2ª-feira da 29ª Semana Do Tempo Comum - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Liturgia de Hoje
2ª-feira
29ª Semana Do Tempo Comum
19 de Outubro de 2020
Cor: Verde





1A LEITURA - EF 2,1-10


Ele nos deu a vida com Cristo, e nos fez sentar nos céus.


Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios 2, 1-10

Irmãos:

1 Vós estáveis mortos por causa de vossas faltas e pecados,

2 nos quais vivíeis outrora, quando seguíeis o deus deste mundo, o príncipe que reina entre o céu e a terra, o espírito que age agora entre os rebeldes.

3 Nós éramos deste número, todos nós. Outrora nos abandonávamos às paixões da carne; satisfazíamos os seus desejos, seguíamos os seus caprichos e éramos por natureza, como os demais, filhos da ira.

4 Mas Deus é rico em misericórdia. Por causa do grande amor com que nos amou,

5 quando estávamos mortos por causa das nossas faltas, ele nos deu a vida com Cristo. É por graça que vós sois salvos!

6 Deus nos ressuscitou com Cristo e nos fez sentar nos céus em virtude de nossa união com Jesus Cristo.

7 Assim, pela bondade, que nos demonstrou em Jesus Cristo, Deus quis mostrar, através dos séculos futuros, a incomparável riqueza da sua graça.

8 Com efeito, é pela graça que sois salvos, mediante a fé. E isso não vem de vós; é dom de Deus!

9 Não vem das obras, para que ninguém se orgulhe.

10 Pois é ele quem nos fez; nós fomos criados em Jesus Cristo para as obras boas, que Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos.

Palavra do Senhor.





SALMO - SL 99,2. 3. 4. 5 (R. 3B)


R. O Senhor mesmo nos fez, e somos seus.


2 Aclamai o Senhor, ó terra inteira, /
servi ao Senhor com alegria, /
ide a ele cantando jubilosos!
R.


3 Sabei que o Senhor, só ele, é Deus, /
Ele mesmo nos fez, e somos seus, /
nós somos seu povo e seu rebanho.
R.


4 Entrai por suas portas dando graças, /
e em seus átrios com hinos de louvor; /
dai-lhe graças, seu nome bendizei!
R.


5 Sim, é bom o Senhor e nosso Deus, /
sua bondade perdura para sempre, /
seu amor é fiel eternamente!
R.





EVANGELHO - LC 12,13-21


E para quem ficará o que tu acumulaste?'


+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 12, 13-21

Naquele tempo:

13 Alguém, do meio da multidão, disse a Jesus: 'Mestre, dize ao meu irmão que reparta a herança comigo. '

14 Jesus respondeu: 'Homem, quem me encarregou de julgar ou de dividir vossos bens?'

15 E disse-lhes: 'Atenção! Tomai cuidado contra todo tipo de ganância, porque, mesmo que alguém tenha muitas coisas, a vida de um homem não consiste na abundância de bens. '

16 E contou-lhes uma parábola: 'A terra de um homem rico deu uma grande colheita.

17 Ele pensava consigo mesmo: 'O que vou fazer? Não tenho onde guardar minha colheita'.

18 Então resolveu: 'Já sei o que fazer! Vou derrubar meus celeiros e construir maiores; neles vou guardar todo o meu trigo, junto com os meus bens.

19 Então poderei dizer a mim mesmo: - Meu caro, tu tens uma boa reserva para muitos anos. Descansa, come, bebe, aproveita!'

20 Mas Deus lhe disse: 'Louco! Ainda nesta noite, pedirão de volta a tua vida. E para quem ficará o que tu acumulaste?'

21 Assim acontece com quem ajunta tesouros para si mesmo, mas não é rico diante de Deus. '

Palavra da Salvação.





FONTE: YOUTUBE
Reflexão - Pe. João Luís Fávero
“Servi ao Senhor com alegria”.
Lc 12, 13-21

Neste Evangelho, um incidente entre dois irmãos, divididos por questões de herança, oferece a Jesus a oportunidade de ensinar aos discípulos um ponto importante a respeito da sabedoria do Reino. Trata-se de tema da liberdade em relação aos bens deste mundo, na contramão da ganância e da cobiça exagerada.

Jesus faz referência à cobiça pelo dinheiro, mas existem outros tipos de cobiça: pela fama, pelo poder, pelo prazer... Todo ensinamento de Jesus valoriza o despojamento e o desapego dos bens materiais e alerta sobre o perigo de confiar unicamente nas riquezas terrenas: “Cuidado! Evitem todo o tipo de ganancia”.

“Felizes são os pobres, porque deles é o Reino dos Céus”. Benfeitor e generoso é o Samaritano que investe tempo, atenção e dinheiro para acudir o homem ferido à beira do caminho (cf Lc 10, 25-37).

A parábola retrata um homem ganancioso que fala sozinho, egoísta. Projetando como aumentar suas posses e lucros. Tentação de todos os tempos.

Que sentido tem uma riqueza para uma pessoa sem juízo?

A parábola ensina que a vida não consiste na abundância de bens. Não podemos esquecer que a vida é única e breve sobre a terra. Não lhe sobrou tempo para aproveitar os bens acumulados. A riqueza não o ajudou a apresentar-se diante de Deus; acabou se colocando na mais total pobreza. Trágico fim! Melhor ser “Rico para Deus”.

O discípulo do Reino deve estar atento para não sucumbir diante da tolice da ganância.

Rezemos: Senhor, livra-me da ganância, da ambição e da avareza. Quero compreender a importância de ser rico diante de Deus, pela solidariedade e pela partilha.

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe você nesta fascinante jornada de segunda que está começando.  Experimente, durante todo este dia, o amor e a presença de Deus que está e estará sempre ao seu lado. Vá dizendo para você mesmo neste clima de oração: Deus é o meu escudo e proteção. Ele é a minha força e o meu amparo. Com Ele tudo posso! O meu dia será abençoado porque Deus é a minha benção... Que o Espírito Santo de Deus ilumine todos os seus passos!

Confia ao Senhor as tuas obras,
e teus pensamentos serão estabelecidos.
Provérbios 16,3

Com carinho e bençãos

Frei Rinaldo, osm
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo