3 de dezembro de 2018 - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

3 de dezembro de 2018

LITURGIA DIÁRIA
2ª feira da 1ª Semana do Advento
3 de Dezembro de 2018
S. Francisco Xavier, Presb., memória. - Cor: Branco


1ª Leitura - Is 4,2-6

Haverá grande alegria para os sobreviventes de Israel.

Leitura do Livro do Profeta Isaías 4,2-6
2Naquele dia, o povo do Senhor terá esplendor e glória, e o fruto da terra será de grande alegria para os sobreviventes de Israel.
3Então, os que forem deixados em Sião, os sobreviventes de Jerusalém, serão chamados santos, a saber, todos os destinados à vida em Jerusalém.
4Quando o Senhor tiver lavado as imundícies das filhas de Sião, e limpado as manchas de sangue dentro de Jerusalém, com espírito de justiça e de purificação, 5ele criará em todo lugar do monte Sião e em suas assembléias uma nuvem durante o dia, e fumaça e clarão de chamas durante a noite: e será proteção para toda a sua glória,
6uma tenda para dar sombra contra o calor do dia, abrigo e refúgio contra a ventania e a chuva.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 121 (122), 1-2. 3-4a. (4b-5. 6-7) 8-9 (R. 1)
R. Que alegria, quando me disseram: 'Vamos à casa Senhor!

1Que alegria, quando ouvi que me disseram:*
'Vamos à casa do Senhor!'
2E agora nossos pés já se detêm,*
Jerusalém, em tuas portas.R.

3Jerusalém,cidade bem edificada *
num conjunto harmonioso;
4apara lá sobem as tribos de Israel,*
as tribos do Senhor.R.

4bPara louvar, segundo a lei de Israel,*
o nome do Senhor.
5A sede da justiça lá está *
e o trono de Davi.R.

6Rogai que viva em paz Jerusalém,*
e em segurança os que te amam!
7Que a paz habite dentro de teus muros,*
tranqüilidade em teus palácios!R.

8Por amor a meus irmãos e meus amigos,*
peço: 'A paz esteja em ti!'
9Pelo amor que tenho à casa do Senhor,*
eu te desejo todo bem!R.


Evangelho - Mt 8,5-11

Muitos virão do Oriente e do Ocidente para o Reino do Céu.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 8,5-11
Naquele tempo:
5Quando Jesus entrou em Cafarnaum, um oficial romano aproximou-se dele, suplicando:
6'Senhor, o meu empregado está de cama, lá em casa, sofrendo terrivelmente com uma paralisia.'
7Jesus respondeu: 'Vou curá-lo.'
8O oficial disse: 'Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa. Dize uma só palavra e o meu empregado ficará curado.
9Pois eu também sou subordinado e tenho soldados debaixo de minhas ordens. E digo a um : 'Vai!', e ele vai; e a outro: 'Vem!', e ele vem; e digo ao meu escravo: 'Faze isto!', e ele faz.'
10Quando ouviu isso, Jesus ficou admirado, e disse aos que o seguiam: 'Em verdade, vos digo: nunca encontrei em Israel alguém que tivesse tanta fé.
11Eu vos digo: muitos virão do Oriente e do Ocidente, e se sentarão à mesa no Reino dos Céus, junto com Abraão, Isaac e Jacó.
Palavra da Salvação

REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO
Paróquia Nossa Senhora das Dores
Cambuí - Campinas - SP


“Que alegria, quando me disseram: “Vamos à casa do Senhor!”
Mt 8, 5-11

O Centuriao romano mediu Jesus pela sua autoridade militar, afinal ambos comandavam, ele as forças militares, e Jesus as forças sobrenaturais, a força divina. Desarmado de qualquer preconceito apresenta uma súplica sentida ao Senhor. Reconhece nele uma força superior.
Jesus, por sua vez, não lhe pergunta nada. Não lhe fala de religião e nem de preceitos morais. Dá ao centurião a certeza de que vai curar o seu servo: “Eu irei, e o vou curá-lo”.
Essa atitude nos faz lembrar a insistência do Papa Francisco para sermos uma Igreja em Saída. Uma Igreja que acolhe, anuncia e ajuda a curar as feridas pessoais e sociais.
Jesus não vai à casa do centurião porque tentou poupa-lo do esforço, mas porque manifestou uma fé admirável: “Basta que digas uma palavra e o meu servo ficará curado”.
Jesus engrandece a fé do centurião, que contrasta com a fé tão pequena de Israel que não compreendeu e nem aceitou a sua Palavra.
Não podemos deixar a vaidade ou a indiferença tomar conta de nossa consciência. Devemos sempre nos perguntar se nossa vida está digna de acolher o Senhor.
Assim como o centurião confiou na Palavra de Jesus e obteve a cura. Confiemos igualmente, nessa Palavra de vida eterna, que cura e liberta!

Rezemos: Senhor, cura em mim onde doe, cura, Senhor onde eu não posso ir! Onde a minha fraqueza é maior. Quero ser curado e libertado.

Deus abençoe você e sua família.


REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe sua preciosa vida nesse novo dia que começa. Um tempo novo chegou! Tempo de graça de bençãos, de expectativas. Aproveite bem o seu dia. Deus já começou a enviar SINAIS de sua presença amorosa e paterna. Que seu dia seja iluminado pela luz que já chegou e está para chegar! Agradeça a vida, as pessoas, a natureza...tudo..tudo canta as grandezas de Deus. Sintonize-se com Ele e seu dia será repleto de bençãos e grandes realizações.


ORAÇÃO DE CONSAGRAÇÃO PARA SEGUNDA-FEIRA
Senhor meu Deus, entro em tua presença neste momento para lhe agradecer por mais um dia que se inicia, por mais uma semana que começa. Senhor coloco a minha vida e as minhas atitudes em tuas mãos e te peço que o Senhor venha a abençoar essa minha segunda-feira. Que seja uma segunda abençoada, em paz e tranquila, tira de mim todo tipo de desânimo e falta de coragem de enfrentar esse dia e essa semana, que seja um dia de alegrias e que muitas realizações venham se concretizar no dia de hoje. Entrego a minha segunda-feira em tuas mãos Senhor, toma conta de mim e guarda-me e livra-me de todo e qualquer mal, que eu ande em tua presença e não me afaste de ti em nenhum momento. Guia-me, me direciona e me conduz por este dia e por toda esta semana. Proteja as pessoas de minha família e todas aquelas que irei encontrar no dia de hoje. Que todos recebam a Sua benção e que nada de ruim lhes aconteça. Amém. Tenha uma ótima segunda-feira e uma semana repleta de bons frutos!!!!

REZANDO COM O SALMO

Sede de Deus 62
Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!*
Desde a aurora ansioso vos busco!
A minh'alma tem sede de vós,+
minha carne também vos deseja,*
como terra sedenta e sem água!

Venho, assim, contemplar-vos no templo,*
para ver vossa glória e poder.

Vosso amor vale mais do que a vida:*
e por isso meus lábios vos louvam.

Quero, pois, vos louvar pela vida,*
e elevar para vós minhas mãos!
A minh'alma será saciada,*
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,*
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,*
nas vigílias suspiro por vós!

Para mim fostes sempre um socorro;*
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;*
com poder vossa mão me sustenta.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Com carinho e bençãos

Frei Rinaldo, osm


Evangelho de hoje: https://www.youtube.com/watch?v=1Ugesy5_vBI
PUBLICIDADE
App Liturgia Católica
Voltar para o conteúdo