4ª-FEIRA DA 2ª SEMANA - TEMPO COMUM - CALENDÁRIO LITÚRGICO 2021 - ANO B - SÃO MARCOS - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > Liturgia do dia
Liturgia de Hoje

4ª-FEIRA DA 2ª SEMANA - TEMPO COMUM




Tu és sacerdote para semprena ordem de Melquisedec.

Leitura da Carta aos Hebreus 7, 1-3. 15-17

Irmãos:
Melquisedec, rei de Salém, sacerdote de Deus Altíssimo. saiu ao encontro de Abraão, quando esse regressava do combate contra os reis, e o abençoou.
Foi a ele que Abraão entregou o dízimo de tudo. E o seu nome significa, em primeiro lugar, 'Rei de Justiça'; e, depois: 'Rei de Salém', o que quer dizer, 'Rei da Paz'.
Sem pai, sem móe, sem genealogia, sem início de dias, nem fim de vida! É assim que ele se assemelha ao Filho de Deus e permanece sacerdote para sempre.
Isto se torna ainda mais evidente, quando surge um outro sacerdote, semelhante a Melquisedec,
não em virtude de uma prescrição de ordem carnal, mas segunda a força de uma vida imperecível.
Pois diz o testemunho: 'Tu és sacerdote para sempre na ordem de Melquisedec'.
Palavra do Senhor.





R. Tu és eternamente sacerdote segundo a ordem do rei Melquisedec!


Palavra do Senhor ao meu Senhor: /
'Assenta-te ao lado meu direito /
até que eu ponha os inimigos teus /
como escabelo por debaixo de teus pés!'
R.


O Senhor estenderá desde Sião /
vosso cetro de poder, pois Ele diz: /
'Domina com vigor teus inimigos;
R.


tu és príncipe desde o dia em que nasceste; /
na glória e esplendor da santidade, /
como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!'
R.


Jurou o Senhor e manterá sua palavra: /
'Tu és sacerdote eternamente, /
segundo a ordem do rei Melquisedec!'
R.




É permitido no sábado fazer o bem ou fazer o mal?

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 3, 1-6

Naquele tempo:
Jesus entrou de novo na sinagoga. Havia ali um homem com a mão seca.
Alguns o observavam para ver se haveria de curar em dia de sábado, para poderem acusá-lo.
Jesus disse ao homem da mão seca: 'Levanta-te e fica aqui no meio!'
E perguntou-lhes: 'É permitido no sábado fazer o bem ou fazer o mal? Salvar uma vida ou deixá-la morrer?' Mas eles nada disseram.
Jesus, então, olhou ao seu redor, cheio de ira e tristeza, porque eram duros de coração; e disse ao homem: 'Estende a mão. ' Ele a estendeu e a mão ficou curada.
Ao sairem, os fariseus com os partidários de Herodes, imediatamente tramaram, contra Jesus, a maneira como haveriam de matá-lo.
Palavra da Salvação.






SÃO SEBASTIÃO, MÁRTIR - SANTORAL




Eu, presbítero como eles, testemunha dos sofrimentos de Cristo.

Leitura da Primeira Carta de São Pedro 5, 1-4

Caríssimos:
Exorto aos presbíteros que estão entre vós, eu, presbítero como eles, testemunha dos sofrimentos de Cristo e participante da glória que será revelada:
Sede pastores do rebanho de Deus, confiado a vós; cuidai dele, não por coação, mas de coração generoso; não por torpe ganância, mas livremente;
não como dominadores daqueles que vos foram confiados, mas antes, como modelos do rebanho.
Assim, quando aparecer o pastor supremo, recebereis a coroa permanente da glória.
Palavra do Senhor.




R. Eis que venho fazer com prazer a vossa vontade, Senhor!

Esperando, esperei no Senhor, /
e inclinando-se, ouviu meu clamor.
Canto novo ele pôs em meus lábios,
um poema em louvor ao Senho
R.


Sacrifício e oblação não quisestes, /
mas abristes, Senhor, meus ouvidos; /
não pedistes ofertas nem vítimas, /
holocaustos por nossos pecados,
e então eu vos disse: 'Eis que venho!'
R.


Sobre mim está escrito no livro:
'Com prazer faço a vossa vontade, /
guardo em meu coração vossa lei!'
R.


Boas-novas de vossa justiça /
anunciei numa grande assembléia; /
vós sabeis: não fechei os meus lábios!
R.




Apascenta os meus cordeiros. Apascenta as minhas ovelhas.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 21, 15-17

Jesus manifestou-se aos seus discípulos e,
depois de comerem, perguntou a Simão Pedro: 'Simão, filho de João, tu me amas mais do que estes?' Pedro respondeu: 'Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo'. Jesus disse: 'Apascenta os meus cordeiros'.
E disse de novo a Pedro: 'Simão, filho de João, tu me amas?' Pedro disse: 'Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo'. Jesus disse-lhe: 'Apascenta as minhas ovelhas'.
Pela terceira vez, perguntou a Pedro: 'Simão, filho de João, tu me amas?' Pedro ficou triste, porque Jesus perguntou três vezes se ele o amava. Respondeu: 'Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo'. Jesus disse-lhe: 'Apascenta as minhas ovelhas'.
Palavra da Salvação.





FONTE: YOUTUBE
Reflexão - Pe. João Luís Fávero
“De Sião o Senhor estendeu o cetro de seu poder”.
Mc, 3, 1-6

Um ambiente de desconfiança envolve a pessoa Jesus, provocado pela maldade que estava enraizada no coração de algumas pessoas. A sinagoga era o espaço onde se ensina a Lei de Deus e se faziam as orações.

Até aquele momento a comunidade não tinha percebido a presença do homem que sofria com a mão paralisada, figura do povo oprimido.  Jesus interrompe o rito costumeiro na sinagoga, e coloca o homem no centro: “Levante-se e vem para o meio”.

A presença dos inimigos maliciosos, não passa despercebida. Dirige a todos uma pergunta, cuja resposta era óbvia, mas ninguém respondeu: “No sábado, é permitido fazer o bem ou fazer o mal? Salvar uma vida ou deixar ou matar? ” Jesus convida a fazer um discernimento entre o bem e o mal, entre a lei e a vida. Os inimigos se calam.

Depois do olhar de indignação, Jesus convida o homem da mão paralisada para ocupar o lugar no meio. Não é mais um excluído, Ele faz o esforço para integrá-lo na comunidade. E a cura foi realizada! Com poder e uma breve ordem, Jesus devolve a saúde completa ao inválido (povo).

Os fariseus e os de coração endurecidos, ávidos por verem Jesus fazendo alguma coisa errada, retiram-se da sinagoga, sem se converterem e enfurecidos.

Em vez de prestarem honra a Deus, cuidando da vida e da criação, consultam os herodianos (inimigos) para tramarem a morte de Jesus. Por isso Jesus lança sobre eles um olhar de indignação e tristeza, não se alegram com a libertação; ao contrário espalham a morte. Mas nada disso desvia Jesus do caminho traçado pelo Pai, ele cumpre a sua missão até o fim.

Rezemos: Senhor, faça de mim uma pessoa livre, capaz de amar e servir, disposto a fazer o bem e manter a docilidade do coração. Jamais buscar a vingança.

Hoje é Dia de são Sebastião, pecamos sua intercessão pelo fim da pandemia. Ele que livrou tantos das pestes, livre a nós e o nosso povo. Rogai por nós!

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia! Deus abençoe sua vida nesta quarta-feira que começa! Que esta jornada seja abençoada e início de grandes realizações e vitórias! Respire fundo, agradeça pela vida, eleve sua prece a Deus e avante para a luta! Deus está com você!
Santo de hoje: São Sebastião!
Lembrando que hoje às 19h00 vou rezar a Missa em AÇÃO DE GRAÇAS pelo INÍCIO da VACINAÇÃO no BRASIL...A Missa será no meu canal do YouTube. Espero você!

Com Deus conquistaremos a vitória, e Ele nos ajudará diante de nossas dificuldades. (Salmo 108,13)

Deus abençoe sua vida
Com carinho
Frei Rinaldo, osm


Sobre São Sebastião



O santo de hoje nasceu em Narbonne; os pais eram oriundos de Milão, na Itália, do século terceiro. São Sebastião, desde cedo, foi muito generoso e dado ao serviço. Recebeu a graça do santo batismo e zelou por ele em relação à sua vida e à dos irmãos.

Ao entrar para o serviço no Império como soldado, tinha muita saúde no físico, na mente e, principalmente, na alma. Não demorou muito, tornou-se o primeiro capitão da guarda do Império. Esse grande homem de Deus ficou conhecido por muitos cristãos, pois, sem que as autoridades soubessem – nesse tempo, no Império de Diocleciano, a Igreja e os cristãos eram duramente perseguidos –, porque o imperador adorava os deuses. Enquanto os cristãos não adoravam as coisas, mas as três Pessoas da Santíssima Trindade.

Esse mistério o levava a consolar os cristãos que eram presos de maneira secreta, mas muito sábia; uma evangelização eficaz pelo testemunho que não podia ser explícito.

São Sebastião tornou-se defensor da Igreja como soldado, como capitão e também como apóstolo dos confessores, daqueles que eram presos. Também foi apóstolo dos mártires, os que confessavam Jesus em todas as situações, renunciando à própria vida. O coração de São Sebastião tinha esse desejo: tornar-se mártir. E um apóstata denunciou-o para o Império e lá estava ele, diante do imperador, que estava muito decepcionado com ele por se sentir traído. Mas esse santo deixou claro, com muita sabedoria, auxiliado pelo Espírito Santo, que o melhor que ele fazia para o Império era esse serviço; denunciando o paganismo e a injustiça.

São Sebastião, defensor da verdade no amor apaixonado a Deus. O imperador, com o coração fechado, mandou prendê-lo num tronco e muitas flechadas sobre ele foram lançadas até o ponto de pensarem que estava morto. Mas uma mulher, esposa de um mártir, o conhecia, aproximou-se dele e percebeu que ele estava ainda vivo por graça. Ela cuidou das feridas dele. Ao recobrar sua saúde depois de um tempo, apresentou-se novamente para o imperador, pois queria o seu bem e o bem de todo o Império. Evangelizou, testemunhou, mas, dessa vez, no ano de 288 foi duramente martirizado.

São Sebastião, rogai por nós!
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo