Dia do Senhor - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

Dia do Senhor

Conteúdo de Apoio

DIA DO SENHOR


Sob a forma antiga, "Dia do Senhor", a fórmula exprime o objeto da esperança israelita.

Os profetas se esforçaram por corrigir o seu conteúdo, e mais tarde enriquecê-lo e desenvolvê-lo.

Oriunda da lembrança dos dias de vitória: "dia de Madiã" (Is 9,3; cf. Js 10,12-13; Os 2,2), cuja riqueza passada o culto recordava, para fazer vislumbrar como seria o seu alcance futuro, a expectativa do Dia do Senhor parece simplista a Amós. Embora não queira desmentir a certeza da salvação (9, 11.1.3), quer que juntamente com ela se lembre o castigo indispensável por causa da infidelidade do povo (5, 18-20).

Sofonias atribui à obra que acontecerá nesse dia uma dimensão cósmica (Sf 1, 14-18), perpetuamente sublinhada pelos sucessores; exprime a importância da mudança com a qual Deus quer assinalar este Dia.

Com o tempo, a renovação assim suposta parece a tal ponto profunda, e as diversas reformas, conhecidas pela comunidade durante sua história com Josias, no regresso do exílio, com Neemias e depois Esdras, tão pouco satisfatórias, que se impõe a certeza de uma transformação total que vai modificar a vida da humanidade, que a estabelecerá além de seu fim: "o fim dos tempos", em um mundo diferente.

A morte e a ressurreição de Jesus rasgam o véu que escondia aos olhos de seus discípulos esta outra realidade. Também o dia da Páscoa, após o sábado, é visto como o Dia esperado. cada aniversário deste Dia, mas também cada repetição hebdomadária deste "primeiro dia da semana" (lCor 16,2), será, para a Igreja, o Dia do Senhor (Ap 1,10).

Este dia da Páscoa certamente parecia aos fiéis apenas a aurora de um Dia cuja plena claridade ainda estão esperando. Os discípulos de Jesus devem vigiar, esperar o Dia que "vem como um ladrão de madrugada", e que não os surpreenderá, a eles que não são "da noite", mas "filhos da Luz" (11s 5,15).

Assim a Igreja vive de olhos fitos tanto no Dia que passou como no dia que há de vir, dois dias, mas uma claridade única para o seu presente.

Fonte: Dicionário Bíblico Universal – L. Monloubou
PUBLICIDADE
App Liturgia Católica
Voltar para o conteúdo