6ª-feira da 32ª Semana Do Tempo Comum - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Liturgia de Hoje
6ª-feira da 32ª Semana Do Tempo Comum
13 de Novembro de 2020 - Cor: Verde





1ª Leitura - 2Jo 4-9

Aquele que permanece na doutrina
é o que possui o Pai e o Filho.

Leitura da Segunda Carta de São João 4-9

4 Muito me alegrei, Senhora,
por ter encontrado alguns dos teus filhos
que caminham conforme a verdade,
segundo o mandamento que recebemos do Pai.

5 E agora, Senhora, eu te peço
- não que te esteja escrevendo
a respeito de um novo mandamento,
pois trata-se daquele que temos desde o princípio - :
amemo-nos uns aos outros.

6 E amar consiste no seguinte:
em viver conforme os seus mandamentos.
Este é o mandamento que ouvistes desde o início
para guiar o vosso proceder.

7 Acontece que se espalharam pelo mundo muitos sedutores,
que não confessam a Jesus Cristo encarnado.
Está aí o Sedutor, o Anticristo.

8 Tomai cuidado,
se não quereis perder o fruto do vosso trabalho,
mas sim, receber a plena recompensa.

9 Todo o que não permanece na doutrina de Cristo,
mas passa além,
não possui a Deus.
Aquele que permanece na doutrina
é o que possui o Pai e o Filho.

Palavra do Senhor.





Salmo - Sl 118 (119),1. 2. 10. 11. 17. 18 (R. 1b)

R. Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

1 Feliz o homem sem pecado em seu caminho, *
que na lei do Senhor Deus vai progredindo!
R.

2 Feliz o homem que observa seus preceitos, *
e de todo o coração procura a Deus!
R.

10 De todo o coração eu vos procuro, *
não deixeis que eu abandone a vossa lei!
R.

11 Conservei no coração vossas palavras, *
a fim de eu não peque contra vós.
R.

17 Sede bom com vosso servo, e viverei, *
e guardarei vossa palavra, ó Senhor.
R.

18 Abri meus olhos, e então contemplarei *
as maravilhas que encerra a vossa lei!
R.





Evangelho - Lc 17,26-37

O mesmo acontecerá no dia em que o Filho do Homem for revelado.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 17,26-37

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:

26 Como aconteceu nos dias de Noé,
assim também acontecerá nos dias do Filho do Homem.

27 Eles comiam, bebiam,
casavam-se e se davam em casamento,
até ao dia em que Noé entrou na arca.
Então chegou o dilúvio e fez morrer todos eles.

28 Acontecerá como nos dias de Ló:
comiam e bebiam, compravam e vendiam,
plantavam e construíam.

29 Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma,
Deus fez chover fogo e enxofre do céu
e fez morrer todos.

30 O mesmo acontecerá
no dia em que o Filho do Homem for revelado.

31 Nesse dia, quem estiver no terraço,
não desça para apanhar os bens que estão em sua casa.
E quem estiver nos campos não volte para trás.

32 Lembrai-vos da mulher de Ló.

33 Quem procura ganhar a sua vida, vai perdê-la;
e quem a perde, vai conservá-la.

34 Eu vos digo:
nessa noite, dois estarão numa cama;
um será tomado e o outro será deixado.

35 Duas mulheres estarão moendo juntas;
uma será tomada e a outra será deixada.

36 Dois homens estarão no campo;
um será levado e o outro será deixado.'

37 Os discípulos perguntaram:
'Senhor, onde acontecerá isso?'
Jesus respondeu:
'Onde estiver o cadáver, aí se reunirão os abutres.'

Palavra da Salvação.






Reflexão - Pe. João Luís Fávero
“Feliz quem na lei do Senhor Deus vai progredindo”.

Mediante duas comparações, Jesus convida os discípulos a estarem sempre preparados para o encontro com Deus. Noé e Ló que souberam entender o tempo da visitação. Deus nos dá o tempo como um espaço para amadurecer, e nós acabamos jogando tudo para o amanhã e desperdiçamos as oportunidades.

Vivemos ocupados apenas com os nossos projetos pessoais, sem se preocupar com a pratica da justiça e da fraternidade é correr o risco de sermos surpreendidos como os contemporâneos de Noé e de Ló.

Jesus nos adverte de que hoje é o tempo da graça, cabe a cada um de nós preenche-lo adequadamente. Pois não haverá tempo para mudanças de última hora. A chegada do Filho do Homem será imprevista como um relâmpago. Viver intensamente o amor, a justiça e a fraternidade é a receita para a espera do dia do Senhor.

A separação dos justos e dos injustos atingirá às relações mais intimas, como a do matrimonio (cama) e do trabalho (mulheres moendo juntas). Onde será o julgamento? Onde a pessoa estiver. Cada um verá a verdade de si mesmo diante do espelho que é Jesus, porque Nele se manifestou todo o projeto de Deus para a humanidade.

A salvação se constrói no dia-a-dia. Esse e o desafio viver o dia de hoje, porque é o único tempo nosso e nele devemos esperar pelo Senhor.

Rezemos: Senhor, torna-me perseverante na oração para não desanimar e experimente na vida a alegria de viver à espera da sua chegada.

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua vida nesta SEXTA-FEIRA  que estamos chamados a viver! Sim, tudo é dom! Que seja mais um dia Santo! Dia de oração, de gratidão, de luz, de entusiasmo, de forte espiritualidade. Como diz o Salmista: este é o dia que o Senhor fez para nós...Então viva com alegria, na presença de Deus.

Faze-me ouvir do teu amor leal pela manhã,
pois em ti confio.
Mostra-me o caminho que devo seguir,
pois a ti elevo a minha alma.
Salmo 143,8

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm


Lembrando que hoje à noite estarei ao VIVO na TV Aparecida com o programa SAÚDE E FÉ às 20h15 e o tema vai ser sobre DIABETES...imperdível!
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo