30 DE SETEMBRO - SEGUNDA-FEIRA - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"extra Ecclesiam nulla salus"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
VATICAN NEWS
Pesquisa rápida
Liturgia Diária
30 DE SETEMBRO DE 2019
26º DOMINGO - TEMPO COMUM
COR LITÚRGICA: VERDE


1a Leitura - Am 6,1a.4-7

Agora o bando dos gozadores será desfeito.

Leitura da Profecia de Amós 6, 1a. 4-7
Assim diz o Senhor todo-poderoso:
1a Ai dos que vivem despreocupadamente em Sião, os que se sentem seguros nas alturas de Samaria!
4 Os que dormem em camas de marfim, deitam-se em almofadas, comendo cordeiros do rebanho e novilhos do seu gado;
5 os que cantam ao som das harpas, ou, como Davi, dedilham instrumentos musicais;
6 os que bebem vinho em taças, e se perfumam com os mais finos ungüentos e não se preocupam com a ruína de José.
7 Por isso, eles irão agora para o desterro, na primeira fila, e o bando dos gozadores será desfeito.
Palavra do Senhor.




Salmo - Sl 145,7.8-9a.9bc-10 (R.1)
 
R. Bendize, minh'alma, bendize ao Senhor!
R. Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
 
7 O Senhor é fiel para sempre, / faz justiça aos que são oprimidos; / ele dá alimento aos famintos, / é o Senhor quem liberta os cativos.
R.
 
8 O Senhor abre os olhos aos cegos / o Senhor faz erguer-se o caído; / o Senhor ama aquele que é justo 9a É o Senhor quem protege o estrangeiro.
R.
 
9bc Ele ampara a viúva e o órfão / mas confunde os caminhos dos maus. 10 O Senhor reinará para sempre! / Ó Sião, o teu Deus reinará / para sempre e por todos os séculos!
R.




2a Leitura - 1Tm 6,11-16
 
Guarda o teu mandato até àmanifestação gloriosa do Senhor.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo a Timóteo 6, 11-16
11 Tu que és um homem de Deus, foge das coisas perversas, procura a justiça, a piedade, a fé, o amor, a firmeza, a mansidão.
12 Combate o bom combate da fé, conquista a vida eterna, para a qual foste chamado e pela qual fizeste tua nobre profissão de fé diante de muitas testemunhas.
13 Diante de Deus, que dá a vida a todas as coisas, e de Cristo Jesus, que deu o bom testemunho da verdade perante Pôncio Pilatos, eu te ordeno:
14 guarda o teu mandato íntegro e sem mancha até à manifestação gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.
15 Esta manifestação será feita no tempo oportuno pelo bendito e único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores,
16 o único que possui a imortalidade e que habita numa luz inacessível, que nenhum homem viu, nem pode ver. A ele, honra e poder eterno. Amém.
Palavra do Senhor.




Evangelho - Lc 16,19-31
 
Tu recebeste teus bens durante a vida e Lázaro os males; agora ele encontra aqui consolo e tu és atormentado.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 16, 19-31
 
Naquele tempo, Jesus disse aos fariseus:
19 'Havia um homem rico, que se vestia com roupas finas e elegantes e fazia festas esplêndidas todos os dias.
20 Um pobre, chamado Lázaro, cheio de feridas, estava no chão à porta do rico.
21 Ele queria matar a fome com as sobras que caíam da mesa do rico. E, além disso, vinham os cachorros lamber suas feridas.
22 Quando o pobre morreu, os anjos levaram-no para junto de Abraão. Morreu também o rico e foi enterrado.
23 Na região dos mortos, no meio dos tormentos, o rico levantou os olhos e viu de longe a Abraão, com Lázaro ao seu lado.
24 Então gritou: 'Pai Abraão, tem piedade de mim! Manda Lázaro molhar a ponta do dedo para me refrescar a língua, porque sofro muito nestas chamas'.
25 Mas Abraão respondeu: 'Filho, lembra-te que tu recebeste teus bens durante a vida e Lázaro, por sua vez, os males. Agora, porém, ele encontra aqui consolo e tu és atormentado.
26 E, além disso, há um grande abismo entre nós: por mais que alguém desejasse, não poderia passar daqui para junto de vós, e nem os daí poderiam atravessar até nós'.
27 O rico insistiu: 'Pai, eu te suplico, manda Lázaro à casa do meu pai,
28 porque eu tenho cinco irmãos. Manda preveni-los, para que não venham também eles para este lugar de tormento'.
29 Mas Abraão respondeu: 'Eles têm Moisés e os Profetas, que os escutem!'
30 O rico insistiu: 'Não, Pai Abraão, mas se um dos mortos for até eles, certamente vão se converter'.
31 Mas Abraão lhe disse: `Se não escutam a Moisés, nem aos Profetas, eles não acreditarão, mesmo que alguém ressuscite dos mortos'. '
Palavra da Salvação.






SÃO MIGUEL, SÃO GABRIEL E SÃO RAFAEL, ARCANJOS - SANTORAL
 
1a Leitura - Dn 7,9-10.13-14
 
Serviam-no milhares de milhares.

Leitura da Profecia de Daniel 7, 9-10. 13-14
 
9 Eu continuava olhando até que foram colocados uns tronos, e um Ancião de muitos dias aí tomou lugar. Sua veste era branca como neve e os cabelos da cabeça, como ló pura; seu trono eram chamas de fogo, e as rodas do trono, como fogo em brasa.
10 Derramava-se aí um rio de fogo que nascia diante dele; serviam-no milhares de milhares, e milhões de milhões assistiam-no ao trono; foi instalado o tribunal e os livros foram abertos.
13 Continuei insistindo na visão noturna, e eis que, entre as nuvens do céu, vinha um como filho de homem, aproximando-se do Ancião de muitos dias, e foi conduzido à sua presença.
14 Foram-lhe dados poder, glória e realeza, e todos os povos, nações e línguas o serviam: seu poder é um poder eterno que não lhe será tirado, e seu reino, um reino que não se dissolverá.
Palavra do Senhor.
 
Salmo - Sl 137(138),1-2a.2bc-3.4-5 (R. 1c)
 
R. Perante os vossos anjos vou cantar-vos, ó Senhor!

1 Ó Senhor, de coração eu vos dou graças, / porque ouvistes as palavras dos meus lábios! / Perante os vossos anjos vou cantar-vos 2a e ante o vosso templo vou prostrar-me.
R.
 
2b Eu agradeço vosso amor, vossa verdade, 2c porque fizestes muito mais que prometestes; 3 naquele dia em que gritei, vós me escutastes / e aumentastes o vigor da minha alma.
R.
 
4 Os reis de toda a terra hão de louvar-vos, / quando ouvirem, ó Senhor, vossa promessa. 5 Hão de cantar vossos caminhos e dirão: / 'Como a glória do Senhor é grandiosa!'
R.




Evangelho - Jo 1,47-51
 
Vereis o céu aberto e os anjos de Deussubindo e descendo sobre o Filho do Homem.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 1, 47-51
Naquele tempo,
47 Jesus viu Natanael que vinha para ele e comentou: 'Aí vem um israelita de verdade, um homem sem falsidade'.
48 Natanael perguntou: 'De onde me conheces?' Jesus respondeu: 'Antes que Filipe te chamasse, enquanto estavas debaixo da figueira, eu te vi'.
49 Natanael respondeu: 'Rabi, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel'.
50 Jesus disse: 'Tu crês porque te disse: Eu te vi debaixo da figueira? Coisas maiores que esta verás!'
51 E Jesus continuou: 'Em verdade, em verdade, eu vos digo: Vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem'.
Palavra da Salvação.




Fonte: Youtube RS21
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“O Senhor edificou Jerusalém, e apareceu na sua glória!”
Lc 9, 46-50

Os discípulos tiveram dificuldades para compreenderem o caminho que Jesus estava apresentando. Ele tinha acabado de fazer o segundo anúncio da Paixão, e os discípulos deveriam seguir o mesmo caminho do Mestre. Jesus se abaixa (o mistério da Encarnação) os discípulos querem se elevar (ambição do poder).

Os discípulos fazem entre si uma discussão sobre qual deles seria o maior. Estão longe de compreender o espírito da novidade que Jesus vem introduzir nas relações humanas. Quem é o maior? O menor, o servidor.

Para ilustrar seu ensinamento, Jesus dá destaque a uma criança, colocando-a do seu lado. A criança não era valorizada na sociedade no tempo de Jesus. Colocando a criança ao seu lado, Ele coloca-a numa posição de honra.

Jesus inverte a pirâmide social vigente. E lembra que quem quiser entrar no Reino deve assemelhar-se a crianças. Se tornarem dóceis, humildes e obedientes. Jesus mostra que a verdadeira grandeza está na humildade.

Na sequência, previne os discípulos contra a tentação do fanatismo. Para Jesus, não é necessário que alguém pertença oficialmente ao seu grupo para ter o direito de agir em seu nome.  Ninguém tem monopólio do bem.

Rezemos: Senhor, quero aprender a ser um humilde servidor e jamais me sentir superior a ninguém. Quero amar e servir.

Deus abençoe você e sua família.
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua vida nessa fascinante jornada de segunda que já chegou. Mais uma semana começando e neste último dia de Setembro vamos agradecer a Deus a semana vivida e pedir as forças necessárias para começarmos com fé um novo mês que vai iniciar. Aproveite bem o último dia desse mês de Setembro para agradecer a Deus as bençãos e graças recebidas. Hoje recordamos São Jerônimo, o homem que traduziu a Bíblia do Hebraico/Aramaico/Grego para o Latin, a língua a língua do povo, facilitando que todos pudessem ter acesso e compreender a Palavra de Deus. A Partir de São Jerônimo, a Palavra de Deus foi traduzida para todos os idiomas que conhecemos. Abaixo um pouquinho da história desse santo Homem de Deus.  

Deus é o nosso refúgio e a nossa fortaleza,
auxílio sempre presente na adversidade.
Salmo 46,1


Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
ORAÇÃO
São Jerônimo foi um homem de grande cultura, era doutor nas Sagradas Escrituras, teólogo, escritor, filósofo, historiador. Foi ele quem traduziu a Bíblia pela primeira vez, do hebraico e grego para o latim, a língua falada pelo povo. Sua tradução foi chamada de Vulgata, ou seja, popular..

História de São Jerônimo
São Jerônimo nasceu na Dalmácia, hoje Croácia, no ano de 340. Sua família era rica, culta e de raiz cristã. Ele era filho único e herdou uma pequena fortuna de seus pais. Após a morte deles, Jerônimo foi morar em Roma. Lá, estudou retórica, que é a arte de falar bem, oratória, com os melhores mestres da época. Com isso, adquiriu mais cultura ainda.

Batismo
Apesar de vir de uma família cristã, São Jerônimo ainda não tinha sido batizado. Só aos vinte e cinco anos ele tomou uma decisão madura e pediu o batismo. Então, foi batizado pelo Papa Libério. Depois disso, em oração, sentiu o chamado para a vida monástica. Mas não simplesmente vida monástica. Seu chamado era para a vida monástica dedicada à oração e ao recolhimento e ao estudo. Então, ele descobriu monges que viviam na Gália, atual França, e foi morar com eles. Lá, Jerônimo formou uma comunidade com seus amigos e discípulos. Estes dedicavam-se ao estudo da Bíblia e das obras de teologia.

A vida radical de São Jerônimo
São Jerônimo tinha um temperamento forte e radical. Por isso, foi procurar o deserto. No deserto, entrava num ritmo de orações e jejuns tão rigorosos que quase chegou a falecer. Tempos depois de se fortalecer no deserto, ele foi para Constantinopla, segunda capital do império romano. Lá, onde encontrou-se com São Gregório. Este lhe mostrou o caminho do amor pelo estudo das Sagradas Escrituras.

Por isso, São Jerônimo decidiu dedicar sua vida ao estudo da Palavra de Deus, para transmitir o cristianismo em sua máxima fidelidade, ao maior número de pessoas passível. Por causa desse objetivo, e usando sua grande aptidão para aprender línguas, estudou hebraico e grego. Seu objetivo era compreender as escrituras nas suas línguas originais para transmitir um ensinamento seguro aos fiéis..

A Vulgata, primeira tradução da bíblia
A fama da cultura e sabedoria de São Jerônimo se espalhou e chegou até Roma. Por isso, o Papa Damaso o chamou e lhe deu a grandiosa missão de traduzir a Bíblia para o Latim, a língua do povo. Por isso, sua tradução foi chamada de Vulgata, ou seja, popular. O Papa queria uma tradução mais fiel possível do hebraico e do grego para o latim e que, ao mesmo tempo, o povo pudesse compreender.

São Jerônimo reunia todas as condições para fazer este trabalho. Ele se tornou, então, o secretário do Papa. Por causa disso é que temos hoje a Bíblia traduzida para o português e várias línguas. Essas traduções vieram da Tradução Popular de São Jerônimo.

São Jerônimo e os anos de trabalho árduo
Este trabalho de São Jerônimo durou muitos anos, pois ele procurava, em cada versículo, a tradução mais fiel possível, para que o povo conhecesse em profundidade as riquezas da Palavra de Deus. Por isso, a tradução de São Jerônimo se tornou a base da tradução bíblica da igreja, aprovada no Concilio de Trento. Em sua tradução, além da extrema fidelidade aos textos originais, São Jerônimo mostrou uma grande riqueza de informações sobre a história da salvação.

Mudança para Belém
Terminado esse imenso trabalho, São Jerônimo foi morar em Belém, a terra onde Jesus nasceu. Lá, viveu como monge num mosteiro fundado por Santa Paula, sua grande amiga e auxiliadora nos trabalhos de estudo e tradução da Bíblia.

Morte de São Jerônimo
São Jerônimo morreu com quase 80 anos no dia 30 de setembro do ano 420. Ele é o Padroeiro dos estudos bíblicos, dos estudiosos da Bíblia. O dia da Bíblia foi colocado no dia de sua morte. Ele escreveu: Cristo é o poder de Deus e a sabedoria de Deus, e quem ignora as Escrituras, ignora o poder e a sabedoria de Deus; portanto, ignorar as Escrituras Sagradas é ignorar a Cristo.

Oração
Ó Deus, criador do universo, que vos revelastes aos homens através dos séculos pelas  Sagradas Escrituras, e levastes o vosso servo São Jerônimo a dedicar sua vida ao estudo e à meditação da Bíblia, dai-me a graça de compreender com clareza a vossa palavra quando leio a Bíblia. São Jerônimo, iluminai e esclarecei a todos os adeptos das seitas evangélicas para que eles compreendam as escrituras e se dêem conta de que contradizem a religião católica e a própria Bíblia, porque eles se baseiam em princípios pagãos e supersticiosos.

São Jerônimo, ajudai-nos a considerar os ensinamentos que nos vem da Bíblia, acima de qualquer outra doutrina, já que é a palavra e o ensinamento do próprio Deus.

Fazei que todos os homens aceitem e sigam a orientação do vosso Pai expressa  nas Sagradas escrituras. Amém. São Jerônimo, rogai por nós.
SANTO DO DIA







FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo