4ª-feira da 16ª Semana Do Tempo Comum - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Liturgia Diária
4ª-FEIRA DA 16ª SEMANA - TEMPO COMUM





1a Leitura - Jr 1,1.4-10

'Eu te fiz profeta das nações'.


Início do Livro do Profeta Jeremias 1, 1. 4-10
1 Palavras de Jeremias, filho de Helcias, um dos sacerdotes de Anatot, da tribo de Benjamim.
4 Foi-me dirigida a palavra do Senhor, dizendo:
5 'Antes de formar-te no ventre materno, eu te conheci; antes de saíres do seio de tua mãe, eu te consagrei e te fiz profeta das nações'.
6 Disse eu: 'Ah! Senhor Deus, eu não sei falar, sou muito novo'.
7 Disse-me o Senhor: 'Não digas que és muito novo; a todos a quem eu te enviar, irás, e tudo que eu te mandar dizer, dirás.
8 Não tenhas medo deles, pois estou contigo para defender-te', diz o Senhor.
9 O Senhor estendeu a mão, tocou-me a boca e disse-me: 'Eis que ponho minhas palavras em tua boca.
10 Eu te constituí hoje sobre povos e reinos com poder para extirpar e destruir, devastar e derrubar, construir e plantar'.
Palavra do Senhor.





Salmo - Sl 70, 1-2. 3-4a. 5-6ab. 15.17 (R.15)

R. Minha boca anunciará vossa justiça.


1 Eu procuro meu refúgio em vós, Senhor: /
que eu não seja envergonhado para sempre!
2 Porque sois justo, defendei-me e libertai-me! /
Escutai a minha voz, vinde salvar-me!
R.

3 Sede uma rocha protetora para mim, /
um abrigo bem seguro que me salve! /
Porque sois a minha força e meu amparo, /
o meu refúgio, proteção e segurança!
4a Libertai-me, ó meu Deus, das mãos do ímpio.
R.
 
5 Porque sois, ó Senhor Deus, minha esperança, /
em vós confio desde a minha juventude!
6a Sois meu apoio desde antes que eu nascesse,
6b desde o seio maternal, o meu amparo.
R.
 
15 Minha boca anunciará todos os dias /
vossa justiça e vossas graças incontáveis.
17 Vós me ensinastes desde a minha juventude, /
e até hoje canto as vossas maravilhas.
R.





Evangelho - Mt 13,1-9

Produziram à base de cem frutos por semente.


+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 13, 1-9
1 Naquele dia, Jesus saiu de casa e foi sentar-se às margens do mar da Galiléia.
2 Uma grande multidão reuniu-se em volta dele. Por isso Jesus entrou numa barca e sentou-se, enquanto a multidão ficava de pé, na praia.
3 E disse-lhes muitas coisas em parábolas: 'O semeador saiu para semear.
4 Enquanto semeava, algumas sementes caíram à beira do caminho, e os pássaros vieram e as comeram.
5 Outras sementes caíram em terreno pedregoso, onde não havia muita terra. As sementes logo brotaram, porque a terra não era profunda.
6 Mas, quando o sol apareceu, as plantas ficaram queimadas e secaram, porque não tinham raiz.
7 Outras sementes caíram no meio dos espinhos. Os espinhos cresceram e sufocaram as plantas.
8 Outras sementes, porém, caíram em terra boa, e produziram à base de cem, de sessenta e de trinta frutos por semente.
9 Quem tem ouvidos, ouça!'
Palavra do Senhor.





SANTA MARIA MADALENA - SANTORAL





1a Leitura - Ct 3,1-4a

Encontrei o amor de minha vida.


Leitura do Livro do Cântico dos Cânticos 3, 1-4a
Eis o que diz a noiva:
1 Em meu leito, durante a noite, busquei o amor de minha vida: procurei-o, e não o encontrei.
2 Vou levantar-me e percorrer a cidade, procurando pelas ruas e praças, o amor de minha vida: procurei-o, e não o encontrei.
3 Encontraram-me os guardas que faziam a ronda pela cidade. 'Vistes por ventura o amor de minha vida?'
4a E logo que passei por eles, encontrei o amor de minha vida.
Palavra do Senhor.





Salmo - Sl 62(63),2.3-4.5-6.8-9 (R. 2b)

R. A minh'alma tem sede de vós, Senhor!


2 Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! /
Desde a aurora ansioso vos busco! /
A minh'alma tem sede de vós, /
minha carne também vos deseja, /
como terra sedenta e sem água!
R.

3 Venho, assim, contemplar-vos no templo, /
para ver vossa glória e poder.
4 Vosso amor vale mais do que a vida: /
e por isso meus lábios vos louvam.
R.

5 Quero, pois vos louvar pela vida, /
e elevar para vós minhas mãos!
6 A minh'alma será saciada, /
como em grande banquete de festa; /
cantará a alegria em meus lábios, /
ao cantar para vós meu louvor!
R.

8 Para mim fostes sempre um socorro; /
de vossas asas à sombra eu exulto!
9 Minha alma se agarra em vós; /
com poder vossa mão me sustenta.
R.





Evangelho - Jo 20,1-2.11-18

Mulher, por que choras? A quem procuras?


+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 20, 1-2. 11-18
1 No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo.
2 Então ela saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: 'Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram'.
11 Maria estava do lado de fora do túmulo, chorando. Enquanto chorava, inclinou-se e olhou para dentro do túmulo.
12 Viu, então, dois anjos vestidos de branco, sentados onde tinha sido posto o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés.
13 Os anjos perguntaram: 'Mulher, por que choras?' Ela respondeu: 'Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram'.
14 Tendo dito isto, Maria voltou-se para trás e viu Jesus, de pé. Mas não sabia que era Jesus.
15 Jesus perguntou-lhe: 'Mulher, por que choras? A quem procuras?' Pensando que era o jardineiro, Maria disse: 'Senhor, se foste tu que o levaste dize-me onde o colocaste, e eu o irei buscar'.
16 Então Jesus disse: 'Maria!' Ela voltou-se e exclamou, em hebraico: 'Rabunni' (que quer dizer: Mestre).
17 Jesus disse: 'Não me segures. Ainda não subi para junto do Pai. Mas vai dizer aos meus irmãos: subo para junto do meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus'.
18 Então Maria Madalena foi anunciar aos discípulos: 'Eu vi o Senhor!', e contou o que Jesus lhe tinha dito.
Palavra da Salvação.




Pesquisa rápida
FOTO: MONSENHOR JOÃO LUÍS FÁVERO
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“De ti tem sede minha alma”.
Jo 20, 1-2.11-18

Maria Madalena é a mulher que segue Jesus desde a Galileia até a Judeia. Descobriu a verdadeira felicidade, quando encontrou o seu amado, Jesus, que reinstituiu a sua dignidade.

Banhou os pés de Jesus com lagrimas e os ungiu com perfume, chorou seus pecados e manifestou a alegria da vida nova. Ela é presente aos pés da cruz e zelosa e ativa no sepultamento de Jesus, foi a primeira a encontrar-se com o Ressuscitado e a primeira missionária a anunciar a Boa-Nova aos apóstolos.

Maria Madalena é mencionada no grupo de mulheres que “serviam aos Senhor com os bens que possuíam” (Lc 8, 3). Ali também se diz que dela foram expulsos “sete demônios”, expressão que acabou dando margem para variadas interpretações, algumas sem cabimentos, identificada como pecadora pública ou como a adultera.

Maria Madalena é uma das figuras mais luminosas daqueles que conheceram o Senhor. Ele ajudou essa mulher a sair de um mundo de trevas e lhe mostrou uma nova maneira de amar.

Superando o seu passado ela teve o privilégio de uma relação muito próxima de Jesus, de uma intimidade e cumplicidade espiritual invejáveis a qualquer pregador, isso deu credibilidade ao seu testemunho.

O Ressuscitado se dirige a ela e a chama pelo nome “Maria”. Ao reconhecer o Mestre, acaba o choro, e a alegria inunda o seu ser. Jesus lhe confia o anúncio do grande Mistério: “Vá encontrar os meus irmãos e diga a eles ”eu estou subindo para junto do meu Pai e Pai de vocês, ao meu Deus e Deus de vocês”. Esta é a boa notícia do Ressuscitado; de quem ela é testemunha fidedigna: “Eu vi o Senhor!”. É a condição necessária para todo discípulo-missionário.  

Maria Madalena, representa a humanidade renovada, que supera as trevas da sexta feira da paixão, e se fixa na definitivamente na manhã do domingo de Páscoa, a manhã de um novo tempo.  
O Papa Francisco, em 2016, elevou a memória a categoria de Festa de Santa Maria Madalena. A Apostola dos Apóstolos.

Rezemos: Senhor, faça de nós pessoas dóceis, atenciosos e apressados como esta fiel discípula, a primeira mensageira da Ressurreição.

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia! Deus abençoe sua vida nesta nova semana que começa! Que esta quarta seja muito abençoada!  Respire fundo, agradeça pela vida, eleve sua prece a Deus e avante para a luta! Deus está com você! Que Santa Maria de Magdala (ou Madalena) interceda por todos nós no dia de hoje!


Com Deus conquistaremos a vitória, e Ele nos ajudará diante de nossas dificuldades. (Salmo 108,13)

Deus abençoe sua vida
Com carinho
Frei Rinaldo, osm
FOTO: FREI RINALDO STECANELA
FEVEREIRO
D
S
T
Q
Q
S
S






1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo