6ª-FEIRA DA 1ª SEMANA - TEMPO COMUM - CALENDÁRIO LITÚRGICO 2021 - ANO B - SÃO MARCOS - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > Liturgia do dia
Liturgia de Hoje

6ª-FEIRA DA 1ª SEMANA - TEMPO COMUM




Esforcemo-nos por entrar neste repouso.

Leitura da Carta aos Hebreus 4, 1-5. 11

Irmãos:
Tenhamos cuidado, enquanto nos é oferecida a oportunidade de entrar no repouso de Deus, não aconteça que alguém de vós fique para trás.
Também nós, como eles, recebemos uma boa-nova. Mas a proclamação da palavra de nada lhes adiantou, por não ter sido acompanhada da fé naqueles que a tinham ouvido,
enquanto nós, que acreditamos, entramos no seu repouso. É assim como ele falou: 'Por isso jurei na minha ira: jamais entrarão no meu repouso. ' Isso, não obstante as obras de Deus estarem terminadas desde a criação do mundo.
Pois, em certos lugares, assim falou do sétimo dia: 'E Deus repousou no sétimo dia de todas as suas obras',
e ainda novamente: 'Não entrarão no meu repouso. '
Esforcemo-nos, portanto, por entrar neste repouso, para que ninguém repita o acima referido exemplo de desobediência.
Palavra do Senhor.





R. Não vos esqueçais das obras do Senhor!


Tudo aquilo que ouvimos e aprendemos, /
e transmitiram para nós os nossos pais,
à nova geração nós contaremos:
As grandezas do Senhor e seu poder.
R.


Levantem-se e as contem a seus filhos,
para que ponham no Senhor sua esperança; /
das obras do Senhor não se esqueçam, /
e observem fielmente os seus preceitos.
R.


Nem se tornem, a exemplo de seus pais, /
rebelde e obstinada geração, /
uma raça de inconstante coração, /
infiel ao Senhor Deus, em seu espírito.
R.




O Filho do Homem tem na terra
poder de perdoar pecados

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 2, 1-12

Alguns dias depois, Jesus entrou de novo em Cafarnaum. Logo se espalhou a notícia de que ele estava em casa.
E reuniram-se ali tantas pessoas, que já não havia lugar, nem mesmo diante da porta. E Jesus anunciava-lhes a Palavra.
Trouxeram-lhe, então, um paralítico, carregado por quatro homens.
Mas não conseguindo chegar até Jesus, por causa da multidão, abriram então o teto, bem em cima do lugar onde ele se encontrava. Por essa abertura desceram a cama em que o paralítico estava deitado.
Quando viu a fé daqueles homens, Jesus disse ao paralítico: 'Filho, os teus pecados estão perdoados'.
Ora, alguns mestres da Lei, que estavam ali sentados, refletiam em seus corações:
'Como este homem pode falar assim? Ele está blasfemando: ninguém pode perdoar pecados, a não ser Deus'.
Jesus percebeu logo o que eles estavam pensando no seu íntimo, e disse: 'Por que pensais assim em vossos corações?
O que é mais fácil: dizer ao paralítico: 'Os teus pecados estão perdoados', ou dizer: 'Levanta-te, pega a tua cama e anda'?
Pois bem, para que saibais que o Filho do Homem tem, na terra, poder de perdoar pecados, - disse ele ao paralítico: -
eu te ordeno: levanta-te, pega tua cama, e vai para tua casa!'
O paralítico então se levantou e, carregando a sua cama, saiu diante de todos. E ficaram todos admirados e louvavam a Deus, dizendo: 'Nunca vimos uma coisa assim'.
Palavra da Salvação.





FONTE: YOUTUBE
Reflexão - Pe. João Luís Fávero
“Não vos esqueçais das obras do Senhor!”
Mc 2, 1-12

Muitos se aproximam para ouvir Jesus. Muita gente na casa, estava lotada, não havia mais espaço. Queriam colocar um paralitico, carregado por quatro homens, diante de Jesus, mas não conseguiam.

O esforço desses homens que carregavam o paralitico demonstra a solidariedade com o enfermo e a fé no poder de Deus. Os quatro homens lembram os povos de toda a terra; de norte a sul, de leste a oeste.

Vendo a fé deles, com sua palavra, Jesus perdoa os pecados do paralitico e o faz caminhar. É um gesto de cura espiritual e física, é uma salvação. A maca que carregava o paralitico, agora é carregada por ele, é uma libertação.  

A cura realizada por Jesus começa de dentro para fora. Do coração para o exterior. De outra forma, seria uma cura superficial, quando a cura verdadeira é a que vem do coração. Sem isto, a cura da paralisia ficaria incompleta.

O jeito de Jesus curar, perdoando, mostra a grandeza da misericórdia divina presente entre nós; Naquele que o Pai enviou e confirmou: “Este é o meu Filho amado, nele eu coloquei a minha alegria, excutem o que diz”.

A ação de Jesus provoca a indignação de alguns doutores da Lei, que vão dizer: “Ele está blasfemando! Quem pode perdoar pecados, senão Deus?” A dureza do coração deles não permitiu o reconhecimento e nem a alegria que brotaram da boca dos simples que ficaram admirados e glorificavam a Deus dizendo: “Nunca vimos coisa assim”.  

Rezemos: Senhor, dá-me a graça de compreender que a verdadeira cura vem do coração, onde o egoísmo impede a prática do bem. Faça de mim, solidário e cheio de compaixão.

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua vida, sua casa, sua família, seu trabalho...seus afazeres ... nessa nova jornada de Sexta-feira que começa.  Vamos superar  as dificuldades, as tribulações, as tempestades...Vamos levantar a cabeça e seguir firmes em nossos propósitos para o dia de hoje. Uma coisa é certa: com Deus somos mais que vencedores! Ele nos pega pela mão e nos conduz por terras firmes. Conte com Ele e o invoque para caminhar com você.


Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.
Filipenses 4, 6-7

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
Publicidade
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo