2019 - JUNHO - 01 - SÁBADO - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

- SOMENTE EVANGELHO, SEM POLÍTICA -
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
VATICAN NEWS
Pesquisa rápida
Liturgia Diária
São Justino, mártir (Memória)

1ª Leitura - 1Cor 1,18-25
Nós pregamos Cristo crucificado.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 1,18-25

Irmãos:
18 A pregação a respeito da cruz é uma insensatez para os que se perdem, mas para os que se salvam, para nós, ela é poder de Deus.
19 Com efeito, está escrito: "Destruirei a sabedoria dos sábios e frustrarei a perspicácia dos inteligentes".
20 Onde está o sábio? Onde o mestre da Lei? Onde o questionador deste mundo? Acaso Deus não mostrou a insensatez da sabedoria do mundo?
21 De fato, na manifestação da sabedoria de Deus, o mundo não chegou a conhecer Deus por meio da sabedoria; por isso, Deus houve por bem salvar os que crêem por meio da insensatez da pregação.
22 Os judeus pedem sinais milagrosos, os gregos procuram sabedoria;
23 nós, porém, pregamos Cristo crucificado, escândalo para os judeus e insensatez para os pagãos.
24 Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, esse Cristo é poder de Deus e sabedoria de Deus.
25 Pois o que é dito insensatez de Deus é mais sábio do que os homens, e o que é dito fraqueza de Deus é mais forte do que os homens.
Palavra do Senhor.



Salmo - Sl 33(34),2-3.4-5.6-7.8-9 (R. 5b)

R. De todos os temores o Senhor me libertou.

2Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo, *
seu louvor estará sempre em minha boca.
3Minha alma se gloria no Senhor; *
que ouçam os humildes e se alegrem!
R.

4Comigo engrandecei ao Senhor Deus, *
exaltemos todos juntos o seu nome!
5Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, *
e de todos os temores me livrou.
R.

6Contemplai a sua face e alegrai-vos, *
e vosso rosto nóo se cubra de vergonha!
7Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, *
e o Senhor o libertou de toda angústia.
R.

8O anjo do Senhor vem acampar *
ao redor dos que o temem, e os salva.
9Provai e vede quóo suave é o Senhor! *
Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!
R.



Evangelho - Mt 5,13-19
Vós sois a luz do mundo.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 5,13-19

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
13 "Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que salgaremos? Ele não servirá para mais nada, senão para ser jogado fora e ser pisado pelos homens.
14 Vós sois a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte.
15 Ninguém acende uma lâmpada  e a coloca debaixo de uma vasilha, mas sim num candeeiro, onde ela brilha para todos os que estão em casa.
16 Assim também brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras  e louvem o vosso Pai que está nos céus.
17 Não penseis que vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim para abolir, mas para dar-lhes pleno cumprimento.
18 Em verdade, eu vos digo: antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da Lei, sem que tudo se cumpra.
19 Portanto, quem desobedecer a um só destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será considerado o menor no Reino dos Céus. Porém, quem os praticar e ensinar será considerado grande no Reino dos Céus".
Palavra da Salvação.


Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“O Senhor é o grande Rei de toda a terra.
Jo 16, 23-28

A existência de Jesus está centrada no Pai. ele tem consciência de que esta é sua origem e a meta de sua vida. Vem do Pai e ao Pai voltará. Ele é de procedência divina. “Saí do Pai, vim ao mundo e agora retorno ao Pai”.

Foi enviado ao mundo para ser sinal do amor do Pai pela humanidade. Cada ação de Jesus é expressão da bondade divina. Somente os simples e humildes tem a sensibilidade para perceber que Deus os ama em Jesus.

Jesus trouxe a salvação para humanidade e empenhou-se em criar comunhão entre Ele e os discípulos, chamando-os de amigos e revelando tudo oque ouviu do coração do Pai.

Os discípulos, parecem distraídos e nem sempre conseguem assimilar o sentido profundo da mensagem de Jesus. Mesmo assim, Ele não cessa de convidá-los para que entrem na intimidade dele com o Pai.

Os discípulos, estando a serviço do projeto do Pai, serão sempre atendidos em suas necessidades, dando continuidade à obra iniciada pelo Filho. A função intercessora de Jesus, em suma, visa continuar sua obra na história humana.

E, ao serem atendidos, os discípulos se transformam em veículos do amor do Pai pela humanidade. Os pedidos apresentados ao Pai destinam-se a aperfeiçoar o amor no coração dos discípulos, que serão, assim, a ressonância histórica do amor de Deus.

Rezemos: Senhor, intercede por mim, para que eu cresça sempre mais no amor e seja, para todos, sinal do amor do Pai.

Deus abençoe você e sua família.
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua vida, sua casa, sua família, seu trabalho...seus afazeres ... nessa nova jornada de Sábado que começa. Começamos um novo mês, o sexto do ano. O tempo voa depressa! Deus seja louvado em todo tempo e lugar. Bem-vindo Junho, mês do Sagrado Coração de Jesus, de Corpus Christi, das festas juninas, etc. Quero convidar vocÊ a  dar o melhor de si para que todos possam ver em nossas ações  a presença de Deus em cada gesto, em cada ato, em cada palavra. Ame, abrace, perdoe, sorria, cante, exulte, agradeça, ore, reze...isso vem de Deus...

O Senhor protegerá a sua saída e a sua chegada, desde agora e para sempre.
Salmo 121,8

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
Papa Francisco: não deixemos que nos seja roubada a fraternidade

"Peregrinar significa sentir-se chamados e impelidos a caminhar juntos, pedindo ao Senhor a graça de transformar rancores e desconfianças, antigos e atuais, em novas oportunidades de comunhão", disse Francisco na homilia da missa no Santuário de Șumuleu Ciuc, meta histórica de peregrinação para os católicos húngaros que vivem na Romênia e de outros países.

Segundo dia da 30ª viagem apostólica internacional do Papa Francisco à Romênia.

Na manhã deste sábado (01º/06), o Santo Padre deixou a capital Bucareste de avião, em direção ao aeroporto de Bacău. Dali, o Pontífice embarcou num helicóptero rumo à Base Aérea de Miercurea-Ciuc, capital do distrito de Harghita. Trata-se de uma pequena cidade localizada a leste da Transilvânia, entre os grupos montanhosos dos Cárpatos Orientais às margens do Rio Olt, um dos rios mais importantes da Romênia.

A seguir, o Papa foi de carro ao Santuário de Șumuleu Ciuc onde celebrou a Eucaristia. O santuário está circundado pela natureza. É meta histórica de peregrinação para os católicos húngaros que vivem na Romênia e de outros países. A origem do Santuário, que tem o título de “basílica menor”, começa na metade do século XVI e está ligada à fidelidade dos habitantes dessa área ao catolicismo, quando a Transilvânia abraçou a Reforma Protestante. O Santuário atual é em estilo barroco e foi finalizado entre 1802 a 1824. Dentro dele encontra-se a imagem preciosa de Nossa Senhora feita de madeira de tília, realizada entre 1515 e 1520, que sobreviveu ao incêndio de 1661.


Os santuários guardam a memória do povo fiel

“Com alegria e gratidão a Deus, encontro-me hoje com vocês, amados irmãos e irmãs, neste querido santuário mariano, rico de história e fé, tendo vindo aqui, como filhos, para encontrar a nossa Mãe e reconhecer-nos como irmãos”, disse Francisco no início de sua homilia na missa celebrada no Santuário de Șumuleu Ciuc que contou com a participação de cerca de 80 a 100 mil pessoas. Participaram também a primeira-ministra romena, Viorica Dăncilă, e como simples peregrino, o presidente da Hungria, János Áder.

“Os santuários, lugares quase «sacramentais» duma Igreja-hospital-de-campo, guardam a memória do povo fiel, que, no meio de suas tribulações não se cansa de procurar a fonte de água viva onde avivar a esperança. São lugares de festa e celebração, de lágrimas e súplicas. Vimos aos pés da Mãe, sem muitas palavras, a fim de nos deixarmos olhar por Ela e para que, com o seu olhar, nos conduza Àquele que é «o Caminho, a Verdade e a Vida».”

“Não o fazemos de qualquer modo; somos peregrinos”, frisou o Papa, ressaltando que os fiéis vão em peregrinação todos os anos, “no sábado de Pentecostes”, para honrar o voto que fizeram os seus “antepassados e fortalecer a fé em Deus e a devoção a Nossa Senhora”, representada na estátua de madeira de tília.


Peregrinar significa sentir-se impelidos a caminhar juntos

“Esta peregrinação anual pertence à herança da Transilvânia, mas honra conjuntamente as tradições religiosas romena e húngara; e participam nela também os fiéis de outras confissões, sendo um símbolo de diálogo, unidade e fraternidade; um apelo a recuperar os testemunhos de fé que se tornou vida e de vida que se tornou esperança. Peregrinar é saber que vimos como povo à nossa casa. Um povo, cuja riqueza são os seus mil rostos, culturas, línguas e tradições; o santo Povo fiel de Deus que, com Maria, caminha peregrino cantando a misericórdia do Senhor.”

Francisco ressaltou que “se, em Caná da Galileia, Maria intercedeu junto de Jesus para que realizasse o primeiro milagre, em cada santuário, vela e intercede não só diante do seu Filho, mas também diante de cada um de nós, para não deixarmos que nos seja roubada a fraternidade pelas vozes e as feridas que alimentam a divisão e a fragmentação”.

“As complexas e tristes vicissitudes do passado não devem ser esquecidas nem negadas, mas também não podem constituir um obstáculo ou um argumento para impedir a desejada convivência fraterna. Peregrinar significa sentir-se chamados e impelidos a caminhar juntos, pedindo ao Senhor a graça de transformar rancores e desconfianças, antigos e atuais, em novas oportunidades de comunhão; significa desligar-se das nossas seguranças e comodidades e partir à procura duma nova terra que o Senhor nos quer dar”.


Compromisso de lutar

O Papa disse ainda que “peregrinar é um desafio a descobrir e transmitir o espírito de viver juntos, de não ter medo de se misturar, de nos encontrarmos e ajudarmos. Peregrinar significa participar daquela maré um pouco caótica que pode se transformar numa verdadeira experiência de fraternidade, caravana sempre solidária para construir a história”.

“Peregrinar é ver não tanto aquilo que poderia ter sido (e não foi), como sobretudo aquilo que nos espera e não podemos adiar mais. Significa crer no Senhor que vem e está no meio de nós promovendo e estimulando a solidariedade, a fraternidade, o desejo de bem, verdade e justiça. É o compromisso de lutar para que, quantos ontem tinham ficado para trás, se tornem os protagonistas do amanhã, e os protagonistas de hoje não sejam deixados para trás amanhã. E isto requer o trabalho artesanal de tecer juntos o futuro. Eis o motivo por que estamos aqui! Para dizer juntos: Mãe, nos ensina a esboçar o futuro.”


Voltar o olhar para Maria

Francisco sublinhou que “peregrinar a este santuário nos faz voltar o olhar para Maria e para o mistério da sua eleição por Deus. Ela, uma jovem de Nazaré, pequena localidade da Galileia, na periferia do Império Romano e também na periferia de Israel, com o seu «sim», foi capaz de dar início à revolução da ternura. O mistério da sua eleição por parte de Deus, que pousa os seus olhos sobre o fraco para confundir os fortes, nos impele e nos encoraja também a dizer «sim», como Ela, para percorrer as sendas da reconciliação.”

“A quem arrisca, o Senhor não decepciona. Caminhemos, e caminhemos juntos, deixando que o Evangelho seja o fermento capaz de impregnar tudo e dar aos nossos povos a alegria da salvação”, concluiu o Papa.


Mariangela Jaguraba - Cidade do Vaticano
Fonte: site Vatican News


ORAÇÃO
"Tu pensas que foi por acaso a vinda do Padre Di Francia, que manifesta tanto interesse e que tomou a peito a publicação daquilo que diz respeito à Minha Vontade? Não, não; fui Eu que dispus que fosse assim; é um ato providencial da Suprema Vontade que quer que seja ele o primeiro apóstolo e mensageiro do Fiat Divino." - Santo Aníbal, rogai por nós!







FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo