24 de Agosto de 2017 - 4ª-feira da 20ª Semana do Tempo Comum - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

Menu principal:

24 de Agosto de 2017 - 4ª-feira da 20ª Semana do Tempo Comum

LITURGIA DIÁRIA > 2017 - AGOSTO
PUBLICIDADE



24 de Agosto de 2017 - São Bartolomeu, Apóstolo . Festa

Cor: Vermelho

1ª Leitura - Ap 21,9b-14

A muralha da cidade tinha doze alicerces,
e sobre eles estavam escritos
os nomes dos doze
póstolos do Cordeiro.

Leitura do Livro do Apocalipse de São João 21,9b-14
9b Um anjo falou comigo e disse: "Vem! Vou mostrar-te a noiva, a esposa do Cordeiro".
10 Então me levou em espíritoa uma montanha grande e alta. Mostrou-me a cidade santa, Jerusalém, descendo do céu, de junto de Deus,
11 brilhando com a glória de Deus. Seu brilho era como o de uma pedra preciosíssima, como o brilho de jaspe cristalino.
12 Estava cercada por uma muralha maciça e alta,com doze portas.Sobre as portas estavam doze anjos,e nas portas estavam escritos os nomes das doze tribos de Israel.
13 Havia três portas do lado do oriente, três portas do lado norte, três portas do lado sul e três portas do lado do ocidente.
14 A muralha da cidade tinha doze alicerces, e sobre eles estavam escritos os nomes dos doze apóstolos do Cordeiro.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 144(145),10-11.12-13ab.17-18 (R. cf. 12a)

R. Â Senhor, vossos amigos anunciem vosso Reino glorioso!

10 Que vossas obras, ó Senhor, vos glorifiquem, *
e os vossos santos com louvores vos bendigam!
11 Narrem a glória e o esplendor do vosso reino *
e saibam proclamar vosso poder! R.

12 Para espalhar vossos prodígios entre os homens *
e o fulgor de vosso reino esplendoroso.
13a O vosso reino é um reino para sempre, *
13b vosso poder, de geração em geração. R.

17 É justo o Senhor em seus caminhos, *
é santo em toda obra que ele faz.
18 Ele está perto da pessoa que o invoca, *
de todo aquele que o invoca lealmente. R.


Evangelho - Jo 1,45-51

Aí vem um israelita de verdade,
um homem sem falsidade.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 1,45-51
45 Filipe encontrou-se com Natanael e lhe disse:
"Encontramos aquele de quem Moisés escreveu na Lei,e também os profetas: Jesus de Nazaré, o filho de José".
46 Natanael disse: "De Nazaré pode sair coisa boa?"Filipe respondeu: "Vem ver!"
47 Jesus viu Natanael que vinha para ele e comentou: "Aí vem um israelita de verdade, um homem sem falsidade".
48 Natanael perguntou: "De onde me conheces?" Jesus respondeu: "Antes que Filipe te chamasse, enquanto estavas debaixo da figueira, eu te vi".
49 Natanael respondeu: "Rabi, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel".
50 Jesus disse: "Tu crês porque te disse: Eu te vi debaixo da figueira? Coisas maiores que esta verás!"
51 E Jesus continuou: "Em verdade, em verdade, eu vos digo: Vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem".
Palavra da Salvaçào.


Reflexão - Jo 1, 45-51

Quando André revela que encontrou o Messias a Natanael ou Bartolomeu, palavra que quer dizer "filho do agricultor", a atitude de Natanael foi de dúvida: "De Nazaré, pode sair coisa boa?" No entanto, ele vence a sua desconfiança, atende ao convite que foi feito por André e vai encontrar-se com Jesus. A experiência do encontro pessoal com Jesus faz com que Natanael venha a reconhecer a sua divindade e torne-se seu discípulo pelo resto de sua vida, mostrando-nos com isso que, apesar de todos os nossos problemas, se procurarmos ter retidão de coração e vencer as nossas fraquezas, também faremos a experiência do encontro pessoal com Jesus e também nos tornaremos seus verdadeiros discípulos.

Fonte: CNBB
PUBLICIDADE
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal