01 DE AGOSTO - QUINTA-FEIRA - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"extra Ecclesiam nulla salus"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
VATICAN NEWS
Pesquisa rápida
Liturgia Diária
01/08/2019 (5ª-FEIRA)
17ª SEMANA DO TEMPO COMUM
COR LITÚRGICA: VERDE



1a Leitura -
Ex 40,16-21.34-38

A nuvem cobriu a Tenda da Reunião
e a glória do Senhor encheu o santuário.

Leitura do Livro do Êxodo 40, 16-21. 34-38
Naqueles dias:
16 Moisés fez tudo o que o Senhor lhe havia ordenado.
17 No primeiro mês do segundo ano, no primeiro dia do mês, o santuário foi levantado.
18 Moisés levantou o santuário, colocou as bases e as tábuas, assentou as vigas e ergueu as colunas.
19 Estendeu a tenda sobre o santuário, pondo em cima a cobertura da tenda, como o Senhor lhe havia mandado.
20 Depois, tomando o documento da aliança, depositou-o dentro da arca e colocou sobre ela o propiciatório.
21 E, introduzindo a arca no santuário, pendurou diante dela o véu de proteção, como o Senhor tinha prescrito a Moisés.
34 Então a nuvem cobriu a Tenda da Reunião e a glória do Senhor encheu o santuário.
35 Moisés não podia entrar na Tenda da Reunião, porque a nuvem permanecia sobre ela, e a glória do Senhor tomava todo o santuário.
36 Em todas as etapas da viagem, sempre que a nuvem se elevava de cima do santuário, os filhos de Israel punham-se a caminho;
37 e nunca partiam antes que a nuvem se levantasse.
38 Pois, de dia, a nuvem do Senhor repousava sobre o santuário, e de noite aparecia sobre ela um fogo, que todos os filhos de Israel viam, em todas as suas etapas.
Palavra do Senhor.



Salmo -
Sl 83 (84),3. 4. 5-6a.8a. 11 (R. 2)
 
R. Quão amável, ó Senhor, é vossa casa!

3Minha alma desfalece de saudades / e anseia pelos átrios do Senhor! / Meu coração e minha carne rejubilam / e exultam de alegria no Deus vivo!
R.
4Mesmo o pardal encontra abrigo em vossa casa, / e a andorinha ali prepara o seu ninho, / para nele seus filhotes colocar: / vossos altares, ó Senhor Deus do universo! / vossos altares, ó meu Rei e meu Senhor!
R.
5Felizes os que habitam vossa casa; / para sempre haverão de vos louvar!6aFelizes os que em vós têm sua força, 8aCaminharão com um ardor sempre crescente.
R.
11Na verdade, um só dia em vosso templo / vale mais do que milhares fora dele! / Prefiro estar no limiar de vossa casa, / a hospedar-me na mansão dos pecadores!
R.


 
Evangelho -
Mt 13,47-53

Recolhem os peixes bons em cestos e jogam fora os que não prestam.

 
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 13, 47-53
Naquele tempo, disse Jesus à multidão:
47 O Reino dos Céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que apanha peixes de todo tipo.
48 Quando está cheia, os pescadores puxam a rede para a praia, sentam-se e recolhem os peixes bons em cestos e jogam fora os que não prestam.
49 Assim acontecerá no fim dos tempos: os anjos virão para separar os homens maus dos que são justos,
50 e lançarão os maus na fornalha de fogo. E ai, haverá choro e ranger de dentes.
51 Compreendestes tudo isso?' Eles responderam: 'Sim. '
52 Então Jesus acrescentou: 'Assim, pois, todo mestre da Lei, que se torna discípulo do Reino dos Céus, é como um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas. '
53 Quando Jesus terminou de contar essas parábolas, partiu dali.
Palavra da Salvação.





SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO,
BISPO E DOUTOR DA IGREJA - SANTORAL



1a Leitura -
Rm 8,1-4
A lei do Espírito que dá a vida em Jesus Cristote libertou da lei do pecado e da morte.
 
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 8, 1-4
Irmãos:
1 Não há mais condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus.
2 Pois a lei do Espírito que dá a vida em Jesus Cristo te libertou da lei do pecado e da morte.
3 Com efeito, aquilo que era impossível para a Lei, já que ela estava enfraquecida pela carne, Deus o realizou; tendo enviado seu próprio Filho numa condição semelhante àquela da humanidade pecadora, e por causa justamente do pecado, condenou o pecado em nossa condição humana,
4 para que toda a justiça exigida pela Lei seja cumprida em nós que não procedemos segundo a carne, mas segundo o Espírito.
Palavra do Senhor,


Salmo -
Sl 118(119),9.10.11.12.13.14 (R. 12b)
 
R. Ó Senhor, ensinai-me os vossos mandamentos!


9Como um jovem poderá ter vida pura? / Observando, ó Senhor, vossa palavra.
R.
10De todo o coração eu vos procuro, / não deixeis que eu abandone a vossa lei!
R.
11Conservei no coração vossas palavras, / a fim de eu não peque contra vós.
R.
12Ó Senhor, vós sois bendito para sempre; / os vossos mandamentos ensinai-me!
R.
13Com meus lábios, ó Senhor, eu enumero / os decretos que ditou a vossa boca.
R.
14Seguindo vossa lei me rejubilo / muito mais do que em todas as riquezas.
R.


Evangelho
Mt 5,13-19

Vós sois a luz do mundo.
 
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 5, 13-19
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
13 'Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que salgaremos? Ele não servirá para mais nada, senão para ser jogado fora e ser pisado pelos homens.
14 Vós sois a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte.
15 Ninguém acende uma lâmpada e a coloca debaixo de uma vasilha, mas sim num candeeiro, onde ela brilha para todos os que estão em casa.
16 Assim também brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e louvem o vosso Pai que está nos céus.
17 Não penseis que vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim para abolir, mas para dar-lhes pleno cumprimento.
18 Em verdade, eu vos digo: antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da Lei, sem que tudo se cumpra.
19 Portanto, quem desobedecer a um só destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será considerado o menor no Reino dos Céus. Porém, quem os praticar e ensinar será considerado grande no Reino dos Céus'.
Palavra da Salvação.





Fonte: Youtube RS21
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“Quão amável, ó Senhor, é vossa casa!”
Mt 13, 47-53

A Parábola que Jesus conta no Evangelho ilustra a ação dos discípulos em missão. Cabe a eles lançar a rede, e ela precisa ser grande para recolher a maior quantidade de peixes possível, sem se preocupar com a qualidade. A qualidade será julgada no final das atividades.

Ninguém está autorizado a ser juiz para decidir quem pertence ao Reino ou não; quem merece castigo ou o prêmio eterno.

Esse julgamento não é nosso. Pois o risco de julgar pela aparência é muito grande. O juízo da comunidade será feito por Jesus que está capacitado para identificar os bons e os maus discípulos.

Nosso é o compromisso de acolher as coisas que a Palavra nos ensina – coisas novas e velhas. Jesus nos convida a não desprezar o passado, o Antigo Testamento, mas em cima do passado construir o presente, a nova comunidade, a Igreja Missionária.

A Igreja que consolida a sua caminhada missionária no anúncio do evangelho e testemunho do amor e do serviço, sustentada pelo testemunho de uma multidão de discípulos comprometidos entre eles uma fileira incontável de mártires.

Rezemos: Senhor, quero ser teu discípulo missionário, viver comprometido com o Reino. Quero mostrar com a vida a alegria de amar e servir.

Deus abençoe você e sua família.
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua preciosa vida e sua jornada de quinta-feira. Um novo mês começa. Agradeçamos a Deus o mês de Julho que findou e acolhemos com carinho o mês de Agosto com tantos motivos para celebrar: mês vocacional, dia do padre, dos pais, dos religiosos, dos consagrados, dos leigos, dos catequistas...enfim, um mês repleto de motivos espirituais para o nosso crescimento como cristãos. Abaixo deixei uma oração para ser feita já no primeiro dia de Agosto. Aliás, hoje recordamos Santo Afonso Maria de Ligório, fundador da Congregação dos Padres Redentoristas, que entre outras lindas atividades, tomam conta do Santuário Nacional de Aparecida! Deus abençoe seu dia com chuvas de bençãos e graças.

ORAÇÃO PARA AGOSTO...
Senhor meu Deus, entro em tua maravilhosa presença neste momento, primeiramente para te engrandecer e dizer o quanto o Senhor é maravilhoso e poderoso, sei que maravilhas faz em meu favor e que esta ao meu lado em todos os momentos, por isso eu venho colocar esse mês que se inicia em tuas mãos, o mês de agosto começa e eu desejo que ele venha cheio de alegrias e bençãos. Senhor que esse mês venha a ser uma benção, que a tua presença esteja comigo durante todo esse mês e por toda a minha vida, que a tua proteção e força não me deixem nem por um dia e que eu venha a andar em teus caminhos e não me desviar dele. Entrego em tuas mãos esse mês, que agosto venha a ser um mês de grande alegrias e realizações, e que todo mal, toda pertubação e adversidades que tentarem se levantar contra a minha vida neste mês, sejam repreendidas e desfeitas em nome de Jesus Cristo. Eu determino um mês de portas abertas, de bençãos sem medidas e de unção de Deus sobre a minha vida em nome de Jesus. Amém e graças a Deus.

Com carinho e bençãos

Frei Rinaldo, osm
ORAÇÃO
Um pouquinho sobre Santo Afonso

Santo Afonso ou Alfonso ou Alphonso de Liguori. Bispo e Doutor da Igreja e fundador da Congregação dos Padres Redentoristas. Ele nasceu Alfonsus Marie Antony John Cosmos Damien Michael Gaspard de Liguori, em 27 de setembro de 1696 em Marianella, perto de Nápoles na Itália,

Educado em um lar piedoso, Alfonso foi em retiros espirituais com o seu pai Dom Joseph, que era um capitão da marinha real. Alfonso era o mais velho de sete filhos e criado por uma mãe católica devota de origem espanhola. Era muito inteligente, estudioso e foi educado na Universidade de Nápoles e recebeu seu diploma na idade de 16. Na idade de dezenove, praticava advocacia, mas viu a natureza transitória do mundo secular e após um breve período, se retirou dos tribunais e de sua fama.

Visitando um hospital local para incuráveis, no dia 28 de agosto de 1723, ele teve uma visão na qual foi dito para consagrar a sua vida somente a Deus. Em resposta, Alfonso dedicou a si próprio uma vida religiosa sofrendo inclusive perseguições da própria família. Finalmente se tornou um padre e passou a viver numa casa com alguns missionários. Foi ordenado em 21 de dezembro de 1726 e passou 6 anos dando sermões em Nápoles.

Em abril de 1729 Alfonso foi viver no Colégio Chinês fundado em Nápoles pelo Padre Mateus Ripa, Apóstolo da China. Lá conheceu Tomas Flacoia, fundador da congregação dos Trabalhadores Piedosos. Esta amizade fez com que Alfonso, em associação com a Irmã Maria Celeste, fundasse a Congregação dos Mais Santos Redentores, em 9 de Novembro de 1732.

A fundação enfrentou desde o início vários problemas e após um ano ele, um irmão leigo e outros companheiros se retiraram, para fundar sua própria organização religiosa. Ele começou de novo, recrutando novos membros e em 1743 tornou-se o Prior de duas novas congregações, uma para homens e outra para mulheres. O Papa Benedito XIV ( 1740-1758) deu sua aprovação para a Congregação dos homens em 1749 e das mulheres em 1750. Alfonso fazia missões e pregações nas áreas rurais e escreveu vários ensaios importantes. Ele recusou-se a ser bispo de Palermo, mas em 1760 aceitou o comando papal de chefiar a Sé de Santa Ágata no Goths, perto de Napoles. Ali ele descobriu mais de 30.000 homens e mulheres analfabetos e 400 padres indiferentes.

Por 13 anos, ele alimentou os pobre, instruiu as famílias, reorganizou os seminários, as casas religiosas, ensinou teologia e escreveu vários tratados. Sua austeridade era rigorosa e ele sofria de reumatismo, que começou a deformar o seu corpo. Ele passou vários anos tendo que beber através de tubos, porque sua cabeça não podia inclinar para a frente. Atacado de febre reumática, de maio de 1768 a junho de 1769, que o deixou paralítico, ele finalmente deixou sua Sé, em 1775. Em 1780 Afonso, foi enganado em assinar, um termo de submissão, para obter a aprovação Real de sua Congregação.

A submissão alterou as regras originais e como resultado, Alfonso foi destituído de sua autoridade entre os Redentoristas. Deposto e excluído de sua própria congregação, Alfonso sofreu grande angustia, mas como que para superar a sua depressão, ele teve visões e executou vários milagres e fez varias profecias que se concretizaram.

Ele morreu pacificamente no dia 1 de agosto de 1787 em Nocera di Pagani, perto de Nápoles e o sino de Angelus tocou inexplicavelmente na igreja matriz. Alfonso foi beatificado em 1816 e em 1839 foi canonizado. Em 1871 Alfonso foi declarado Doutor da Igreja pelo Papa Pio IX. Seus escritos sobre moral, teologia, e em assunto complexos, controvertidos e apócrifos, tiveram grande impacto e sobreviveram por anos especialmente seu trabalho Teologia Moral e As Glorias de Maria. Ele é ainda considerado um grande especialista na Virgem Maria (mariólogo).

Ele foi enterrado no monastério de Pagani. Templos em sua honra foram construídos em Santa Agatha de Goths. Ele é o padroeiro dos confessores, teólogos, e apostolado leigo e das vocações. A liturgia católica ele é mostrado com o corpo curvado pelo reumatismo.

Cumpre notar que a imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro após ter sido encontrada em 1746 foi colocada, em 26 de abril de 1866, na Igreja de Santo Afonso em Roma e tem sido a ele atribuído as graças obtidas através da sua intercessão junto a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Santo Afonso Maria de Ligório, rogai por nós!







FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo