25/03/20 - QUARTA-FEIRA - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
ORAÇÃO PELOS FILHOS
CERCO DE JERICÓ - COMPLETO
VATICAN NEWS
Liturgia Diária
Antífona de Entrada
Ao entrar no mundo, Cristo disse: Eis-me aqui, ó Pai, para fazer a tua vontade (Hb 10,5.7).




Oração do dia
Ó Deus, quisestes que vosso Verbo se fizesse homem no seio da virgem Maria; dai-nos participar da divindade do nosso redentor, que proclamamos verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.




1ª Leitura – Is 7,10-14; 8,10

Eis que uma virgem conceberá.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 7,10-14; 8,10
Naqueles dias,
10 o Senhor falou com Acaz, dizendo:
11 “Pede ao Senhor teu Deus que te faça ver um sinal, quer provenha da profundeza da terra, quer venha das alturas do céu”.
12 Mas Acaz respondeu: “Não pedirei nem tentarei o Senhor”.
13 Disse o profeta: “Ouvi então, vós, casa de Davi; será que achais pouco incomodar os homens e passais a incomodar até o meu Deus?
14 Pois bem, o próprio Senhor vos dará um sinal. Eis que uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Emanuel,
8,10 porque Deus está conosco.
Palavra do Senhor.




Salmo – Sl 39(40),7-8a.8b-9.10,11 (R. 8a.9a)
 
R. Eis que venho fazer, com prazer,
a vossa vontade, Senhor!
7 Sacrifício e oblação não quisestes, *
mas abristes, Senhor, meus ouvidos;
não pedistes ofertas nem vítimas, +
holocaustos por nossos pecados, *
8a E então eu vos disse: “Eis que venho!”
R.


8b Sobre mim está escrito no livro: +
9 “Com prazer faço a vossa vontade, *
guardo em meu coração vossa lei!”
R.


10 Boas-novas de vossa justiça +
anunciei numa grande assembléia; *
vós sabeis: não fechei os meus lábios!
R.


11 Proclamei toda a vossa justiça, +
sem retê-la no meu coração; *
vosso auxílio e lealdade narrei.
Não calei vossa graça e verdade *
na presença da grande assembléia.
R.




2ª Leitura – Hb 10,4-10
 
No livro está escrito a meu respeito:
Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade.
Leitura da Carta aos Hebreus 10,4-10
Irmãos:
4 É impossível eliminar os pecados com o sangue de touros e bodes.
5 Por isso, ao entrar no mundo, Cristo afirma: “Tu não quiseste vítima nem oferenda, mas formaste-me um corpo.
6 Não foram do teu agrado holocaustos nem sacrifícios pelo pecado.
7 Por isso eu disse: Eis que eu venho. No livro está escrito a meu respeito: Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade”.
8 Depois de dizer: “Tu não quiseste nem te agradaram vítimas, oferendas, holocaustos, sacrifícios pelo pecado” coisas oferecidas segundo a Lei –
9 ele acrescenta: “Eu vim para fazer a tua vontade”. Com isso, suprime o primeiro sacrifício, para estabelecer o segundo.
10 É graças a esta vontade que somos santificados pela oferenda do corpo de Jesus Cristo, realizada uma vez por todas.
Palavra do Senhor.




Evangelho – Lc 1,26-38
 
Eis que conceberás e darás à luz um filho.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1,26-38
Naquele tempo:
26 O anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
27 a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da virgem era Maria
28 O anjo entrou onde ela estava e disse: ‘Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!’
29 Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação.
30 O anjo, então, disse-lhe: ‘Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus.
31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus.
32 Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi.
33 Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim’.
34 Maria perguntou ao anjo: ‘Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?’
35 O anjo respondeu: ‘O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altissimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus.
36 Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril,
37 orque para Deus nada é impossível’.
38 Maria, então, disse: ‘Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!’ E o anjo retirou-se.
Palavra da Salvação.




Antífona da Comunhão
A virgem conceberá e dará à luz um filho. Ele será chamado: “Deus-conosco” (Is 7,14).




Depois da Comunhão
Ó Deus, confirmai em nossos corações os mistérios da verdadeira fé, para que, proclamando verdadeiro Deus e verdadeiro homem aquele que nasceu da Virgem, cheguemos à felicidade eterna pelo poder da sua ressurreição. Por Cristo, nosso Senhor.



Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)

“Eis que venho fazer a vossa vontade, Senhor!”
Lc 1, 26-38


Maria é convidada a dar o seu “sim” ao projeto de Deus. Pois Deus, quer entrar em nossa história para garantir a nossa salvação. E ela se dispõe inteiramente para que o Senhor faça nela a sua vontade.

Maria é uma jovem simples e pobre, descendente de um povo de profetas, é colocada na encruzilhada da história, como a escolhida. Em sua vida cotidiana em Nazaré é visitada pelo Anjo do Senhor e recebe um anúncio de alegria: “Alegre-se, o Senhor está com você”. A presença do Senhor alegra e dá esperança aos que cultivam a fé.

Diante disso ela se interroga sobre o que seria essa saudação. O Anjo a tranquiliza e anuncia-lhe o Plano de Deus, ou seja, o que Deus espera dela. Ela aceita o desafio e se deixa envolver pelo Espírito Santo. É convidada com o seu “sim” a colocar em marcha a Encarnação. É momento sublime de fé, abandonando-se totalmente a Deus, Senhor até do impossível.

Obediente a vontade divina e envolvida pelo Espírito de Deus, ela colabora com a humanidade, trazendo ao mundo o Filho de Deus, o Emanuel, o Deus conosco. Assim, “O Verbo se fez carne e habitou entre nós”. Ele vem para fazer a vontade do Pai.  

Maria com o seu sim, fez de si um ofertório para Deus; mais tarde fará outro ofertório, com o coração transpassado por uma espada de dor, ao entregar o seu Filho na Cruz para a salvação de toda a humanidade. Aqui um sim de coragem e esperança.

Maria representa a nova comunidade cristã, marcada pelo “sim”, pela disponibilidade e confiança absoluta à Palavra de Deus. Ela é Bem-Aventurada porque acreditou. Acolheu sem medo a vontade de Deus.  

A seu exemplo buscamos realizar em nosso dia-a-dia o que Deus espera de cada um de nós. Deus aguarda o nosso sim para que Ele continue vindo e fecundando cada coração, fazendo morada em nós.

Rezemos: Rezemos pausadamente meditando cada palavra:  Ave Maria...

Deus abençoe você e sua família.

Pe. João Luiz
FOTO: MONSENHOR JOÃO LUÍS FÁVERO
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua preciosa vida nesta segunda de uma nova semana que está começando. Que seu dia seja pleno, animado, sereno e que todos os seus passos sejam iluminados pela graça do Espírito Santo. Hoje é um dia muito especial, vamos celebrar o grande momento em que o Anjo Gabriel visita uma jovem de Nazaré e faz a grande pergunta se ela aceita ser a Mãe do Filho de Deus! Sim, hoje é o dia da Anunciação. O céu inteiro esperava essa resposta! E ela veio, positiva, como uma serva obediente e disposta a colaborar com Deus no seu projeto de salvar a humanidade. Vamos celebrar tudo isso. Uma atitude para hoje: estar sempre disponível ao projeto de Deus e dizer SIM...a exemplo de Maria! Daqui 9 meses vamos celebrar o resultado do Sim de Maria...o santo Natal! Uma ótima quarta-feira. Sejamos.nos, também, portadores de BOAS NOTICIAS uns para os outros e que, principalmente, possamos ouvir essa boa notícia do fim desta pandemia. Amém?

E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa.
Atos 16,31

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
FOTO: FREI RINALDO STECANELA
FEVEREIRO
D
S
T
Q
Q
S
S






1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo