2019 - MARÇO - 23 - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

2019 - MARÇO - 23

MISSAL ROMANO > LITURGIA DO DIA
PROPÓSITO QUARESMAL
SÁBADO, 23 DE MARÇO DE 2019 - 18º DIA
"Farei uma visita ao Santíssimo Sacramento e a oferecerei pelos excluídos e marginalizados"
VATICAN NEWS - ESPAÑOL
NOTICIÁRIO DO VATICANO







SÁBADO DA 2ª SEMANA – QUARESMA

Lançará ao fundo do mar todos os nossos pecados.

Leitura da Profecia de Miquéias 7,14-15.18-20

14Apascenta o teu povo com o cajado da autoridade,
o rebanho de tua propriedade,
os habitantes dispersos pela mata
e pelos campos cultivados;
15E, como foi nos dias
em que nos fizeste sair do Egito,
faze-nos ver novos prodígios.
18Qual Deus existe, como tu,
que apagas a iniqüidade
e esqueces o pecado
daqueles que são resto de tua propriedade?
– Ele não guarda rancor para sempre,
o que ama é a misericórdia.
19Voltará a compadecer-se de nós,
esquecerá nossas iniqüidades
e lançará ao fundo do mar
todos os nossos pecados.
20Tu manterás fidelidade a Jacó
e terás compaixão de Abraão,
como juraste a nossos pais,
desde tempos remotos.
Palavra do Senhor.

R. O Senhor é indulgente e favorável.

1Bendize, ó minha alma, ao Senhor, *
e todo o meu ser, seu santo nome!
2Bendize, ó minha alma, ao Senhor, *
não te esqueças de nenhum de seus favores!
R.

3Pois ele te perdoa toda culpa, *
e cura toda a tua enfermidade;
4da sepultura ele salva a tua vida *
e te cerca de carinho e compaixão;
R.

9Não fica sempre repetindo as suas queixas, *
nem guarda eternamente o seu rancor.
10Não nos trata como exigem nossas faltas, *
nem nos pune em proporção às nossas culpas.
R.

11Quanto os céus por sobre a terra se elevam, *
tanto é grande o seu amor aos que o temem;
12quanto dista o nascente do poente, *
tanto afasta para longe nossos crimes.
R.

Este teu irmóo estava morto e tornou a viver.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 15,1-3.11-32

Naquele tempo:
1Os publicanos e pecadores
aproximavam-se de Jesus para o escutar.
2Os fariseus, porém, e os
mestres da Lei criticavam Jesus.
‘Este homem acolhe os pecadores
e faz refeição com eles.’
3Então Jesus contou-lhes esta parábola:
11‘Um homem tinha dois filhos.
12O filho mais novo disse ao pai:
‘Pai, dá-me a parte da herança que me cabe’.
E o pai dividiu os bens entre eles.
13Poucos dias depois, o filho mais novo
juntou o que era seu
e partiu para um lugar distante.
E ali esbanjou tudo numa vida desenfreada.
14Quando tinha gasto tudo o que possuía,
houve uma grande fome naquela região,
e ele começou a passar necessidade.
15Então foi pedir trabalho a um homem do lugar,
que o mandou para seu campo cuidar dos porcos.
16O rapaz queria matar a fome
com a comida que os porcos comiam,
mas nem isto lhe davam.
17Então caiu em si e disse:
‘Quantos empregados do meu pai têm pão com fartura,
e eu aqui, morrendo de fome.
18Vou-me embora, vou voltar para meu pai e dizer-lhe:
`Pai, pequei contra Deus e contra ti;
19já não mereço ser chamado teu filho.
Trata-me como a um dos teus empregados’.
20Então ele partiu e voltou para seu pai.
Quando ainda estava longe, seu pai o avistou
e sentiu compaixão.
Correu-lhe ao encontro, abraçou-o,
e cobriu-o de beijos.
21O filho, então, lhe disse:
‘Pai, pequei contra Deus e contra ti.
Já não mereço ser chamado teu filho’.
22Mas o pai disse aos empregados:
`Trazei depressa a melhor túnica para vestir meu filho.
E colocai um anel no seu dedo e sandálias nos pés.
23Trazei um novilho gordo e matai-o.
Vamos fazer um banquete.
24Porque este meu filho estava morto e tornou a viver;
estava perdido e foi encontrado’.
E começaram a festa.
25O filho mais velho estava no campo.
Ao voltar, já perto de casa,
ouviu música e barulho de dança.
26Então chamou um dos criados
e perguntou o que estava acontecendo.
27O criado respondeu:
`É teu irmão que voltou.
Teu pai matou o novilho gordo,
porque o recuperou com saúde’.
28Mas ele ficou com raiva e não queria entrar.
O pai, saindo, insistia com ele.
29Ele, porém, respondeu ao pai:
`Eu trabalho para ti há tantos anos,
jamais desobedeci a qualquer ordem tua.
E tu nunca me deste um cabrito
para eu festejar com meus amigos.
30Quando chegou esse teu filho,
que esbanjou teus bens com prostitutas,
matas para ele o novilho cevado’.
31Então o pai lhe disse:
`Filho, tu estás sempre comigo,
e tudo o que é meu é teu.
32Mas era preciso festejar e alegrar-nos,
porque este teu irmão estava morto e tornou a viver;
estava perdido, e foi encontrado’.’
Palavra da Salvação.




SÃO TURÍBIO DE MOGROVEJO, BISPO


REFLEXÃO - MARIA NAZARÉ LINS BARBOSA


18º dia

“Eu vos chamo, meu Deus, porque me atendeis; inclinai vosso ouvido e escutai-me; à sombra das vossas asas abrigai-me”(Sl 16,6.8).

Jesus nos ensinou a orar com simplicidade, confiando em Deus nosso Pai: “Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai em segredo; e teu Pai, que vê num lugar oculto, recompensar-te-á... Não multipliqueis as palavras; vosso Pai sabe o que vos é necessário...” (Mt 6, 6).

Senhor, confesso que às vezes minha fé vacila: parece que falo sozinho, parece que Deus não se importa, e vem a tentação de desistir.

Mas sei, meu Deus, que além de Pai amoroso, você é Onipotente. Quero rezar com fé.

Oração: (Fazendo o sinal da Cruz na testa, nos lábios e no peito, dizer: Pelo sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus Nosso Senhor de nossos inimigos. Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Meu Senhor e meu Deus! Creio firmemente que estás aqui, que me vês, que me ouves. Te adoro com profunda reverência (adorar). Peço-Te perdão dos meus pecados (dizer se algo nos pesa). E te peço a graça para fazer com fruto esse momento de oração (pedir). E quero te pedir também algumas graças para o dia de hoje (dizer). “De mim lembrai-vos, porque sois mise- ricórdia e sois bondade sem limites, ó Senhor!” (Sl 24). Amém.



REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO - CAMPINAS


“O Senhor é indulgente e favorável!”
Lc 15, 1-3. 11-32

A Parábola do filho pródigo, apresenta-se melhor como a Parábola do Pai Misericordioso. É a parábola que lembra para todos nós que aconteça o que acontecer, sempre podemos voltar, dizendo: “Vou me levantar, irei ao meu pai e lhe direi: Pai pequei contra o céu e contra o senhor...”.

Cobradores de impostos e pecadores chegam perto de Jesus para ouvi-lo, ao passo que os fariseus e os doutores da Lei censuravam, criticavam o Mestre. Jesus aproveita a situação para contar essa parábola tão preciosa.

Ficamos admirados com as atitudes do pai: ele não perde tempo censurando a vida extravagante do filho, mas o recebe de volta, cercando-o de carinho e dignidade. O abraço, o beijo, o revestimento... Assim age o Pai de infinita misericórdia.

Ele perdoa os dois filhos. O mais novo desprezou o pai e a tradição familiar. O mais velho com o perfil “certinho” foi incapaz de entender a misericórdia do Pai; foi egoísta e mesquinho. Manda preparar uma festa. Sem queixas e nem perguntas embaraçosas.

Todos nós, em diferentes momentos, podemos assumir o gesto irresponsável do filho mais novo, ou o legalismo estéril e a frieza do coração do mais velho. E diante destes acontecimentos, Ele nos espera de braços abertos para um momento sublime, onde refazemos a nossa vida, a Confissão.

A partir do coração arrependido, Ele nos envolverá num abraço amoroso e misericordioso, dando-nos o perdão e a possibilidade de um novo recomeço. Obrigado, Senhor, porque a porta de sua casa está sempre aberta.

Rezemos: Senhor, eu sou pecador, ofendi e machuquei o Teu coração. eu não quero mais pecar. Senhor, que a tua graça me leve para junto de Ti, quero sentir a alegria do teu abraço amoroso e misericordioso, e aprender a amar e fazer o bem.

Deus abençoe você e sua família.

REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe você nesse novo dia que está começando. Chegamos a mais um final de semana.  Que seu sábado seja muito abençoado e repleto de grandes alegrias. Deus está com você para acompanhar cada passo que você der hoje. Uma excelente preparação para o seu final de semana.

CONSAGRANDO ESTE DIA DE SÁBADO
Amado Deus, Pai todo poderoso, abençoe nosso dia que esta raiando, abre as comportas do céu e derrama bençãos sobre nossos lares, familiares e amigos. Que o dia de hoje seja poderosamente abençoado, rico da sua presença, do seu espirito, do seu amor e da sua paz. Que seja próspero e frutifero que reine apenas coisas boas, que nossos caminhos sejam leves, que nossas palavras seja carregadas de carinho e amor ao próximo, que não nos falte forças e fé para enfrentarmos qualquer dificuldade e que ao findar do dia, nosso coração transborde de alegria por ter vencido mais um dia, é o que te pedimos em nome de Jesus Cristo, amém!

MEDITANDO E SE ALIMENTANDO DA PALAVRA DE DEUS
Isaías 41, 8-14
Tu és o meu servo, a ti escolhi e nunca te rejeitei.
Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.
Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão.
Buscá-los-ás, porém não os acharás; os que pelejarem contigo, tornar-se-ão em nada, e como coisa que não é nada, os que guerrearem contigo.
Porque eu, o Senhor teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo.
Não temas, tu meu amado filho,  eu te ajudo, diz o Senhor, e o teu redentor é o Santo de Israel.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm







Oração

Ó Deus, que aos vossos pastores associastes São Turíbio de Mogrovejo, animado de ardente caridade e da fé que vence o mundo, daí-nos, por sua intercessão, perseverar na caridade e na fé, para participarmos de sua glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.







FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

PUBLICIDADE
Voltar para o conteúdo