16 DE JULHO - TERÇA-FEIRA - Liturgia Católica Apostólica Romana

- AD MAIOREM DEI GLORIAM -
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Pesquisa rápida
Liturgia Diária

3ª-FEIRA DA 15ª SEMANA
TEMPO COMUM


1a Leitura
Ex 2,1-15a


Deu-lhe o nome de Moisés, porque, disse ela, 'eu o tirei das águas'; quando já era adulto, Moisés saiu para visitar seus irmãos hebreus.

Leitura do Livro do Êxodo 2, 1-15a
Naqueles dias:
1 Um homem da família de Levi casou-se com uma mulher da mesma tribo,
2 e ela concebeu e deu à luz um filho. Ao ver que era um belo menino, manteve-o escondido durante três meses.
3 Mas não podendo escondê-lo por mais tempo, tomou uma cesta de junco, calafetou-a com betume e piche, pôs dentro dela a criança e deixou-a entre os caniços na margem do rio Nilo.
4 A irmã do menino ficou a certa distância para ver o que ia acontecer.
5 A filha do Faraó desceu para se banhar no rio, enquanto suas companheiras passeavam pela margem. Vendo, então, a cesta no meio dos caniços, mandou uma das servas apanhá-la.
6 Abrindo a cesta, viu a criança: era um menino, que chorava. Ela compadeceu-se dele e disse: 'É um menino dos hebreus'.
7 A irmã do menino disse, então, à filha do Faraó: 'Queres que te vá chamar uma mulher hebréia, que possa amamentar o menino?'
8 A filha do Faraó respondeu: 'Vai'. E a menina foi e chamou a mãe do menino.
9 A filha do Faraó disse à mulher: 'Leva este menino, amamenta-o para mim, e eu te pagarei o teu salário'. A mulher levou o menino e amamentou.
10 Quando já estava crescido, ela levou-o à filha do Faraó, que o adotou como filho e lhe deu o nome de Moisés, porque, disse ela, 'eu o tirei das águas'.
11 Um dia, quando já era adulto, Moisés saiu para visitar seus irmãos hebreus; viu sua aflição e como um egípcio maltratava um deles.
12 Olhou para os lados e, não vendo ninguém, matou o egípcio e escondeu-o na areia.
13 No dia seguinte, saiu de novo e viu dois hebreus brigando, e disse ao agressor: 'Por que bates no teu companheiro?'
14 E este replicou: 'Quem te estabeleceu nosso chefe e nosso juiz? Acaso pretendes matar-me, como mataste o egípcio?' Moisés ficou com medo e disse consigo: 'Com certeza, o fato se tornou conhecido'.
15a O Faraó foi informado do que aconteceu, e procurava matar Moisés. Mas este, fugindo da sua vista, parou na terra de Madiã.
Palavra do Senhor.


Salmo
Sl 68,3. 14. 30-31. 33-34 (R. Cf. 33)

R. Humildes, procurai o Senhor Deus, e o vosso coração reviverá.

3 Na lama do abismo eu me afundo /
e não encontro um apoio para os pés. /
Nestas águas muito fundas vim cair, /
e as ondas já começam a cobrir-me!
R.

14 Por isso elevo para vós minha oração, /
neste tempo favorável, Senhor Deus! /
Respondei-me pelo vosso imenso amor, /
pela vossa salvação que nunca falha!
R.

30 Pobre de mim, sou infeliz e sofredor! /
Que vosso auxílio me levante, Senhor Deus!
31 Cantando eu louvarei o vosso nome /
e agradecido exultarei de alegria!
R.

33 Humildes, vede isto e alegrai-vos: /
o vosso coração reviverá, /
se procurardes o Senhor continuamente!
34 Pois nosso Deus atende à prece dos seus pobres, /
e não despreza o clamor de seus cativos.
R.



Evangelho
Mt 11,20-24

No dia do julgamento, Tiro e Sidôniaserão tratadas com menos dureza do que vós.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 11, 20-24
Naquele tempo:
20 Jesus começou a censurar as cidades onde fora realizada a maior parte de seus milagres, porque não se tinham convertido.
21 'Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Porque, se os milagres que se realizaram no meio de vós, tivessem sido feitos em Tiro e Sidônia, há muito tempo elas teriam feito penitência, vestindo-se de cilício e cobrindo-se de cinza.
22 Pois bem! Eu vos digo: no dia do julgamento, Tiro e Sidônia serão tratadas com menos dureza do que vós.
23 E tu, Cafarnaum! Acaso serás erguida até o céu? Não! Serás jogada no inferno! Porque, se os milagres que foram realizados no meio de ti tivessem sido feitos em Sodoma, ela existiria até hoje!
24 Eu, porém, vos digo: no dia do juízo, Sodoma será tratada com menos dureza do que vós!'
Palavra da Salvação.





NOSSA SENHORA DO CARMO - SANTORAL

1a Leitura
Zc 2,14-17

Rejubila, alegra-te, cidade de Sião, eis que venho para habitar no meio de ti.

Leitura da Profecia de Zacarias 2, 14-17
14 `Rejubila, alegra-te, cidade de Sião, eis que venho para habitar no meio de ti, diz o Senhor.
15 Muitas nações se aproximarão do Senhor, naquele dia, e serão o seu povo. Habitarei no meio de ti, e saberás que o Senhor dos exércitos me enviou a ti.
16 O Senhor entrará em posse de Judá, como sua porção na terra santa, e escolherá de novo Jerusalém.
17 Emudeça todo mortal diante do Senhor, ele acaba de levantar-se de sua santa habitação'.
Palavra do Senhor.


Salmo
Lc 1,46-47. 48-49. 50-51. 52-53. 54-55 (R.Cf.54b)

R. O Senhor se lembrou de mostrar sua bondade.

46 A minh'alma engrandece ao Senhor,
47 e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador,
R.

48 pois, ele viu a pequenez de sua serva, /
eis que agora as gerações hão de chamar-me de bendita.
49 O Poderoso fez por mim maravilhas / e Santo é o seu nome!
R.

50 Seu amor, de geração em geração, /
chega a todos que o respeitam.
51 Demonstrou o poder de seu braço, /
dispersou os orgulhosos.
R.

52 Derrubou os poderosos de seus tronos /
e os humildes exaltou.
53 De bens saciou os famintos /
e despediu, sem nada, os ricos.
R.

54 Acolheu Israel, seu servidor, /
fiel ao seu amor,
55 como havia prometido aos nossos pais, /
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.
R.



Evangelho
Mt 12,46-50

E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse: 'Eis minha mãe e meus irmãos.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 12, 46-50

Naquele tempo:
46 Enquanto Jesus estava falando às multidões, sua mãe e seus irmãos ficaram do lado de fora, procurando falar com ele.
47 Alguém disse a Jesus: 'Olha! Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar contigo. '
48 Jesus perguntou àquele que tinha falado: 'Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?'
49 E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse: 'Eis minha mãe e meus irmãos.
50 Pois todo aquele que faz a vontade do meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe. '
Palavra da Salvação.







Fonte: Youtube RS21
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“O Poderoso fez em mim maravilhas, e Santo é o seu Nome.”
Mt 12, 46-50

O Carmelo é um conjunto de montanhas na Galileia em Israel. Ali o profeta Elias levou o povo de Deus a descobrir a verdadeira fé, eliminando os cultos por deuses pagãos (Rs 18, 19-46).

Ao longo dos séculos, o Monte Carmelo começou a ser povoados por homens de vida de oração e consagração a Deus. Mais tarde se uniram para dar vida a uma comunidade religiosa de vida contemplativa, sob a inspiração e proteção de Nossa Senhora. Eram os rudimentos da Ordem dos Carmelitas.

No dia 16 de julho de 1251, São Simão Stock, teve uma visão da Mãe de Deus, Maria Santíssima, a qual lhe entregou um escapulário (uma peça de roupa em forma de avental colocado sobre o hábito religioso), com a promessa da salvação eterna para quem o usasse como sinal de sua consagração a Nossa Senhora na imitação de Cristo Jesus, sendo um bom cristão.

Difundida essa devoção, em diversas nações, com o apoio do povo, a festa de Nossa Senhora do Carmo, em 1726, foi estendida a toda Igreja pelo Papa Bento XIII.

A família de Jesus, ultrapassa os laços de sangue. A família de Jesus, nasce da Palavra, é a Igreja. Na festa de hoje, lembramos, que Maria, a mãe de Jesus, e a Mãe desta família é a discipula da Palavra, que sempre soube guardá-la em seu coração.

Da sabedoria popular que herdamos, aprendemos que não é feliz uma família quando, por qualquer motivo, falta a mãe. Maria, a Mãe de Jesus é nossa Mãe também, porque Ela é a mais perfeita cristã.

Rezemos: Quero imitar de Maria, aprender a guardar a Palavra em meu coração e vive-la em meu dia a dia. Roga por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

Deus abençoe você e sua família.
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe você nesta nova jornada de Segunda-feira. Um novo dia...novas perspectivas e renovada esperança. Vamos agradecer a Deus o dom da vida e viver o dia com alegria, paz e amor. Vamos construir fraternidade e laços de harmonia com as pessoas que encontrarmos hoje. E por falar em hoje...hoje quero agradecer a Deus pelo chamado vocacional, em especial, o ministério sacerdotal...estou completando nesta data os meus 24 anos de padre...alegrem-se comigo e elevemos juntos uma oração a Deus por ter me dado o dom da vocação de ser um sacerdote do Senhor. Rezem por mim...pois sua oração, apoio e amizade continuam sustentando o meu chamado! Deus os abençoe.

Salmo 5
É a vós que eu dirijo a minha prece; *
de manhã já me escutais!
Desde cedo eu me preparo para vós, *
e permaneço à vossa espera.
À minha frente aplainai vosso caminho, *
e guiai meu caminhar!  
Mas exulte de alegria todo aquele *
que em vós se refugia;
sob a vossa proteção se regozijem, *
os que amam vosso nome!
Porque ao justo abençoais com vosso amor, *
e o protegeis como um escudo!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.
Com carinho e bênçãos
Frei Rinaldo, osm
ORAÇÃO
LADAINHA DE NOSSA SENHORA DO CARMO

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos
Jesus Cristo, atendei-nos


Deus Pai dos Céus, tende piedade de nós.
Deus Filho, Redentor do mundo, tende piedade de nós.
Deus Espírito Santo, tende piedade de nós,
Santíssima Trindade que sois um só Deus, tende piedade de nós.

Santa. Maria, rogai por nós
Mestra da vida interior,
Caminho seguro na Noite Escura,
Virgem da fé
Virgem do Caminho de Perfeição,
Virgem fiel,
Virgem que sabe ouvir,
Mãe das Fundações,
Mãe do abandono perfeito,
Mãe da Pequena Via,
Mãe da caridade,
Mãe da humildade,
Senhora das Moradas eternas,
Senhora do “SIM”,
Senhora do Monte Carmelo,
Fiel esposa de José,
Esposa da Viva Chama de Amor,
Perfeita esposa do Cântico Espiritual,
Estrela do Carmelo,
Flor do Carmelo,
Formosura do Carmelo,
Nossa Senhora da Subida do Monte Carmelo,
Modelo de oração,
Modelo de vida interior,
Caminho que leva a Deus,
Alma enamorada de Deus,
Auxílio dos Carmelitas,
Serva de Javé,
Sublime filha de Sião,
Esperança dos Carmelitas,
Rainha do silêncio,
Rainha do Castelo Interior,
Rainha do Carmelo,


Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, ouvi-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.


V. Rogai por nós, Rainha e Formosura do Carmelo.
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oração:
Ó Virgem do Carmo e mãe amorosa de todos os fiéis, mas especialmente dos que vestem vosso sagrado Escapulário, em cujo número tenho a dita de ser incluído, intercedei por mim ante o trono do Altíssimo.
Obtende-me que, depois de uma vida verdadeiramente cristã, expire revestido deste santo hábito e, livrando-me do fogo do inferno, conforme prometestes, mereça sair quanto antes, por vossa intercessão poderosa, das chamas do Purgatório.
Ó Virgem dulcíssima, dissestes que o Escapulário é a defesa nos perigos, sinal do vosso entranhado amor e laço de aliança sempiterna entre Vós e os vossos filhos. Fazei, pois, Mãe amorosíssima, que ele me una perpetuamente a Vós e livre para sempre minha alma do pecado.
Em prova do meu reconhecimento e fidelidade, ofereço-me todo a Vós consagrando-Vos neste dia os meus olhos, meus ouvidos, minha boca, meu coração e todo o meu ser. E porque Vos pertenço inteiramente, guardai-me e defendei-me como filho e servidor vosso.







O PERDÃO DO CARMO

A partir do meio-dia de 15 de julho à meia-noite de 16 de julho, nas igrejas ou oratórios públicos da Ordem você lucra uma vez, a indulgência plenária do Perdão do Carmo.

As regras para a aquisição da indulgência plenária são:

1° - A indulgência é a remissão diante de Deus da pena temporal pelos pecados, já perdoados quanto à culpa, que o fiel, devidamente disposto e em certas condições, lucra pela intervenção da Igreja, a qual, como ministra da redenção, despensa e aplica o tesouro das satisfações de Cristo e dos Santos.

2° - as indulgências... sempre podem ser aplicadas aos defuntos em forma de sufrágio.

3° - A indulgência plenária pode ser adquirida apenas uma vez ao dia.

4° - para lucrar a indulgência plenária é necessário executar a obra indulgenziata (Uma visita a uma Igreja de Nsra do Carmo, ou de um oratório da Ordem Carmelita) E cumprir as três condições:

a - Confissão sacramental,

b - comunhão eucarística
C - oração segundo as intenções do sumo Pontífice.

Além disso, também é necessário que seja excluído qualquer afeto ao pecado, mesmo venial.

As três condições podem ser cumpridas oito dias antes ou oito dias depois de ter realizado a obra prescrita; no entanto, é conveniente que a comunhão e a oração segundo as intenções do sumo Pontífice sejam feitas no mesmo dia, em que se realiza a obra.

Se cumpre plenamente a condição da oração segundo as intenções do sumo Pontífice, recitando um Pai nosso e um Ave Maria. é
É deixada no entanto liberdade individualmente aos fiéis de recitar qualquer outra oração segundo a piedade e a devoção de cada um na intenção do Santo Padre.

A obra prescrita para lucrar a indulgência plenária anexa a uma igreja ou a um oratório consiste na devota visita destes locais sagrados, rezando neles um Pai nosso, uma Ave Maria e um Credo.
FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- Totus Tuus -
Voltar para o conteúdo