2019 - MARÇO - 28 - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"extra Ecclesiam nulla salus"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
PROPÓSITO QUARESMAL
QUINTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2019 - 23º DIA
"Farei uma visita Eucarístia e a oferecerei pelas almas do Purgatório"
VATICAN NEWS - ESPAÑOL
NOTICIÁRIO DO VATICANO







5ª-FEIRA DA 3ª SEMANA – QUARESMA

Esta é a nação que não escutou a voz do Senhor, seu Deus.

Leitura do Livro do Profeta Jeremias 7,23-28

Assim fala o Senhor:
23Dei esta ordem ao povo dizendo:
Ouvi a minha voz, assim serei o vosso Deus,
e vós sereis o meu povo;
e segui adiante
por todo o caminho que eu vos indicar
para serdes felizes.
24Mas eles não ouviram e não prestaram atenção;
ao contrário, seguindo as más inclinações do coração,
andaram para trás e não para a frente,
25desde o dia em que seus pais saíram do Egito
até ao dia de hoje.
A todos enviei meus servos, os profetas,
e enviei-os cada dia, começando bem cedo;
26mas não ouviram e não prestaram atenção;
ao contrário, obstinaram-se no erro,
procedendo ainda pior que seus pais.
27Se falares todas essas coisas,
eles não te escutarão,
e, se os chamares, não te darão resposta.
28Dirás, então:
Esta é a nação que não escutou
a voz do Senhor, seu Deus, e não aceitou correção.
Sua fé morreu, foi arrancada de sua boca.’
Palavra do Senhor.


R. Oxalá ouvísseis hoje a voz do Senhor:
Não fecheis os vossos corações.

1Vinde, exultemos de alegria no Senhor,*
aclamemos o Rochedo que nos salva!
2Ao seu encontro caminhemos com louvores,*
e com cantos de alegria o celebremos!
R.

6Vinde adoremos e prostremo-nos por terra,*
e ajoelhemos ante o Deus que nos criou!
7Porque ele é o nosso Deus, nosso Pastor,
e nós somos o seu povo e seu rebanho,*
as ovelhas que conduz com sua mão.
R.

8Oxalá ouvísseis hoje a sua voz:*
‘Não fecheis os corações como em Meriba,
9como em Massa, no deserto, aquele dia,
em que outrora vossos pais me provocaram,*
apesar de terem visto as minhas obras’.
R.

Quem não está comigo, está contra mim.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11,14-23

Naquele tempo:
14Jesus estava expulsando um demônio que era mudo.
Quando o demônio saiu, o mudo começou a falar,
e as multidões ficaram admiradas.
15Mas alguns disseram:
‘É por Belzebu, o príncipe dos demônios,
que ele expulsa os demônios.’
16Outros, para tentar Jesus, pediam-lhe um sinal do céu.
17Mas, conhecendo seus pensamentos, Jesus disse-lhes:
‘Todo reino dividido contra si mesmo será destruído;
e cairá uma casa por cima da outra.
18Ora, se até Satanás está dividido contra si mesmo,
como poderá sobreviver o seu reino?
Vós dizeis que é por Belzebu que eu expulso os demônios.
19Se é por meio de Belzebu que eu expulso demônios,
vossos filhos os expulsam por meio de quem?
Por isso, eles mesmos seróo vossos juízes.
20Mas, se é pelo dedo de Deus que eu expulso os demônios,
então chegou para vós o Reino de Deus.
21Quando um homem forte e bem armado
guarda a própria casa,
seus bens estão seguros.
22Mas, quando chega um homem mais forte do que ele,
vence-o, arranca-lhe a armadura na qual ele confiava,
e reparte o que roubou.
23Quem não está comigo, está contra mim.
E quem não recolhe comigo, dispersa.
Palavra da Salvação.



REFLEXÃO - MARIA NAZARÉ LINS BARBOSA


23º dia

“De manhã vem saudar-nos a alegria” (Sl 29).

Avança a Quaresma. Recordo-me, Senhor, da exortação dos primeiros dias: “Quando jejuares, perfuma a tua cabeça e lava o teu rosto. Assim, não parecerá aos homens que jejuas” (Mt 6, 17).

Hoje te peço, Senhor, a graça de saber cultivar o bom humor.

Afasta de mim, Senhor, a tendência a dramatizar, a carregar as tintas, a dar excessiva importância aos meus pequenos contratempos, incômodos ou dores de cabeça.

Vem à mente a “oração do bom humor” composta por São Tomás More (1478-1535). Este grande homem,  diplomata e humanista, enfrentou grandes contradições a ponto de chegar ao martírio, mas manteve a serenidade e o bom humor. Na prisão compôs esta bela oração, que pode nos ajudar no dia de hoje.

Oração: “Senhor, dai-me uma boa digestão, mas também algo para digerir. Dai-me a saúde do corpo, mas também o bom humor, necessário para mantê-la. Dai-me, Senhor, uma alma simples, que saiba aproveitar tudo o que é bom, que não se assuste quando o mal chegar e que encontre a maneira certa de colocar as coisas no seu lugar. Dai-me uma alma que não conheça o tédio, os res- mungos, suspiros e lamentos. Dai-me, Senhor, senso de humor!” Que cercado de vosso amor e de vossa graça eu enfrente com serenidade os desafios da semana que começa. Amém.



REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO - CAMPINAS


“Oxalá ouvísseis hoje a voz do Senhor: Não fecheis os vossos corações.”
Lc 11, 14-23

Os inimigos de Jesus insistem em interpretar, com maldade, suas ações. Não reconhecem a ação de Deus em suas ações e acabam caindo na mais ridícula contradição. Atribuem ao poder do maligno as boas obras que Jesus realiza diante deles.

Na verdade, estão completamente dominados pelo espírito do mal; escolhem o mundo da injustiça que Jesus veio combater. Insistem na falsa leitura da vida de Jesus, a ponto de pedirem a sua morte. Porém, a convicção de Jesus permaneceu inabalada, por ter consciência de fazer a vontade do Pai.

Jesus deixa bem claro que Ele expulsa o mal pelo poder do sumo Bem, o próprio Deus. E o grande sinal é que o Reino de Deus já chegou. O “homem forte” chega e derrota o inimigo.

Entrar na lógica do Reino é assumir a posição de discípulo, aprender com Jesus. É significativo que nas expulsões do maligno (diabo), as pessoas recuperam a qualidade de vida. A cegueira, a mudez, a paralisia, a lepra são sinais e subprodutos do pecado. O Reino é vida, alegria, luz profecia e amor.

O maligno (diabo) é aquele que divide, que cria intrigas, que estabelece trevas. Portanto a ação de Jesus são sinais do senhorio de Deus e não do maligno. As interpretações distorcidas eram sem fundamentos.

É sensato ficar com Jesus, com Ele podemos ter uma vida fecunda. Sem Ele perde-se tempo e pode-se cair no engano da ver a maldade ate numa ação boa, praticada de coração sincero.  

Rezemos: Senhor, quero sempre fazer a tua vontade, mesmo diante das investidas dos inimigos, dos maldosos. Que eu seja perseverante no bem.

Deus abençoe você e sua família.

REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


A oração  não tem outra finalidade senão tirar do caminho da morte as almas dos defuntos, robustecer os fracos, curar os enfermos, libertar os possessos, abrir as portas das prisões, romper os grilhões dos inocentes. Ela perdoa os pecados, afasta as tentações, faz cessar as perseguições, reconforta os de ânimo abatido, enche de alegria os generosos, conduz os peregrinos, acalma as tempestades, detém os ladrões, dá alimento aos pobres, ensina os ricos, levanta os que caíram, sustenta os que vacilam, confirma os que estão de pé.
(Tertuliano, Século III)


Bom dia. Um novo dia que começa! Viva a vida! É dom, é graça, é dádiva...presente de Deus. Seja grato à vida! Seja grato a Deus! Que sua quinta seja feliz e abençoada. Faça somente o bem! Escute mais. Fale o necessário, quando necessário! A Palavra tem força! Pode construir ou destruir! Seja moderado no uso dos comentários! Se for para construir...faça! Se não, guarde silêncio! Seja afetuoso e gentil! Não custa e gera paz e harmonia! Que seu dia seja pleno!!!

Deposite no Senhor toda a vossa preocupação, porque Ele toma conta de vós. (1 Pedro 5,7)

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

PUBLICIDADE
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo