CAPÍTULO I - BÊNÇÃOS DAS FAMÍLIAS E DOS SEUS MEMBROS - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

CAPÍTULO I - BÊNÇÃOS DAS FAMÍLIAS E DOS SEUS MEMBROS

RITUAIS > Bênçãos > PRIMEIRA PARTE

CAPÍTULO I

BÊNÇÃOS DAS FAMÍLIAS E DOS SEUS MEMBROS

PRELIMINARES

40. Na sua prática pastoral, a Igreja teve sempre em grande consideração a comunidade conjugal de vida e de amor, fundada pelo Criador e constituída por Cristo Senhor, à semelhança da sua união misteriosa e fecunda com a Igreja, como sacramento da nova aliança e como estado e regra de vida. Na verdade, desta comunidade procede a família, na qual os esposos têm a sua própria graça e vocação no povo de Deus, a fim de que sejam um para o outro, para os seus filhos e restantes familiares, cooperadores da graça e teste- munhas da fé e do amor de Cristo. Por isso a família cristã, como Igreja doméstica, cumprindo a missão rece- bida de Deus e exercendo o seu apostolado próprio, está obrigada a proclamar claramente diante dos homens as virtudes do reino de Deus e a esperança da vida bem-aventurada1.

41. A fim de que os esposos e os restantes membros da família se tornem cada vez mais aptos para assumir e realizar plenamente a sua própria missão, a Igreja instituiu alguns sacramentais para ajudar, em certas circunstâncias, a enriquecer a vida familiar com a proclamação da palavra de Deus e uma bênção peculiar. A esta finalidade se destinam os ritos de bênção apresentados neste capítulo.



1 Cf. Conc. Vat. II, Const. dogm. sobre a Igreja, Lumen gentium, nn. 11.35; Decreto sobre o apostolado dos leigos, Apostolicam actuositatem, nn. 7.11; Const. past. sobre a Igreja no mundo contemporâneo, Gaudium et spes, nn. 47-52.
PUBLICIDADE
Voltar para o conteúdo