14 DE SETEMBRO - SÁBADO - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"extra Ecclesiam nulla salus"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Pesquisa rápida
QUARESMA DE SAO MIGUEL
Liturgia Diária

23ª SEMANA DO TEMPO COMUM
COR LITÚRGICA: VERMELHO





EXALTAÇÃO DA SANTA CRUZ - SANTORAL

1a Leitura - Nm 21,4b-9
 
Aquele que for mordido eolhar para ela viverá.

Leitura do Livro dos Números 21, 4b-9
Naqueles dias:
4 Os filhos de Israel partiram do monte Hor, pelo caminho que leva ao mar Vermelho, para contornarem o país de Edom. Durante a viagem o povo começou a impacientar-se,
5 e se pôs a falar contra Deus e contra Moisés, dizendo: 'Por que nos fizestes sair do Egito para morrermos no deserto? Não há pão, falta água, e já estamos com nojo desse alimento miserável'.
6 Então o Senhor mandou contra o povo serpentes venenosas, que os mordiam; e morreu muita gente em Israel.
7 O povo foi ter com Moisés e disse: 'Pecamos, falando contra o Senhor e contra ti. Roga ao Senhor que afaste de nós as serpentes'. Moisés intercedeu pelo povo,
8 e o Senhor respondeu: 'Faze uma serpente de bronze e coloca-a como sinal sobre uma haste; aquele que for mordido e olhar para ela viverá'.
9 Moisés fez, pois, uma serpente de bronze e colocou-a como sinal sobre uma haste. Quando alguém era mordido por uma serpente, e olhava para a serpente de bronze, ficava curado.
Palavra do Senhor.
 
Salmo - Sl 77(78),1-2.34-35.36-37.38 (R. cf. 7c)
 
R. Das obras do Senhor, ó meu povo, não te esqueças!

1 Escuta, ó meu povo, a minha Lei, / ouve atento as palavras que eu te digo; 2 abrirei a minha boca em parábolas, / os mistérios do passado lembrarei.
R.
 
34 Quando os feria, eles então o procuravam, / convertiam-se correndo para ele; 35 recordavam que o Senhor é sua rocha / e que Deus, seu Redentor, é o Deus Altíssimo.
R.
 
36 Mas apenas o honravam com seus lábios / e mentiam ao Senhor com suas línguas; 37 seus corações enganadores eram falsos / e, infiéis, eles rompiam a Aliança.
R.
 
38 Mas o Senhor, sempre benigno e compassivo, / não os matava e perdoava seu pecado; / quantas vezes dominou a sua ira / e não deu largas à vazão de seu furo
R.
 
2a Leitura - Fl 2,6-11
 
Humilhou-se a si mesmo; por isso, Deus o exaltou acima de tudo.

Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses 2, 6-11
6 Jesus Cristo, existindo em condição divina, não fez do ser igual a Deus uma usurpação,
7 mas ele esvaziou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e tornando-se igual aos homens. Encontrado com aspecto humano,
8 humilhou-se a si mesmo, fazendo-se obediente até a morte, e morte de cruz.
9 Por isso, Deus o exaltou acima de tudo e lhe deu o Nome que está acima de todo nome.
10 Assim, ao nome de Jesus, todo joelho se dobre no céu, na terra e abaixo da terra,
11 e toda lingua proclame: 'Jesus Cristo é o Senhor', para a glória de Deus Pai.
Palavra do Senhor.
 
Evangelho - Jo 3,13-17
 
É necessário que o Filho do Homem seja levantado.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 3, 13-17
Naquele tempo, disse Jesus a Nicodemos:
13 'Ninguém subiu ao céu, a não ser aquele que desceu do céu, o Filho do Homem.
14 Do mesmo modo como Moisés levantou a serpente no deserto, assim é necessário que o Filho do Homem seja levantado,
15 para que todos os que nele crerem tenham a vida eterna.
16 Pois Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna.
17 De fato, Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele'.
Palavra da Salvação.




Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe seu novo dia que está começando. Que seja um dia de grandes e boas notícias para sua vida e para todos aqueles que estão ao seu redor. Hoje é um dia muito especial: recordamos a grande e solene festa da Exaltação da Santa Cruz. Foi na Cruz que Jesus consumou a sua oblação de amor para glória e alegria de Deus e nossa salvação. É, pois, justo que veneremos o sinal e o instrumento da Redenção.

«Quem acreditar em Jesus elevado na cruz, terá a vida eterna» (cf. Jo 3, 15)

ORIGEM DA FESTA
Esta festa nasceu em Jerusalém e difundiu-se por todo o Oriente Médio, onde ainda hoje é celebrada. No dia 13 de Setembro foi consagrada a Basílica da Ressurreição, em Jerusalém, mandada construir por Santa Helena e Constantino, imperador Romano no Oriente. No dia seguinte, foi explicado ao povo o significado profundo da igreja, mostrando-lhe o que restava da Cruz do Salvador. Santa Helena conseguiu recuperar partes da Cruz de Cristo. No século VI esta festa em honra da Santa Cruz já era conhecida em Roma. Em meados do século VII, começou a ser celebrada no dia 14 de Setembro, quando se expunham à veneração dos fiéis as relíquias da Santa Cruz.


PARA MEDITAÇÃO PESSOAL

Esta festa mostra-nos o valor do sinal da cruz. É o sinal da salvação… A cruz fala a Deus, apresenta-lhe tudo o que Nosso Senhor sofreu por nós. Mas a cruz é também símbolo da penitência, da reparação, do sacrifício. A cruz coroou a vida de Nosso Senhor, que foi totalmente passada na humildade, no desapego, no desprezo pelos prazeres terrestres, e na expiação dos nossos pecados. A cruz fala às nossas almas, como um sinal sagrado, como um estandarte eloquente. Ela tornou-se o sinal do cristão. Ela indica o carácter da nossa vida. Somos cruzados, somos marcados pela luta e pelo sacrifício. Uma obra não é verdadeiramente cristã se não for marcada pela cruz.
SANTO DO DIA
ORAÇÃO
ORAÇÃO DA SANTA CRUZ DE JESUS CRISTO

Deus Todo Poderoso, que sofrestes a morte sobre a madeira sagrada, por todos os nossos pecados sede comigo.
Santa Cruz de Jesus Cristo, compadecei-vos de nós.
Santa Cruz de Jesus Cristo, sede a minha esperança.
Santa Cruz de Jesus Cristo, afastai  de mim todas as armas cortantes.
Santa Cruz de Jesus Cristo, derramai sobre mim todo o bem.
Santa Cruz de Jesus Cristo, desviai de mim todo o mal.
Santa Cruz de Jesus Cristo, fazei com que eu siga o caminho da salvação.
Santa Cruz de Jesus Cristo, livrai-me dos incidentes corporais e temporais.
Santa Cruz de Jesus Cristo, eu vos adoro para sempre.
Santa Cruz de Jesus Cristo, fazei com que os espíritos malignos e invisíveis se afastem de mim, conduzindo-me Jesus à vida eterna. Amém.

Por todos os séculos dos séculos.

FONTE: Filhos Espirituais de Pe. Pio







FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo