2019 - JANEIRO - 20 - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

2019 - JANEIRO - 20

MISSAL ROMANO > LITURGIA DO DIA
Liturgia Diária
2º DOMINGO – TEMPO COMUM
COR LITÚRGICA: VERDE

1a Leitura - Is 62,1-5

A noiva é a alegria do noivo.

Leitura do Livro do Profeta Isaías 62,1-5

1Por amor de Sião não me calarei, por amor de Jerusalém não descansarei, enquanto não surgir nela, como um luzeiro, a justiça e não se acender nela, como uma tocha, a salvação.
2As nações verão a tua justiça, todos os reis verão a tua glória; serás chamada com um nome novo, que a boca do Senhor há de designar.
3E serás uma coroa de glória na mão do Senhor, um diadema real nas mãos de teu Deus.
4Não mais te chamarão Abandonada, e tua terra não mais será chamada Deserta; teu nome será Minha Predileta e tua terra será a Bem-Casada, pois o Senhor agradou-se de ti e tua terra será desposada.
5Assim como o jovem desposa a donzela, assim teus filhos te desposam; e como a noiva é a alegria do noivo, assim também tu és a alegria de teu Deus.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 95,1-2a.2b-3.7-8a.9-10a.c (R. 1a.3b)

R.Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
manifestai os seus prodígios entre os povos!

1Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira!*
2aCantai e bendizei seu santo nome!
R.

2bDia após dia anunciai sua salvação,
3manifestai a sua glória entre as nações,*
e entre os povos do universo seus prodígios!
R.

7A família das nações, dai ao Senhor,*
ó nações, dai ao Senhor poder e glória,*
8dai-lhe a glória que é devida ao seu nome!
Oferecei um sacrifício nos seus átrios.
R.

9Adorai-o no esplendor da santidade, *
terra inteira, estremecei diante dele!
10Publicai entre as nações:’Reina o Senhor!’*
pois os povos ele julga com justiça.
R.


2a Leitura - 1Cor 12,4-11

Estas coisas as realiza um e o mesmo Espírito,
que distribui a cada um conforme seu querer.

Leitura da Primeira carta de São Paulo aos Coríntios 12,4-11

Irmãos:
4Há diversidade de dons, mas um mesmo é o Espírito.
5Há diversidade de ministérios, mas um mesmo é o Senhor.
6Há diferentes atividades, mas um mesmo Deus que realiza todas as coisas em todos.
7A cada um é dada a manifestação do Espírito em vista do bem comum.
8A um é dada pelo Espírito a palavra da sabedoria. A outro, a palavra da ciência segundo o mesmo Espírito.
9A outro, a fé no mesmo Espírito. A outro, o dom de curas no mesmo Espírito.
10A outro, o poder de fazer milagres. A outro, profecia. A outro, discernimento de espíritos. A outro, falar línguas estranhas. A outro, interpretação de línguas.
11Todas estas coisas as realiza um e o mesmo Espírito, que distribui a cada um conforme quer.
Palavra do Senhor.


Evangelho - Jo 2,1-11

Jesus realizou este início dos
sinais em Caná da Galiléia.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 2,1-11

Naquele tempo:
1 Houve um casamento em Caná da Galiléia. A móe de Jesus estava presente.
2 Também Jesus e seus discípulos tinham sido convidados para o casamento.
3 Como o vinho veio a faltar, a mãe de Jesus lhe disse: ‘Eles não têm mais vinho’.
4 Jesus respondeu-lhe: ‘Mulher, por que dizes isto a mim? Minha hora ainda não chegou.’
5 Sua mãe disse aos que estavam servindo: ‘Fazei o que ele vos disser’.
6 Estavam seis talhas de pedra colocadas aí para a purificação que os judeus costumam fazer. Em cada uma delas cabiam mais ou menos cem litros.
7 Jesus disse aos que estavam servindo: ‘Enchei as talhas de água’. Encheram-nas até a boca.
8 Jesus disse: ‘Agora tirai e levai ao mestre-sala’. E eles levaram.
9 O mestre-sala experimentou a água, que se tinha transformado em vinho. Ele não sabia de onde vinha, mas os que estavam servindo sabiam, pois eram eles que tinham tirado a água.
10 O mestre-sala chamou então o noivo e lhe disse: ‘Todo mundo serve primeiro o vinho melhor e, quando os convidados já estão embriagados, serve o vinho menos bom. Mas tu guardaste o vinho melhor até agora!’
11 Este foi o início dos sinais de Jesus. Ele o realizou em Caná da Galiléia e manifestou a sua glória, e seus discípulos creram nele.
Palavra da Salvação.



REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO - CAMPINAS


“Cantai ao Senhor Deus um canto novo, manifestai os seus prodígios entre os povos!”
Jo 2, 1-11

O relato deste Evangelho nos traz a cena de um casamento em Caná da Galileia. É a festa da aliança de Deus com a humanidade. Nesta festa, entre os convidados estavam Jesus, sua Mãe e os discípulos.
Quando o vinho termina, Maria intercede junto ao seu filho Jesus. Ela é uma mulher sensível, atenta, preparada e exercerá a sua missão de intercessora dizendo: “Eles não têm mais vinho”. E Jesus vai realizar o primeiro dos sinais descritos pelo Evangelho de João. Sinais que revelam a gloria de Deus na missão de Jesus.
Só Deus pode realizar os sinais, mas nós podemos ser aqueles servidores que se fazem disponíveis e colocam a simplicidade da água nas talhas. A água simboliza nosso “sim” aos projetos de Deus, nosso compromisso transformado em gestos diários de amor e serviço. As talhas devem ser enchidas até a boca, devemos fazer o nosso trabalho, sempre com muita dedicação.
O milagre realizado em Caná, antecipou a hora de Jesus. A transformação da água em vinho, tornou-se a manifestação da gloria manifestada na cruz, do caminho do bem feito à humanidade, de ter amado a todos até o extremo.
Estamos numa situação de carência. Com a ação de Jesus, acontece a abundância do vinho, símbolo da alegria, de festa e de vida nova. O papel da mãe é importante, percebe a falta do vinho e intercede pelos convidados. E ela continua exercendo seu papel importante; nos alertando a fazer tudo o que o Mestre nos pede: “Façam tudo o que Ele disser”.

Rezemos: Que eu saiba escutar o apelo da Mãe, e aprenda a viver o Evangelho com alegria. Colocando a minha vida a serviço da vida, amando sempre.

Deus abençoe você e sua família.

REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe sua preciosa vida neste domingo, DIA DO SENHOR.
A liturgia vai falar de família com o Evangelho das Bodas de Caná. Jesus transforma a água em vinho e tudo se renova! Que jamais falte o vinho da alegria, do amor, da paz, da sinceridade, da partilha, do perdão...
O milagre só acontece por Jesus age! Ele é o centro! Ele oferece o melhor!
Receba o melhor, partilhe o melhor e siga as orientações de Maria: faça tudo o que ELE disser!
Um dia de bençãos e graças na sua vida!

Salmo 95
Cantai ao Senhor um cântico novo,
cantai ao Senhor, terra inteira,
cantai ao Senhor, bendizei o seu nome.

Deus abençoe sua vida
Com carinho
Frei Rinaldo, osm




Oração

Glorioso mártir São Sebastião, nosso valoroso padroeiro e defensor, vós que derramastes vosso sangue e destes vossa vida em testemunho da fé em Nosso Senhor Jesus Cristo, alcançai-nos do mesmo Senhor, a graça de lutarmos contra a desonestidade, a ganância, a corrupção que geram a violência, e que são os verdadeiros inimigos da justiça, da esperança, da paz e do amor.

Protegei, com a vossa poderosa intercessão, os filhos desta Terra de Santa Cruz. Livrai-nos de toda epidemia corporal, moral e espiritual. Fazei que se convertam aqueles que são instrumentos de infelicidade para os outros. Que o justo persevere na fé e propague o amor de Deus, até o triunfo final.

Glorioso batalhador da fé socorrei-nos em nossas fraquezas e necessidades urgentes. Rogai por nós junto ao trono do Altíssimo. Nós queremos tê-lo sempre como nosso especial advogado e protetor. Prometemos nunca deixar de vos honrar e divulgar a devoção para convosco.

São Sebastião, advogado contra as epidemias, a fome e as guerras, rogai por nós sem cessar. Amém
SÃO SEBASTIÃO
PUBLICIDADE
App Liturgia Católica
Voltar para o conteúdo