2019 - FEVEREIRO - 15 - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

- SOMENTE EVANGELHO, SEM POLÍTICA -
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

Oração

Ó Pai, pela vossa misericórdia, o Beato Cláudio La Colombière anunciou as insondáveis riquezas de Cristo.
Concedei-nos, por sua intercessão, crescer no vosso conhecimento e viver na vossa presença segundo o Evangelho, frutificando em boas obras.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.







6ª-FEIRA DA 5ª SEMANA – TEMPO COMUM

Vós sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal.

Leitura do Livro do Gênesis 3,1-8

1A serpente era o mais astuto de todos os animais dos campos
que o Senhor Deus tinha feito.
Ela disse à mulher:
‘É verdade que Deus vos disse:
‘Não comereis de nenhuma das árvores do jardim?”
2E a mulher respondeu à serpente:
‘Do fruto das árvores do jardim, nós podemos comer.
3Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim,
Deus nos disse:
‘Não comais dele
nem sequer o toqueis,
do contrário, morrereis.”
4A serpente disse à mulher:
‘Não, vós nóo morrereis.
5Mas Deus sabe que no dia em que dele comerdes,
vossos olhos se abrirão
e vós sereis como Deus,
conhecendo o bem e o mal’.
6A mulher viu que seria bom comer da árvore,
pois era atraente para os olhos
e desejável para obter conhecimento.
E colheu um fruto,
comeu e deu também ao marido, que estava com ela,
e ele comeu.
7Então, os olhos dos dois se abriram;
e, vendo que estavam nus,
teceram tangas para si com folhas de figueira.
8Quando ouviram a voz do Senhor Deus,
que passeava pelo jardim à brisa da tarde,
Adão e sua mulher esconderam-se do Senhor Deus
no meio das árvores do jardim.
Palavra do Senhor.


R. Feliz aquele cuja falta é perdoada!

1Feliz o homem que foi perdoado *
e cuja falta já foi encoberta!
2Feliz o homem a quem o Senhor +
não olha mais como sendo culpado, *
e em cuja alma não há falsidade!
R.

5Eu confessei, afinal, meu pecado, *
e minha falta vos fiz conhecer.
Disse:’Eu irei confessar meu pecado!’*
E perdoastes, Senhor, minha falta.
R.

6Todo fiel pode, assim, invocar-vos, *
durante o tempo da angústia e aflição,
porque, ainda que irrompam as águas, *
não poderão atingi-lo jamais.
R.

7Sois para mim proteção e refúgio; *
na minha angústia me haveis de salvar,
e envolvereis a minha alma no gozo *
da salvação que me vem só de vós.
R.

Aos surdos faz ouvir e aos mudos falar.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 7,31-37

Naquele tempo:
31Jesus saiu de novo da região de Tiro,
passou por Sidônia
e continuou até o mar da Galiléia,
atravessando a região da Decápole.
32Trouxeram então um homem surdo,
que falava com dificuldade,
e pediram que Jesus lhe impusesse a mão.
33Jesus afastou-se com o homem, para fora da multidão;
em seguida colocou os dedos nos seus ouvidos,
cuspiu e com a saliva tocou a língua dele.
34Olhando para o céu, suspirou e disse:
‘Efatá!’, que quer dizer:’Abre-te!’
35Imediatamente seus ouvidos se abriram,
sua língua se soltou
e ele começou a falar sem dificuldade.
36Jesus recomendou com insistência
que não contassem a ninguém.
Mas, quanto mais ele recomendava, mais eles divulgavam.
37Muito impressionados, diziam:
‘Ele tem feito bem todas as coisas:
Aos surdos faz ouvir e aos mudos falar’.
Palavra da Salvação.


REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO - CAMPINAS


“Feliz aquele cuja a falta é perdoada!”
Mc 7, 31-37

A constatação – Tudo Ele tem feito bem” – é o selo de qualidade da ação de Jesus. Nada do que Ele fazia ficava incompleto ou era malfeito. Pelo contrário, além de acolher a todos, sem distinção, acudia as suas necessidades, até ver as pessoas livres de seus males e sofrimentos.

O bem realizado por Jesus tinha sempre um caráter libertador. O caso do surdo e mudo serve de ilustração. Ao dizer, “Abre-te”, imediatamente, o doente recupera sua capacidade de ouvir e de falar. Está livre dos impedimentos para uma comunicação, fundamentos da vida em comunhão. Sem diálogo continuado, com as palavras e com a vida, as relações fraternas ficam impossibilitadas.

O discípulo do Reino pauta-se pelo agir de Jesus o Mestre. Seguindo os seus passos, está sempre disponível para fazer o bem, com a mais alta qualidade possível. Nada de ações pela metade, tampouco ações sem poder de libertação.
Quanto mais alguém é cerceado por toda sorte de amarras, que o impedem de estar em comunhão com o próximo, tanto mais será necessária a ação do discípulo para lhe fazer o bem e torna-lo livre e feliz.

Rezemos: Senhor, ensina-nos a fazer o bem com a qualidade que Jesus fazia, no esforço de libertar as pessoas, vítimas do abandono e do egoísmo.

Deus abençoe você e sua família.

REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe você e todos os seus familiares e amigos nesse novo dia que começa! Que esta sexta seja marcada de boas notícias, paz, bençãos, vitórias e de muita Luz de Deus. Viva intensamente cada momento com amor sabendo que tudo, tudo, está nas mãos de Deus que é Pai e nos ama infinitamente. Um abençoada sexta!

"E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus". Rm 8, 28

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
PUBLICIDADE
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo