Nossa Senhora do Rosário . Memória - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Liturgia de Hoje
Nossa Senhora do Rosário . Memória
7 de Outubro de 2020
Cor: Branco




1a Leitura - At 1,12-14


Todos eles perseveravam unânimes na oração.


Leitura dos Atos dos Apóstolos 1, 12-14

Depois que Jesus foi elevado ao céu,

12 os apóstolos voltaram para Jerusalém, vindo do monte das Oliveiras, que fica perto de Jerusalém, a mais ou menos um quilômetro.

13 Entraram na cidade e subiram para a sala de cima, onde costumavam ficar. Eram Pedro e João, Tiago e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão Zelota e Judas, filho de Tiago.

14 Todos eles perseveravam na oração em comum, junto com algumas mulheres, entre as quais Maria, móe de Jesus, e com os irmãos de Jesus.

Palavra do Senhor






Salmo - Lc 1,46-47. 48-49. 50-51. 52-53. 54-55 (R.Cf.54b)


R. O Senhor se lembrou de mostrar sua bondade.


46 A minh'alma engrandece ao Senhor,
47 e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador,
R.


48 pois, ele viu a pequenez de sua serva, /
eis que agora as gerações hão de chamar-me de bendita.
49 O Poderoso fez por mim maravilhas /
e Santo é o seu nome!
R.


50 Seu amor, de geração em geração, /
chega a todos que o respeitam.
51 Demonstrou o poder de seu braço, /
dispersou os orgulhosos.
R.


52 Derrubou os poderosos de seus tronos /
e os humildes exaltou.
53 De bens saciou os famintos /
e despediu, sem nada, os ricos.
R.


54 Acolheu Israel, seu servidor, /
fiel ao seu amor,
55 como havia prometido aos nossos pais, /
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.
R.





Evangelho - Lc 1,26-38


Eis que conceberás e darás à luz um filho.


+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1, 26-38

Naquele tempo:

26 O anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,

27 a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da virgem era Maria

28 O anjo entrou onde ela estava e disse: 'Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!'

29 Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação.

30 O anjo, então, disse-lhe: 'Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus.

31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus.

32 Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi.

33 Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim'.

34 Maria perguntou ao anjo: 'Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?'

35 O anjo respondeu: 'O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altissimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus.

36 Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril,

37 porque para Deus nada é impossível'.

38 Maria, então, disse: 'Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!' E o anjo retirou-se.

Palavra da Salvação.






FONTE: YOUTUBE
FONTE: YOUTUBE
FONTE: YOUTUBE
Reflexão - Pe. João Luís Fávero
“O Poderoso fez em mim grandes coisas”.
Lc 1, 26-38

FESTA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO

Na escola de Maria, aprendemos a colocar a Palavra de Deus em nosso coração. Porque Maria acreditou, o Verbo se encarnou e veio habitar entre nós. Todas as gerações vão chama-la de “Bem-Aventurada.

Maria respondeu com coragem à Palavra de Deus. Seu sim, nasce da fé, e colocou em marcha a História da salvação. Mulher simples, mas carrega a fé de seu povo que espera pelo Messias.

O Papa São Paulo VI definiu o Rosário como “resumo de todo o Evangelho, onde a repetição da Ave-Maria em forma de ladainha torna-se louvor incessante a Cristo”. O Rosário teve sua origem no século XII por iniciativa dos Dominicanos.

Em cada conta do Rosário repetimos as palavras do Anjo e ouvimos o mesmo anuncio feito a Maria e, assim como ela vamos concebendo aos poucos, conta por conta, o Cristo em nosso coração e em nossos atos, como Maria o concebeu. São João XXIII, dizia que o terço é a Bíblia dos pobres.

E meditando nas Palavras do anjo vamos repassando todos os mistérios da vida de Jesus: os gozosos, luminosos, dolorosos e gloriosos. Com Maria aproximamos nossa vida a de Jesus. Aprendemos a imitar Maria e seu Filho também. “A recitação do Rosário requer um ritmo tranquilo e certa demora em pensar, que favoreçam, naquele que ora, a meditação dos mistérios da vida do Senhor, visto através do coração daquela que mais de perto esteve em contato com o mesmo senhor” (Marialis Cultus, 47 – São Paulo VI).  

A devoção de Nossa Senhora do Rosário é lembrada nesta data porque está associada à vitória de Lepanto, em 1571, que impediu o avanço do império turco sobre a Europa. São Pio V, atribuiu a vitória a Nossa Senhora do Rosário, e recomenda oficialmente a recitação do Rosário.

Rezemos: Senhor, faça que tenhamos no coração muita gratidão e esperança e digamos sempre com fervor: Ave Maria, cheia de graça...

Hoje celebramos o quinto dia da Novena de Nossa senhora Aparecida: Com Maria, revestir a Família com a Palavra. Ó Mãe favoreça que as lideranças de nossas comunidades vistam o avental do serviço aos mais pobres. Ilumine nossas famílias com a Palavra de Jesus que lembra: “Venham a mim os aflitos e os que estão cansados e eu vos darei descanso, porque sou manso e humilde de coração e achareis repouso”. Ajuda-nos a compreender e viver o Jesus ensina, inspira-nos a viver no amor e na união. Reaviva em nossa casa a fé e ilumina nossa vida com a esperança e faça de nossa família um Santuário de vida e amor.

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe você nesta jornada de quarta-feira. Deus seja louvado! Que o Espírito Santo de Deus conduza todos os seus passos. Muitas bençãos e graças sejam derramadas em sua vida, família e amigos, trabalhos e afazeres.
Hoje recordamos, também, uma grande festa: Nossa Senhora do Rosário. Abaixo eu apresento um resumo da história de como surgiu a devoção ao Rosário. Rezar o terço é caminhar de mãos dadas com Nossa Senhora para seguir e servir o Senhor Jesus. É isso que Maria sempre quis, que todos nós, seus filhos e filhas prediletos, pudéssemos ir ao encontro de Jesus. Quem recebe Maria em sua casa, recebe Jesus. A melhor maneira de nos aproximarmos de Jesus é estarmos próximos de Maria. Não existe Maria sem Jesus e não existe Jesus sem Maria por perto. Cada um na sua digníssima função: Ele o Salvador...Ela, nos leva ao Salvador. Um lindo e abençoado dia com Jesus no coração e com a proteção de Maria.

"... Não tenha medo
... Deus está contigo
... para Deus nada é impossível" (Lc 1, 26...)

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm




O ROSÁRIO...um grande instrumento de fé e devoção para nos aproximarmos de Cristo.
Em 1214, São Domingos de Gusmão, o fundador da Ordem dos Pregadores (ou dos Frades Dominicanos) estava na cidade de Toulouse, em França. Enquanto orava e fazia penitência pelos pecados dos homens, tendo passado três dias e três noites rezando e macerando o seu corpo com o objetivo de aplacar a cólera divina, parecia estar já morto pelas severas disciplinas quando a Virgem Maria lhe apareceu. Com Sua voz materna, disse-lhe:

«– Sabes tu, meu querido Domingos, de que arma se serviu a Santíssima Trindade para reformar o mundo?»

«– Ó Senhora! – respondeu ele, – Vós o sabeis melhor que eu, porque depois de vosso Filho, Jesus Cristo, fostes o principal instrumento de nossa Salvação.»

Respondeu-lhe Maria Santíssima:

«– Sabei que a peça principal da bateria foi a saudação angélica, que é o fundamento do Novo Testamento; e, portanto, se queres ganhar para Deus esses corações endurecidos, reza o meu saltério.»

Após a aparição mariana, São Domingos entrou na Catedral de Toulouse para reunir e falar aos fiéis, enquanto os sinos começaram a tocar sem qualquer intervenção humana. Quando o santo começou a pregar, uma espantosa tormenta se iniciou, houve um tremor de terra, o sol se velou, ouviram-se terríveis trovões e o céu iluminou-se de relâmpagos. Uma imagem de Nossa Senhora levantou três vezes os braços para pedir a Deus justiça para aqueles que não se arrependessem e recorressem à Sua proteção. São Domingos, perante tal fenómeno, orou das orações do Santo Rosário e, por fim, cessou a tormenta. Pôde ele, então, continuar tranquilamente a sua pregação, e fê-lo com tal zelo e ardor nas palavras que os habitantes da cidade abraçaram quase todos a devoção ao Rosário da Virgem Maria. Em pouco tempo, viu-se uma substancial conversão de vida das pessoas.

São Domingos, após a aparição e ter recebido o Santo Rosário das mãos de Nossa Senhora, tornou-se, ele próprio, o grande propagador dessa devoção mariana no início do século XIII. A Igreja Católica lhe conferiu o título de "Apóstolo do Santo Rosário". Naquela época havia muitos hereges que desviavam os fiéis da Igreja Católica. São Domingos, com a prática da oração do Rosário da Virgem Maria e a pedido expresso de Nossa Senhora, começou a combater as heresias dos albingenses, as quais cresciam vertiginosamente na França.

O Papa mandou vários missionários para combater os hereges, mas nada conseguiram. Somente São Domingos, com a criação de sua ordem religiosa e com a insistente oração do Rosário, é que conseguiu acabar com esses hereges. São Domingos dizia que em todas as orações do Rosário pedia a intercessão de Maria Santíssima para converter os hereges e, com o passar dos anos, conseguiu essa conquista.



A palavra rosário quer dizer um tanto de rosas, um buquê de rosas que se oferece a Nossa Senhora. Cada Ave Maria é uma rosa que oferecemos à Mãe do Céu, com carinho e esperança. Assim, quando rezamos o Santo Rosário completo oferecemos um buquê de duzentas rosas à Virgem Maria.
DESAGRAVO A NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO

Há um ano, no dia 07 de outubro de 2019, a Basílica de São Pedro foi profanada com uma inaceitável procissão em exaltação a uma divindade pagã chamada “pachamama”.  Não por acaso, o calendário litúrgico dedica essa data a Nossa Senhora do Rosário, em razão da milagrosa vitória cristã na Batalha de Lepanto.

Esse gesto herético ridicularizou a doutrina, a liturgia, a moral, a teologia e todos os valores cristãos, pois como leciona a Conferência Episcopal Latino-Americana de Puebla: "detrás de um ídolo há um demônio". A “autêntica devoção a Nossa Senhora de Nazaré tem que nos levar a Cristo crucificado, ao sacrifício de Cristo na cruz. Do contrário, é uma falsa, falsíssima devoção a Nossa Senhora”.

Pachamama é oposta à Virgem Maria em todas as suas características e valores: o desprezo à virgindade, a aversão à monogamia, a permissão da vingança e não a obrigação de perdão, são apenas alguns exemplos. A Virgem Maria foi ultrajada em Sua própria casa no dia em que deu aos cristãos a vitória sobre o demônio. Em seu lugar foi exaltada uma figura que a verdadeira doutrina católica rejeita e trata como "abominável aos olhos de Deus".

A fim de desagravar a Deus e a Nossa Senhora por tamanha ofensa, convidamos a todos os católicos a rezarem hoje, de um modo especial, COM O CORAÇÃO. Reze conforme a sua disponibilidade, uma Ave Maria ou um Rosário, mas apresente a sua reparação, pelo mundo, pelas famílias e pelos católicos.


Ato de Consagração e Desagravo ao Imaculado Coração de Maria

"Virgem Santíssima e Mãe nossa querida, ao mostrardes o vosso Coração cercado de espinhos, símbolo das blasfêmias e ingratidões com que os homens ingratos pagam as finezas do vosso amor, pedistes que Vos consolássemos e desagravássemos. Ao ouvir as vossas amargas queixas, desejamos desagravar o vosso doloroso e Imaculado Coração que a maldade dos homens fere com os duros espinhos dos seus pecados.

Dum modo especial Vos queremos desagravar das injúrias sacrilegamente proferidas contra a vossa Conceição Imaculada e Santa Virgindade. Muitos, Senhora, negam que sejais Mãe de Deus e nem Vos querem aceitar como terna Mãe dos homens. Outros, não Vos podendo ultrajar diretamente, descarregam nas vossas sagradas imagens a sua cólera satânica. Nem faltam também aqueles que procuram infundir nos corações das crianças inocentes, indiferença, desprezo e até ódio contra Vós.

Virgem Santíssima, aqui prostrados aos vossos pés, nós Vos mostramos a pena que sentimos por todas estas ofensas e prometemos reparar com os nossos sacrifícios, comunhões e orações tantas ofensas destes vossos filhos ingratos. Reconhecendo que também nós, nem sempre correspondemos às vossas predileções, nem Vos honramos e amamos como Mãe, suplicamos para os nossos pecados misericordioso perdão. Para todos quantos são vossos filhos e particularmente para nós, que nos consagramos inteiramente ao vosso Coração Imaculado, seja-nos ele o refúgio durante a vida e o caminho que nos conduza até Deus. Assim seja".



NOVENA A NOSSA SENHORA APARECIDA - 5º DIA


Oração Inicial

Meu Deus, vinde em meu auxílio.

Senhor, apressai-vos em me socorrer.



Oração ao Divino Espírito Santo

Vinde, Espírito Santo! Enchei os corações dos Vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso amor. Enviai o Vosso Espírito, e tudo será criado. E renovareis a face da Terra. Deus, que instruístes os corações dos Vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre da Sua consolação. Por Cristo, Senhor Nosso.



Oração para todos os dias

Virgem puríssima, concebida sem pecado, e desde aquele primeiro instante toda bela e sem mancha, gloriosa Maria, cheia de graça, Mãe de meu Deus, Rainha dos anjos e dos homens: eu vos saúdo humildemente como Mãe do meu Salvador, que com aquela estima, respeito e submissão, com que vos tratava, me ensinou quais sejam as honras e a veneração que eu devo prestar-vos; dignai-vos, eu vô-lo rogo, de receber as que nesta Novena vos consagro. Vós sois o seguro asilo dos pecadores penitentes, e assim tenho razão para recorrer a vós; sois Mãe de misericórdia, e por este título não podeis deixar de enternecer-vos à vista das minhas misérias; sois depois de Jesus Cristo toda a minha esperança, e por esta razão não podereis deixar de reconhecer a terna confiança que tenho em vós; fazei-me digno de chamar-me vosso filho, para que possa confiadamente dizer-vos: mostrai que sois nossa Mãe!


Quinto Dia

Ó Maria, refulgente lua de pureza, eu me congratulo convosco, porque o mistério de vossa Imaculada Conceição foi o princípio da salvação de todo o mundo. Dou graças e bendigo à Santíssima Trindade, que assim magnificou e glorificou vossa pessoa, e vos suplico me alcanceis a graça de saber aproveitar-me da Paixão e Morte do vosso Jesus, e que não seja para mim inútil o seu sangue derramado na cruz, mas que viva santamente e salve a minha alma.




Jaculatória (ao final todos os dias)

Senhora Aparecida, milagrosa Padroeira, sede nossa guia nesta mortal carreira! Ó Virgem Aparecida, sacrário do Redendor, daí à alma desfalecida vosso poder e valor. Ó Virgem Aparecida, fiel e seguro norte, alcançai-nos graças na vida, favorecei-nos na morte!

Pai Nosso,
Ave-Maria,
Glória.



CONSAGRAÇÃO A NOSSA SENHORA APARECIDA


Ó Maria Santíssima, pelos méritos de Nosso Senhor Jesus Cristo, em vossa querida imagem de Aparecida, espalhais inúmeros benefícios sobre todo o Brasil.

Eu, embora indigno de pertencer ao número de vossos filhos e filhas, mas cheio do desejo de participar dos benefícios de vossa misericórdia, prostrado a vossos pés, consagro-vos o meu entendimento, para que sempre pense no amor que mereceis; consagro-vos a minha língua para que sempre vos louve e propague a vossa devoção; consagro-vos o meu coração, para que, depois de Deus, vos ame sobre todas as coisas. Recebei-me, ó Rainha incomparável, vós que o Cristo crucificado deu-nos por Mãe, no ditoso número de vossos filhos e filhas; acolhei-me debaixo de vossa proteção; socorrei-me em todas as minhas necessidades, espirituais e temporais, sobretudo na hora de minha morte. Abençoai-me, ó celestial cooperadora, e com vossa poderosa intercessão, fortalecei-me em minha fraqueza, a fim de que, servindo-vos fielmente nesta vida,possa louvar-vos, amar-vos e dar-vos graças no céu, por toda eternidade.

Amém.




ORAÇÃO A NOSSA SENHORA APARECIDA PEDINDO PROTEÇÃO


Ó incomparável Senhora da Conceição Aparecida,
Mãe de Deus, Rainha dos Anjos,
Advogada dos pecadores,
refúgio e consolação dos aflitos e atribulados,

Virgem Santíssima,
cheia de poder e de bondade,
lançai sobre nós um olhar favorável,
para que sejamos socorridos por vós,
em todas as necessidades em que nos acharmos.

Lembrai-vos, ó clementíssima Mãe Aparecida,
que nunca se ouviu dizer
que algum daqueles que têm a vós recorrido,
invocado vosso santíssimo nome
e implorado a vossa singular protecção,
fosse por vós abandonado.

Animados com esta confiança,
a vós recorremos.

Tomamo-vos para sempre por nossa Mãe,
nossa protectora, consolação e guia,
esperança e luz na hora da morte.

Livrai-nos de tudo o que possa ofender-vos
e ao vosso Santíssimo Filho, Jesus.
Preservai-nos de todos os perigos
da alma e do corpo;
dirigi-nos em todos os assuntos espirituais e temporais.

Livrai-nos da tentação do demónio,
para que, trilhando o caminho da virtude,
possamos um dia ver-vos e amar-vos
na eterna glória, por todos os séculos dos séculos.

Amém.


- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo