Parusia - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

Parusia

Conteúdo de Apoio

PARUSIA


Etim. grega: presença, vinda.

Com estes sentidos, a palavra aparece nos LXX; três vezes, e somente nos livros escritos em grego (Jt 10,18; 2Mc 8,12; 15,21).

Usa-se a palavra a respeito dos soberanos e dos deuses da época helenística. A parusia dos deuses é a sua vinda à terra; a dos soberanos, a visita que fazem a alguma cidade. Trata-se de uma iniciativa política e aureolada de um significado religioso.

O termo é muitas vezes usado nos escritos do Novo Testamento: em Paulo, Tiago e nos Sinóticos, no Livro dos Atos, em 2Pd, no Apocalipse e no evangelho de São João.

É possível que Paulo tenha tomado o termo de empréstimo à linguagem áulica do tempo helenístico, e o tenha aplicado ao mistério da elevação de Jesus; não é menos possível que o judaísmo já tenha anteriormente transposto esta palavra para a linguagem religiosa acerca da última vinda de Deus e a do Messias. A expectativa da parusia é a expectativa da última vinda de Jesus: nela se resume a esperança do Novo Testamento.
PUBLICIDADE
App Liturgia Católica
Voltar para o conteúdo