2019 - MAIO - 26 - DOMINGO - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"extra Ecclesiam nulla salus"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Pesquisa rápida
Liturgia Diária


Decidimos, o Espírito Santo e nós, não vos impor
nenhum fardo, além das coisas indispensáveis.


Naqueles dias:
1 Chegaram alguns da Judéia e ensinavam aos irmãos de Antioquia, dizendo: 'Vós não podereis salvar-vos, se não fordes circuncidados, como ordena a Lei de Moisés.'
2 Isto provocou muita confusão, e houve uma grande discussão de Paulo e Barnabé com eles. Finalmente, decidiram que Paulo, Barnabé e alguns outros fossem a Jerusalém, para tratar dessa questão com os apóstolos e os anciãos.
22 Então os apóstolos e os anciãos, de acordo com toda a comunidade de Jerusalém, resolveram escolher alguns da comunidade para mandá-los a Antioquia, com Paulo e Barnabé. Escolheram Judas, chamado Bársabas, e Silas, que eram muito respeitados pelos irmãos.
23 Através deles enviaram a seguinte carta: 'Nós, os apóstolos e os anciãos, vossos irmãos, saudamos os irmãos vindos do paganismo e que estão em Antioquia e nas regiões da Síria e da Cilícia.
24 Ficamos sabendo que alguns dos nossos causaram perturbações com palavras que transtornaram vosso espírito. Eles não foram enviados por nós.
25 Então decidimos, de comum acordo, escolher alguns representantes e mandá-los até vós, junto com nossos queridos irmãos Barnabé e Paulo,
26 homens que arriscaram suas vidas pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo.
27 Por isso, estamos enviando Judas e Silas, que pessoalmente vos transmitirão a mesma mensagem.
28 Porque decidimos, o Espírito Santo e nós, não vos impor nenhum fardo, além destas coisas indispensáveis:
29 abster-se de carnes sacrificadas aos ídolos, do sangue, das carnes de animais sufocados e das uniões ilegítimas. Vós fareis bem se evitardes essas coisas. Saudações!'
Palavra do Senhor.



Salmo - Sl 66,2-3.5.6.8 (R. 4)

R. Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor,
que todas as nações vos glorifiquem!
Ou: R.Aleluia, Aleluia, Aleluia

2 Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção,*
e sua face resplandeça sobre nós!
3 Que na terra se conheça o seu caminho*
e a sua salvação por entre os povos.
R.

5 Exulte de alegria a terra inteira,*
pois julgais o universo com justiça;
os povos governais com retidão,*
e guiais, em toda a terra, as nações.
R.

6 Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor,*
que todas as nações vos glorifiquem!
8Que o Senhor e nosso Deus nos abençoe,*
e o respeitem os confins de toda a terra!
R.




Mostrou-me a cidade santa descendo do céu.

10 Um anjo me levou em espírito a uma montanha grande e alta. Mostrou-me a cidade santa, Jerusalém, descendo do céu, de junto de Deus,
11 brilhando com a glória de Deus. Seu brilho era como o de uma pedra preciosíssima, como o brilho de jaspe cristalino.
12 Estava cercada por uma muralha maciça e alta, com doze portas. Sobre as portas estavam doze anjos, e nas portas estavam escritos os nomes das doze tribos de Israel.
13 Havia três portas do lado do oriente, três portas do lado norte, três portas do lado sul e três portas do lado do ocidente.
14 A muralha da cidade tinha doze alicerces, e sobre eles estavam escritos os nomes dos doze apóstolos do Cordeiro.
22 Não vi templo na cidade, pois o seu Templo é o próprio Senhor, o Deus Todo-poderoso, e o Cordeiro.
23 A cidade não precisa de sol, nem de lua que a iluminem, pois a glória de Deus é a sua luz e a sua lâmpada é o Cordeiro.
Palavra do Senhor.



Evangelho - Jo 14,23-29

O Espírito Santo vos recordará
tudo o que eu vos tenho dito.


+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 14,23-29

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
23 'Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e o meu Pai o amará, e nós viremos e faremos nele a nossa morada.
24 Quem não me ama, não guarda a minha palavra. E a palavra que escutais não é minha, mas do Pai que me enviou.
25 Isso é o que vos disse enquanto estava convosco.
26 Mas o Defensor, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, ele vos ensinará tudo e vos recordará tudo o que eu vos tenho dito.
27 Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; mas não a dou como o mundo. Não se perturbe nem se intimide o vosso coração.
28 Ouvistes que eu vos disse: 'Vou, mas voltarei a vós`. Se me amásseis, ficaríeis alegres porque vou para o Pai, pois o Pai é maior do que eu.
29 Disse-vos isto, agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós acrediteis.
Palavra da Salvação.


Fonte: Youtube RS21
Fonte: Youtube RS21
Fonte: Youtube RS21
Fonte: Youtube RS21
Fonte: Youtube RS21

REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO - CAMPINAS


“Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor, que todas as nações vos glorifiquem”
Jo 14, 23-29

Quem observa a mensagem de Jesus corresponde ao seu amor. No esforço de viver o amor; o Pai e o Filho encontram acolhida no coração do discípulo e estabelecem nele a sua morada, vivem juntos como uma família. Jesus é o laço de união entre o Pai e o discípulo.

A função do Espírito Santo na comunidade é ensinar e lembrar. É a memória viva de Jesus junto dos discípulos, de modo a não ficarem perdidos. O Espírito Santo atualiza o ensinamento em todos os tempos e lugares.

As palavras de despedidas de Jesus provocaram no coração dos discípulos tristeza e insegurança. Como eles haveriam de sobreviver sem o Mestre? A quem iriam recorrer nos momentos de dificuldades e quando não soubessem como agir?

Jesus promete enviar o Espírito Santo, o Paraclito (defensor), para ficar com eles na missão. Animados pelo Espírito Santo, teriam forças para seguir adiante na missão, sem perturbações e temores no coração. Não seriam órfãos, largados a própria sorte, vão contar sempre com a assistência desta força divina enviado pelo Pai.

Ao se despedir dos discípulos, Jesus oferece o dom da paz a eles. Não a “Pax Romana”, que era a paz da opressão e da morte, praticada pelo poder dominante, mas a paz que plenifica a vida e que é fruto da justiça. A perseverança dos discípulos vai exigir uma fé consciente e segura capaz de reconhecer a ação do Espírito Defensor que em seu favor.

Rezemos: Senhor, quero viver no amor e ser morada do Pai e do Filho, ser guiado pelo Espírito Santo e viver na comunhão com Deus e os irmãos. E manter a alegria da minha fé.

Deus abençoe você e sua família.



REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe sua vida nessa fascinante jornada de domingo que já chegou. É o DIA DO SENHOR por excelência. Está chegando o merecido descanso, não é mesmo? Repor as energias faz bem!!! Cuidar do Corpo é um ato de amor e respeito para com Deus! Mas também não podemos descuidar da Família e de Deus. Portanto, convide sua família e escolham um bom horário para participar de sua comunidade. A ORAÇÃO em família fortalece os laços de amor e união e também é alimento para a alma.

Salmo 22
O Senhor é meu pastor: nada me falta.
Leva-me a descansar em verdes prados,
conduz-me às águas refrescantes
e reconforta a minha alma.
Ele me guia por sendas direitas, por amor do seu nome.
Ainda que tenha de andar por vales tenebrosos,
não temerei nenhum mal, porque Vós estais comigo:
o vosso cajado e o vosso báculo me enchem de confiança.
Para mim preparais a mesa,
à vista dos meus adversários;
com óleo me perfumais a cabeça,
e o meu cálice transborda.
A bondade e a graça hão-de acompanhar-me
todos os dias da minha vida,
e habitarei na casa do Senhor
para todo o sempre.

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm














FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo