2ª-FEIRA DA 2ª SEMANA - TEMPO COMUM - CALENDÁRIO LITÚRGICO 2021 - ANO B - SÃO MARCOS - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > Liturgia do dia
Liturgia de Hoje

2ª-FEIRA DA 2ª SEMANA - TEMPO COMUM




Mesmo sendo Filho, por aquilo que ele sofreu, aprendeu o que significa a obediência.

Leitura da Carta aos Hebreus 5, 1-10
Todo sumo sacerdote é tirado do meio dos homens e instituído em favor dos homens nas coisas que se referem a Deus, para oferecer dons e sacrifícios pelos pecados.
Sabe ter compaixão dos que estão na ignorância e no erro, porque ele mesmo está cercado de fraqueza.
Por isso, deve oferecer sacrifícios tanto pelos pecados do povo, quanto pelos seus próprios.
Ninguém deve atribuir-se esta honra, senão o que foi chamado por Deus, como Aarão.
Deste modo, também Cristo não se atribuiu a si mesmo a honra de ser sumo sacerdote, mas foi aquele que lhe disse: 'Tu és o meu Filho, eu hoje te gerei'.
Como diz em outra passagem: 'Tu és sacerdote para sempre, na ordem de Melquisedec. '
Cristo, nos dias de sua vida terrestre, dirigiu preces e súplicas, com forte clamor e lágrimas, àquele que era capaz de salvá-lo da morte. E foi atendido, por causa de sua entrega a Deus.
Mesmo sendo Filho, aprendeu o que significa a obediência a Deus por aquilo que ele sofreu.
Mas, na consumação de sua vida, tornou-se causa de salvação eterna para todos os que lhe obedecem.
De fato, ele foi por Deus proclamado sumo sacerdote na ordem de Melquisedec.
Palavra do Senhor.





R. Tu és eternamente sacerdote segundo a ordem do rei Melquisedec!


Palavra do Senhor ao meu Senhor: /
'Assenta-te ao lado meu direito /
até que eu ponha os inimigos teus /
como escabelo por debaixo de teus pés!'
R.


O Senhor estenderá desde Sião /
vosso cetro de poder, pois Ele diz: /
'Domina com vigor teus inimigos;
R.


tu és príncipe desde o dia em que nasceste; /
na glória e esplendor da santidade, /
como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!'
R.


Jurou o Senhor e manterá sua palavra: /
'Tu és sacerdote eternamente, /
segundo a ordem do rei Melquisedec!'
R.






O noivo está com eles

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 2, 18-22

Naquele tempo:
Os discípulos de João Batista e os fariseus estavam jejuando. Então, vieram dizer a Jesus: 'Por que os discípulos de João e os discípulos dos fariseus jejuam, e os teus discípulos não jejuam?'
Jesus respondeu: 'Os convidados de um casamento poderiam, por acaso, fazer jejum, enquanto o noivo está com eles? Enquanto o noivo está com eles, os convidados não podem jejuar.
Mas vai chegar o tempo em que o noivo será tirado do meio deles; aí, então, eles vão jejuar.
Ninguém põe um remendo de pano novo numa roupa velha; porque o remendo novo repuxa o pano velho e o rasgão fica maior ainda.
Ninguém põe vinho novo em odres velhos; porque o vinho novo arrebenta os odres velhos e o vinho e os odres se perdem. Por isso, vinho novo em odres novos'.
Palavra da Salvação.





Reflexão - Pe. João Luís Fávero
“Senhor, tu és rei e sacerdote para sempre!”
Mc 2, 18-22

Jesus serviu-se de duas imagens para falar do modo como os discípulos devem acolher a mensagem: o remendo de uma roupa e o lugar de guardar o vinho. O sentido delas é idêntico.

O discípulo deve acolher os ensinamentos de Jesus com um coração novo, para não deturpar aquilo que recebeu. Esse perigo consiste na incapacidade de perceber a novidade dos ensinamentos. De não vibrar de alegria pela presença de Deus entre nós, manifestada no acolhimento e na misericórdia.

A mensagem acaba sendo distorcida para se reduzir ao tamanho da mentalidade de que a ouve. Quem não está disposto a acolher as palavras de Jesus, acabará por interpreta-las de tal maneira que negará as exigências que Ele apresenta.

Jesus pede que se vistam de um pano novo, da coerência. O pano e o vinho, mostram que é necessária uma mentalidade renovada para acolher Jesus o seu ensinamento e a sua proposta de agir. Somos pecadores, frágeis, mas não podemos ser incoerentes.

Querer ser discípulo do Reino, sem renovação interior, é como costurar remendo novo em roupa velha. Ou, guardar vinho novo em odres velhos. São atitudes insensatas. É preciso ter mentes abertas e corações receptivos. Não há discipulado sem o desejo de uma profunda conversão.

Rezemos: Senhor, dá-nos um coração novo para acolher a novidade do ensinamento do amor e da misericórdia, que vence nossa mesquinhes e comodismo.  

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe você com toda sorte de bençãos físicas e espirituais. Chegamos a mais um início de Semana. Que esta segunda-feira venha repleta de energia para fazer bem as coisas que você tem que fazer, muita disposição e, principalmente, Fé para ter a certeza que Deus caminha com você e com todos nós. Ótimo início de semana.

Louvem o Senhor, todas as nações;
exaltem-no, todos os povos! Porque imenso é o seu amor leal por nós,
e a fidelidade do Senhor dura para sempre.
Aleluia!
Salmos 117:1-2

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo