14/02/20 - SEXTA-FEIRA - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Pesquisa rápida
Liturgia Diária



 

5ª SEMANA - TEMPO COMUM

COR: BRANCO





 

1a Leitura - 1Rs 11,29-32; 12,19


Israel rebelou-se contra a casa de Davi.

 

Leitura do Primeiro Livro dos Reis 11, 29-32; 12, 19

29 Aconteceu, naquele tempo, que, tendo Jeroboão saído de Jerusalém, veio ao seu encontro o profeta Aías, de Silo, coberto com um manto novo. Os dois achavam-se sós no campo. 

30 Aías, tomando o manto novo que vestia, rasgou-o em doze pedaços

31 e disse a Jeroboão: 'Toma para ti dez pedaços. Pois assim fala o Senhor, Deus de Israel: Eis que vou arrancar o reino das mãos de Salomão e te darei dez tribos. 

32 Mas ele ficará com uma tribo, por consideração para com meu servo Davi e para com Jerusalém, cidade que escolhi dentre todas as tribos de Israel'. 

12,19 Israel rebelou-se contra a casa de Davi até ao dia de hoje.

Palavra do Senhor.





 

Salmo - Sl 80, 10-11ab. 12-13. 14-15 (R. Cf. 11a.9a)


R.Ouve, meu povo, porque eu sou o teu Deus!


10 Em teu meio não exista um deus estranho / nem adores a um deus desconhecido!  11a Porque eu sou o teu Deus e teu Senhor,   11b que da terra do Egito te arranquei.

R.

 

12 Mas meu povo não ouviu a minha voz, / Israel não quis saber de obedecer-me.  13 Deixei, então, que eles seguissem seus caprichos, / abandonei-os ao seu duro coração.

R.

 

14 Quem me dera que meu povo me escutasse! / Que Israel andasse sempre em meus caminhos!  15 Seus inimigos, sem demora, humilharia / e voltaria minha mão contra o opressor.

R.





 

Evangelho - Mc 7,31-37


Aos surdos faz ouvir e aos mudos falar.

 

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 7, 31-37

Naquele tempo: 

31 Jesus saiu de novo da região de Tiro, passou por Sidônia e continuou até o mar da Galiléia, atravessando a região da Decápole. 

32 Trouxeram então um homem surdo, que falava com dificuldade, e pediram que Jesus lhe impusesse a mão. 

33 Jesus afastou-se com o homem, para fora da multidão; em seguida colocou os dedos nos seus ouvidos, cuspiu e com a saliva tocou a língua dele. 

34 Olhando para o céu, suspirou e disse: 'Efatá!', que quer dizer: 'Abre-te!'

35 Imediatamente seus ouvidos se abriram, sua língua se soltou e ele começou a falar sem dificuldade. 

36 Jesus recomendou com insistência que não contassem a ninguém. Mas, quanto mais ele recomendava, mais eles divulgavam. 

37 Muito impressionados, diziam: 'Ele tem feito bem todas as coisas: Aos surdos faz ouvir e aos mudos falar'.

Palavra da Salvação.





 

SÃO CIRILO, MONGE, E SÃO METÓDIO, BISPO - SANTORAL




 

1a Leitura - At 13,46-49


Vamos dirigir-nos aos pagãos.

 

Leitura dos Atos dos Apóstolos 13, 46-49

Naqueles dias, 

46 Paulo e Barnabé declararam aos judeus: 'Era preciso anunciar a palavra de Deus primeiro a vós. Mas, como a rejeitais e vos considerais indignos da vida eterna, sabei que nos vamos dirigir aos pagãos. 

47 Porque esta é a ordem que o Senhor nos deu: `Eu te coloquei como luz para as nações, para que leves a salvação até os confins da terra''. 

48 Os pagãos ficaram muito contentes, quando ouviram isso, e glorificavam a palavra do Senhor. Todos os que eram destinados à vida eterna, abraçaram a fé. 

49 Desse modo, a palavra do Senhor espalhava-se por toda a região.

Palavra do Senhor.





 

Salmo - Sl 116(117),1-2 (R. Mc 16,15)


R.Ide, por todo o mundo, a todos pregai o Evangelho.


1 Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes, / povos todos, festejai-o!

R.

 

2 Pois comprovado é seu amor para conosco, / para sempre ele é fiel!

R.





 

Evangelho - Lc 10,1-9


A vossa paz repousará sobre ele.

 

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 10, 1-9

Naquele tempo: 

1 O Senhor escolheu outros setenta e dois discípulos e os enviou dois a dois, na sua frente, a toda cidade e lugar aonde ele próprio devia ir. 

2 E dizia-lhes: 'A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Por isso, pedi ao dono da messe que mande trabalhadores para a colheita. 

3 Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos. 

4 Não leveis bolsa, nem sacola, nem sandálias, e não cumprimenteis ninguém pelo caminho!

5 Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: `A paz esteja nesta casa!'

6 Se ali morar um amigo da paz, a vossa paz repousará sobre ele; se não, ela voltará para vós. 

7 Permanecei naquela mesma casa, comei e bebei do que tiverem, porque o trabalhador merece o seu salário. Não passeis de casa em casa. 

8 Quando entrardes numa cidade e fordes bem recebidos, comei do que vos servirem, 

9 curai os doentes que nela houver e dizei ao povo: 'O Reino de Deus está próximo de vós.'

Palavra da Salvação.





 
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)

“Ouve, meu povo, porque eu sou o teu Deus!”
Mc 7, 31-37

A Palavra de Deus abre nossos ouvidos para que escutemos e pratiquemos os ensinamentos. Abrir os ouvidos significa estar atentos a realidade, escutar os sinais dos tempos, e estar disposto a mudar o que não é agradável a Deus. É estar atentos ao que Deus quer de nós! Podemos lembrar: “O pior surdo é aquele que não quer ouvir”.

A libertação é um dos sinais significativos do Reino de Deus. Ao longo do caminho Jesus encontrou muitos portadores de deficiência: cegos, surdos, mudos, paralíticos. Uma vez curados, eles recuperam a plenitude da saúde, a alegria de viver e as condições de anunciar o Evangelho.

O Evangelho traz o caso do surdo que chega até Jesus pelas mãos de outros. Precisamos de ajuda! Na cena do Evangelho Jesus ensina aos discípulos a lição de solidariedade, e de compaixão. A compaixão gera o interesse e preocupação buscando alivio ao sofrimento alheio.

A imagem da surdez e da mudez se relacionam àqueles, que não conseguem ouvir nem pregar a Palavra de Deus. Que Jesus, abra nossos ouvidos. A surdez é obstáculo que impede a compreensão dos ensinamentos de Jesus. Não falar significa a dificuldade para anunciar a Palavra de Deus.

A cena está carregada do simbolismo Batismal. Uma pessoa batizada se torna uma nova criatura pela força da unção: Jesus lhe abre os ouvidos, e solta-lhe a língua, para que ela escute, pratique e faça os outros conhecerem a Palavra de Deus.

Rezemos: Quero conhecer a palavra e anunciá-la com alegria... mostrando a força do reino e a alegria de ter recebido muito das mãos do Senhor.

Deus abençoe você e sua família.

Pe. João Luiz
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo