18/03/20 - QUARTA-FEIRA - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
MEDITAÇÃO DA QUARESMA
Evangelho - Mt 5,17-19
Pesquisa rápida
Liturgia Diária
Antífona de Entrada
Orientai meus passos, Senhor, segundo a vossa palavra, e que o mal não domine sobre mim! (Sl 118,133)




Oração do dia
Ó Deus de bondade, concedei que, formados ela observância da Quaresma e nutridos por vossa palavra, saibamos mortificar-nos para vos servir com fervor, sempre unânimes na oração. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.




1ª Leitura – Dt 4,1.5-9

Cumpri e praticai as leis e decretos.

Leitura do Livro do Deuteronômio 4,1.5-9
Moisés falou ao povo, dizendo:
1 ‘Agora, Israel, ouve as leis e os decretos que eu vos ensino a cumprir, para que, fazendo-o, vivais e entreis na posse da terra prometida que o Senhor Deus de vossos pais vos vai dar.
5 Eis que vos ensinei leis e decretos conforme o Senhor meu Deus me ordenou, para que os pratiqueis na terra em que ides entrar e da qual tomareis posse.
6 Vós os guardareis, pois, e os poreis em prática, porque neles está vossa sabedoria e inteligência perante os povos, para que, ouvindo todas estas leis, digam: ‘Na verdade, é sábia e inteligente esta grande nação!
7 Pois, qual é a grande nação cujos deuses lhe são tão próximos como o Senhor nosso Deus, sempre que o invocamos?
8 E que nação haverá tão grande que tenha leis e decretos tão justos, como esta lei que hoje vos ponho diante dos olhos?
9 Mas toma cuidado! Procura com grande zelo não te esqueceres de tudo o que viste com os próprios olhos, e nada deixes escapar do teu coração por todos os dias de tua vida; antes, ensina-o a teus filhos e netos.
Palavra do Senhor.




Salmo – Sl 147, 12-13. 15-16. 19-20 (R. 12a)

R. Glorifica o Senhor, Jerusalém!

12 Glorifica o Senhor, Jerusalém!*
Ó Sião, canta louvores ao teu Deus!
13 Pois reforçou com segurança as tuas portas,*
e os teus filhos em teu seio abençoou.
R.


15 Ele envia suas ordens para a terra,*
e a palavra que ele diz corre veloz.
16 ele faz cair a neve como a lã *
e espalha a geada como cinza.
R.


19 Anuncia a Jacó sua palavra,*
seus preceitos suas leis a Israel.
20 Nenhum povo recebeu tanto carinho,*
a nenhum outro revelou os seus preceitos.
R.




Evangelho – Mt 5,17-19

Aquele que praticar e ensinar os mandamentos,
este será considerado grande.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 5,17-19
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
17 Não penseis que vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim para abolir, mas para dar-lhes pleno cumprimento.
18 Em verdade, eu vos digo: antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da Lei, sem que tudo se cumpra.
l9 Portanto, quem desobedecer a um só destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será considerado o menor no Reino dos Céus. Porém, quem os praticar e ensinar será considerado grande no Reino dos Céus.
Palavra da Salvação.




Antífona da Comunhão
Vós me ensinareis, Senhor, o caminho da vida: perfeita é a alegria em vossa presença (Sl 15,11).




Depois da Comunhão
Santifique-nos, ó Deus, esta mesa celeste da qual participamos para que, purificando-nos de todo erro, ela nos torne dignos das vossas promessas. Por Cristo, nosso Senhor.




Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)

“Glorifica ao Senhor, Jerusalém!”
Mt 5, 17-19

Jesus não veio para anular a Lei de Moisés e o ensinamento dos profetas, mas completá-los. A Lei antiga encontrou em sua palavra e em seu exemplo o complemento e a plenitude que lhes faltavam, assim, permanece para sempre.

Jesus falava como quem tem autoridade e não como os escribas e fariseus. Dizia: “Vocês ouviram o que foi dito aos antepassados... Eu, porém, lhes digo...” o povo percebia que o ensinamento de Jesus se diferenciava dos Escribas e fariseus, isso os deixava irritados.

O ensinamento de Jesus não é imposição, mas um projeto de santificação. Deus não se impõe, propõe. Os mandamentos e a Lei ensinada por Moisés e os profetas, expressam o cuidado de Deus pela vida, pelas relações, pela sociedade, pelo crescimento pessoal e comunitário.

Jesus retoma esta lei que está deformada e decadente e procura corrigir e torna-la orientação para uma vida pautada na ética e no amor, um caminho da santificação. Os mandamentos são caminhos: atitudes de adesão a Deus e suas propostas. É uma Lei que brota do coração do Pai como orientação para os filhos. Ele vem dar-lhe o pleno cumprimento, na obediência a vontade do Pai. E declara: “Quem os praticar e ensinar será considerado grande no Reino dos Céus”.

Quem se sente amado por Deus ama fazer a sua vontade. Portanto quem quiser ser grande aos olhos de Deus, pratique os ensinamentos e os mandamentos de Jesus. Ele nos ensina, e recorda São Paulo, que a Plenitude da lei é o Amor! E Santa Teresa, vai lembrar: “Ter medida em tudo, menos no amor”. Vamos aprender a amar!

Rezemos: Senhor, livra-me do legalismo que escraviza. E dá-me a largueza de coração e a generosidade para amar como Jesus amou.

Deus abençoe você e sua família.

Pe. João Luiz
FOTO: MONSENHOR JOÃO LUÍS FÁVERO
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua nova jornada de quarta que está apenas começando. Que seja um dia de saborear ainda mais a Luz do Ressuscitado! Viva o dia com aquela intensidade de amor que você tem no seu coração que sabemos que é muita! Espalhe amor, espalhe bençãos, espalhe Paz, espalhe a Luz do Cristo Ressuscitado! Todos contra o Coronavirus. A luta continua...vamos fazer a nossa parte!

Mas aqueles que esperam no Senhor
renovam as suas forças.
Voam alto como águias;
correm e não ficam exaustos,
andam e não se cansam.
Isaías 40:31

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
FOTO: FREI RINALDO STECANELA
FEVEREIRO
D
S
T
Q
Q
S
S






1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo