São Mateus, Apóstolo e Evangelista . Festa - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Liturgia Diária



SÃO MATEUS, APÓSTOLO E EVANGELISTA





1a Leitura - Ef 4,1-7.11-13



Foi Cristo quem instituiu alguns como apóstolos, outros como evangelistas.



Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios 4, 1-7. 11-13
Irmãos:
1 Eu, prisioneiro no Senhor, vos exorto a caminhardes de acordo com a vocação que recebestes:
2 Com toda a humildade e mansidão, suportai-vos uns aos outros com paciência, no amor.
3 Aplicai-vos a guardar a unidade do espírito pelo vínculo da paz.
4 Há um só Corpo e um só Espírito, como também é uma só a esperança à qual fostes chamados.
5 Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo, 6um só Deus e Pai de todos, que reina sobre todos, age por meio de todos e permanece em todos.
7 Cada um de nós recebeu a graça na medida em que Cristo lha deu.
11 E foi ele quem instituiu alguns como apóstolos, outros como profetas, outros ainda como evangelistas, outros, enfim, como pastores e mestres.
12 Assim, ele capacitou os santos para o ministério, para edificar o corpo de Cristo,
13 até que cheguemos todos juntos à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, ao estado do homem perfeito e à estatura de Cristo em sua plenitude.
Palavra do Senhor.





Salmo - Sl 18(19A),2-3.4-5 (R. 5a)


R.Seu som ressoa e se espalha em toda a terra.


2 Os céus proclamam a glória do Senhor, /
e o firmamento, a obra de suas mãos;
3 o dia ao dia transmite esta mensagem, /
a noite à noite publica esta notícia.
R.



4 Não são discursos nem frases ou palavras, /
nem são vozes que possam ser ouvidas;
5 seu som ressoa e se espalha em toda a terra, /
chega aos confins do universo a sua voz.
R.





Evangelho - Mt 9,9-13



Não vim para chamar os justos mas os pecadores.



+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 9, 9-13
Naquele tempo:
9 Partindo dali, Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: 'Segue-me!' Ele se levantou e seguiu a Jesus.
10 Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus, vieram muitos cobradores de impostos e pecadores e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos.
11 Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos discípulos: 'Por que vosso mestre come com os cobradores de impostos e pecadores?'
12 Jesus ouviu a pergunta e respondeu: 'Aqueles que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes.
13 Aprendei, pois, o que significa: `Quero misericórdia e não sacrifício'. De fato, eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores'.
Palavra da Salvação.





Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“Por toda a terra difundiu-se a sua voz”.
Mt 9, 9-13

FESTA DE SÃO MATEUS - APÓSTOLO

No tempo de Jesus, a postura preconceituosa de certa ala do farisaísmo era bem conhecida. Julgando-se melhores que todo mundo por observarem, escrupulosamente, a Lei mosaica, sentiam-se no direito de desprezar quem não agia assim. Olhavam com desprezo para os pecadores e todos os que eram incapazes de praticar a Lei de modo "tão perfeito" como eles.

Por outro lado, por serem contrários aos romanos, recusavam-se a conviver com os colaboradores do poder opressor. Nesta categoria, incluíam-se os cobradores de impostos. Isto explica por que se admiraram ao ver Jesus sentado à mesa com eles e com os pecadores. O gesto de Jesus parecia-lhes digno de censura.

Entretanto, o modo de proceder do Mestre ia na direção contrária. Sabendo-se revestido da missão de libertar o povo do seu pecado, buscava a companhia e a amizade dos que mais necessitavam da misericórdia divina. Longe de desprezá-los e marginalizá-los, sempre tinha para com eles gestos benevolentes de acolhida.

Um provérbio popular bem conhecido ajudava-o a compreender sua missão. Afinal, ao médico interessa quem está doente e carece de ajuda, e não quem está sadio e em boa forma. Sendo ele o médico enviado por Deus para curar o pecado da humanidade, urgia colocar-se junto às vítimas do pecado. É o que fazia, sem se importar com os preconceitos dos fariseus.

Mateus escreve o Evangelho em aramaico e depois em grego como temos hoje, sofreu influência de Marcos e Lucas, mas conservou sua fisionomia própria. É o Evangelho do Reino dos Céus, do cumprimento em Cristo da Antiga Aliança; e Evangelho da Sermão da Montanha e da Igreja.

Rezemos: Senhor, liberta-me de toda espécie de preconceitos que contaminam o meu coração e me dê o amor e a compaixão.

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua vida nessa nova jornada que começa. Que seja uma segunda-feira especial, repleta de muitas bençãos e boas notícias durante todo o seu dia. Hoje, também, recordamos um grande evangelista: São Mateus. Um dos 4 evangelistas que nos deixaram verdadeiros tesouros sobre a vida e obra de Jesus. Abaixo deixo uma pequena biografia de São Mateus. Uma das grandes maravilhas que nos deixou São Mateus foi o de nos apresentar Jesus como o EMANUEL, o Deus conosco. E verdadeiramente Deus sempre está conosco e estará com você em sua jornada de hoje.

O Senhor é o meu pastor; de nada terei falta.
Salmos 23,1


Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm


Biografia de São Mateus: São Mateus foi um dos doze apóstolos de Cristo. É o autor do primeiro dos três evangelhos sinóticos, os outros dois são de Marcos e Lucas. No Evangelho, Mateus apresenta Jesus com o título de Emanuel, que significa “Deus está conosco”.
Mateus, também chamado de Levi é filho de Alfeu conforme os Evangelhos de Marcos e Lucas (Marcos 2,14) (Lucas 5, 27). Antes de ser chamado para seguir Jesus, Mateus era um coletor de impostos do povo hebreu, durante a dominação romana, por ordem de Herodes Antipa. Ele estava alocado em Cafarnaum, uma cidade marítima no mar da Galileia, na Palestina.

Seu primeiro contato com Jesus se deu enquanto estava trabalhando: “saindo daí, Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coleteria de impostos, e lhe disse”: “siga-me!” Ele se levantou e seguiu Jesus (Mateus 9, 9). “Depois, Mateus preparou, em sua casa, um grande banquete para Jesus”. “Estava aí uma numerosa multidão de cobradores de impostos e outras pessoas, sentadas à mesa com eles.” (Lucas 5, 27-28-29).  

O nome de Mateus aparece sempre na relação dos 12 primeiros apóstolos de Cristo, geralmente ao lado de São Tomé. Entre as citações consta uma ordem de Jesus: “Os onze discípulos foram para a Galileia, ao monte que Jesus lhes tinha indicado. Quando viram Jesus, ajoelharam-se diante dele. Ainda assim, alguns duvidaram”. Então, Jesus se aproximou e falou: “Toda a autoridade foi dada a mim no céu e sobre a terra”. “Portanto, vão e façam com que todos os povos se tornem meus discípulos, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-os a observar tudo o que ordenei a vocês”. “Eis que eu estarei com vocês todos os dias, até o fim do mundo”. (Mateus 28, 16-17-18-19-20).

Apóstolo e Evangelista, segundo a tradição, Mateus pregou pela Judeia, Etiópia e Pérsia. Fora do Evangelho, segundo Eusébio de Cesareia, em sua História da Igreja, a única referência a seu respeito é uma citação do bispo Papias de Hierápolis, do século II.

Da sua atividade após o Pentecostes, se conhece somente as páginas do seu Evangelho, primitivamente redigido em aramaico. Denominado de “Primeiro Evangelho”, logo no início, Mateus apresenta Jesus como o Mestre que veio realizar a justiça. Mateus relata a morte e a ressurreição de Jesus. Seu evangelho é organizado em “cinco livrinhos”, cada um contendo uma parte narrativa seguida de um discurso, que reúne e explica o que está contido nas narrativas.

São Mateus morreu na Etiópia, apedrejado, queimado e decapitado. Suas relíquias teriam sido transportadas para Paestum. Depois, essas relíquias foram levadas para a cidade italiana de Salerno, onde até hoje se encontram e são consideradas pelos mais crentes como verdadeiramente do santo. A Igreja Romana celebra sua festa em 21 de setembro, e a grega em 16 de novembro. Seu símbolo como Evangelista é um anjo.
FEVEREIRO
D
S
T
Q
Q
S
S






1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo