribunais
e vos açoitarão nas suas sinagogas.
18 Vós sereis levados
diante de governadores e reis, por minha causa,
para dar testemunho diante deles e das nações.
19 Quando vos entregarem,
não fiqueis preocupados como falar ou o que dizer.
Então naquele momento
vos será indicado o que deveis dizer.
20 Com efeito, não sereis vós que havereis de falar,
mas sim o Espírito do vosso Pai
é que falará através de vós.
21 O irmão entregará à morte o próprio irmão;
o pai entregará o filho;
os filhos se levantarão contra seus pais,
e os matarão.
22 Vós sereis odiados por todos,
por causa do meu nome.
Mas quem perseverar até o fim,
esse será salvo".
Palavra da Salvação.



Fonte: CNBB

27/12/2017

São João, Apóstolo e Evangelista . Festa

27 de Dezembro de 2017

Cor: Branco

1ª Leitura - 1Jo 1,1-4

O que vimos e ouvimos, nós vos anunciamos.
Início da Primeira Carta de São João 1,1-4
Carissimos:
1 O que era desde o princípio,
o que nós ouvimos,
o que vimos com os nossos olhos,
o que contemplamos
e as nossas mãos tocaram da Palavra da Vida,
2 - de fato, a Vida manifestou-se
e nós a vimos,
e somos testemunhas,
e a vós anunciamos a Vida eterna,
que estava junto do Pai
e que se tornou visível para nós -;
3 isso que vimos e ouvimos,
nós vos anunciamos,
para que estejais em comunhão conosco.
E a nossa comunhão é com o Pai
e com seu Filho, Jesus Cristo.
4 Nós vos escrevemos estas coisas
para que a nossa alegria fique completa.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 96(97),1-2.5-6.11-12 (R. 12a)

R. Â justos, alegrai-vos no Senhor!
1 Deus é Rei! Exulte a terra de alegria, *
e as ilhas numerosas rejubilem!
2 Treva e nuvem o rodeiam no seu trono, *
que se apóia na justiça e no direito. R.

5 As montanhas se derretem como cera *
ante a face do Senhor de toda a terra;
6 e assim proclama o céu sua justiça, *
todos os povos podem ver a sua glória. R.

11 Uma luz já se levanta para os justos, *
e a alegria, para os retos corações.
12 Homens justos, alegrai-vos no Senhor, *
celebrai e bendizei seu santo nome! R.

Evangelho - Jo 20,2-28

O outro discípulo correu mais depressa que Pedro,
e chegou primeiro ao túmulo.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 20,2-28
No primeiro dia da semana,
2 Maria Madalena saiu correndo
e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo,
aquele que Jesus amava,
e lhes disse:
"Tiraram o Senhor do túmulo,
e não sabemos onde o colocaram".
3 Saíram, então, Pedro e o outro discípulo
e foram ao túmulo.
4 Os dois corriam juntos,
mas o outro discípulo
correu mais depressa que Pedro
e chegou primeiro ao túmulo.
5 Olhando para dentro,
viu as faixas de linho no chão,
mas não entrou.
6 Chegou também Simão Pedro,
que vinha correndo atrás,
e entrou no túmulo.
Viu as faixas de linho deitadas no chão
7 e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus,
não posto com as faixas,
mas enrolado num lugar à parte.
8 Então entrou também o outro discípulo,
que tinha chegado primeiro ao túmulo.
Ele viu, e acreditou.
Palavra da Salvação.



Fonte: CNBB

28/12/2017

Santos Inocentes, Mártires . Festa

28 de Dezembro de 2017

Cor: Vermelho

1ª Leitura - 1Jo 1,5-2,2

O sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo pecado.

Leitura da Primeira Carta de São João 1,5-2,2
Caríssimos:
5 A mensagem, que ouvimos de Jesus Cristo
e vos anunciamos,
é esta:
Deus é luz e nele não há trevas.
6 Se dissermos que estamos em comunhão com ele,
mas andamos nas trevas,
estamos mentindo e não nos guiamos pela verdade.
7 Mas, se andamos na luz,
como ele está na luz,
então estamos em comunhão uns com os outros,
e o sangue de seu Filho Jesus
nos purifica de todo pecado.
8 Se dissermos que não temos pecado,
estamo-nos enganando a nós mesmos,
e a verdade não está dentro de nós.
9 Se reconhecermos nossos pecados,
então Deus se mostra fiel e justo,
para nos perdoar os pecados
e nos purificar de toda culpa.
10 Se dissermos que nunca pecamos,
fazemos dele um mentiroso
e sua palavra não está dentro de nós.
2,1 Meus filhinhos,
escrevo isto para que não pequeis.
No entanto, se alguém pecar,
temos junto do Pai um Defensor:
Jesus Cristo, o Justo.
2 Ele é a vítima de expiação pelos nossos pecados,
e não só pelos nossos,
mas também pelos pecados do mundo inteiro.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 123(124),2-3.4-5.7b-8 (R. 7a)

R. Nossa alma como um pássaro escapou
do laço que lhe armara o caçador.
2 Se o Senhor não estivesse ao nosso lado, *
quando os homens investiram contra nós,
3 com certeza nos teriam devorado *
no furor de sua ira contra nós. R.


4 Então as águas nos teriam submergido, *
a correnteza nos teria arrastado,
5 e então, por sobre nós teriam passado *
essas águas sempre mais impetuosas. R.

7b O laço arrebentou-se de repente, *
e assim nós conseguimos libertar-nos.
8 O nosso auxílio está no nome do Senhor, *
do Senhor que fez o céu e fez a terra! R.

Evangelho - Mt 2,13-18

Herodes mandou matar todos os meninos de Belém.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 2,13-18
13 Depois que os magos partiram,
o Anjo do Senhor apareceu em sonho a José
e lhe disse:
"Levanta-te, pega o menino e sua mãe
e foge para o Egito!
Fica lá até que eu te avise!
Porque Herodes vai procurar o menino para matá-lo".
14 José levantou-se de noite,
pegou o menino e sua mãe,
e partiu para o Egito.
15 Ali ficou até à morte de Herodes,
para se cumprir
o que o Senhor havia dito pelo profeta:
"Do Egito chamei o meu Filho".
16 Quando Herodes percebeu
que os magos o haviam enganado,
ficou muito furioso.
Mandou matar todos os meninos de Belém
e de todo o território vizinho,
de dois anos para baixo,
exatamente conforme o tempo indicado pelos magos.
17 Então se cumpriu
o que foi dito pelo profeta Jeremias:
18 "Ouviu-se um grito em Ramá,
choro e grande lamento:
é Raquel que chora seus filhos,
e não quer ser consolada,
porque eles não existem mais".
Palavra da Salvação.



Fonte: CNBB

29/12/2017

5º dia na oitava de Natal do Natal

29 de Dezembro de 2017

Cor: Branco

1ª Leitura - 1Jo 2,3-11

Quem ama o seu irmão permanece na luz.
Leitura da Primeira Carta de São João 2,3-11
Caríssimos:
3 Para saber que o conhecemos,
vejamos se guardamos os seus mandamentos.
4 Quem diz: 'Eu conheço a Deus',
mas não guarda os seus mandamentos,
é mentiroso, e a verdade não está nele.
5 Naquele, porém, que guarda a sua palavra,
o amor de Deus é plenamente realizado.
O critério para saber se estamos com Jesus é este:
6 quem diz que permanece nele,
deve também proceder como ele procedeu.
7 Caríssimos,
não vos comunico um mandamento novo,
mas um mandamento antigo,
que recebestes desde o início;
este mandamento antigo é a palavra que ouvistes.
8 No entanto, o que vos escrevo é um mandamento novo
- que é verdadeiro nele e em vós -,
pois que as trevas passam
e já brilha a luz verdadeira.
9 Aquele que diz estar na luz,
mas odeia o seu irmão,
ainda está nas trevas.
10 O que ama o seu irmão permanece na luz
e não corre perigo de tropeçar.
11 Mas o que odeia o seu irmão está nas trevas,
caminha nas trevas,
e não sabe aonde vai,
porque as trevas ofuscaram os seus olhos.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 95 (96), 1-2a. 2b-3. 5b-6 (R. 11a)

R. O céu se rejubile e exulte a terra!
1 Cantai ao Senhor Deus um canto novo, +
cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! *
2a Cantai e bendizei seu santo nome! R.

2b Dia após dia anunciai sua salvação, +
3 manifestai a sua glória entre as nações, *
e entre os povos do universo seus prodígios! R.

5b Foi o Senhor e nosso Deus quem fez os céus:+
6 diante dele vão a glória e a majestade, *
e o seu templo, que beleza e esplendor! R.
Evangelho - Lc 2,22-35

Luz para iluminar as nações. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 2,22-35 22 Quando se completaram os dias
para a purificação da mãe e do filho,
conforme a Lei de Moisés,
Maria e José levaram Jesus a Jerusalém,
a fim de apresentá-lo ao Senhor.
23 Conforme está escrito na Lei do Senhor:
'Todo primogênito do sexo masculino
deve ser consagrado ao Senhor.'
24 Foram também oferecer o sacrifício
- um par de rolas ou dois pombinhos -
como está ordenado na Lei do Senhor.
25 Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão,
o qual era justo e piedoso,
e esperava a consolação do povo de Israel.
O Espírito Santo estava com ele
26 e lhe havia anunciado que não morreria
antes de ver o Messias que vem do Senhor.
27 Movido pelo Espírito, Simeão veio ao Templo.
Quando os pais trouxeram o menino Jesus
para cumprir o que a Lei ordenava,
28 Simeão tomou o menino nos braços
e bendisse a Deus:
29 'Agora, Senhor, conforme a tua promessa,
podes deixar teu servo partir em paz;
30 porque meus olhos viram a tua salvação,
31 que preparaste diante de todos os povos:
32 luz para iluminar as nações
e glória do teu povo Israel.'
33 O pai e a mãe de Jesus estavam admirados
com o que diziam a respeito dele.
34 Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus:
'Este menino vai ser causa
tanto de queda como de reerguimento
para muitos em Israel.
Ele será um sinal de contradição.
35 Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações.
Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma.'
Palavra da Salvação.
Reflexão - Lc 2, 22-35

Quem espera no Senhor jamais será decepcionado, pois ele sempre cumpre as suas promessas. Deus prometeu durante todo o Antigo Testamento a vinda do Messias e muitos em Israel acreditaram nessa promessa, vivendo na esperança da sua chegada. O canto de Simeão nos mostra esta esperança e a alegria da realização da promessa, assim como os elementos principais da missão messiânica de Jesus, que será um sinal de contradição para o povo, pois será libertação para o pobre e condenação para aqueles que não acreditam nele e na sua palavra, de modo que não se convertem.


Fonte: CNBB

30/12/2017

6º dia na oitava do Natal do Natal

30 de Dezembro de 2017

Cor: Branco

1ª Leitura - 1Jo 2,12-17

Aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.
Leitura da Primeira Carta de São João 2,12-17 12 Eu vos escrevo, filhinhos:
os vossos pecados foram perdoados
por meio do seu nome.
13 Eu vos escrevo, pais:
vós conheceis aquele que é desde o princípio.
Eu vos escrevo, jovens:
vós vencestes o Maligno.
14 Já vos escrevi, filhinhos:
vós conheceis o Pai.
Já vos escrevi, jovens:
vós sois fortes,
a Palavra de Deus permanece em vós,
e vencestes o Maligno.
15 Não ameis o mundo, nem o que há no mundo.
Se alguém ama o mundo, não está nele o amor do Pai.
16 Porque tudo o que há no mundo
- as paixões da natureza,
a concupiscência dos olhos
e a ostentação da riqueza -
não vem do Pai, mas do mundo.
17 Ora, o mundo passa,
e também a sua concupiscência;
mas aquele que faz a vontade de Deus
permanece para sempre.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 95 (96), 7-8a. 8b-9. 10 (R. 11a)

R. O céu se rejubile e exulte a terra!
7 Ó família das nações, dai ao Senhor,+
ó nações, dai ao Senhor poder e glória,*
8a dai-lhe a glória que é devida ao seu nome! R.

8b Oferecei um sacrifício nos seus átrios,+
9 adorai-o no esplendor da santidade,*
terra inteira, estremecei diante dele! R.

10 Publicai entre as nações: 'Reina o Senhor!' +
Ele firmou o universo inabalável, *
e os povos ele julga com justiça. R.
Evangelho - Lc 2,36-40

Pôs-se a falar do menino a todos
que esperavam a libertação de Jerusalém. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 2,36-40 Naquele tempo:
36 Havia também uma profetisa, chamada Ana,
filha de Fanuel, da tribo de Aser.
Era de idade muito avançada;
quando jovem, tinha sido casada
e vivera sete anos com o marido.
37 Depois ficara viúva,
e agora já estava com oitenta e quatro anos.
Não saía do Templo, dia e noite servindo a Deus
com jejuns e orações.
38 Ana chegou nesse momento
e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino
a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém.
39 Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor,
voltaram à Galiléia, para Nazaré, sua cidade.
40 O menino crescia e tornava-se forte,
cheio de sabedoria;
e a graça de Deus estava com ele.
Palavra da Salvação.
Reflexão - Lc 2, 36-40

Toda pessoa que faz da sua vida um serviço a Deus vive a alegria do encontro com ele. Com Ana não foi diferente. Depois de oitenta e quatro anos vividos na busca da realização da vontade de Deus, ela tem a alegria do encontro pessoal com ele. Mas Ana não fica com essa alegria só para ela; sai anunciando a todos que aquele menino é a resposta do próprio Deus a todos os que esperam a verdadeira libertação. E este anúncio é acompanhado do reconhecimento do amor de Deus, que é fiel às suas promessas, através do louvor a ele.


Fonte: CNBB

31/12/2017

Sagrada Família de Jesus, Maria e José do Natal

31 de Dezembro de 2017

Cor: Branco

1ª Leitura - Eclo 3,3-7.14-17a (gr.2-6.12-14)

Quem teme o Senhor, honra seus pais.

Leitura do Livro do Eclesiástico 3,3-7.14-17a (gr.2-6.12-14)
3 Deus honra o pai nos filhos
e confirma, sobre eles, a autoridade da mãe.
4 Quem honra o seu pai,
alcança o perdão dos pecados;
evita cometê-los
e será ouvido na oração quotidiana.
5 Quem respeita a sua mãe
é como alguém que ajunta tesouros.
6 Quem honra o seu pai,
terá alegria com seus próprios filhos;
e, no dia em que orar, será atendido.
7 Quem respeita o seu pai, terá vida longa,
e quem obedece ao pai é o consolo da sua mãe.
14 Meu filho, ampara o teu pai na velhice
e não lhe causes desgosto enquanto ele vive.
15 Mesmo que ele esteja perdendo a lucidez,
procura ser compreensivo para com ele;
não o humilhes, em nenhum dos dias de sua vida,
a caridade feita a teu pai não será esquecida,
16 mas servirá para reparar os teus pecados
17a e, na justiça, será para tua edificação.
Palavra do Senhor
Salmo - Sl 127,1-2.3.4-5 (R. Cf 1)

R. Felizes os que temem o Senhor e trilham seus caminhos!

1 Feliz és tu se temes o Senhor*
e trilhas seus caminhos!
2 Do trabalho de tuas mãos hás de viver,*
serás feliz, tudo irá bem! R.

3 A tua esposa é uma videira bem fecunda*
no coração da tua casa;
os teus filhos são rebentos de oliveira*
ao redor de tua mesa. R.

4 Será assim abençoado todo homem*
que teme o Senhor.
5 O Senhor te abençoe de Sião,*
cada dia de tua vida. R.
2ª Leitura - Cl 3,12-21

A vida da família no Senhor.

Leitura da Carta de São Paulo aos Colossenses 3,12-21
Irmãos:
12 Vós sois amados por Deus,
sois os seus santos eleitos.
Por isso, revesti-vos de sincera misericórdia,
bondade, humildade, mansidão e paciência,
13 suportando-vos uns aos outros
e perdoando-vos mutuamente,
se um tiver queixa contra o outro.
Como o Senhor vos perdoou,
assim perdoai vós também.
14 Mas, sobretudo, amai-vos uns aos outros,
pois o amor é o vínculo da perfeição.
15 Que a paz de Cristo reine em vossos corações,
à qual fostes chamados como membros de um só corpo.
E sede agradecidos.
16 Que a palavra de Cristo, com toda a sua riqueza,
habite em vós.
Ensinai e admoestai-vos uns aos outros com toda a
sabedoria.
Do fundo dos vossos corações, cantai a Deus
salmos, hinos e cânticos espirituais,
em ação de graças.
17 Tudo o que fizerdes, em palavras ou obras,
seja feito em nome do Senhor Jesus Cristo.
Por meio dele dai graças a Deus, o Pai.
18 Esposas, sede solícitas para com vossos maridos,
como convém, no Senhor.
19 Maridos, amai vossas esposas
e não sejais grosseiros com elas.
20 Filhos, obedecei em tudo aos vossos pais,
pois isso é bom e correto no Senhor.
21 Pais, não intimideis os vossos filhos,
para que eles não desanimem.
Palavra do Senhor.
Evangelho - Lc 2,22-40

O menino crescia cheio de sabedoria. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 2,22-40 22 Quando se completaram os dias
para a purificação da mãe e do filho,
conforme a Lei de Moisés,
Maria e José levaram Jesus a Jerusalém,
a fim de apresentá-lo ao Senhor.
23 Conforme está escrito na Lei do Senhor:
'Todo primogênito do sexo masculino
deve ser consagrado ao Senhor.'
24 Foram também oferecer o sacrifício
- um par de rolas ou dois pombinhos -
como está ordenado na Lei do Senhor.
25 Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão,
o qual era justo e piedoso,
e esperava a consolação do povo de Israel.
O Espírito Santo estava com ele
26 e lhe havia anunciado que nóo morreria
antes de ver o Messias que vem do Senhor.
27 Movido pelo Espírito, Simeão veio ao Templo.
Quando os pais trouxeram o menino Jesus
para cumprir o que a Lei ordenava,
28 Simeão tomou o menino nos braços
e bendisse a Deus:
29 'Agora, Senhor, conforme a tua promessa,
podes deixar teu servo partir em paz;
30 porque meus olhos viram a tua salvação,
31 que preparaste diante de todos os povos:
32 luz para iluminar as nações
e glória do teu povo Israel.'
33 O pai e a mãe de Jesus estavam admirados
com o que diziam a respeito dele.
34 Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus:
'Este menino vai ser causa
tanto de queda como de reerguimento
para muitos em Israel.
Ele será um sinal de contradição.
35 Assim serão revelados
os pensamentos de muitos corações.
Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma.'
36 Havia também uma profetisa, chamada Ana,
filha de Fanuel, da tribo de Aser.
Era de idade muito avançada;
quando jovem, tinha sido casada
e vivera sete anos com o marido.
37 Depois ficara viúva,
e agora já estava com oitenta e quatro anos.
Nóo saía do Templo, dia e noite servindo a Deus
com jejuns e orações.
38 Ana chegou nesse momento
e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino
a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém.
39 Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor,
voltaram à Galiléia, para Nazaré, sua cidade.
40 O menino crescia e tornava-se forte,
cheio de sabedoria;
e a graça de Deus estava com ele.
Palavra da Salvação.

Leituras Facultativas


1ª Leitura - Gn 15,1-6;21,1-3

Um de teus descendentes é que será o herdeiro.
Leitura do Livro do Gênesis 15,1-6;21,1-3
Naqueles dias:
15,1 O Senhor falou a Abrão, dizendo:
'Não temas, Abrão!
Eu sou o teu protetor
e tua recompensa será muito grande'.
2 Abrão respondeu:
'Senhor Deus, que me darás?
Eu me vou desta vida sem filhos
e o herdeiro de minha casa será Eliezer de Damasco'.
3 E acrescentou:
'Como não me deste descendência,
um servo nascido em minha casa será meu herdeiro'.
4 Então o Senhor falou-lhe nestes termos:
'O teu herdeiro não será esse,
mas um dos teus descendentes é que será o herdeiro'.
5 E, conduzindo-o para fora, disse-lhe:
'Olha para o céu e conta as estrelas, se fores capaz!'
E acrescentou:
'Assim será a tua descendência'.
6 Abrão teve fé no Senhor,
que considerou isso como justiça.
21,1 O Senhor visitou Sara, como tinha prometido,
e cumpriu o que lhe dissera.
2 Ela concebeu e deu a Abraão um filho na velhice,
no tempo que Deus lhe havia predito.
3 Abraão deu o nome de Isaac
ao filho que lhe nascera de Sara.
Palavra do Senhor.
Evangelho - Lc 2,22.39-40

O menino crescia cheio de sabedoria. + Proclamaçóo do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 2,22.39-40
22 Quando se completaram os dias
para a purificaçóo da mãe e do filho,
conforme a Lei de Moisés,
Maria e José levaram Jesus a Jerusalém,
a fim de apresentá-lo ao Senhor.
39 Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor,
voltaram à Galiléia, para Nazaré, sua cidade.
40 O menino crescia e tornava-se forte,
cheio de sabedoria;
e a graça de Deus estava com ele.
Palavra da Salvaçóo.




Fonte: CNBB

PUBLICIDADE
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal