6ª-feira da 7ª Semana da Páscoa - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Liturgia Diária

Antífona de Entrada
Cristo nos amou e nos lavou dos pecados com seu sangue, e fez de nós um reino e sacerdotes para Deus, seu Pai, aleluia! (Ap 1,5s)

Oração do dia
Ó Deus, pela glorificação de Cristo e pela iluminação do Espírito Santo, abristes para nós as portas da vida eterna. Fazei que, participando de tão grandes bens, nos tornemos mais dedicados ao vosso serviço e cresçamos constantemente na fé. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

1ª Leitura – At 25,13b-21
 
Jesus que já morreu, mas que Paulo afirma estar vivo.
 
Leitura dos Atos dos Apóstolos 25,13b-21
Naqueles dias:
13bO rei Agripa e Berenice chegaram a Cesaréia
e foram cumprimentar Festo.
14Como ficassem alguns dias aí,
Festo expôs ao rei o caso de Paulo, dizendo:
‘Está aqui um homem
que Félix deixou como prisioneiro.
15Quando eu estive em Jerusalém,
os sumos sacerdotes e os anciãos dos judeus
apresentaram acusações contra ele
e pediram-me que o condenasse.
16Mas eu lhes respondi
que os romanos não costumam entregar um homem
antes que o acusado
tenha sido confrontado com os acusadores
e possa defender-se da acusação.
17Eles vieram para cá
e, no dia seguinte, sem demora,
sentei-me no tribunal e mandei trazer o homem.
18Seus acusadores compareceram diante dele,
mas não trouxeram nenhuma acusação de crimes
de que eu pudesse suspeitar.
19Tinham somente certas questões
sobre a sua própria religião
e a respeito de um certo Jesus que já morreu,
mas que Paulo afirma estar vivo.
20Eu não sabia o que fazer para averigüar o assunto.
Perguntei então a Paulo
se ele preferia ir a Jerusalém, para ser julgado lá.
21Mas Paulo fez uma apelação
para que a sua causa fosse reservada
ao juízo do Augusto Imperador.
Então ordenei que ficasse preso
até que eu pudesse enviá-lo a César.’
Palavra do Senhor.

Salmo – Sl 102, 1-2. 11-12. 19-20ab (R. 19a)
 
R. O Senhor pôs o seu trono lá nos céus.
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
 
1Bendize, ó minha alma, ao Senhor,*
e todo o meu ser, seu santo nome!
2Bendize, ó minha alma, ao Senhor,*
não te esqueças de nenhum de seus favores!
R.

11Quanto os céus por sobre a terra se elevam,*
tanto é grande o seu amor aos que o temem;
12quanto dista o nascente do poente,*
tanto afasta para longe nossos crimes.
R.

19O Senhor pôs o seu trono lá nos céus,*
e abrange o mundo inteiro seu reinado.
20Bendizei ao Senhor Deus, seus anjos todos,*
valorosos que cumpris as suas ordens.
R.

Evangelho – Jo 21,15-19
 
Apascenta os meus cordeiros.

Apascenta as minhas ovelhas.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 21,15-19
Jesus manifestou-se aos seus discípulos e,
15depois de comerem, perguntou a Simão Pedro:
‘Simão, filho de João,
tu me amas mais do que estes?’
Pedro respondeu:
‘Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo’.
Jesus disse: ‘Apascenta os meus cordeiros’.
16E disse de novo a Pedro:
‘Simão, filho de João, tu me amas?’
Pedro disse: ‘Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo’.
Jesus disse-lhe: ‘Apascenta as minhas ovelhas’.
17Pela terceira vez, perguntou a Pedro:
‘Simão, filho de João, tu me amas?’
Pedro ficou triste,
porque Jesus perguntou três vezes se ele o amava.
Respondeu: ‘Senhor, tu sabes tudo;
tu sabes que eu te amo’.
Jesus disse-lhe: ‘Apascenta as minhas ovelhas.
18Em verdade, em verdade te digo:
quando eras jovem,
tu te cingias e ias para onde querias.
Quando fores velho,
estenderás as mãos e outro te cingirá
e te levará para onde não queres ir.’
19Jesus disse isso,
significando com que morte Pedro iria glorificar a Deus.
E acrescentou : ‘Segue-me’.
Palavra da Salvação.

Antífona da Comunhão
Quando vier o Espírito da verdade, ele vos ensinará toda a verdade, diz o Senhor, aleluia! (Jo 16,13)

Depois da Comunhão
Ó Deus, que nos purificais e alimentais com os vossos sacramentos, fazei que encontremos a vida eterna na refeição que nos concedestes. Por Cristo, nosso Senhor.



Pesquisa rápida
FOTO: MONSENHOR JOÃO LUÍS FÁVERO
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“O Senhor pôs o seu trono lá no céu.”
Jo 21, 15-19

Jesus se aproxima do fim de sua presença histórica no meio de seus. E trata de garantir a continuidade de sua obra. Submete Pedro à prova: Pedro tu me amas? Pedro será seu representante, com a missão de apascentar suas ovelhas, ou seja, confirmar os irmãos na fé.

Jesus não quer saber se Pedro é líder, se sabe falar bem ou se tem ouras qualidades naturais. Quer apenas saber se Pedro o ama.

As três negações na hora difícil do julgamento são agora suplantadas pela tríplice afirmação do seu amor. E Pedro tem tanta certeza que remete a resposta ao próprio Jesus: “Tu sabes tudo, Tu sabes que eu te amo”. Pedro foi aprovado no amor.

Pedro aceita entregar a sua vida ao Amigo, do mesmo modo que o Amigo entregou sua vida por nós. Pedro toma consciência do que significa seguir a Jesus até a últimas consequências.

O diálogo entre Jesus e Pedro é denso e significativo, porque toca na atitude essencial de todos os cristãos: amar. Amar implica não só dizer que ama. Mas demonstrar com atos concretos que ama realmente.

Ser cristão é repetir ao Senhor, todos os dias, que o amamos, apesar de nossos pecados, nossa ignorância e nossas negações. O pecado muitas vezes, é o ponto de partida para uma vida nova.
E na medida que nos colocamos na dinâmica do seguimento de Jesus, vamos amadurecendo no caminho que ele traçou para nós. Depois da autossuficiência, Pedro conquista a humildade e o amor: “Tu sabes que eu te amo; então tem condições de conduzir o rebanho do Senhor: “Cuida de minhas ovelhas”.

Rezemos: Senhor, que eu seja humilde e responda ao teu chamado de amor. “Eis me aqui, Senhor! Para fazer a tua vontade e viver o teu amor”.

Deus abençoe você e sua família.
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua vida nesta nova jornada de Sexta-feira que está começando. Um dia pleno, abençoado, alegre, sereno com aquela certeza que o amor de Deus vai conduzir os seus passos e iluminar todos os seus afazeres. Uma ótima sexta!!!

Deus é o nosso refúgio e a nossa fortaleza,
auxílio sempre presente na adversidade.
Salmo 46,1

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm

FOTO: FREI RINALDO STECANELA
FEVEREIRO
D
S
T
Q
Q
S
S






1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo