Sábado da 34ª Semana Do Tempo Comum - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > Liturgia do dia
Liturgia de Hoje
Sábado da 34ª Semana Do Tempo Comum
28 de Novembro de 2020 - Cor: Verde





1ª Leitura - Ap 22,1-7

Não haverá mais noite porque o Senhor Deus vai brilhar sobre eles.

Leitura do Livro do Apocalipse de São João 22,1-7

A mim, João,

1o anjo do Senhor mostrou-me um rio de água viva,
o qual brilhava como cristal.
O rio brotava do trono de Deus e do Cordeiro.

2 No meio da praça, de cada lado do rio,
estão plantadas árvores da vida;
elas dão frutos doze vezes por ano;
em cada mês elas dão fruto;
suas folhas servem para curar as nações.

3 Já não haverá maldição alguma.
Na cidade estará o trono de Deus e do Cordeiro
e seus servos poderão prestar-lhe culto.

4 Verão a sua face
e o seu nome estará sobre suas frontes.

5 Não haverá mais noite:
não se precisará mais da luz da lâmpada,
nem da luz do sol,
porque o Senhor Deus vai brilhar sobre eles
e eles reinarão para toda a eternidade.

6 Então o anjo disse-me:
'Estas palavras são dignas de fé e verdadeiras,
pois o Senhor, o Deus que inspira os profetas,
enviou o seu Anjo, para mostrar aos seus servos
o que deve acontecer muito em breve.

7 Eis que eu venho em breve.
Feliz aquele que observa
as palavras da profecia deste livro'.

Palavra do Senhor.




Salmo - Sl 94 (95),1-2. 3-5. 6-7 (R. 1Cor 16,22b. Ap 22,20c)

R. Amém! Vem, ó Senhor Jesus! Amém!

1 Vinde, exultemos de alegria no Senhor, *
aclamemos o Rochedo que nos salva!
2 Ao seu encontro caminhemos com louvores, *
e com cantos de alegria o celebremos!
R.

3 Na verdade, o Senhor é o grande Deus, *
o grande Rei, muito maior que os deuses todos.
4 Tem nas mãos as profundezas dos abismos, *
e as alturas das montanhas lhe pertencem;
5 o mar é dele, pois foi ele quem o fez, *
e a terra firme suas mãos a modelaram.
R.

6 Vinde adoremos e prostremo-nos por terra, *
e ajoelhemos ante o Deus que nos criou!
7 Porque ele é o nosso Deus, nosso Pastor, +
e nós somos o seu povo e seu rebanho, *
as ovelhas que conduz com sua mão.
R.




Evangelho - Lc 21,34-36

Ficai atentos a fim de terdes força
para escapar de tudo o que deve acontecer

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 21,34-36

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:

34 Tomai cuidado para que vossos corações
não fiquem insensíveis por causa da gula,
da embriaguez e das preocupações da vida,
e esse dia não caia de repente sobre vós;

35 pois esse dia cairá como uma armadilha
sobre todos os habitantes de toda a terra.

36 Portanto, ficai atentos e orai a todo momento,
a fim de terdes força
para escapar de tudo o que deve acontecer
e para ficardes em pé diante do Filho do Homem.'

Palavra da Salvação.





FONTE: YOUTUBE
Reflexão - Pe. João Luís Fávero
“O Senhor é um grande Deus!”
Lc 21, 34-36

Na conclusão do Ano Litúrgico, o Senhor nos incentiva a perseverar na prática do bem. O ser humano tende facilmente a abandonar a vivência das virtudes e a acomodar-se nos braços da preguiça. O Evangelho apresenta o pedido da Vigilância em vista do dia da “vinda do Filho do Homem”, para não cair sobre nós como uma armadilha.

Devemos tomar cuidado para não relaxar ou dar mau exemplo, assumindo os vícios da sociedade injusta (embriagues, as preocupações com a vida...). A vida desregrada e o envolvimento com os bens materiais abafam a mensagem de Jesus e não permitem instaurar o Reino de Deus.

Os vícios e as preocupações da vida nos roubam o tempo que poderíamos aplicar à vida de oração e a construção de relações fraternas. Vigilância e oração são recomendações fortes de Jesus para nós.

O Reino e a vinda do Filho do Homem, estão presente em cada acontecimento da história da salvação. A cada momento, a injustiça vai sendo desmascarada e os injustos são pegos de surpresa. O julgamento está sempre se realizando na História.

Nosso modelo é Jesus, o Vigilante por excelência, sempre pronto a fazer a vontade do Pai. Devemos permanecer em prontidão, praticando a justiça. Nossa força virá da vigilância e da oração. São Paulo recomenda: “nunca se cansem de fazer o bem” (2Ts 3, 13).

Rezemos: Senhor, conserve em mim o espírito de discernimento e oração que me preparam para permanecer diante de Ti, quando vier em tua gloria.

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe você nesse novo dia que está começando. Chegamos a mais um final de semana.  Que seu sábado seja muito abençoado e repleto de grandes alegrias. Deus está com você para acompanhar cada passo que você der hoje.



Isaías 41, 8-14
Tu és o meu servo, a ti escolhi e nunca te rejeitei.
Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.
Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão.
Buscá-los-ás, porém não os acharás; os que pelejarem contigo, tornar-se-ão em nada, e como coisa que não é nada, os que guerrearem contigo.
Porque eu, o Senhor teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo.
Não temas, tu meu amado filho,  eu te ajudo, diz o Senhor, e o teu redentor é o Santo de Israel.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo