29 DE OUTUBRO - TERÇA-FEIRA - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
VATICAN NEWS
Pesquisa rápida
Liturgia Diária


3ª-feira da 30ª Semana Do Tempo Comum
29 de Outubro de 2019
Cor: Verde




1ª Leitura - Rm 8,18-25

Toda a criação está esperando ansiosamente
o momento de se revelarem os filhos de Deus.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 8,18-25
Irmãos:
18 Eu entendo que os sofrimentos do tempo presente nem merecem ser comparados com a glória que deve ser revelada em nós.
19 De fato, toda a criaçóo está esperando ansiosamente o momento de se revelarem os filhos de Deus.
20 Pois a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua livre vontade, mas por sua dependência daquele que a sujeitou;
21 também ela espera ser libertada da escravidão da corrupção e, assim, participar da liberdade e da glória dos filhos de Deus.
22 Com efeito, sabemos que toda a criação, até ao tempo presente, está gemendo como que em dores de parto.
23 E não somente ela, mas nós também, que temos os primeiros frutos do Espírito, estamos interiormente gemendo, aguardando a adoção filial e a libertação para o nosso corpo.
24 Pois já fomos salvos, mas na esperança. Ora, o objeto da esperança não é aquilo que a gente está vendo; como pode alguém esperar o que já vê?
25 Mas se esperamos o que não vemos, é porque o estamos aguardando mediante a perseverança.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 125 (126),1-2ab.2cd-3. 4-5. 6 (R. 3a)
 
R. Maravilhas fez conosco o Senhor,!

1 Quando o Senhor reconduziu nossos cativos,*
parecíamos sonhar;
2a encheu-se de sorriso nossa boca,*
2b nossos lábios, de canções.
R.
 
2c Entre os gentios se dizia: 'Maravilhas*
2d fez com eles o Senhor!'
3 Sim, maravilhas fez conosco o Senhor,*
exultemos de alegria!
R.
 
4 Mudai a nossa sorte, ó Senhor,*
como torrentes no deserto.
5 Os que lançam as sementes entre lágrimas,*
ceifarão com alegria.
R.
 
6 Chorando de tristeza sairão,*
espalhando suas sementes;
cantando de alegria voltarão,*
carregando os seus feixes!
R.


Evangelho - Lc 13,18-21
 
A semente cresce, torna-se uma grande árvore.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 13,18-21
Naquele tempo:
18 Jesus dizia: 'A que é semelhante o Reino de Deus, e com que poderei compará-lo?
19 Ele é como a semente de mostarda, que um homem pega e atira no seu jardim. A semente cresce, torna-se uma grande árvore, e as aves do céu fazem ninhos nos seus ramos.'
20 Jesus disse ainda: 'Com que poderei ainda comparar o Reino de Deus?
21 Ele é como o fermento que uma mulher pega e mistura com três porções de farinha, até que tudo fique fermentado.'
Palavra da Salvação.




Fonte: Youtube RS21
Fonte: Youtube RS21
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)

“Maravilhas fez conosco o Senhor!”
Lc 13, 18-21

Para ajudar os discípulos a entenderem sua missão e o dinamismo do Reino, Jesus recorre a duas parábolas brotadas da vida doméstica. Trata-se de realidades pequenas e humildes, mas com grande potencial de transformação: a semente e o fermento.

O Reino não se impõe na base da força, da eficácia, do número, é uma realidade discreta; é o sopro do Espírito que vai penetrando e transformando tudo a partir de dentro.

A religião do Reino de Deus tem como protagonista o homem e a mulher, isto é, o povo que movido pelo Espírito de Deus, diz palavras e realiza ações concretas e libertadoras.

Portanto a Igreja deve ser percebida, não pelos belos edifícios, nem pelo barulho e presença massiva nos meios de comunicação, mas pela ação suave e perseverante do Espírito Santo.

É uma ação capaz de fermentar toda a comunidade e levá-la a assumir serviços relativos as necessidades de todos, sobretudo daqueles que são os mais necessitados. Está é a comunidade viva que Deus espera. Este é o Reino vivo e atuante de Deus que devemos acolher e estimular.

Rezemos: Senhor, ajuda-me a compreender a dinâmica do teu Reino e dá-me a graça de pautar a minha vida no amor e no serviço aos irmãos e irmãs.

Deus abençoe você e sua família.
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua vida nessa jornada de Terça-feira. Creio e confio no Senhor que vai ser uma jornada abençoada e repleta de grandes realizações. Entregue o seu dia aos cuidados de Deus e o resto Ele faz.

Deus é o meu escudo. Ele salva aqueles cujo coração e vida são verdadeiros e rectos (Salmo 7)

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
ORAÇÃO
SANTOS PRIMO AND FELICIANO, Mártires

São Primo e São Feliciano eram irmãos e se encorajavam a praticar virtudes cristãs. Eles foram presos por ordem de Diocleciano e Maximiano; mas um anjo abriu o teste de masmorra para eles. Tomadas logo depois novamente, foram trazidas ao pretor. Ele os separou, esperando superar sua constância com mais facilidade. Ele testou Feliciano primeiro, mas sem sucesso. Então, chamando Primo, ele disse: "Imite a prudência de seu irmão: ele obedeceu aos imperadores e agora está cheio de honras" . “Um anjo , respondeu Feliciano , me contou o que aconteceu com meu irmão. Espero ser digno de participar de seu martírio!Irritado, o pretor condenou os dois a serem jogados nos leões; mas estes, esquecendo sua ferocidade natural, vieram fazer festas. Finalmente, ele os fez decapitar; e esses dois irmãos, que os tormentos não puderam separar, foram desfrutar da mesma glória no céu, por volta do ano 297.


MEDITAÇÃO
EM TRÊS TIPOS DE MEDO

I. O temor de Deus é o começo da sabedoria. Tema a Deus, porque ele é onipotente, vê tudo e é soberanamente justo. Ele o julgará com justiça; e ele o punirá inevitavelmente se você incorre em pecado. Você tem medo de homens, não se atreveria a cometer um crime na presença deles. Como você é cego! Você não vê que Deus é o único a ser temido? O medo é a base da salvação (Tertuliano).

II Tema o inferno e não diga que esse medo convém aos grandes pecadores, já que Jesus Cristo o propõe como um meio de estimulá-lo à virtude, e os santos, estimulados por ele, avançaram rapidamente, no caminho da salvação. O medo do inferno é aquele que os separou do mundo e os levou à solidão. Oh inferno, se você pensasse muitas vezes em si mesmo, com que rapidez o paraíso seria preenchido! Afinal, não importa quão santo você seja até o presente, você pode cair em pecado. Sempre tema até você estar no céu.

III Tema o pecado, pois ele faz de você um inimigo de Deus e uma vítima do inferno. Os santos prefeririam ter escolhido a perda de suas propriedades, da vida e até do inferno, se isso fosse possível, antes do pecado. É que mesmo o menor pecado é um mal maior que o mais assustador entre todos os tormentos, uma vez que essa leve falha ofende um Deus infinito. Você tem esses sentimentos? Retorne seu medo para o lado de Deus; Todo medo que não tem Deus como objeto é mau medo (São Bernardo).



Fidelidade a Deus.

Ore pela conversão dos pecadores.

ORAÇÃO
Senhor, conceda-nos a graça de celebrar sempre a festa de seus santos mártires Primo e Feliciano, para que seus sufrágios nos garantam os efeitos de sua proteção. Por NSJC



Fontes:
- Santoral de Juan Esteban Grosez, SJ - Volume II; Padrão do Índice de Santos.








FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo