3ª-feira da 27ª Semana Do Tempo Comum - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Liturgia de Hoje
3ª-feira
27ª Semana do Tempo Comum
6 de Outubro de 2020
Cor: Verde





1ª Leitura - Gl 1,13-24


Dignou-se revelar-me o seu Filho,
para que eu o pregasse entre os pagãos.

Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas 1,13-24

Irmãos:

13 Certamente ouvistes falar como foi outrora a minha conduta no judaísmo, com que excessos perseguia e devastava a Igreja de Deus

14 e como progredia no judaísmo mais do que muitos judeus de minha idade, mostrando-me extremamente zeloso das tradições paternas.

15 Quando, porém, aquele que me separou desde o ventre materno e me chamou por sua graça

16 se dignou revelar-me o seu Filho, para que eu o pregasse entre os pagãos, não consultei carne nem sangue

17 nem subi, logo, a Jerusalém para estar com os que eram apóstolos antes de mim. Pelo contrário, parti para a Arábia e, depois, voltei ainda a Damasco.

18 Três anos mais tarde, fui a Jerusalém para conhecer Cefas e fiquei com ele quinze dias.

19 E não estive com nenhum outro apóstolo, a não ser Tiago, o irmão do Senhor.

20 Escrevendo estas coisas, afirmo diante de Deus que não estou mentindo.

21 Depois, fui para as regiões da Síria e da Cilícia.

22 Ainda não era pessoalmente conhecido das igrejas da Judéia que estão em Cristo.

23 Apenas tinham ouvido dizer que 'aquele que, antes, nos perseguia, está agora pregando a fé que, antes, procurava destruir'.

24 E glorificavam a Deus por minha causa.

Palavra do Senhor.





Salmo - Sl 138,1-3. 13-14ab. 14c-15 (R. 24b)


R. Conduzi-me no caminho para a vida, ó Senhor!


1 Senhor, vós me sondais e conheceis, *
2 sabeis quando me sento ou me levanto;
de longe penetrais meus pensamentos, +
3 percebeis quando me deito e quando eu ando, *
os meus caminhos vos são todos conhecidos.
R.


13 Fostes vós que me formastes as entranhas, *
e no seio de minha mãe vós me tecestes.
14a Eu vos louvo e vos dou graças, ó Senhor, +
porque de modo admirável me formastes! *
14b Que prodígio e maravilha as vossas obras!
R.


14c Até o mais íntimo, Senhor me conheceis; *
15 nenhuma sequer de minhas fibras ignoráveis;
quando eu era modelado ocultamente, *
era formado nas entranhas subterrâneas.
R.





Evangelho - Lc 10,38-42


Marta recebeu-o em sua casa.
Maria escolheu a melhor parte.


+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 10,38-42.

Naquele tempo:

38 Jesus entrou num povoado, e certa mulher, de nome Marta, recebeu-o em sua casa.

39 Sua irmã, chamada Maria, sentou-se aos pés do Senhor, e escutava a sua palavra.

40 Marta, porém, estava ocupada com muitos afazeres. Ela aproximou-se e disse: 'Senhor, não te importas que minha irmão me deixe sozinha, com todo o serviço? Manda que ela me venha ajudar!'

41 O Senhor, porém, lhe respondeu: 'Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas.

42 Porém, uma só coisa é necessária. Maria escolheu a melhor parte e esta não lhe será tirada.'

Palavra da Salvação.






FONTE: YOUTUBE
Reflexão - Pe. João Luís Fávero
“Guia-me pelo caminho eterno!”
Lc 10, 38-42

Marta recebe Jesus em sua casa, em Betânia, ali moravam além dela, Maria e Lázaro; amigos de Jesus, amizades significativas do Mestre e Senhor.

Marta agita-se com muito serviço: representa os fiéis observantes da Lei. Sua atitude está centrada no fazer. Maria sua irmã, senta-se aos pés de Jesus e ouve sua Palavra: concentra-se inteiramente no escutar a novidade do Mestre.

Marta se envolve com muitos afazeres. Para Jesus tudo é secundário, menos escutar sua Palavra. Marta escolhe aquilo que lhe dá mais segurança (Casa, observâncias legais), enquanto Maria escolhe a pessoa de Jesus, única fonte de ação frutuosa.

Marta censura Jesus por não envolver Maria no trabalho; quer tirar sua irmã do diálogo com Ele. É o instinto de posse dos que a observam a Lei: pensam que mandam em tudo. Jesus responde a censura de Marta com severa advertência e coloca os valores nos devidos lugares.

Marta é a mulher apegada, cheia de si, quer acolher pelo fazer. Maria escolhe escutar a Palavra. As duas atitudes não se excluem – serviço e oração. O ideal é possuir as mãos de Marta para servir e o coração de Maria, para amar. O importante é acolher Jesus em sua casa com amor e sentir-se amados por Ele e aprender do seu ensinamento.

Rezemos: Senhor, que tenhamos um coração para amar e mãos para servir, aprendendo a equilibrar a oração e as atividades.

Hoje é o quarto dia da Novena de Nossa Senhora Aparecida:
Com Maria, caminhar para a justiça e a paz! Mãe Aparecida de cor morena e de rosto tão sereno, como o rosto de nossa gente que luta pela sua sobrevivência, clamando pela justiça e pela paz, que parecem tardar, mas não vai faltar. Jesus não se esquece de nós. E com seu jeito maternal ajuda-nos a compreender o jeito de viver em Cristo, a força do Evangelho e o compromisso com o Reino. Desde o dia em que apareceu nas águas do Rio Paraíba, nas mãos simples e pobres dos pescadores, nos ensina que é a Mãe de todos os que clamam e esperam pela justiça e pela paz. Dai-nos um coração revestido das coisas do Evangelho, livre da mesquinhes e que seja solícito e fiel a Cristo, caminho, verdade e vida.

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua vida nesse dia de terça-feira. Deus abençoe seu dia e que seja verdadeiramente um dia onde o Senhor reine em sua vida e que ELE sinta orgulho em todos os seus passos, palavras, pensamentos e atitudes vividas no dia de hoje.


Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção, *
e sua face resplandeça sobre nós!
(Salmo 66)


Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
NOVENA A NOSSA SENHORA APARECIDA - 4º DIA


Oração Inicial

Meu Deus, vinde em meu auxílio.

Senhor, apressai-vos em me socorrer.



Oração ao Divino Espírito Santo

Vinde, Espírito Santo! Enchei os corações dos Vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso amor. Enviai o Vosso Espírito, e tudo será criado. E renovareis a face da Terra. Deus, que instruístes os corações dos Vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre da Sua consolação. Por Cristo, Senhor Nosso.



Oração para todos os dias

Virgem puríssima, concebida sem pecado, e desde aquele primeiro instante toda bela e sem mancha, gloriosa Maria, cheia de graça, Mãe de meu Deus, Rainha dos anjos e dos homens: eu vos saúdo humildemente como Mãe do meu Salvador, que com aquela estima, respeito e submissão, com que vos tratava, me ensinou quais sejam as honras e a veneração que eu devo prestar-vos; dignai-vos, eu vô-lo rogo, de receber as que nesta Novena vos consagro. Vós sois o seguro asilo dos pecadores penitentes, e assim tenho razão para recorrer a vós; sois Mãe de misericórdia, e por este título não podeis deixar de enternecer-vos à vista das minhas misérias; sois depois de Jesus Cristo toda a minha esperança, e por esta razão não podereis deixar de reconhecer a terna confiança que tenho em vós; fazei-me digno de chamar-me vosso filho, para que possa confiadamente dizer-vos: mostrai que sois nossa Mãe!


Quarto Dia

Ó espelho de pureza, Imaculada Virgem Maria, eu me encho de sumo gozo ao ver que desde a vossa Conceição, foram em vós infundidas as mais sublimes virtudes e, ao mesmo tmepo, todos os dons do Espírito Santo. Dou graças e louvo a Santíssima Trindade que com estes privilégios vos favoreceu; e suplico-vos, ó benigna Mãe, que me alcanceis a prática das virtudes, e me façais também digno e receber os dons e a graça do Espírito Santo.


Jaculatória (ao final todos os dias)

Senhora Aparecida, milagrosa Padroeira, sede nossa guia nesta mortal carreira! Ó Virgem Aparecida, sacrário do Redendor, daí à alma desfalecida vosso poder e valor. Ó Virgem Aparecida, fiel e seguro norte, alcançai-nos graças na vida, favorecei-nos na morte!

Pai Nosso,
Ave-Maria,
Glória.



CONSAGRAÇÃO A NOSSA SENHORA APARECIDA


Ó Maria Santíssima, pelos méritos de Nosso Senhor Jesus Cristo, em vossa querida imagem de Aparecida, espalhais inúmeros benefícios sobre todo o Brasil.

Eu, embora indigno de pertencer ao número de vossos filhos e filhas, mas cheio do desejo de participar dos benefícios de vossa misericórdia, prostrado a vossos pés, consagro-vos o meu entendimento, para que sempre pense no amor que mereceis; consagro-vos a minha língua para que sempre vos louve e propague a vossa devoção; consagro-vos o meu coração, para que, depois de Deus, vos ame sobre todas as coisas. Recebei-me, ó Rainha incomparável, vós que o Cristo crucificado deu-nos por Mãe, no ditoso número de vossos filhos e filhas; acolhei-me debaixo de vossa proteção; socorrei-me em todas as minhas necessidades, espirituais e temporais, sobretudo na hora de minha morte. Abençoai-me, ó celestial cooperadora, e com vossa poderosa intercessão, fortalecei-me em minha fraqueza, a fim de que, servindo-vos fielmente nesta vida,possa louvar-vos, amar-vos e dar-vos graças no céu, por toda eternidade.

Amém.




ORAÇÃO A NOSSA SENHORA APARECIDA PEDINDO PROTEÇÃO


Ó incomparável Senhora da Conceição Aparecida,
Mãe de Deus, Rainha dos Anjos,
Advogada dos pecadores,
refúgio e consolação dos aflitos e atribulados,

Virgem Santíssima,
cheia de poder e de bondade,
lançai sobre nós um olhar favorável,
para que sejamos socorridos por vós,
em todas as necessidades em que nos acharmos.

Lembrai-vos, ó clementíssima Mãe Aparecida,
que nunca se ouviu dizer
que algum daqueles que têm a vós recorrido,
invocado vosso santíssimo nome
e implorado a vossa singular protecção,
fosse por vós abandonado.

Animados com esta confiança,
a vós recorremos.

Tomamo-vos para sempre por nossa Mãe,
nossa protectora, consolação e guia,
esperança e luz na hora da morte.

Livrai-nos de tudo o que possa ofender-vos
e ao vosso Santíssimo Filho, Jesus.
Preservai-nos de todos os perigos
da alma e do corpo;
dirigi-nos em todos os assuntos espirituais e temporais.

Livrai-nos da tentação do demónio,
para que, trilhando o caminho da virtude,
possamos um dia ver-vos e amar-vos
na eterna glória, por todos os séculos dos séculos.

Amém.


- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo