4ª-FEIRA DA 3ª SEMANA - ADVENTO - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > Liturgia do dia
Liturgia de Hoje
4ª-FEIRA DA 3ª SEMANA - ADVENTO





Céus, deixai cair orvalho das alturas.

Leitura do Livro do Profeta Isaías 45, 6b-8. 18. 21b-25
Eu sou o Senhor, não há outro,
eu formei a luz e criei as trevas, crio o bem-estar e as condições de mal-estar: sou o Senhor que faço todas estas coisas.
Céus, deixai cair orvalho das alturas, e que as nuvens façam chover justiça; abra-se a terra e germine a salvação; brote igualmente a justiça: eu, o Senhor, a criei. '
Isto diz o Senhor que criou os céus, o próprio Deus que fez a terra, a conformou e consolidou; não a criou para ficar vazia, formou-a para ser habitada: 'Sou eu o Senhor, e não há outro.
Quem vos fez ouvir os fatos passados e soube predizê-los desde então? Acaso não sou eu o Senhor? E não há deus além de mim. Não há um Deus justo, e que salve, a não ser eu.
Povos de todos os confins da terra, voltai-vos para mim e sereis salvos, eu sou Deus e não há outro.
Juro por mim mesmo: de minha boca sai o que é justo, a palavra que não volta atrás; todo joelho há de dobrar-se para mim, por mim há de jurar toda língua,
dizendo: Somente no Senhor residem justiça e força'. Comparecerão perante ele, envergonhados, todos os que lhe resistem;
no Senhor será justificada e glorificada toda a descendência de Israel.Palavra do Senhor.






R. Que os céus lá do alto derramem o orvalho, que chova das nuvens o Justo esperado!


Quero ouvir o que o Senhor irá falar: /
é a paz que ele vai anunciar;
a paz para o seu povo e seus amigos, /
para os que voltam ao Senhor seu coração.
Está perto a salvação dos que o temem, /
e a glória habitará em nossa terra.
R.


A verdade e o amor se encontrarão, /
a justiça e a paz se abraçarão;
da terra brotará a fidelidade, /
e a justiça olhará dos altos céus.
R.


O Senhor nos dará tudo o que é bom, /
e a nossa terra nos dará suas colheitas;
a justiça andará na sua frente /
e a salvação há de seguir os passos seus.
R.





Ide contar a João o que vistes e ouvistes.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 7, 19-23
Naquele tempo: João convocou dois de seus discípulos,
e mandou-os perguntar ao Senhor: 'És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?'
Eles foram ter com Jesus, e disseram: 'João Batista nos mandou a ti para perguntar: `És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?''
Nessa mesma hora, Jesus curou de doenças, enfermidades e espíritos malignos a muitas pessoas, e fez muitos cegos recuperarem a vista.
Então, Jesus lhes respondeu: 'Ide contar a João o que vistes e ouvistes: os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam, e a Boa Nova é anunciada aos pobres.
E feliz é aquele que não se escandaliza por causa de mim!'
Palavra da Salvação.





FONTE: YOUTUBE
Reflexão - Pe. João Luís Fávero
“Ele vem para salvar”.
Lc 7, 19, 23

Hoje terminamos a primeira parte do Advento, amanhã iniciamos a preparação imediata da festa do Natal. Vamos nos despedir de João Batista, que nos preparou para não sermos reprovados no encontro final e na acolhida de Jesus que vai nascer em Belém.

Tudo o que Jesus ensinava e fazia se difundia pela Judéia inteira e por toda a redondeza. A notícia chegou aos ouvidos de João Batista, que enviou dois de seus discípulos para perguntar a Jesus: “Tu és aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?”.

Jesus não dá uma resposta pronta e nem tenta convencê-los com frases de efeito, nem dá longas explicações. Ao contrário convida a olhar com os próprios olhos, a testemunharem o que Ele está realizando em favor dos pobres, enfermos e sofredores.

As obras comprovam que Jesus é o Messias autêntico, verdadeira presença e ação de Deus no meio do povo. Comprovam que as profecias estão se cumprindo. Pois o verdadeiro Messias vem para curar os enfermos, ressuscitar os mortos e proclamar o Boa Nova aos pobres.

Os discípulos de João entenderam que esse era o resultado do ministério de Jesus. E vão contar a João Batista que o novo está acontecendo. E nisso João vai fazer o discernimento para responder a sua dúvida.

Para o discípulo, o discernimento da vida de Jesus, é a maneira mais consistente de reconhecer a identidade do Mestre, o Messias prometido. “É feliz quem não se escandaliza a seu respeito”.  É feliz quem caminha com Jesus e faz companhia aos deserdados deste mundo.

Rezemos: Senhor, que a contemplação de suas obras nos disponha a fazer as opções necessárias. Seguir no amor e no serviço.

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe seu novo dia. Que seja esta quarta-feira uma jornada muito especial, de bençãos, de graças, de paz, de harmonia, de saúde física e espiritual. Deus preparou esse novo dia com muito carinho pensando em você, em cada um de nós. Portanto, comece agradecendo, pois a gratidão é a melhor maneira de se aproximar de Deus e ter Deus bem próximo de nós. Uma santa e abençoada quarta-feira.

“Vivei com alegria. Tendei à perfeição, animai-vos, tende um só coração, vivei em paz e o Deus de amor e paz estará convosco.” (II Coríntios 13, 11)

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo