Sábado da 23ª Semana Do Tempo Comum - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Liturgia Diária




1a Leitura - 1Cor 10,14-22

Nós todos somos um só corpo, pois todos participamos do único pão.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 10, 14-22
14 Meus caríssimos, fugi da idolatria.
15 Eu vos falo como a pessoas esclarecidas. Então, ponderai bem o que eu digo:
16 O cálice da bênção, o cálice que abençoamos, não é comunhão com o sangue de Cristo? E o pão que partimos, não é comunhão com o corpo de Cristo?
17 Porque há um só pão, nós todos somos um só corpo, pois todos participamos desse único pão.
18 Considerai os filhos de Israel: Os que comem as vítimas sacrificais não estão em comunhão com o altar?
19 Então, o que dizer? Que a carne de um sacrifício idolátrico tem algum valor? Ou que o ídolo vale alguma coisa?
20 - Nada disso. O que eu digo é que os idólatras oferecem seus sacrifícios aos demônios e não a Deus. Ora, eu não quero que entreis em comunhão com os demônios.
21 Vós não podeis beber do cálice do Senhor e do cálice dos demônios; vós não podeis participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios.
22 Ou, quem sabe, queremos excitar o zelo santo do Senhor? Somos porventura mais fortes do que ele?
Palavra do Senhor.





Salmo - Sl 115 (116),12-13. 17-18 (R. 17a)

R. Oferto ao Senhor um sacrifício de louvor

12 Que poderei retribuir ao Senhor Deus /
por tudo aquilo que ele fez em meu favor?
13 Elevo o cálice da minha salvação, /
invocando o nome santo do Senhor.
R.

17 Por isso oferto um sacrifício de louvor, /
invocando o nome santo do Senhor.
18 Vou cumprir minhas promessas ao Senhor /
na presença de seu povo reunido.
R.





Evangelho - Lc 6, 43-49

Por que me chamais: 'Senhor! Senhor!', mas não fazeis o que eu digo?

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 6, 43-49
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
43 Não existe árvore boa que dê frutos ruins, nem árvore ruim que dê frutos bons.
44 Toda árvore é reconhecida pelos seus frutos. Não se colhem figos de espinheiros, nem uvas de plantas espinhosas.
45 O homem bom tira coisas boas do bom tesouro do seu coração. Mas o homem mau tira coisas más do seu mau tesouro, pois sua boca fala do que o coração está cheio.
46 Por que me chamais: 'Senhor! Senhor!', mas não fazeis o que eu digo?
47 Vou mostrar-vos com quem se parece todo aquele que vem a mim, ouve as minhas palavras e as põe em prática.
48 É semelhante a um homem que construiu uma casa: cavou fundo e colocou o alicerce sobre a rocha. Veio a enchente, a torrente deu contra a casa, mas não conseguiu derrubá-la, porque estava bem construída.
49 Aquele, porém, que ouve e não põe em prática, é semelhante a um homem que construiu uma casa no chão, sem alicerce. A torrente deu contra a casa, e ela imediatamente desabou; e foi grande a ruína dessa casa. '
Palavra da Salvação.




Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“Oferto ao Senhor um sacrifício de louvor”.
Lc 6, 43-49

Fé e vida precisam caminhar juntos, caso contrário será um jogo de aparências. É fácil aclamar o Senhor no domingo e esquecer o compromisso que devemos tornar claro no decorrer da semana, ou seja ao longo de toda a nossa vida. São Tiago lembra que a fé sem obras é morta.

A primeira parte deste Evangelho é um alerta de Jesus contra o perigo da falsidade. Ninguém se deixa levar pelo aspecto exterior: boa aparência, belos discursos, promessas sedutoras. É preciso prestar atenção ao testemunho de uma vida honesta e de amor sincero.

Como a arvore boa, o discípulo autêntico produzirá frutos de justiça e misericórdia no trato com o semelhante. Estará sempre disposto a perdoar e a viver reconciliado. Será no mundo um exemplo de pureza de coração, recusando-se a qualquer tipo de hipocrisia e dissimulação.

Portanto, o que conta é o que vem do intimo da pessoa. Quem tem consciência reta também pratica ações corretas. Antes ou depois, cada um revela aquilo que de fato é.

A segunda parte denuncia uma fé vazia, superficial, que não corresponde a uma vida alicerçada em Cristo. A casa de nossa vida terá valor aos olhos de Deus se for construída sobre o alicerce inabalável da Palavra de Deus.

Se não, enganamos a nós mesmos e aos outros, pois todos os projetos de vida que não levam em conta Jesus Cristo e seu Reino, estão destinados a desmoronar. Ouvir a Palavra e colocá-la em prática é o esforço de assentar a nossa vida sobre bases sólidas e resistentes as dificuldades que encontramos no caminho.

Rezemos: Senhor, que meu testemunho de vida, cheio de amor e misericórdia, seja a prova da minha adesão a Ti e ao Reino.

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe você neste novo dia que está começando. Chegamos a mais um final de semana.  Que seu sábado seja muito abençoado e repleto de grandes alegrias. Deus vai acompanhar e proteger você de tudo! Confia!!!

Não se vendem dois pardais por uma moedinha? Contudo, nenhum deles cai no chão sem o consentimento do Pai de vocês. Até os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados. Portanto, não tenham medo; vocês valem mais do que muitos pardais!
Mateus 10,29-31


Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
FEVEREIRO
D
S
T
Q
Q
S
S






1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo