DOMINGO DA MISERICÕRDIA - Liturgia Católica Apostólica Romana

Ir para o conteúdo

DOMINGO DA MISERICÕRDIA

NOTÍCIAS

“Indulgência Plenária no Domingo da Misericórdia” (28/04)

Se ganhássemos uma indulgência plenária e morrêssemos logo após, nos reuniríamos a Deus no céu imediatamente, sem ter que satisfazer pelos nossos pecados no purgatório.

Quando consideramos o grande número de indulgências plenárias que a Igreja pôs à nossa disposição, torna-se evidente que, se tivermos de sofrer no purgatório antes de entrar no céu, será duplamente por culpa nossa. As indulgências plenárias são tão numerosas e as obras prescritas tão fáceis, que só a mais irresponsável das preguiças espirituais nos pode levar a descurá-las ou ignorá-las.      (Extraído do livro “A fé explicada” de Leo J. Trese, ed. Quadrante)

*Ver As Indulgências – Catecismo da Igreja Católica § 1471

“Desejo que a Festa da Misericórdia seja refúgio e abrigo para todas as almas, especialmente para os pecadores (...). Derramo todo um mar de graças sobre as almas que se aproximam da fonte da Minha misericórdia. A alma que se confessar e comungar alcançará o perdão das culpas e das penas. Nesse dia, estão abertas todas as comportas divinas, pelas quais fluem as graças”, prometeu Jesus em suas aparições à Santa Faustina Kowalska.

“Que nenhuma alma tenha medo de se aproximar de Mim, ainda que seus pecados sejam como o escarlate”, assegurou-lhe o Senhor.

Indulgências:
• recitação do terço ( parcial )
• recitação das cinco dezenas do terço, sem interrupção em voz alta e meditando cada mistério, em família ou na igreja (plenária)
• uso devoto de um terço devidamente bento ( parcial )
• fazer o sinal da Cruz, dizendo: “Em nome do Pai...
• “visita ao Santíssimo Sacramento para adorá-lo ( parcial ). Se se prolonga por meia hora, a indulgência é plenária.
• ler a Bíblia ( a indulgência é plenária se a leitura se faz durante meia hora )
“... todas as indulgências constituem um incentivo para vivermos uma vida cristã mais intensa e santificarmos os deveres quotidianos”.
PUBLICIDADE
Voltar para o conteúdo