2019 - JANEIRO - 19 - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

2019 - JANEIRO - 19

MISSAL ROMANO > LITURGIA DO DIA
NOTICIÁRIO DO VATICANO
Liturgia Diária
SÁBADO DA 1ª SEMANA – TEMPO COMUM
COR LITÚRGICA: VERDE


1a Leitura - Hb 4,12-16
Aproximemo-nos com toda a confiança, do trono da graça.

Leitura da Carta aos Hebreus 4,12-16

Irmãos:
12A Palavra de Deus é viva, eficaz e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes. Penetra até dividir alma e espírito, articulações e medulas. Ela julga os pensamentos e as intenções do coração.
13E não há criatura que possa ocultar-se diante dela. Tudo está nu e descoberto aos seus olhos, e é a ela que devemos prestar contas.
14Temos um sumo sacerdote eminente, que entrou no céu, Jesus, o Filho de Deus. Por isso, permaneçamos firmes na fé que professamos.
15Com efeito, temos um sumo sacerdote capaz de se compadecer de nossas fraquezas, pois ele mesmo foi provado em tudo como nós, com exceção do pecado.
16Aproximemo-nos então, com toda a confiança, do trono da graça, para conseguirmos misericórdia e alcançarmos a graça de um auxílio no momento oportuno.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 18,8. 9. 10. 15 (R. Cf.Jo 6,63c)
R. Vossas palavras são espírito, são vida,
tendes palavras, ó Senhor, de vida eterna.

8A lei do Senhor Deus é perfeita,*
conforto para a alma!
O testemunho do Senhor é fiel,*
sabedoria dos humildes.
R.

9Os preceitos do Senhor são precisos,*
alegria ao coração.
O mandamento do Senhor é brilhante,*
para os olhos é uma luz.
R.

10É puro o temor do Senhor,*
imutável para sempre.
Os julgamentos do Senhor são corretos*
e justos igualmente.
R.

15Que vos agrade o cantar dos meus lábios*
e a voz da minha alma;
que ela chegue até vós, ó Senhor,*
meu Rochedo e Redentor!
R.


Evangelho - Mc 2,13-17
Eu não vim para chamar justos, mas sim pecadores.’

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 2,13-17

Naquele tempo:
13 Jesus saiu de novo para a beira do mar. Toda a multidão ia ao seu encontro e Jesus os ensinava.
14 Enquanto passava, Jesus viu Levi, o filho de Alfeu, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe:’Segue-me!’ Levi se levantou e o seguiu.
15 E aconteceu que, estando à mesa na casa de Levi, muitos cobradores de impostos e pecadores também estavam à mesa com Jesus e seus discípulos. Com efeito, eram muitos os que o seguiam.
16 Alguns doutores da Lei, que eram fariseus, viram que Jesus estava comendo com pecadores e cobradores de impostos. Então eles perguntaram aos discípulos: ‘Por que ele come com os cobradores de impostos e pecadores?’
17 Tendo ouvido, Jesus respondeu-lhes: ‘Não são as pessoas sadias que precisam de médico, mas as doentes. Eu não vim para chamar justos, mas sim pecadores.’
Palavra da Salvação.Liturgia Diária


REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO - CAMPINAS


“Vossas palavras são espírito, são vida, tendes palavras, ó Senhor, de vida eterna”.
Mc 2, 13-17

Será sempre um mistério os critérios que Deus utiliza para chamar os seus discípulos. Ele não chama necessariamente, nem os melhores e nem os piores. O Evangelista Marcos, garante que chama os que Ele quer. Porém uma condição aparece entre os vocacionados: a disponibilidade.
Levi, filho de Alfeu, mais conhecido como Mateus. Largou sua lucrativa banca de impostos: “Ele se levantou e o seguiu”. Jesus não chama os santos, mas santifica os chamados; não chama apenas os puros, mas purifica quem aceita o chamado.
Em vez da justiça legalista, Jesus usa a dimensão de sua misericórdia infinita. Só ficam à margem da acolhida misericordiosa do Senhor, os autossuficientes. Eles mesmos se excluem. “Não são os que tem saúde que precisam de médico, e sim os pecadores. Eu não vim chamar os justos, e sim os pecadores”.
Os pecadores sempre tiveram um lugar privilegiado no coração de Jesus. Converte-se, de verdade, quem se sente atraído pela misericórdia do Pai. A partir dessa convivência é que brota a conversão. É uma atitude missionária que busca atrair os pecadores, servindo-se da bondade, e não das inúteis ameaças de castigos e dos moralismos. Nenhuma conversão será verdadeira se for originada no medo.

Rezemos: Senhor, quero sentir a força do seu amor misericordioso em minha vida. E livre, estar juntos aos irmãos para mostrar que somos amados pelo Pai.

Deus abençoe você e sua família.

REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe sua vida nesse sábado que se desponta! Que seu dia seja abençoado e repleto do Espírito Santo! Ande sempre nos caminhos do Senhor! Ele ama o que é justo! Ele é Pai que tudo vê! Agradeça o dom da vida e faça sempre o bem! Que seu dia seja feliz!!!

Porquanto te ordeno, hoje, que ames o Senhor, teu Deus, que andes nos seus caminhos e que guardes os seus mandamentos, e os seus estatutos, e os seus juízos, para que vivas e multipliques as graças e bençãos em sua vida, e o Senhor, teu Deus, te abençoe na terra, a qual passas a possuir.
Deuteronômio 30:16

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
PUBLICIDADE
App Liturgia Católica
Voltar para o conteúdo