24 de agosto de 2018 - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

24 de agosto de 2018

LITURGIA DIÁRIA > 2018 > AGOSTO
24 de Agosto de 2018


SÃO BARTOLOMEU APÓSTOLO (Vermelho, Glória, Prefácio dos Apóstolos – Ofício da Festa)


Antífona de entrada
Anunciai todos os dias a salvação de Deus, proclamai a sua glória às nações (Sl 95,2s).

Oração do Dia
Ó Deus, fortalecei em nós aquela fé que levou são Bartolomeu a seguir de coração o vosso Filho e fazei que, pelas preces do apóstolo, a vossa Igreja se torne sacramento da salvação para todos os povos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.


1a Leitura - Apocalipse 21,9-14
Leitura do livro do Apocalipse de são João.
21 9 Então veio um dos sete Anjos que tinham as sete taças cheias dos sete últimos flagelos e disse-me: "Vem, e mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro".
10 Levou-me em espírito a um grande e alto monte e mostrou-me a Cidade Santa, Jerusalém, que descia do céu, de junto de Deus,
11 revestida da glória de Deus. Assemelhava-se seu esplendor a uma pedra muito preciosa, tal como o jaspe cristalino.
12 Tinha grande e alta muralha com doze portas, guardadas por doze anjos. Nas portas estavam gravados os nomes das doze tribos dos filhos de Israel.
13 Ao oriente havia três portas, ao setentrião três portas, ao sul três portas e ao ocidente três portas.
14 A muralha da cidade tinha doze fundamentos com os nomes dos doze apóstolos do Cordeiro.
Palavra do Senhor.


Salmo - 144/145
Ó Senhor, vossos amigos anunciem vosso reino glorioso!

Que vossas obras, ó Senhor, vos glorifiquem,
e os vossos santos, com louvores, vos bendigam!
Narrem a glória e o esplendor do vosso reino
e saibam proclamar vosso poder!

Para espalhar vossos prodígios entre os homens
e o fulgor de vosso reino esplendoroso.
O vosso reino é um reino para sempre,
vosso poder, de geração em geração.

É justo o Senhor em seus caminhos,
é santo em toda obra que ele faz.
Ele está perto da pessoa que o invoca,
de todo aquele que o invoca lealmente.


Evangelho - João 1,45-51

Aleluia, aleluia, aleluia.
Mestre, tu és o filho de Deus, és rei de Israel! (Jo 1,49)


Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João.
1 45 Filipe encontra Natanael e diz-lhe: "Achamos aquele de quem Moisés escreveu na lei e que os profetas anunciaram: é Jesus de Nazaré, filho de José".
46 Respondeu-lhe Natanael: "Pode, porventura, vir coisa boa de Nazaré?" Filipe retrucou: "Vem e vê".
47 Jesus vê Natanael, que lhe vem ao encontro, e diz: "Eis um verdadeiro israelita, no qual não há falsidade".
48 Natanael pergunta-lhe: "Donde me conheces?" Respondeu Jesus: "Antes que Filipe te chamasse, eu te vi quando estavas debaixo da figueira".
49 Falou-lhe Natanael: "Mestre, tu és o Filho de Deus, tu és o rei de Israel".
50 Jesus replicou-lhe: "Porque eu te disse que te vi debaixo da figueira, crês! Verás coisas maiores do que esta".
51 E ajuntou: "Em verdade, em verdade vos digo: vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem".
Palavra da Salvação.


Oração Sobre as Oferendas
Ó Deus, ao oferecermos este sacrifício de louvor na festa do apóstolo são Bartolomeu, possamos, por sua intercessão, receber os vossos auxílios. Por Cristo, nosso Senhor.


Antífona de Comunhão
Eu disponho do reino para vós como meu Pai dispôs para mim, diz o Senhor. No meu reino comereis e bebereis à minha mesa (Lc 22,29ss).


Depois da Comunhão
Alegrando-nos na festa de são Bartolomeu, recebemos, ó Pai, o penhor da salvação; fazei que ele nos seja auxílio na vida presente e garantia da vida eterna. Por Cristo, nosso Senhor.


REFLEXÃO


“Ó Senhor, vossos amigos anunciem vosso reino glorioso”.

Jo 1, 45-51

Bartolomeu, de Caná da Galileia, é identificado com Natanael. Quem lhe apresentou Jesus, foi Filipe, que era o seu melhor amigo e ambos eram viajantes. Filipe acrescentou: “Jesus vem de Nazaré”.

Essa informação deu margem para atrito na conversa: o preconceito de Natanael contra quem era de Nazaré; a simpatia de Jesus que elogiou a autenticidade dele; o desconcerto, mas também a certeza de Natanael reconhecendo estar diante de uma pessoa extraordinária: “Rabi, Tu és o Filho de Deus, Tu és o rei de Israel”.

Cativado por Jesus, Natanael tornou-se seu apostolo e entusiasta pregador do Evangelho. Antiga tradição registra que Bartolomeu exerceu o ministério apostólico na Índia, onde converteu para Cristo grande número de pessoas.

Esteve também na Armênia e na Pérsia, hoje o Irã. Perseguido por aqueles que não aceitavam a Boa-Nova de Cristo, ele foi esfolado vivo (arrancaram-lhe a pele) e, como não morreu, foi decapitado no ano 51.

Rezemos para que junto com Natanael, nos deixemos encontrar pelo olhar de Jesus que nos Vê e conhece, com amor e misericórdia, para reafirmar o nosso desejo de segui-lo com um coração sincero.

Senhor, Tu me olhaste nos olhos... a sorrir pronunciaste meu nome... quero seguir este chamado de amor...

Deus abençoe você e sua família.

Pe João Luiz Fávero
Paróquia Nossa Senhora das Dores
Cambuí - Campinas - SP
PUBLICIDADE
Voltar para o conteúdo