22 DE AGOSTO - QUINTA-FEIRA - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"extra Ecclesiam nulla salus"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Pesquisa rápida
QUARESMA DE SAO MIGUEL
Liturgia Diária



20ª SEMANA DO TEMPO COMUM
COR LITÚRGICA: VERDE

1a Leitura - Jz 11,29-39a

A primeira pessoa que sair de minha casapertencerá ao Senhor e eu a oferecerei em holocausto.

Leitura do Livro dos Juízes 11, 29-39a
Naqueles dias:
29 O espírito do Senhor veio sobre Jefté e ele, atravessando Galaad e Manassés, passou por Masfa e Galaad e de lá marchou contra os filhos de Amon.
30 E Jefté fez um voto ao Senhor, dizendo: 'Se entregares os amonitas em minhas mãos,
31 a primeira pessoa que sair da porta de minha casa para vir ao meu encontro, quando eu voltar vencedor sobre os amonitas, pertencerá ao Senhor e eu a oferecerei em holocausto'.
32 Jefté passou às terras dos amonitas para combater contra eles, e o Senhor entregou-os em suas mãos.
33 E Jefté fez uma grande mortandade em vinte cidades, desde Aroer até a entrada de Menit e até Abel-Carmim, e assim os filhos de Amon foram subjugados pelos filhos de Israel.
34 Quando Jefté voltou para sua casa em Masfa, sua filha veio-lhe ao encontro, dançando ao som do tamborim. Era a sua única filha, pois não tinha mais filhos.
35 Ao vê-la, rasgou as vestes e bradou: 'Ai! Minha filha, tu me prostraste de dor! És a causa da minha desgraça! Pois fiz uma promessa ao Senhor e não posso voltar atrás'.
36 Então ela respondeu: 'Meu pai, se fizeste um voto ao Senhor, trata-me segundo o que prometeste, porque o Senhor concedeu que te vingasses de teus inimigos, os amonitas'.
37 Depois, disse ao pai: 'Concede-me apenas o que te peço: deixa-me livre dois meses para ir vagar pelos montes com minhas companheiras e chorar a minha virgindade'.
38 'Vai!', respondeu ele. E deixou-a partir por dois meses. Ela foi com suas companheiras chorar pelos montes a sua virgindade.
39 passados os dois meses, voltou para o seu pai e ele cumpriu o voto que tinha feito
Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 39,5. 7-8a. 8b-9. 10 (R. Cf. 8a.9a)

R. Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade Senhor!

5 É feliz quem a Deus se confia; / quem não segue os que adoram os ídolos / e se perdem por falsos caminhos.
R.

7 Sacrifício e oblação não quisestes, / mas abristes, Senhor, meus ouvidos; / não pedistes ofertas nem vítimas, / holocaustos por nossos pecados, 8a E então eu vos disse: 'Eis que venho!'
R.

8b Sobre mim está escrito no livro: 9 'Com prazer faço a vossa vontade, / guardo em meu coração vossa lei!'
R.

10 Boas-novas de vossa justiça / anunciei numa grande assembléia; / vós sabeis: não fechei os meus lábios!
R.

Evangelho - Mt 22,1-14

Convidai para a festa todos os que encontrardes.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 22, 1-14

Naquele tempo: Jesus voltou a falar em parábolas aos sumos sacerdotes e aos anciãos do povo,
2 dizendo: 'O Reino dos Céus é como a história do rei que preparou a festa de casamento do seu filho.
3 E mandou os seus empregados para chamar os convidados para a festa, mas estes não quiseram vir.
4 O rei mandou outros empregados, dizendo: `Dizei aos convidados: já preparei o banquete, os bois e os animais cevados já foram abatidos e tudo está pronto. Vinde para a festa!'
5 Mas os convidados não deram a menor atenção: um foi para o seu campo, outro para os seus negócios,
6 outros agarraram os empregados, bateram neles e os mataram.
7 O rei ficou indignado e mandou suas tropas para matar aqueles assassinos e incendiar a cidade deles.
8 Em seguida, o rei disse aos empregados: `A festa de casamento está pronta, mas os convidados não foram dignos dela.
9 Portanto, ide até às encruzilhadas dos caminhos e convidai para a festa todos os que encontrardes. '
10 Então os empregados saíram pelos caminhos e reuniram todos os que encontraram, maus e bons. E a sala da festa ficou cheia de convidados.
11 Quando o rei entrou para ver os convidados, observou ali um homem que não estava usando traje de festa
12 e perguntou-lhe: `Amigo, como entraste aqui sem o traje de festa?' Mas o homem nada respondeu.
13 Então o rei disse aos que serviam: `Amarrai os pés e as mãos desse homem e jogai-o fora, na escuridão! Ali haverá choro e ranger de dentes'.
14 Por que muitos são chamados, e poucos são escolhidos. '
Palavra da Salvação.



Fonte: Youtube RS21
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“Bendito seja o nome do Senhor, agora e por toda a eternidade! ”.
Lc 1, 26-38

Esta memória litúrgica de Nossa Senhora Rainha, foi introduzida na Igreja pelo Papa Pio XII, em 1954, fixada para este dia, a celebração quis pôr em relevo a estreita ligação que há entre a dignidade régia de Mãe de Deus e sua Assunção ao céu.

Ao longo da história da Igreja, muitas características foram acrescentadas ao título de “Rainha”: Rainha dos Apóstolos, Rainha da paz...

Não se trata de poder ou domínio atribuídos a Maria, mas de plenitude e bondade espiritual que ela derrama sobre a humanidade. Sua realeza é toda ternura.

Maria é rainha marcada pelo serviço. É Mãe, simples, pobre, de pé no chão. A disponibilidade fez dela a mais santa entre as mulheres. O seu “sim” não visou honra e grandeza, foi a resposta da serva do Senhor. Um “sim” abrangente. Um sim em nome da humanidade, um “sim a Deus e as suas promessas.

O título de “Rainha”, portanto, não estabelece distância entre Maria e a nossa pequenez. Ao contrário, lembra a vocação real de todos à dignidade de filhos e filhas de Deus, que Maria não só realizou em si mesma, mas que também nos ajuda a conseguir com seu ser e ação.

Rezemos: Ó Maria, concebida sem pecado, Mãe e Rainha. Rogai por nós, que recorremos a vós! Cuida de nós Mãe querida.  

Deus abençoe você e sua família.
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua vida nessa nova jornada de Quinta-feira que está começando. Agradeça a Deus o dom da vida, é mais um dia que Deus nos dá para sermos melhores, fazermos o bem e deixar nossa marca de pessoas que querem fazer a diferença. Então faça! Deus estará do seu lado o tempo todo. Ele é Pai e Jesus vai mandar o seu Espírito para iluminar todos os seus passos. Que seja uma quinta alegre, saudável e repleta de boas realizações. Deus abençoe.


Como é bom render graças ao Senhor
e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo; anunciar de manhã o teu amor leal
e de noite a tua fidelidade,
Salmo 9,1-2

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm







FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo