27 DE JULHO- SÁBADO - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"extra Ecclesiam nulla salus"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
VATICAN NEWS
Pesquisa rápida
Liturgia Diária
SÁBADO DA 16ª SEMANA
TEMPO COMUM - COR VERDE

1a Leitura
Ex 24,3-8

Este é o sangue da aliança que o Senhor fez convosco

Leitura do Livro do Êxodo 24, 3-8
Naqueles dias:
3 Moisés veio e transmitiu ao povo todas as palavras do Senhor e todos os decretos. O povo respondeu em coro: 'Faremos tudo o que o Senhor nos disse'.
4 Então Moisés escreveu todas as palavras do Senhor. Levantando-se na manhã seguinte, ergueu ao pé da montanha um altar e doze marcos de pedra pelas doze tribos de Israel.
5 Em seguida, mandou alguns jovens israelitas oferecer holocaustos e imolar novilhos como sacrifícios pacíficos ao Senhor.
6 Moisés tomou metade do sangue e o pôs em vasilhas, e derramou a outra metade sobre o altar.
7 Tomou depois o livro da aliança e o leu em voz alta ao povo, que respondeu: 'Faremos tudo o que o Senhor disse e lhe obedeceremos'.
8 Moisés, então, com o sangue separado, aspergiu o povo, dizendo: 'Este é o sangue da aliança, que o Senhor fez convosco, segundo todas estas palavras'.
Palavra do Senhor.


Salmo
Sl 49,1-2. 5-6. 14-15 (R. 14a)

R. Imola a Deus um sacrifício de louvor.

1 Falou o Senhor Deus, chamou a terra, /
do sol nascente ao sol poente a convocou.
2 De Sião, beleza plena, Deus refulge.
R.

5 'Reuni à minha frente os meus eleitos, /
que selaram a Aliança em sacrifícios!'
6 Testemunha o próprio céu seu julgamento, /
porque Deus mesmo é juiz e vai julgar.
R.

14 Imola a Deus um sacrifício de louvor /
e cumpre os votos que fizeste ao Altíssimo.
15 Invoca-me no dia da angústia, /
e então te livrarei e hás de louvar-me'.
R.


Evangelho
Mt 13,24-30

Deixai crescer um e outro até a colheita!

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 13, 24-30

Naquele tempo:
24 Jesus contou outra parábola à multidão: 'O Reino dos Céus é como um homem que semeou boa semente no seu campo.
25 Enquanto todos dormiam, veio seu inimigo, semeou joio no meio do trigo, e foi embora.
26 Quando o trigo cresceu e as espigas começaram a se formar, apareceu também o joio.
27 Os empregados foram procurar o dono e lhe disseram: 'Senhor, não semeaste boa semente no teu campo? Donde veio então o joio?'
28 O dono respondeu: 'Foi algum inimigo que fez isso'. Os empregados lhe perguntaram: 'Queres que vamos arrancar o joio?'
29 O dono respondeu: 'Não! pode acontecer que, arrancando o joio, arranqueis também o trigo.
30 Deixai crescer um e outro até a colheita! E, no tempo da colheita, direi aos que cortam o trigo: arrancai primeiro o joio e o amarrai em feixes para ser queimado! Recolhei, porém, o trigo no meu celeiro!''
Palavra da Salvação.



Fonte: Youtube RS21
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“Imola a Deus, um sacrifício de louvor “
Mt 13, 24-30

Com a Parábola do joio e do trigo, Jesus nos adverte do perigo de se cometer injustiças. Pelo mundo afora já se cometeram erros condenando inocentes e salvando culpados.

O ser humano tem a tendência de querer eliminar quem incomoda, como se outro fosse sempre culpado. No meio de bons, crescem os maus; a justiça vive ao lado da injustiça; o homem de fé continua servindo a Deus em meio aos que se dizem ateus.

A diferença está no que um e outro produz. O trigo produz grão, espiga, farinha e pão. O Joio só cresce, mas nada produz.

Ora, Deus tem plano de salvação para todos os seus filhos e filhas, bons e maus. Ele quer que todos sejam santos. A todos dá o tempo de vida e espera a conversão de todos.

É o mistério da liberdade humana. Vivemos a contradição apontada por Paulo: deseja fazer o bem e não o faz, quer evitar o mal e não consegue. Temos que examinar com cuidado nossas escolhas e evitar o joio e favorecer o trigo. O cuidado para não se deixar enganar pelo inimigo que age na noite quando dormimos. O discernimento é sempre uma exigência.

Deus é o único juiz confiável. Nosso papel de cristão não é de destruir as pessoas que estão no mau caminho, mas de reconduzi-las ao caminho de Deus. E no dia da colheita, Ele nos julgará e aceitará as nossas escolhas. A bondade de Deus permite, hoje, mudar o joio para o bom trigo.

Rezemos: Senhor, quer ser vigilante, evitar que o mal cresça no meu coração evitando a perversidade. Quero ser amoroso e bondoso.

Deus abençoe você e sua família.
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe você nesse novo dia que está começando. Chegamos a mais um final de semana. Um dia repleto de boas notícias e de grandes alegrias na sua vida.

Isaías 41, 8-14
Tu és o meu servo, a ti escolhi e nunca te rejeitei.
Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.
Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão.
Buscá-los-ás, porém não os acharás; os que pelejarem contigo, tornar-se-ão em nada, e como coisa que não é nada, os que guerrearem contigo.
Porque eu, o Senhor teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo.
Não temas, tu meu amado filho,  eu te ajudo, diz o Senhor, e o teu redentor é o Santo de Israel.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm







FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo