02/01/20 - QUINTA-FEIRA - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Pesquisa rápida
Liturgia Diária



Primeiros dias do ano
02 de janeiro do Natal
Cor Litúrgica: Branco




1ª Leitura - 1Jo 2,22-28

Permaneça dentro de vós aquilo que ouvistes desde o princípio.
Leitura da Primeira Carta de São João 2,22-28
Caríssimos:
22 Quem é mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? O Anticristo é aquele que nega o Pai e o Filho.
23 Todo aquele que nega o Filho, também não possui o Pai. Quem confessa o Filho, possui também o Pai.
24 Permaneça dentro de vós aquilo que ouvistes desde o princípio. Se o que ouvistes desde o princípio permanecer em vós , permanecereis com o Filho e com o Pai.
25 E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna.
26 Escrevo isto a respeito dos que procuram desencaminhar-vos.
27 Quanto a vós mesmos, a unção que recebestes da parte de Jesus permanece convosco, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine. A sua unção vos ensina tudo, e ela é verdadeira e não mentirosa. Por isso, conforme a unção de Jesus vos ensinou, permanecei nele.
28 Então, agora, filhinhos, permanecei nele. Assim poderemos ter plena confiança, quando ele se manifestar, e não seremos vergonhosamente afastados dele, quando da sua vinda.
Palavra do Senhor.




Salmo - Sl 97 (98), 1. 2-3ab. 3cd-4 (R.3a)
 
R. Os confins do universo contemplaram
a salvação do nosso Deus.
1 Cantai ao Senhor Deus um canto novo,*
porque ele fez prodígios!
Sua mão e o seu braço forte e santo*
alcançaram-lhe a vitória.
R.
 
2 O Senhor fez conhecer a salvação,*
e às nações, sua justiça;
3a recordou o seu amor sempre fiel*
3b pela casa de Israel.
R.
 
3c Os confins do universo contemplaram*
3d a salvação do nosso Deus.
4 Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira,*
alegrai-vos e exultai!
R.




Evangelho - Jo 1,19-28
 
No meio de vós está o que vem após mim.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 1,19-28
19 Este foi o testemunho de João, quando os judeus enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para perguntar: 'Quem és tu?'
20 João confessou e não negou. Confessou: 'Eu não sou o Messias'.
21 Eles perguntaram: 'Quem és, então? És tu Elias?' João respondeu: 'Não sou'. Eles perguntaram: 'És o Profeta?' Ele respondeu: 'Não'.
22 Perguntaram então: 'Quem és, afinal? Temos que levar uma resposta para aqueles que nos enviaram. O que dizes de ti mesmo?'
23 João declarou: 'Eu sou a voz que grita no deserto: 'Aplainai o caminho do Senhor`' - conforme disse o profeta Isaías.
24 Ora, os que tinham sido enviados pertenciam aos fariseus
25 e perguntaram: 'Por que então andas batizando, se não és o Messias, nem Elias, nem o Profeta?'
26 João respondeu: 'Eu batizo com água; mas no meio de vós está aquele que vós não conheceis,
27 e que vem depois de mim. Eu não mereço desamarrar a correia de suas sandálias.'
28 Isso aconteceu em Betânia além do Jordão, onde João estava batizando.
Palavra da Salvação.





Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“Os confins do universo contemplaram a salvação”.
Jo 1, 19-28

A atuação de João Batista suscitou uma série de dúvidas por parte das autoridades religiosas. Era impossível enquadrá-lo nos esquemas messiânicos da época. Além do mais, não tinha a menor pretensão de desempenhar o papel de Messias. Por isso, a pergunta dos sacerdotes e levitas - "Quem és tu?" - Tinha sua razão de ser.

O Batista se recusava a identificar-se com o Messias, e também com certos personagens do passado, cuja vinda era esperada para o fim dos tempos. Nada de confundi-lo com Elias, apesar das semelhanças entre ambos, nem com algum dos antigos profetas.

Recorrendo a um texto do profeta Isaías, João encontrou uma definição adequada para a sua identidade e missão. Ele era, pura e simplesmente, uma voz que clama, convocando todo o povo de Israel para se preparar para a chegada do Senhor.

Entretanto, o Messias prenunciado pelo Batista já estava no meio do povo, embora ainda não tivesse sido reconhecido. Ele existia antes de João, e já o ultrapassara. É indispensável reconhecer o Messias e acolhê-lo, para não tornar vã a graça de Deus.

O Precursor tinha consciência de já ter concluído a sua missão. Tendo chegado aquele que é maior do que ele, de quem "não é digno de desatar as correias das sandálias", nada mais lhe restava a fazer. Sua voz podia calar-se, pois o que proclamava já se tinha realizado.

Rezemos. Senhor, que eu seja simples e humilde; e saiba descobrir a minha verdadeira vocação.

Deus abençoe você e sua família.
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua nova jornada que está começando. Depois das comemorações, festas, bons desejos, renovadas esperanças, votos de um feliz e abençoado ano que foram vivenciadas ontem...é hora de levantar a cabeça e recomeçar. Colocar em prática tudo aquilo que desejamos para os outros e que os outros desejaram para nós. Portanto...redobre a esperança e siga em frente.

Salmo 97

Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.

Cantai ao Senhor Deus um canto novo, porque ele fez prodígios! Sua mão e o seu braço forte e santo alcançaram-lhe a vitória.

O Senhor fez conhecer a salvação, e às nações, sua justiça; recordou o seu amor sempre fiel pela casa de Israel.

Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus. Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, alegrai-vos e exultai!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *

Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Com carinho e bençãos

Frei Rinaldo, osm
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo